O crescimento de Edivaldo no PDT

por Jorge Aragão

Os presidentes estadual e nacional do PDT, Weverton Rocha e Carlos Lupi, respectivamente, destacaram o papel de liderança do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, durante o encontro nacional do partido, realizado no sábado (18). Edivaldo é filiado ao PDT desde agosto de 2015 e agora também integrará a direção nacional do partido.

Para o deputado Weverton Rocha, Edivaldo representa, em São Luís, um fruto da luta da juventude, com grande contribuição política. “Edivaldo faz parte da valiosa contribuição de luta e de trabalho, que não há de fugir à luta para defender as bandeiras em prol da sociedade”, disse Weverton rocha.

O reconhecimento de Weverton foi reforçado pelo presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que ressaltou o carisma e a postura de Edivaldo à frente da Prefeitura de São Luís nos últimos quatro anos. “É um jovem, membro novo do nosso partido e que foi reeleito prefeito de São Luís, fruto dos bons resultados do trabalho que fez em seu primeiro mandato”, disse Lupi.

O evento reuniu movimentos sociais, vereadores, prefeitos, deputados estaduais e federais, senadores e demais nomes da conjuntura e história do partido. O objetivo foi definir os rumos da legenda para 2018. Edivaldo Holanda Júnior estava acompanhado do vereador de São Luís, Raimundo Penha e dos deputados estaduais Rafael Leitoa e Glalbert Cutrim.

Durante o encontro, Edivaldo Holanda Junior destacou avanços importantes da sua administração à frente da Prefeitura de São Luís, como as melhorias na área do transporte público, com a licitação dos transportes, a renovação de mais de 60% da frota em quatro anos e a chegada, à cidade, dos primeiros coletivos com ar condicionado. “Estamos realizando um grande trabalho em nossa cidade, superando problemas históricos como é a licitação do transporte. Testemunho aqui a minha amizade e fidelidade a todos que acreditaram no nosso projeto para a cidade de São Luís”, disse Edivaldo.

Projetos – Na oportunidade, o ex-ministro Ciro Gomes e o deputado federal Weverton Rocha, colocaram à disposição de partido seus nomes para a disputa à Presidência da República e Senado Federal, respectivamente. Edivaldo parabenizou a recondução de Carlos Lupi à direção nacional do PDT, por unanimidade, e destacou também a importância do apoio à reeleição do governador Flávio Dino em 2018.

“Nós, de São Luís e do Maranhão, estamos firmes com vocês nesta grande composição. Estamos também ao lado do governador Flávio Dino para a sua reeleição. Estaremos em julho, eu e a militância no Congresso Nacional da Juventude, onde você, Ciro Gomes, será recebido de portas abertas, com muita alegria. E parabéns, Carlos Lupi, pela recondução à presidência do partido”, finalizou Edivaldo.

Codó fortalecerá setor agrícola com apoio de emendas parlamentares

por Jorge Aragão

O prefeito de Codó, Francisco Nagib, esteve em São Luís para participar da solenidade de entrega de equipamentos para incentivo à produção agropecuária. A solenidade aconteceu no Palácio Henrique de laRocque na segunda-feira (6). Além de Codó, mais 55 municípios do estado receberam os implementos, que estão ligados a programas como ‘Mais Produção’, ‘Agropolos’ e o projeto Salangô.

Na ocasião, o prefeito Francisco Nagib recebeu uma patrulha agrícola e uma plantadeira, além de sementes para cadeia produtiva de arroz, milho e feijão. O programa ‘Mais Produção’ tem como meta garantir mais alimentos na mesa e mais renda às famílias dos agricultores, com a implantação de sistemas de produção de alimentos, como criatórios de peixe, galinheiros e hortas.

Ao lado do prefeito Francisco Nagib, o deputado César Pires participou do ato e destacou que a iniciativa incentivará a produção agropecuária codoense. “A utilização desse equipamento agrega tecnologia ao trabalho no campo, possibilitando aos produtores de Codó que, com mesmo tempo e área de plantio, tenham uma maior produção”, ressaltou o deputado.

César Pires acrescentou que solicitou ao deputado Weverton Rocha a destinação de recursos federais para a aquisição de outras duas patrulhas agrícolas, que serão destinadas aos municípios de Codó e São João do Sóter.

Para o prefeito Francisco Nagib, a aquisição dos equipamentos irá aumentar a produtividade do pequeno agricultor e potencializar a vocação agrícola do município de Codó “Nossa economia em Codó tem como base a agropecuária. Conseguindo implementos para nossa agricultura familiar, os trabalhadores do campo irão produzir de forma mais eficiente, produzindo mais no mesmo espaço arado. E esta produção também será adquirida por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), programas federais que compram os alimentos diretamente dos produtores para distribuir em ações sociais”.

Lideranças políticas reafirmam apoio a Weverton Rocha

por Jorge Aragão

O deputado federal Weverton Rocha (PDT) segue firme no projeto político de chegar ao Senado. No domingo (19), o pedetista deu mais uma prova de sua força reunindo lideranças políticas do Maranhão.

O encontro aconteceu em Codó e foi realizado após um convite do prefeito da cidade, Francisco Nagib (PSDB). Estiveram reunidos aproximadamente 50 prefeitos, inclusive o prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PDT).

Além dos prefeitos municipais, também estiveram presentes ao encontro vários deputados, o federal Juscelino Filho (DEM) e os estaduais César Pires (PEN), Rogério Cafeteira (PSB), Rafael Leitoa (PDT) e Glalbert Cutrim (PDT).

Weverton Rocha fez questão de agradecer o apoio recebido para sua caminhada ao Senado Federal.

“Agradeço ao prefeito Nagib por nos receber na bela Codó e a todos os amigos e lideranças políticas que atenderam nosso chamado. Seguimos construindo um projeto amplo para 2018 com diálogo e o olhar voltado para população maranhense”, destacou Weverton.

O encontro demonstra mais uma vez que, apesar dos inúmeros políticos que dizem ser candidatos ao Senado, inegavelmente Weverton Rocha está alguns passos à frente dos seus eventuais adversários.

Weverton Rocha cada dia mais fortalecido para o Senado

por Jorge Aragão

O deputado federal e candidato declarado ao Senado Federal, Weverton Rocha (PDT), segue cada dia mais fortalecido para a disputa do pleito eleitoral de 2018.

No sábado (18), o próprio Líder do Governo Flávio Dino na Assembleia Legislativa, deputado Rogério Cafeteira (PSB), destacou nas redes sociais uma reunião realizada com a presença de Weverton Rocha e o definiu como “futuro senador”.

O curioso é que o encontro contou com a presença de políticos dos mais diversos partidos e todos apoiando a candidatura de Weverton Rocha ao Senado. Estavam presentes ao encontro, além de Cafeteira e Weverton, o deputado federal Victor Mendes (PSD), os deputados estaduais Othelino Neto (PCdoB) e Fábio Macedo (PDT), e o vereador de São Luís, Osmar Filho (PDT).

Já neste domingo (19), Weverton Rocha estará em Codó, a convite do prefeito Francisco Nagib (PSDB), para um encontro com várias lideranças políticas da região para debater sua candidatura ao Senado Federal.

Vale lembrar que esse será o segundo encontro nestes moldes, já quem em dezembro do ano passado, conforme o Blog destacou (reveja aqui), Weverton Rocha conseguiu reunir várias lideranças políticas em Santa Inês na casa da prefeita Vianey Bringel (PSDB).

E assim Weverton Rocha segue se solidificando como o principal nome para a disputa do Senado em 2018.

Weverton confirma publicamente interesse na disputa pelo Senado

por Jorge Aragão

weverton

O deputado federal Weverton Rocha (PDT) foi o primeiro político maranhense a admitir publicamente que pretende disputar uma das duas vagas ao Senado Federal nas eleições de 2018.

Em entrevista tanto ao programa Ponto Final da Rádio Mirante AM, apresentado pelo jornalista Roberto Fernandes, quanto ao jornal O Estado do Maranhão, Weverton Rocha assegurou que já trabalha para viabilizar sua candidatura ao Senado Federal.

“Temos um grupo de lideranças da sociedade civil que está criando esse entendimento de que precisamos nos preparar para disputar uma vaga no Senado. O nosso trabalho é nos mantermos preparados e à disposição desse grupo”, revelou o parlamentar.

Weverton Rocha ressaltou, ainda, o fato de que mesmo partidos que não são da base do governador Flávio Dino (PCdoB) apoiam a empreitada pedetista. Ele citou o DEM, cujo presidente, deputado federal Juscelino Filho, participou do encontro de Santa Inês.

“Temos aliados que não são aliados do governo estadual e que já estão conosco, como, por exemplo, o DEM, que não é da base de apoio do governo estadual, mas está também no projeto e acredita que nós temos que estar juntos. Temos setores, representantes políticos, filiados a partidos que não são aliados nossos que também comungam e estão nesse projeto conosco”, pontuou.

Depois de reunir pelo menos vinte lideranças de vários partidos políticos em Santa Inês, em dezembro do ano passado, Weverton Rocha já marcou para fevereiro um segundo encontro, para continuar os debates sobre sua candidatura ao Senado.

Outros nomes – Dos três senadores maranhenses, dois estarão terminando o mandato em 2018, os peemedebistas Edison Lobão e João Alberto.

Weverton Rocha acaba sendo o primeiro a admitir publicamente a intenção de disputar o Senado Federal, mas nos bastidores se especulam alguns nomes para a disputa, como do presidente da Assembleia, Humberto Coutinho (PDT), do deputado federal José Reinaldo (PSB), do ministro do Meio-Ambiente, Sarney Filho (PV), da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), do suplente de senador Lobão Filho (PMDB) e do próprio João Alberto que estuda a possibilidade de uma reeleição.

Entretanto, inegavelmente nesse momento é Weverton Rocha que larga na frente nessa difícil disputa e que está bem melhor posicionado.

Weverton Rocha segue alicerçando sua caminhada para o Senado

por Jorge Aragão

weverton

Depois de conseguir resultados importantes nas urnas durante as eleições municipais deste ano, o deputado federal Weverton Rocha (PDT) segue alicerçando uma base forte para a eleições de 2018, onde o parlamentar deverá disputar a vaga para o Senado Federal.

No último fim de semana, Weverton Rocha participou de uma importante reunião com a presença da classe política maranhense de diferentes regiões. O encontro aconteceu na casa da prefeita eleita de Santa Inês, Vianey Bringel.

O encontro serviu para amadurecer a ideia de apresentar o nome de Weverton Rocha como um dos postulantes a disputa de duas vagas do Maranhão para o Senador Federal em 2018.

Participaram do encontro os ex-deputados e ex-prefeitos, como: Rubens Pereira, Juscelino Resende, Valdivino Cabral e Chico Leitoa, o empresário Francisco Oliveira, os deputados federais Juscelino Filho e Weverton Rocha, o deputado estadual Glaubert Cutrim, os prefeitos Suely Pereira (Matões) e Gil Cutrim (São José de Ribamar), os prefeitos reeleitos Luciano Leitoa (Timon), Gleydison Resende (Barão de Grajaú) e Hernando Macedo (Dom Pedro), os prefeitos eleitos Francisco Nagib (Codó), Luanna Resende (Vitorino Freire), Talita Laci (Raposa), Vide (Tufilandia), Chico do Eduardo ( Brejo de Areia) e Erlanio Xavier (Igarapé Grande), os vereadores Osmar Filho (São Luís) e Uilma Resende, presidente da Câmara de Vereadores de Timon.

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) participou da organização do encontro, mas não pode comparecer devido ao nascimento de sua segunda filha (Vitória), ocorrido na última sexta-feira (09).

A próxima reunião deverá acontecer em fevereiro do ano que vem e será realizada, muito provavelmente, na cidade de Codó. A solicitação foi feita pelo próprio prefeito eleito da cidade, Francisco Nagib.

Cutrim e Roberto Costa se solidarizam a Weverton Rocha

por Jorge Aragão

raimundo-cutrimOs deputados estaduais Raimundo Cutrim (PCdoB) e Roberto Costa (PMDB) se solidarizaram hoje, discount na Assembleia Legislativa, ao deputado federal Weverton Rocha (PDT), hostilizado ontem num aeroporto após apresentar emenda que tipifica crime de responsabilidade cometido por juízes e procuradores.

“Aqui tem uma emenda do deputado Weverton Rocha, que é maranhense, vejo os próprios maranhenses criticando, e não vejo nada demais em dividir as responsabilidades, disse Cutrim.

“Quer dizer que bandido só tem no Executivo e no Legislativo? A outra classe, na divisão dos Poderes, é toda só de deuses?”, completou

roberto-costaRoberto Costa lamentou o fato de Weverton Rocha quase ter sido agredido por manifestante contrário à proposta.

“O projeto do deputado Weverton não foi aprovado apenas pelo voto dele, foi aprovado por grande maioria da Câmara Federal, quase 350 votos, se eu não me engano. Foi um sentimento da Câmara Federal, e que o Congresso, com certeza também dará este mesmo seguimento. E ninguém pode ser atacado por defender uma ideia, por defender um projeto”, finalizou.

Weverton volta a explicar emenda que alcança Judiciário e MP

por Jorge Aragão

weverton-Rocha-IGAinda repercute a aprovação da emenda do deputado federal Weverton Rocha no Projeto de Lei contra a corrupção. A emenda do parlamentar maranhense prevê a responsabilização de juízes e membros do Ministério Público por crimes de abuso de autoridade.

Weverton Rocha, order diante da polêmica e da reação desnecessária de alguns, unhealthy foi as redes sociais explicar, mais uma vez, a sua intenção com a emenda aprovada por ampla maioria da Câmara dos Deputados.

“Essa é a hora de passar o Brasil a limpo! A Câmara aprovou ontem medidas de combate à corrupção, entre elas uma emenda, apresentada pelo meu partido, o PDT, que regulamenta a punição ao abuso de autoridade por parte de membros do Ministério Público e do Judiciário. Essa emenda protege principalmente o cidadão comum. Como não lembrar de juízes que ajudaram quadrilhas de traficantes e bandidos? E da adolescente presa com homens para ser torturada e estuprada? São casos de abuso de autoridade, que hoje recebem como punição uma aposentadoria compulsória, com altos salários pagos pelo povo. Isso não é justo”, destacou.

A realidade é que a atitude de Weverton foi corajosa, pois muitos políticos já haviam anteriormente expressado esse mesmo sentimento, mas não ousaram levar em frente tal proposta. A verdade é que a maioria pensa igual ao pedetista, tanto que a emenda foi aprovada por 313 votos contra 132 e 5 abstenções.

Weverton Rocha finalizou afirmando que a maioria do Judiciário e do Ministério Público jamais será alcançado pela emenda, ou seja, apenas os juízes e promotores que não respeitarem a legislação. Além disso, deixou claro que juízes e promotores são agentes públicos e também precisavam ser alcançados pela lei.

“O que fizemos foi colocar todos os agentes públicos ao alcance da lei. Uma proposta que certamente não alcança a maior parte do Judiciário e do Ministério Público, formados por bons profissionais, que não fazem mau uso de suas atribuições”, finalizou.

Por este Blog entender que a maioria do Judiciário e do Ministério Público são compostos por pessoas honestas, de bem e que respeitam as normas, segue entendendo que a reação de alguns foi desnecessária.

Uma reação desnecessária

por Jorge Aragão

justica

Soou estranho o “chilique” de alguns sobre uma emenda no Projeto de Lei, remedy de autoria do deputado federal Weverton Rocha, search contra a corrupção que prevê a responsabilização de juízes e membros do Ministério Público por crimes de abuso de autoridade.

A emenda do deputado maranhense, malady que foi aprovada por 313 votos contra 132 e 5 abstenções, apenas estabelece que juízes e integrantes do Ministério Público poderão responder por crime de abuso de autoridade.

Pelo que se compreende de quem está insatisfeito com a aprovação da emenda, é que defende o abuso de autoridade, afinal quem não usa desse subterfúgio, condenável em todos os aspectos, não tem motivo algum para se preocupar, afinal jamais será atingido pela eventual nova legislação.

Se queremos moralizar o Brasil, precisamos fazer isso em todos os segmentos e não apenas fazermos uma moralização seletiva.

“A lei é para todos. Ninguém está acima dela. Infelizmente, não é incomum ver integrantes do Ministério Público atuarem além dos limites e oferecerem denúncias desprovidas de fundamentação mínima para prosperar”, afirmou o deputado Weverton Rocha.

Semana passada tivemos o caso do suposto envolvimento da ex-governadora Roseana Sarney na Operação Lava Jato. Roseana teve seu nome citado por um réu confesso num depoimento, proveniente de uma delação premiada, e foi denunciada, com ampla e total divulgação dos fatos, com um vazamento nitidamente seletivo.

Entretanto, depois de dois anos e um desgaste moral e político partidário, simplesmente solicitou-se um arquivamento da denúncia por falta de provas, mas, indiscutivelmente, o estrago já estava feito.

Sendo assim, juízes e promotores são iguais a todo mundo, são seres humanos e passíveis de erros, ou seja, precisam ser responsabilizados, como todos os demais cidadãos, quando cometerem tais erros.

Exclui-los de qualquer punição quando cometerem abuso de autoridade seria privilegia-los ainda mais. Desta forma, entendo que a reação foi desnecessária, afinal, como já dizia meu avô, quem não deve, não teme.

PDT lamenta “fábrica de factoides” contra Edivaldo

por Jorge Aragão

weverton

O presidente estadual do PDT no Maranhão, click o deputado federal Weverton Rocha, mind em contato com o Blog, remedy também lamentou profundamente o que ela chamou de “fábrica de factoides” contra a candidatura do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) à Prefeitura de São Luís.

A mais nova invencionice, obviamente não passando de outro factoide, é que o PDT já estaria debatendo é pensando numa outra alternativa para substituir a candidatura de Edivaldo na capital maranhense.

“Além de absurda a notícia, também é irresponsável, pois ninguém do PDT foi procurado. A própria Justiça Eleitoral assegurou que a candidatura de Edivaldo não foi impugnada e continuar distorcendo fatos para confundir o eleitor é atitude repugnante”, afirmou.

O presidente do PDT maranhense também deixou claro que o candidato sempre foi Edivaldo. Weverton Rocha lamentou que ao invés de se debater a cidade e propostas de cada um dos candidatos, estejam querendo vencer a eleição sem disputá-la na urna.

“Edivaldo já era nosso candidato antes mesmo de ser do PDT, imagina agora. Eu lamento profundamente que alguns percam tempo com mentiras e não queiram debater a cidade e propostas para nossa capital. Só antecipo uma coisa, para nos vencer, terão que ganhar no voto, vencer sem disputa isso não acontecerá. A democracia irá prevalecer e a decisão será do eleitor de São Luís. Fico preocupado, pois algumas pessoas estão demonstrando que são capazes de tudo para chegar ao poder”, finalizou.

Agora é aguardar e conferir o próximo factoide, que, pelo ritmo da “fábrica”, não demorará a ser criado.