Mais uma do traquino Waldir Maranhão

por Jorge Aragão

O deputado federal Waldir Maranhão (AVANTE), que ainda sonha em ser candidato ao Senado na chapa do governador Flávio Dino (PCdoB), voltou a ser destaque negativamente na imprensa nacional.

Nesta quinta-feira (07), a Coluna Expresso, da Revista Época, afirma que o Banco do Brasil já encaminhou ao Supremo Tribunal Federal dados bancários da esposa de Waldir Maranhão. A suspeita é que a companheira do parlamentar tenha disponibilizado a conta bancária para que Waldir recebesse propina.

Vale lembrar que, no auge da patacoada do maranhense durante o impeachment de Dilma Rousseff, a imprensa nacional também revelou que o filho de Waldir, Thiago Maranhão, era funcionário fantasma do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão.

Desta forma fica cada vez mais difícil que Waldir convença Flávio Dino a lhe apoiar para uma candidatura ao Senado na sua chapa.

Waldir Maranhão será a estrela do AVANTE no horário eleitoral

por Jorge Aragão

O traquino deputado federal e ex-presidente da Câmara Federal em exercício, Waldir Maranhão, deverá ser uma das atrações do programa eleitoral no rádio e na TV do AVANTE, o novo partido do parlamentar.

A informação é da Coluna Expresso, da Revista Época. Waldir Maranhão, que ganhou notoriedade nacionalmente pela lambança que tentou fazer quando do processo do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), será a estrela do AVANTE no horário eleitoral que vai ao AR nesta quinta-feira (30).

A postagem também deixa claro que Waldir Maranhão pretende concorrer ao Senado Federal. E esse é um dos enormes imbróglios que possui o governador Flávio Dino, já que são quatro deputados federais do seu grupo político, que pretendem disputar o Senado. Além de Waldir, Weverton Rocha (PDT), Eliziane Gama (PPS) e José Reinaldo (DEM), também esperam compor a chapa do comunista.

“Ex-presidente interino da Câmara dos Deputados, o polêmico Waldir Maranhão, recentemente filiado ao Avante (antigo PTdoB), será uma das estrelas do programa de TV e rádio do partido. O programa irá ao ar na quinta-feira (30). Maranhão pretende concorrer ao Senado pelo Maranhão em 2018.

Uma das bandeiras da legenda de Maranhão é a criação de um imposto único.”, destaca a coluna.

Mais uma traquinagem de Waldir Maranhão

por Jorge Aragão

O Blog do Jorge Aragão divulgou ontem o levantamento feio pelo site Metrópoles, do Distrito Federal, sobre os ausentes e presentes na Câmara Federal durante o ano de 20017.

Conforme já dito pelo blog (reveja), apenas um parlamentar do Maranhão, o deputado federal Victor Mendes (PSD) esteve em todas as sessões da Câmara Federal, mas o blog esqueceu de observar a lista dos mais faltosos.

Infelizmente, nesta lista o Maranhão também está representado. Entre os dez deputados mais faltosos está Waldir Maranhão, que ficou conhecido nacionalmente pela patacoada de querer anular todo o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e logo depois voltar atrás.

Segundo o levantamento do site Metrópoles, Waldir Maranhão, ao longo do ano, acumulou simplesmente 30 faltas, sendo 25 não justificadas e cinco justificadas.

E olha que Waldir Maranhão segue lutando para, dentro do grupo político do Flávio Dino, ser um dos dois candidatos ao Senado Federal.

Inegavelmente é um político bem traquino, esse Waldir Maranhão.

Waldir Maranhão comemorou cedo demais…

por Jorge Aragão

No início deste mês, o deputado federal Waldir Maranhão (PP) utilizou as redes sociais para comemorar a decisão de arquivamento do inquérito aberto contra o parlamentar no âmbito da Operação Lava Jato (reveja).

Entretanto, a comemoração parece ter sido cedo demais. Nesta sexta-feira (29), o site Atua 7 revelou que já foi autorizado a abertura de um novo inquérito contra Waldir Maranhão, novamente no âmbito da Operação Lava Jato.

A autorização foi concedida pelo relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edison Fachin, que atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), ainda na gestão de Rodrigo Janot.

No novo pedido, Waldir Maranhão é acusado de “possível crime de corrupção passiva e lavagem de dinheiro” com oito congressistas, por supostos pedidos e recebimentos indevidos de recursos pelo Grupo Empresarial Queiroz Galvão, no total de R$ 2.740.000,00. Outros quatros parlamentares do PP também estão entre os investigados, por pedidos e recebimentos indevidos de R$ 1.600.000,00 da Queiroz Galvão.

Pelo visto, sobre a Lava Jato, a alegria de Waldir Maranhão durou pouco e a notícia pode ser um “balde de água fria” na sua intenção de ser candidato ao Senado Federal com o apoio do governador, e aliado, Flávio Dino.

Só colhemos, o que plantamos, meu caro Waldir Maranhão

por Jorge Aragão

O deputado federal Waldir Maranhão (PP), que sonha em disputar o Senado Federal, reclamou, em entrevista ao Blog do Elias Lacerda, que a imprensa não leva a sério a sua intenção de virar senador.

O que Waldir Maranhão deveria entender é que só colhemos, o que plantamos. Nos últimos anos, o parlamentar tem se demonstrado um político folclórico e que não consegue ser levado a sério nem mesmo pelos seus colegas deputados, nem dentro da classe política como um todo, imagina pela imprensa.

Waldir Maranhão, depois de afirmar que votaria a favor do impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT), mudou o voto e foi contra. Se não bastasse a confusão no seu voto, Waldir Maranhão, que respondia pela presidência da Câmara Federal, seguindo conselho do governador Flávio Dino, tentou anular todo o processo de votação do impeachment.

A atitude descabida de Waldir Maranhão repercutiu pessimamente entre os colegas parlamentares e na imprensa nacional. Pior é que logo depois, o próprio Waldir Maranhão voltou atrás e anulou o seu ato que cancelava o impeachment, tornando o episódio um dos mais folclóricos da política recente no Brasil.

Até mesmo o palhaço por profissão do Congresso Nacional, o deputado Tiririca, gravou um vídeo dizendo que retirou o bigode para não ser confundido com Waldir Maranhão. Tiririca também criticou a “brincadeira” do deputado maranhense (reveja).

O reflexo negativo dessas lambanças de Waldir Maranhão foi que nas eleições municipais os deputados Wellington do Curso (estadual) e Eliziane Gama (federal) trocaram farpas para não ter o apoio dele nas eleições para a Prefeitura de São Luís.

Mesmo assim Waldir Maranhão entende que é um bom nome para o Senado, mas não parou com a traquinagem. O deputado inicialmente insinuou que já teria assegurado o apoio de Lula, após encontrar com o ex-presidente. Só que curiosamente não publicizou nenhuma declaração de Lula ao seu favor.

Depois, na semana passada, blogs ligados a Waldir Maranhão criaram o factoide de que a presidente do PT, Gleisi Hoffman, de passagem por São Luís, teria garantido apoio a candidatura de Maranhão ao Senado. A presidente do PT desmentiu a versão através de uma Nota.

É meu caro Waldir Maranhão, só colhemos o que plantamos…

Gleisi Hoffmann também desmente suposto apoio a Waldir Maranhão

por Jorge Aragão

Pelo visto a passagem da presidente nacional do PT pelo Maranhão, a senadora Gleisi Hoffmann, foi devastadora para os mentirosos de plantão.

Inicialmente, conforme o Blog já demonstrou, a presidente do PT negou que tenha em algum momento convidado o governador Flávio Dino (PCdoB) para ser candidato a vice na chapa de Lula para as eleições de 2018 (reveja).

A notícia deixou os asseclas do comunista atônitos, pois queriam passar a imagem de que Flávio Dino possui alguma influência no debate da política nacional.

Depois a presidente do PT, através de uma Nota, também negou que tenha declarado apoio à candidatura do deputado federal Waldir Maranhão (PP) ao Senado Federal, conforme alguns blogs ligados ao parlamentar afirmaram.

“Encontrei-me com o deputado Waldir Maranhão para um cumprimento. Em nenhum momento falou-se em candidatura ao Senado nem tão pouco falei, ou reafirmei, apoio do presidente Lula a sua candidatura. Discussões sobre processo eleitoral e apoios às candidaturas locais cabem a direção estadual do PT no Maranhão”, disse Gleisi Hoffmann em Nota.

Na semana passada, os mesmos blogs afirmaram que o próprio Lula teria confirmado apoio a candidatura de Waldir Maranhão ao Senado, mas curiosamente não divulgaram a declaração do ex-presidente confirmando tal apoio.

Naquela oportunidade, o Blog do Jorge Aragão até questionou se a suposta declaração de Lula não seria mais uma traquinagem de Waldir Maranhão (reveja). A resposta parece ter vindo uma semana depois.

Acho que nem Flávio Dino e nem Waldir Maranhão gostaram muito da passagem da presidente do PT pelo Maranhão, afinal a senadora Gleisi Hoffmann mostrou que mentira tem perna curta.

Seria mais uma traquinagem de Waldir Maranhão ???

por Jorge Aragão

Que Waldir Maranhão vive aprontando ninguém dúvida. Que suas traquinagens ficaram conhecidas nacionalmente todos sabem, mas será que o deputado federal e pré-candidato ao Senado teria coragem de criar um factoide envolvendo o ex-presidente Lula ???

Alguns blogs divulgaram a notícia de que Lula teria dado uma declaração de apoio a candidatura de Waldir Maranhão ao Senado Federal. O próprio Waldir, nas redes sociais, diz que ficou muito feliz pelas palavras de apoio do ex-presidente. Veja abaixo.

Entretanto, o mais curioso é que nenhum blog, nem o próprio Waldir Maranhão, revelaram a tal declaração de apoio do Lula. Se Lula tivesse realmente declarado apoio à candidatura de Waldir, principalmente pelos números das pesquisas para a Presidência da República, não seria natural aspear sua fala, até para dar mais veracidade ao fato ???

Será que essa é apenas mais uma traquinagem de Waldir Maranhão ???

Estadão: Waldir Maranhão vai se filiar ao PTB

por Jorge Aragão

O polêmico deputado maranhense Waldir Maranhão (PP), que chegou a comandar a Câmara e votou contra o impeachment de Dilma, estará nesta quarta-feira em São Paulo — e não hoje, terça, como anunciado inicialmente — para assinar a ficha de inscrição no PTB. Será recebido pelo presidente paulista da sigla, Campos Machado, e pelo presidente nacional, Roberto Jefferson.

O que corre entre os petebistas é que, por trás dessa filiação, estão dois projetos — um dele e outro do PTB. Primeiro, o novo filiado quer um apoio mais sólido para disputar o Senado em 2018 por seu Estado. Segundo, ele seria um “embaixador”, entre os eleitores maranhenses, da candidatura de Geraldo Alckmin à Presidência.

Projeto ao qual o PTB está ligado, e que deve ganhar força com a anunciada mudança para São Paulo, em maio, de Roberto Jefferson. Com novo domicílio eleitoral, Jefferson quer disputar ano que vem uma vaga como deputado federal por SP.

Informações do blog Direto da Fonte, do Estadão

Waldir Maranhão presidirá eleição na Câmara Federal

por Jorge Aragão

O traquino deputado federal Waldir Maranhão (PP) deverá comandar a eleição que escolherá o novo presidente da Câmara Federal, no dia 2 de fevereiro de 2017. A informação foi dada pela coluna Painel da Folha de São Paulo.

O atual presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), como é candidato a reeleição, teria decidido não presidir a sessão que escolherá a nova Mesa Diretora.

“Não tenho nenhuma expectativa de presidir uma sessão em que eu possa disputar”, disse Maia.

Com essa decisão, caberá a Waldir Maranhão, como vice-presidente, presidir a sessão que promete ser movimentada, já que a tendência é que pelo menos três parlamentares disputem a eleição.

O receio é que Waldir Maranhão possa aprontar mais uma, da mesma forma como foi no caso do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

De qualquer forma, esse deverá ser o último grande ato de Waldir Maranhão, que posteriormente, após deixar a vice-presidência, retornará ao baixo clero da Câmara Federal.