Praças seguem sendo revitalizadas pela Prefeitura de São Luís

por Jorge Aragão

Praças da capital estão recebendo obras de revitalização executadas pela Prefeitura de São Luís, que vêm transformando estes espaços públicos em áreas mais adequadas ao convívio social, à diversão de crianças e a prática do esporte e lazer. São ações de reforma, ampliação e construção de novos espaços em vários bairros da capital. Em alguns casos, áreas abandonadas que serviam como lixões viraram espaços de convivência beneficiando milhares de pessoas.

Com obras em andamento, mais quatro praças recebem serviços de requalificação. A Quinta do Macacão, como é conhecido popularmente a praça localizada na Rua Celso Magalhães, Centro, é uma destas. A praça fica ao lado da U.E.B. Bernardina Spíndola. A área vai ganhar quadra de esportes, coreto, academia e área verde. Ainda, novos bancos, playground, área de contemplação, academia de saúde, área para estacionamento e jardim. Para acessibilidade, serão construídas rampas.

Os trabalhos se concentraram no reboco de paredes e complemento de piso que será todo em concreto. Após, as equipes prosseguem com a instalação de itens da academia, playground e quadra de esportes; serviços de jardinagem e paisagismo; instalação dos bancos; e construção de sarjeta.

No bairro Parque Shalom, a praça de mesmo nome também recebe obras da Prefeitura. Considerada referência em lazer e entretenimento, a praça estava em desuso por ter sido alvo de vandalismo e ponto de consumo de drogas. A Prefeitura está reestruturando a área de pouco mais de seis mil metros quadrados com a construção de passeio, novo piso, coreto, meio fio, rampas de acesso, além da reforma da quadra poliesportiva, plantio de grama e ajardinamento.

As praças Bacurizeiro (Vila Embratel), Roseira (Anjo da Guarda) também estão sendo revitalizadas. Todas vão ganhar passeio, novo piso, coreto, meio fio, rampas de acesso, quadra poliesportiva e serão gramadas.

Prefeitura determina critérios para a redução do IPTU Centro Histórico

por Jorge Aragão

Proprietários de imóveis do Centro Histórico de São Luís, tombados pela União, Estado ou Município podem solicitar a isenção de pagamento integral ou parcial do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), desde que estejam atentos à manutenção e preservação das características arquitetônicas originais dos prédios e casarões. A isenção do IPTU é garantida pela Lei Municipal nº 3.836 de junho de 1999. A Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), determinou os critérios técnicos para a redução do IPTU em Zona do Patrimônio Histórico.

O poder público municipal norteia as vistorias quanto aos critérios técnicos de preservação e conservação de imóvel localizado na Zona do Patrimônio Histórico, cujo proprietário solicita redução ou isenção de IPTU garantidas pela Lei Municipal nº 3.836 de junho de 1999. O procedimento orienta a descrever de forma generalizada as principais características arquitetônicas originais, estado de conservação e preservação e usos do imóvel a ser vistoriado.

A isenção e redução de IPTU a moradores do Centro Histórico é uma das estratégias da Prefeitura para estimular a revitalização da região. Para o presidente da Fumph, Aquiles Andrade, “a participação da iniciativa privada na preservação do Patrimônio Histórico de São Luís é imprescindível para que alcancemos resultados positivos na revitalização do Centro Histórico. Sendo assim, a Prefeitura incentiva esta participação por meio destes instrumentos legais. Além disso, estão sendo articuladas com outros entes públicos novas oportunidades de incentivos fiscais que possam tornar mais viáveis as ações de reabilitação do patrimônio edificado”, disse Aquiles Andrade.

O procedimento implantou também a notificação de vistoria técnica. “É uma forma de agilizar e facilitar o processo das visitas aos moradores que requereram a redução do imposto via Secretaria da Fazenda, ou seja, se o morador não for encontrado na nossa primeira tentativa de contato, ele pode agendar a visita mediante notificação”, explica o coordenador de Patrimônio Cultural da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), Rodrigo Amorim Soares.

Foto: A. Baeta

Leia mais

Prefeitura de São Luís prorroga vacinação contra gripe

por Jorge Aragão

A Prefeitura de São Luís prorrogou a campanha de vacinação contra a gripe até o dia 9 de junho. A extensão do prazo é para garantir o cumprimento da meta de imunizar 201.187 pessoas contra o vírus influenza, somente na capital. A vacina ficará disponível à população nos 61 postos de saúde da rede municipal e deverão ser imunizadas pessoas que compõem o chamado grupo prioritário.

“A imunização é uma estratégia importante para diminuir os índices de internação por causa da gripe e suas consequências. Então é muito importante que o público alvo da campanha, compareça aos postos de saúde. A Prefeitura de São Luís montou um grande aparato de modo a garantir que vacina seja assegurada a todos do grupo prioritário”, disse o prefeito Edivaldo.

A prorrogação foi uma recomendação do Ministério da Saúde para cidades que não alcançaram a meta. Segundo o MS a baixa cobertura vacinal foi uma tendência nacional. Em São Luís, segundo a totalização feita pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), foram vacinadas contra a gripe – de 17 de abril a 24 de maio – 108.870 pessoas, ou seja, 54,11% do grupos prioritários. A maior adesão se deu entre os idosos e a menor, entre as crianças.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, diz que a orientação é prosseguir com a mobilização do público-alvo. “A Prefeitura está disponibilizando a vacina em 61 unidades de saúde da rede municipal, e vamos utilizar as equipes de Saúde da Família para buscar as pessoas que ainda não foram vacinadas. Esperamos que a população continue procurando os postos para garantir a imunização”, afirmou a secretária.

Este ano, a campanha é direcionada para pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a cinco anos incompletos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e professores de escolas públicas e privadas compõe o grupo prioritário. A escolha dos grupos-alvo é feita a partir de critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS), considerando a maior suscetibilidade dessas pessoas em desenvolver complicações respiratórias relacionadas à influenza.

A vacinação contra a gripe é uma das estratégias de saúde para proteger contra as formas graves da infecção provocadas pelo vírus Influenza, diminuindo a mortalidade e as internações decorrentes. A vacina que está sendo disponibilizada nos postos imuniza contra dois tipos de gripe sazonal e o tipo H1N1.

Prefeitura de São Luís recebe Prêmio Hospital Amigo da Mulher

por Jorge Aragão

A Prefeitura de São Luís recebeu na manhã desta quarta-feira (24), na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), o Prêmio Dr. Pinotti – Hospital Amigo da Mulher. A instituição foi uma das cinco entidades de saúde agraciadas com a honraria. A indicação da unidade de saúde ao prêmio foi do deputado federal Pedro Fernandes.

Além da Prefeitura de São Luís, instituições dos estados do Ceará, Pará, Rondônia e Paraná também receberam o prêmio. A condecoração é concedida anualmente pela 2ª Secretaria da Câmara Federal a instituições que prestem serviços de qualidade em atenção à saúde da mulher.

A diretora-geral do Hospital da Mulher, Natália Mandarino, foi à Brasília receber o prêmio em nome do prefeito Edivaldo. Ela destacou que a instituição municipal realiza hoje um trabalho de alta complexidade, sendo referência em neurocirurgia e em saúde da mulher. Por mês, são atendidas três mil mulheres em nível ambulatorial e realizadas 500 cirurgias.

“Trazer este prêmio para São Luís é uma honra muito grande, mostra o fruto de um trabalho feito com dedicação e carinho na gestão do prefeito Edivaldo. O Hospital da Mulher teve uma atenção especial nesta gestão o que fez com que hoje a unidade funcione de forma plena, com todos os serviços, sendo referência no Maranhão na saúde feminina”, disse a diretora.

O deputado federal Pedro Fernandes, que indicou o Hospital da Mulher ao prêmio, disse que a honraria é um reconhecimento ao trabalho realizado pela Prefeitura. “Esse prêmio é reconhecimento ao belo trabalho que a Prefeitura de São Luís tem executado na administração do Hospital da Mulher. É também um reconhecimento para os servidores que têm executado um bom trabalho junto à população, se envolvendo. Eles estão de parabéns”, destacou o deputado Pedro Fernandes.

O também deputado federal Juscelino Filho, que também é médico, comentou: “Este prêmio merece destaque ao trabalho que a Instituição vem prestando e aprimorando a cada dia na nossa capital. Como reconhecimento desse trabalho hoje desenvolvido pelo Hospital, nós, deputados e senadores, fizemos no final do ano passado a indicação de uma emenda de bancada no valor de R$ 3 milhões, ajudando assim na manutenção dos serviços de saúde ofertados a população. Registro aqui meus parabéns e minha homenagem à Natália e à toda sua equipe”.

Hospital – Na administração do prefeito Edivaldo o Hospital da Mulher foi requalificado e teve novos serviços implantados, como o de neurocirurgia. Novos equipamentos foram adquiridos, o número de leitos de internação passou de 24 para 50. Houve ainda a implantação de 10 leitos de UTI e de serviços de diagnóstico por imagem, como tomografia computadorizada, raio X e ultrassom. Eletroneuromiografia, biópsias, punção de mama e de tireóide, retirada de nódulos benignos também estão na lista de serviços oferecidos às pacientes.

O hospital, que estava praticamente fechado em 2013, com os investimentos da Prefeitura, em 2016 contabilizou quase 228 mil atendimentos e procedimentos e em áreas como a saúde da mulher quanto em outras especialidades, destes e 1.244 cirurgias eletivas. Cardiologia, clínica médica, endocrinologia, ortopedia, ginecologia clínica e cirúrgica, gastroenterologia, hematologia, neurologia, pneumologia, urologia, proctologia, mastologolia e neurocirurgia estão entre as especialidades ofertadas na unidade de saúde.

PRÊMIO – Concedido desde 2010, o prêmio Dr. Pinotti leva o nome do médico ginecologista, professor universitário e político José Aristodemo Pinotti, falecido em 2009. Graduado pela Universidade de São Paulo (USP), onde construiu parte significativa de sua carreira, Dr. Pinotti teve mais de 1,3 mil publicações, entre livros científicos e artigos em revistas e jornais especializados nacionais e estrangeiros.

Na política, foi deputado federal por três mandatos e dedicou esforços a melhorar o acesso à saúde pública e o atendimento à população, em especial a feminina. A premiação acontece sempre no mês de maio, na semana do dia 28, quando se comemora o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna. A filha de Pinotti, Marianne Pinotti, esteve presente à solenidade.

Prefeitura de São Luís segue com a limpeza das ruas e avenidas

por Jorge Aragão

A Prefeitura de São Luís, por meio do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, está realizando grande operação de limpeza da cidade, com serviços especiais de capina, roçagem e pintura de meio-fio em dezenas de vias da capital. Nesta segunda-feira (23) os trabalhos se concentraram na avenida Mário Andreazza, no Olho d´Água. Ainda nessa área, o trabalho contempla também as avenidas Daniel de La Touche, São Luís Rei França, Aririzal, Luiz Rocha e Boa Esperança.

Para executar a operação de limpeza, a Prefeitura contratou 100 novos homens para complementar as equipes na realização do serviço de retirada do mato dos canteiros e outros espaços públicos da cidade. Conforme o cronograma de trabalho, a meta é realizar a capina em cerca de 362 quilômetros de vias na capital.

Segundo a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Pública, Carolina Estrela, visando melhor coordenação e organização do trabalho efetuado, foi realizado um mapeamento dividindo os bairros por setores. “Com a umidade do período chuvoso, o crescimento da vegetação na via pública acontece em maior proporção, requerendo a realização de operações em larga escala para controle do problema”, observou ela.

O cronograma de execução dos serviços especiais de capina seguirá o ordenamento alinhado no mapeamento elaborado pelo Comitê Gestor, que é ligado a Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp). A ação já concluiu os serviços em outras 12 avenidas de São Luís, entre elas a Beira Mar, Africanos, Jerônimo Albuquerque, Getúlio Vargas, Alexandre Moura, Guaxenduba, Euclides Figueiredo, Luis Eduardo Magalhães.

Nas próximas semanas, os serviços chegarão às principais vias dos bairros Anil, Cohatrac, Cohab, Tirirical, Turu, João Paulo, São Francisco, Santa Cruz, Santo Antônio, Cidade Operária, entre outros.

Prefeitura de São Luís intensifica trabalho de limpeza nas vias públicas

por Jorge Aragão

A Prefeitura de São Luís intensificou os trabalhos de capina e roçagem de áreas públicas na cidade. A ação, iniciada no Centro, se estenderá por seis roteiros, que incluem as principais vias da capital e dos bairros, de acordo com planejamento do Comitê Gestor de Limpeza Urbana. Para garantir mais agilidade nos serviços em um maior alcance da ação a Prefeitura incluiu mais 100 trabalhadores na equipe de serviço. O plano propicia um aspecto urbanístico mais limpo, mais arejado, além de acabar com proliferação de vetores de transmissão de doenças como zika, cikungunya e dengue.

De acordo com o planejamento do Comitê, a operação será estendida por seis semanas, com seis rotas traçadas, cobrindo uma área de mais de 360 km linear. Pelo menos 11 equipes estão atuando nas ruas.

Na primeira semana, sete avenidas receberam os serviços no Centro, Calhau, Renascença, Vinhais e Cohafuma. Até o encerramento da operação, mais de 22 bairros receberão trabalho de limpeza. Levantamento realizado pelo Comitê em bairros vai indicar novos locais, além dos que foram inicialmente planejados.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Estrela, destacou que a operação conta com a ampliação do número de trabalhadores nos serviços de limpeza nas ruas, exatamente para que se consiga, em algumas semanas, verificar o resultado aparente, primeiramente nos principais corredores de trânsito de São Luís.

“Já é possível ver o avanço que temos alcançado do ponto de vista paisagístico com a intensificação da limpeza e a manutenção de vias. A orientação do prefeito Edivaldo é que todos se engajem, zelando por nossos espaços públicos que estão recebendo ações efetivas”, destacou Carolina Estrela.

E o trabalho continua…

por Jorge Aragão

A Prefeitura de São Luís tem intensificado o trabalho de limpeza de galerias e desobstrução de bueiros em bairros de São Luís. O trabalho faz parte das ações realizadas diariamente pela Prefeitura, visando à melhoria do funcionamento das redes de drenagem de águas pluviais em toda a cidade e inclui a recuperação, limpeza com retirada de entulho e colocação de tampa, no caso de obstrução.

Coroado, Ilhinha, Renascença II, Calhau, Cohafuma, São Francisco, Cidade Operaria, São Raimundo, Litorânea, São Cristóvão e Vila Embratel são alguns dos bairros que já receberam os serviços desde o início do mës de março. O titular da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo, reforça que os trabalhos integram o rol de ações para a melhoria da infraestrutura urbana, executadas na gestão do prefeito Edivaldo.

Além da manutenção da rede central, segundo informou o secretário, o trabalho de ampliação de drenagem na periferia da cidade tem evitado situações de risco para a saúde da população.

Nas últimas semanas, os serviços de limpeza de galerias foram realizados na na Rua dos Narcisos, na Lagoa da Jansen e dos Azulões, no Renascença II; Rua 09 e 06, no São Francisco; Avenida Jerônimo de Alburquerque na altura da Curva do 90 e do Palácio Henrique de La Rocque; Avenida dos Africanos, no Coroado; Avenida Santo Antônio, Barramar – Calhau; Unidade 105, na Cidade Operária; Avenida Ferreira Gullar, na Ilhinha; Avenida dos Holandeses, próximo a Pizza Hut e na Avenida do Muro, próximo à Expoema; entre vários outros pontos de serviço.

Na Avenida do Muro, que é um corredor de ônibus, a Semosp também iniciou um trabalho de recuperação da malha asfáltica para manter a trafegabilidade do local. O trabalho está acontecendo até o fim do período chuvoso, quando a secretaria deverá realizar a recuperação definitiva da via, que deve ganhar nova rede de drenagem.

Entre os canais que já receberam limpeza estão o da Areinha, na Avenida dos Africanos; da Lagoa, na concha acústica; Curva do 90 e o canal da Avenida Santo Antônio, no Barramar. Com o trabalho, a Prefeitura minimiza alagamentos especialmente após intensas chuvas.

Paralelo ao trabalho de limpeza das galerias e canais, a Semosp também está realizando serviço de recuperação asfáltica em várias ruas da capital. Entre elas estão a Rua Altamira, próximo ao Hotel Adventure, no Calhau; e trechos das avenidas Guajajaras, Colares Moreira, Brasil, Jerônimo de Alburquerque, elevado da Cohab e Daniel de La Touche.

Divulgada mais uma etapa do concurso da Prefeitura de São Luís

por Jorge Aragão

Foi divulgada a lista de aprovados nas provas objetivas e a e lista provisória da prova discursiva do concurso para professor da rede municipal de ensino. Candidatos podem consultar o gabarito, caderno de prova e folha de respostas no site do Centro Brasileiro de Pesquisa, Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe/UnB), responsável pela realização do processo, e na página da Prefeitura de São Luís, no endereço www.saoluis.ma.gov.br.

O concurso ofereceu 822 vagas nos níveis médio e superior, incluindo oportunidades para magistério e, pela primeira vez, vagas na Educação Especial, para preenchimento imediato e também cadastro de reserva.

Os candidatos terão acesso às listas clicando no link ‘Consulta ao gabarito definitivo, caderno de prova e folha de respostas’. Na página seguinte, o candidato informa o CPF e a senha para consultar a listagem.

Na avaliação do secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, o concurso vem preencher lacunas no ensino municipal com a integração de novos profissionais. Com o certame, o município segue no cumprimento ainda ao compromisso firmado pelo prefeito Edivaldo, de garantia de valorização dos profissionais do magistério e de medidas efetivas para a melhoria da qualidade da educação. “O processo transcorre dentro da normalidade esperada e só ratifica o bom trabalho da gestão e o compromisso com esta área. Esperamos que os candidatos exitosos possam somar conosco e venham fazer a diferença na vida dos milhares de estudantes da rede municipal de educação”, reitera Feitosa.

Nos cargos de nível médio como segunda etapa de avaliação, como os de cuidador, por exemplo, candidatos devem realizar ainda perícia médica e prova de desempenho teórico prático; e de avaliação de títulos e perícia médica para os cargos de nível superior. Quanto a recursos, o prazo para dar entrada será dias 13 e 14 deste mês, acessando a página do Cesp/UnB.

“Avaliamos esta como mais uma etapa que ocorre dentro do previsto, consolidando a proposta do concurso que é garantir a melhoria da qualidade de ensino na rede municipal e diminuir o déficit de professores. Os candidatos já podem consultar seu resultado e aqueles que participarão de outras etapas do concurso, devem ficar atentos para as determinações e datas do edital”, ressalta a secretária municipal de Administração (Semad), Mittyz Fabíola Carneiro Rodrigues.

O diferencial deste concurso público é a destinação de vagas no magistério para a área da Educação Especial. Todos os cargos desta modalidade são oferecidos pela primeira vez e são uma iniciativa da gestão Edivaldo. Foram criados cargos para atender alunos com algum tipo de deficiência e assim, fortalecer o planejamento da gestão por uma educação ainda mais inclusiva.

CARGOS – O concurso ofereceu vagas no magistério para professores de artes, ciências, educação física, educação infantil, filosofia, ensino religioso, geografia, história, inglês, língua portuguesa, matemática, atendimento educacional especializado, braile, língua brasileira de sinais, intérprete de língua brasileira de sinais, suporte pedagógico e professor 1° ao 5° ano.

Os inscritos para nível médio vão concorrer às vagas para os cargos de cuidador escolar, monitor de transporte escolar e para transcritor e adaptador de Sistema Braille. Os de nível superior têm oportunidades nas áreas de arquitetura, assistência social, engenharia civil, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, revisor de braile e terapia ocupacional.

Os salários variam de R$ 1.112,09 para cargos de nível médio; e de até R$ 2.661,20 para o nível superior. O concurso conta ainda com vagas no cadastro de reservas, para serem acionados em caso do surgimento de demanda e tem validade de dois anos.

A reação rápida da Prefeitura de São Luís

por Jorge Aragão

A região da Curva do 90 está recebendo o trabalho emergencial de drenagem na área. A medida preventiva evitará o alagamento da via, possibilitando continuidade do fluxo normal dos veículos.

A reação rápida e eficiente do prefeito Edivaldo Holanda Júnior e da equipe da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), nesse momento de fortes chuvas, é para evitar a obstrução e o alagamento de uma das vias mais importantes e de maior tráfego da capital.

Por conta do elevado volume de chuvas durante a semana, houve rompimento da parede de contenção do aterro da pista e a equipe está fazendo uma nova.

Além disto, máquinas e operários trabalham na desobstrução de bueiros existentes às margens da via, entupidos pelo lixo descartado indevidamente em área pública e tronco de árvores.

Sacos de concreto também estão sendo colocados para fazer a contenção e evitar o transbordamento do córrego existente no local.

O trabalho ágil nesse e em outros pontos da cidade mostra o esforço da Prefeitura de São Luís para evitar o rompimento de vias e evitar transtornos à população.

Concurso público municipal movimentou o domingo em São Luís

por Jorge Aragão

O domingo (5) foi de prova para os candidatos inscritos no concurso da Prefeitura de São Luís para rede municipal de ensino. Os portões foram abertos às 8h, mas bem antes os candidatos já estavam nos locais de prova que foram realizadas pelo Centro Brasileiro de Pesquisa, Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cesp/UnB). Ao todo estão sendo oferecidas 822 vagas para os níveis médio e superior, com oportunidades no magistério e em Educação Especial. Mais de 30 mil candidatos concorrem às vagas.

De acordo com o secretário Municipal de Educação, Moacir Feitosa, o concurso inova ao abrir vagas não somente para professores, mas também para cuidadores e monitores de transporte rural. “É um impacto positivo em tempos de crise. O concurso faz parte de um conjunto de medidas adotadas pela administração do prefeito Edivaldo para diminuir o déficit de professores na rede municipal de ensino e reestruturar a educação municipal, além de promover a valorização de docentes”, destacou Moacir Feitosa.

A secretária municipal de Administração (Semad), Mittyz Fabíola Carneiro Rodrigues disse que o concurso irá reduzir o déficit de profissionais na área de educação. “O grande número de candidatos inscritos demonstra o êxito do certame”, observou a secretária. “Acreditamos que excelentes profissionais serão selecionados através deste concurso e incorporados aos que já compõem nosso quadro de servidores”, enfatizou a gestora.

Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas estão previstos para serem divulgados terça-feira (7), a partir das 19h, horário de Brasília. O resultado final das provas objetivas e provisório da prova discursiva estão previstos para divulgação no dia 3 de março. As informações também poderão ser consultadas nas páginas do Cesp-UnB (http://www.cespe.unb.br/concursos/) e da Prefeitura de São Luís (http://www.saoluis.ma.gov.br/), nas referidas datas.

Os salários iniciais variam de R$ 1.112,09 para cargos de nível médio; e de até R$ 2.661,20 para o nível superior. O concurso, com validade de dois anos, conta ainda com vagas no cadastro de reserva.