Zé Carlos salva PT de execração. Se dependesse de Bira…

por Jorge Aragão

Blog do Gilberto Léda

O deputado Bira do Pindaré mostrou, pills nesta terça-feira (13) que não está dando muita importância para a história do seu partido, o dos Trabalhadores, quando o objetivo é atacar seu rival dentro da legenda, o vice-governador Washington Oliveira.

Em discurso no qual criticava declarações do adversário interno sobre o apoio do DEM, Bira acabou abrindo espaço para os deputados Neto Evangelista (PSDB) e Eliziane Gama (PPS) – ambos de partidos adversários do PT em nível nacional – fazerem uma verdadeira “festa” com impropérios contra a sigla.

“Deputado Bira eu sei que Vossa Excelência não tem nem o perfil político do partido em que hoje milita. Vossa Excelência tem o perfil do partido que já existiu, que foi o Partido dos Trabalhadores. O Partido antes de 2012, antes de chegar a presidente da República que pregava alguma coisa, ela ao assumir o poder passou a fazer uma coisa totalmente diferente do que pregava”, declarou Neto Evangelista.

Eliziane Gama disse que pessoas têm “prevaricado” a ideologia do partido. “A história do PT, do ponto de vista da formação, é muito bonita. Mas, infelizmente, nos últimos anos, pessoas tem prevaricado esse ideológico, essa história bonita do PT”, declarou.

Até Marcelo Tavares (PSB), de um partido aliado do PT nacionalmente, aproveitou a oportunidade. “Esse PT da adesão, da intervenção, do tapetão, esse não é o PT que nós gostamos, que nós admiramos e que queremos nos unir”, completou.

Sobrou para o sereno deputado Zé Carlos a defesa da legenda. “O nosso partido é um partido que tem história, é um partido que fez história, é um partido que foi responsável pelos melhores governos que este país já teve, por isso merece, no mínimo, o respeito”, reagiu alguém que de fato se preocupa com a imagem do PT.

E agora Washington Oliveira?

por Jorge Aragão

Washington e Bira: Sem reciprocidade

Na semana passada o vice-governador e pré-candidato do PT a prefeitura de São Luís, discount Washington Oliveira voltou a afirmar que caso seja derrotado nas prévias de abril do seu partido, salve ele iria apoiar a candidatura do seu “opositor”, o deputado estadual Bira do Pindaré.

Entretanto, quando foi alertado que Bira já havia dito que não o apoiaria mesmo sendo derrotado na prévia, Washington afirmou: “Eu não ouvi ele dizer que não apóia, no PT as coisas são assim, que perde apóia quem vence, eu mesmo já fiz isso anteriormente e farei novamente com o Bira do Pindaré caso perca e tenho certeza que ele fará isso”.

Para “decepção” de Washington Oliveira, o deputado Bira do Pindaré subiu à Tribuna nesta terça-feira (13), e foi claro quando questionado pelo deputado Hélio Soares (PP) sobre uma derrota nas prévias.

“Se o Washington por ventura ganhar as prévias, vossa excelência o apoiará?”, interrogou Hélio Soares.

“Eu já falei sobre isso e vou repetir aqui para vossa excelência. Não há hipótese da minha presença no palanque da oligarquia. Não há hipótese”, afirmou sem titubear Bira do Pindaré.

Espero que pelo menos se não tenha ouvido, o vice-governador possa pelo menos ler, as declarações do seu “opositor”.

Termina prazo para inscrições de chapas no PT

por Jorge Aragão

Será encerrado nesta sexta-feira (09), buy o prazo para a inscrição das chapas que irão concorrer, help no dia 25 deste mês, sale a 220 vagas para delegados petistas, que serão os responsáveis por escolher entre o vice-governador Washington Oliveira e o deputado estadual Bira do Pindaré, para disputar a prefeitura de São Luís pelo partido.

Quatro ou cinco chapas deverão ser inscritas até a finalização do prazo. Washington Oliveira deverá ter o apoio de duas ou três chapas nessa disputa interna, pois além de sua própria chapa, o vice-governador ainda terá o apoio do grupo Sempre PT (Robert Lobato) e Renovar é Preciso (Rodrigo Comerciário), que se unificaram em uma chapa.

Ainda existe a possibilidade do grupo Novo PT (Dimas Salustiano) formalizar uma terceira chapa de apoio a candidatura de Washington Oliveira a prefeitura da capital maranhense.

Já o deputado estadual Bira do Pindaré terá, até o momento, duas chapas de apoio a sua candidatura. Além de sua própria chapa, o deputado estadual conta ainda com o apoio do grupo de Augusto Lobato que deve formalizar e inscrever uma chapa para participar diretamente do processo.

Após a inscrição dessas chapas, caberá aos cerca de 4 mil filiados petistas em São Luís, no dia 25 de março, votarem e definirem as chapas que terão mais representatividade com seus delegados nas prévias indiretas.

Depois de escolhido os 220 delegados, ai o PT partirá para a escolha do candidato. Caberá aos delegados petistas, no dia 15 de abril, escolher entre Washington Oliveira e Bira do Pindaré para disputar a eleição municipal em São Luís.

Daqui para lá, muito coisa pode acontecer, inclusive nada. Assim funciona o PT.

“O governo de Castelo é desastrado”, diz Washington Oliveira

por Jorge Aragão

O vice-governador Washington Oliveira (PT) criticou duramente a gestão João Castelo à frente da prefeitura de São Luís, look nesta quinta-feira (08), prostate na Assembleia Legislativa.

“O governo Castelo é um governo desastrado, basta andar em São Luís e verificar isso, e não adianta fazer alguma coisa agora, tentar maquiar, pois passou três anos sem fazer nada. O governo Castelo é um desastre em todas as áreas”, declarou o petista que é pré-candidato a prefeito da capital maranhense.

Sobre a disputa interna no PT com o deputado estadual Bira do Pindaré, Washington declarou que recebeu denúncias que o grupo do parlamentar estaria prometendo empregos na prefeitura de São Luís em troca de apoio.

“As denúncias estão chegando a mim e afirmam que gente ligada ao Bira estaria prometendo emprego na prefeitura. Estou apurando, já mandei até gravar, pois quero a comprovação. Isso é um absurdo e não pode acontecer no PT”, afirmou.

Washington também assegurou que a sua campanha é limpa e de companheirismo e desautoriza qualquer pessoa a fazer negociação em seu nome.

“Se alguém tiver usando meu nome indevidamente em alguma negociação, eu quero saber, pois não está autorizado, estamos fazendo uma campanha limpa e de companheirismo e luto pelo PT sempre unido, independente do resultado. O que alguns precisam entender que a disputa é entre PT e PSDB, precisamos também pensar nessa disputa em 2014 à nível nacional”, finalizou o petista.

As prévias indiretas do PT que irão decidir o nome do partido que disputará a prefeitura de São Luís acontecerá no dia 15 de abril, mas agora em março, no dia 25, serão escolhidos 220 delegados que irão definir em abril o nome do PT para as eleições da capital maranhense.

Washington também agradece…

por Jorge Aragão

Não é apenas o prefeito de São Luís, for sale João Castelo (PSDB), troche que está satisfeito e agradecendo a quantidade de candidaturas no campo da Oposição para a prefeitura de São Luís.

O vice-governador Washington Oliveira (PT), caso confirme sua candidatura nas prévias internas do seu partido, também será beneficiado com a não união da Oposição em torno de uma única candidatura.

As eleições da capital maranhense, no atual cenário político, tende a ser definida num segundo turno e por mais desgastado que esteja, é difícil imaginar que Castelo não esteja nesse segundo turno, estando sentado na cadeira de prefeito e com a máquina da prefeitura a sua disposição.

Sendo assim, sobraria apenas uma vaga nesse segundo turno. A princípio muitos apostavam que com a união da Oposição essa segunda vaga seria desse pool de partidos (PP, PSB, PTC, PCdoB e PPS), mas com a proliferação de candidaturas dessas legendas, as chances do grupo da governadora Roseana Sarney, com a candidatura de Washington Oliveira, aumenta significativamente as chances de chegar ao segundo turno.

No entanto, é bom lembrar que Washington precisará primeiramente confirmar a sua candidatura dentro do PT, mas se assim fizer, pode passar de azarão para favorito, pelo menos para chegar ao segundo turno.

Leia também sobre o assunto: Todos os caminhos levam a Washington…

PT comemora aniversário de 32 anos

por Jorge Aragão

O Partido dos Trabalhadores (PT) completa 32 anos nesta sexta-feira, click 10. Para comemorar a data, unhealthy o Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores do Maranhão (PT-MA) e o Diretório Municipal de São Luís (PT São Luís) realizam, neste sábado (11), a partir das 11h, um ato comemorativo, que será realizado no Sítio do Batista, na rua Santa Maria, nº 30, bairro Angelim, em São Luís.

O evento contará com a presença do vice-governador do Maranhão, Washington Luiz; o presidente Estadual do PT, Raimundo Monteiro, além de dirigentes de diretórios municipais do partido, militantes, deputados, prefeitos, lideranças sindicais populares e comunitárias, movimentos sociais e lideranças de partidos aliados.

Para o presidente do diretório Estadual do PT, Raimundo Monteiro, o partido tem muito a comemorar. “Nestes 32 anos, o partido obteve muitas vitórias e alegrias para o povo brasileiro e para a América Latina, principalmente, aos pobres do nosso país, com mais emprego, mais salários. Mais de 25 milhões saíram da miséria”, apontou.

O vice-governador do Maranhão, Washington Luiz (PT), destacou que os 32 anos do partido foram construídos com a militância. “Estes 32 anos do PT foram construídos com a militância partidária. O PT amadureceu e aprendeu a governar com os partidos aliados para enfrentar problemas conjuntamente e melhorar as condições de vida da população”, afirmou.


Fernando Silva, presidente do diretório municipal de São Luís, ressaltou que o partido cresceu com a participação ativa na luta pela democracia e sendo protagonista na revolução da política nacional com o governo do presidente Lula e os grandes projetos sociaisimplantados no País.“Destaco o crescimento do nosso partido tanto em nível nacional como em nosso estado onde temos, atualmente, três deputados estaduais e podemos eleger em 2012 nosso prefeito nessa capital”, enfatizou.

O Partido dos Trabalhadores foi fundado no dia 10 de fevereiro de 1980, no Colégio Sion, em São Paulo. O Partido surgiu da organização sindical espontânea de operários paulistas, liderados pelo ex-presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva, e outras lideranças de trabalhadores, no final da década de 1970, dentro do vácuo político criado pela repressão do regime militar aos partidos comunistas tradicionais e aos grupos de esquerda existentes.

Bira não desiste e lança pré-candidatura

por Jorge Aragão

O deputado estadual Zé Carlos já deixou claro que só será candidato com unanimidade do PT. O coletivo “Sempre PT” declarou apoio a candidatura do vice-governador Washington Oliveira. O próprio partido definiu por 30 votos a 14, cialis que não haverá realização de prévias gerais e que serão os delegados do PT que definirão o candidato da legenda para disputar a prefeitura de São Luís.

No entanto, case nada disso parece importar para o deputado estadual Bira do Pindaré. O petista já confirmou que nesta sexta-feira (03), mind lançará oficialmente sua pré-candidatura. O lançamento acontecerá às 19h, no Restaurante Picuí Tábua de Carne localizado na Ponta da D’areia. Bira irá disputar com Washington Oliveira a preferência dos delegados petistas para a disputa da prefeitura na capital maranhense.

O parlamentar tem total direito de lutar pela sua candidatura, o que causa estranheza é que a postura adotada por Bira na Tribuna da Assembleia com relação a gestão João Castelo, não é compatível com essa vontade exacerbada do parlamentar de enfrentar o prefeito nas urnas. Isso tem feitos muitos acreditarem que a real intenção de Bira do Pindaré é simplesmente deixar o nome em evidência para a sua reeleição em 2014.

Outro detalhe que também causa estranheza e que o Blog teve acesso, é que o “maior incentivador” da candidatura de Bira do Pindaré a prefeitura de São Luís, o presidente da EMBRATUR, Flávio Dino, já confirmou que não poderá comparecer ao lançamento da pré-candidatura.

Mas Bira não desiste, insiste e persiste.