Prefeitura de São Luís implantará o Farmácia Viva em unidades de saúde

por Jorge Aragão

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), firmou parceria com o Governo do Estado, via Secretaria de Estado da Saúde (SES), para a implantação da Farmácia Viva em unidades de saúde do município. A Farmácia Viva é uma estratégia de promoção do acesso da população à medicamentos de origem vegetal, obedecendo aos padrões técnico-científicos de qualidade e segurança.

O convênio foi assinado nesta segunda-feira (23), pelo secretário municipal de Saúde, Lula Fylho e o adjunto de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Marcelo Rosa. A parceria prevê a implantação de hortas de plantas medicinais em unidades de saúde para distribuição à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS), com a orientação quanto à correta preparação e uso dos chamados “remédios caseiros”.

O secretário Lula Fylho informou que em São Luís a Farmácia Viva começará a ser implantada no Centro de Saúde Turu e estendida para todas as Unidades Básicas de Saúde da rede municipal. “Há muito tempo é comprovado que plantas medicinais têm eficiência terapêutica e podem ser utilizadas pela população nas suas necessidades básicas de saúde, e a Farmácia Viva se insere no contexto das práticas integrativas de saúde que complementam a assistência já oferecida aos usuários. É importante ressaltar que tudo será feito com a supervisão dos profissionais”, explica.

“A Farmácia Viva é um programa de grande adesão popular, e São Luís, como maior município do estado, tem muitas unidades com espaços que podem se transformar em hortas medicinais para disponibilizar à população medicamentos fitoterápicos e plantas”, disse o secretário Marcelo Rosa.

PORTARIA – No Maranhão, o programa Farmácia Viva foi instituído pela portaria n° 564 de 24 de agosto de 2017, e já está implantado em mais de 80 municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), onde a população começa a ter acesso a plantas medicinais in natura.

A implantação da Farmácia Viva vai iniciar com a capacitação dos servidores da unidade e dos agentes comunitários de saúde, além de palestras para a população, que será sensibilizada sobre a segurança do uso das ervas.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 80% da população mundial faz uso de algum tipo de erva na busca de alívio de alguma dor, e, desse total, pelo menos 30% foi por indicação médica.

E o trabalho não para na gestão Edivaldo em São Luís

por Jorge Aragão

Enquanto alguns se preocupam especular uma saída do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) da Prefeitura de São Luís para ser candidato a vice-governador na chapa do governador Flávio Dino (PCdoB), o gestor segue trabalhando em ritmo acelerado.

Às vésperas do Dia das Crianças, o prefeito Edivaldo homenageou os pequeninos da zona rural de São Luís ao entregar, nesta quarta-feira (11), mais uma unidade de Educação Infantil totalmente reformada e requalificada. A U.E.B. Rio Grande, localizada na comunidade de mesmo nome, se soma às cerca 70 escolas da rede municipal entregues pela Prefeitura de São Luís completamente restauradas e climatizadas. O ato de entrega das novas instalações da unidade contou com a presença do secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, e do subprefeito Criança da comunidade, Moisés Viana, 12 anos, ex-aluno da escola.

Aproximadamente 220 alunos estudam na U.E.B que oferece Ensino Infantil nos dois turnos, para crianças com idade entre três a cinco anos. A unidade possui seis salas de aula, refeitório, brinquedoteca, cozinha, diretoria/secretaria, e extensa área livre para lazer e atividades pedagógicas. Todos os ambientes da escola foram totalmente climatizados.

“Nada mais importante nessa data que presentear nossas crianças ofertando-lhes educação de qualidade, em escolas melhores estruturadas. Nossa preocupação maior é zelar pelo bem-estar de nossas crianças, principalmente no ambiente escolar, pois é lá que elas passam grande parte do seu tempo e por isso mesmo precisam estar em um espaço mais acolhedor, agradável e com toda a estrutura capaz de promover seu desenvolvimento educacional e cognitivo. Dessa forma, cumprimos o nosso dever de ofertar à comunidade escolas muito mais adequadas ao ensino de nossos alunos e com condições mais dignas de trabalho aos educadores e servidores de modo geral”, afirmou o prefeito Edivaldo.

O secretário Moacir Feitosa observou que a entrega da escola demonstra a grande preocupação da gestão do prefeito Edivaldo com a Educação e com as crianças moradoras de localidades da zona rural, historicamente esquecidas pelas administrações anteriores. “O nosso cronograma de entrega de escolas prossegue com muito planejamento e responsabilidade, para que até o fim deste ano todas as 120 unidades contempladas com serviços de restauração, nessa primeira etapa do programa ‘Educar Mais’, sejam entregues à população”, observou o secretário.

A Unidade de Educação Básica Rio Grande, entregue nesta quarta-feira, passou por um conjunto de serviços que recuperaram a estrutura física de todo o prédio, com reforma e ampliação de setores internos e da área externa. Os serviços na unidade incluíram intervenções na rede elétrica, hidráulica, pintura, cobertura, recuperação de salas de aula e salas de vídeo. Com o objetivo de tornar o ambiente muito mais aprazível, confortável e estimulante ao aprendizado de crianças e jovens alunos.

As obras na unidade integram o programa municipal ‘Educar Mais’, lançado no fim do mês de junho pelo prefeito Edivaldo. A melhoria continuada da infraestrutura física das escolas é um dos cinco pilares do programa, que tem ainda foco na aprendizagem, no monitoramento escolar, na formação continuada, gestão e infraestrutura. Por meio do programa está sendo realizado o diagnóstico da qualidade do ensino oferecido na rede pública municipal de São Luís, com o objetivo de realizar o acompanhamento, o monitoramento e tomada de decisões na área.

SAMU – A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), colocou à disposição da população nesta quarta-feira (11), uma base descentralizada do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu), na Vila Vicente Fialho. O objetivo é diminuir o tempo resposta às chamadas feitas para o 192. O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, entregou a nova base, ressaltando o investimento da gestão do prefeito Edivaldo na ampliação e melhoria dos serviços da rede de urgência e emergência da capital maranhense.

O Samu passou a contar com quatro bases descentralizadas, situadas no São Bernardo, Maracanã, Anjo da Guarda e Vila Vicente Fialho, além da sede situada no Filipinho. Na próxima semana, a Semus vai colocar em funcionamento também uma base na Cidade Olímpica, cumprindo integralmente o protocolo do Ministério da Saúde que regulamenta os serviços de urgência e emergência.

“Além das reformas e ampliações já feitas nos ambientes dos Socorrões, a Prefeitura priorizou também a descentralização do Samu para otimizar a logística de deslocamento das ambulâncias, que agora vão chegar mais rapidamente aos locais das ocorrências”, disse o secretário acrescentando que a Prefeitura deverá aumentar a fronta, nos próximos meses, com a aquisição de mais ambulâncias.

A base do Samu na Vila Vicente Fialho comporta até duas ambulâncias de suporte básico e os ambientes contemplam sala de estar, repouso para duas equipes, banheiros, almoxarifado e estacionamento. Ela vai operar 24 horas, atendendo à população nos chamados e fazendo o encaminhamento às unidades hospitalares de São Luís.

“Todos por São Luís” na campanha do Outubro Rosa

por Jorge Aragão

Um dia bastante especial para as mulheres que utilizam os serviços do Hospital Municipal da Mulher, no Anjo da Guarda. A manhã deste sábado (07), foi para elas, que participaram de evento alusivo à campanha Outubro Rosa, ação nacional de conscientização e prevenção ao câncer de mama. As atividades integraram o cronograma do ‘Todos por São Luís’, da Prefeitura, sendo esta edição especial que marcou o início da programação da campanha no município. O prefeito Edivaldo, a primeira-dama, Camila Holanda, que coordena o programa, e o secretário de Saúde, Lula Fylho, participaram do evento. Um café da manhã foi preparado para as mulheres que compareceram à ação.

O evento teve como foco ofertar atendimentos voltados à saúde feminina, incluindo consultas, exames e muita informação. “A escolha do Hospital da Mulher para este momento tem seu simbolismo por ser um espaço adequado e pensado para que a mulher se previna e cuide de sua saúde. É um dia de reflexão e de ressaltar a importância da prevenção para todas as mulheres da nossa cidade”, pontuou o prefeito Edivaldo, que visitou todos os estandes onde cumprimentou e conversou com os profissionais do atendimento e com o público. “Esse é também um momento importante para os homens se unirem à esta causa e participarem, estimulando a mulher a se cuidar”, reforçou o prefeito Edivaldo.

A primeira-dama Camila Holanda, destacou a importância do compromisso da Prefeitura na campanha nacional. “É mais uma mobilização positiva da gestão, que prioriza o atendimento à mulher, com foco em sua prevenção e nesta data tão significativa a contribuição se faz com essa vasta programação pensada para todas as mulheres. A gestão vem ampliando os serviços, aumentando as oportunidades para a saúde feminina e coroamos isto com esta importante campanha e as ações deste evento”, disse a primeira-dama.

O secretário municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho, enfatizou que as atividades promovidas na campanha Outubro Rosa têm como objetivo intensificar e reforçar os atendimentos de prevenção ao câncer de mama. “Nesta campanha é importante promover o debate e a reflexão sobre a necessidade dos cuidados precoces para evitar a doença. Paralelamente, a gestão vem, com muito esforço, investindo para ampliar os atendimentos à mulher”, reiterou.

Entre as ações programadas para o ‘Todos por São Luís’ especial, presença da Carreta da Mamografia para a realização deste que é o mais importante exame diagnóstico do câncer de mama; a Carreta da Mulher, para coleta de exames preventivos ginecológicos; além de consultas especializadas de mastologia, ginecologia e enfermagem. A procura foi grande e lotou as salas de atendimento.

No local, a população realizou também aferição de pressão arterial e teste de glicemia sob coordenação da Semus. Avaliação nutricional com distribuição de material informativo sobre alimentação saudável e prova de sucos naturais foram oferecidas na tenda da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa).

Lula Fylho mostra transparência em Audiência Pública

por Jorge Aragão

O titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho, participou na sexta-feira (22) de audiência pública na Câmara Municipal de São Luís. O gestor da pasta mostrou aos vereadores e para a categoria o cenário da área na capital maranhense e as ações que a Prefeitura de São Luís está realizando para avançar, mesmo enfrentando problemas que fogem das competências da gestão.

O secretário mostrou que a pasta está se encaminhando para o rumo certo, resolvendo problemas crônicos herdados por gestões anteriores, como nos Socorrões. “Chega aos Socorrões I e II aproximadamente R$ 1 milhão para cada um dos hospitais. Só que os gastos mensais em cada unidade são superiores a R$ 10 milhões. Nessa conta, a Prefeitura tem que arcar com mais de R$ 8 milhões todo mês para manter cada um. Na crise que passamos não é fácil essa missão”, disse o secretário.

A parceria com o Governo do Estado tem dado suporte para essa melhoria não somente para manter funcionando as unidades com bom atendimento e sem a superlotação encontrada em gestões anteriores, mas também para trazer investimentos como novos equipamentos e reformas na estrutura dos hospitais.

Além da situação dos Socorrões, a reforma do Hospital da Criança, na Alemanha, também foi abordada. Um novo projeto está em fase de conclusão e na próxima semana as obras deverão ser retomadas. “Além disso, colocamos uma equipe da Semus para fazer a fiscalização do trabalho para que tudo saia conforme o previsto”, disse o secretário. A previsão para a entrega do hospital é abril de 2018.

O secretário também explicou os motivos que levaram a paralisação na construção da maternidade da Cidade Operária. Segundo o gestor, a obra está sem recurso, apesar da verba já ter sido empenhada. O Governo Federal – responsável por mais de 90% do valor a ser pago pela construção – não pagou o serviço já feito e a empresa que ganhou a licitação decidiu romper o contrato e não mais fazer a obra.

Por causa disso, a Prefeitura precisou fazer novo projeto de construção da maternidade para depois fazer nova licitação para contratar uma outra empresa. “A paralisação é algo que independe da Prefeitura de São Luís”, disse.

Lula Fylho também tratou sobre o problema no atraso salarial dos técnicos de enfermagem. Ele assegurou que a situação já está sendo resolvida e que na próxima semana os funcionários contratados receberão os vencimentos.

Já sobre o modelo de contratação de profissionais de saúde, está sendo estudado uma nova saída. Uma comissão foi formada na Semus para que se verifique se o melhor modelo é contratação por meio de Oscips, se deverá ser realizado um concurso público ou se deverá ser criada uma empresa pública para contratação dos profissionais da área.

“Depois que o estudo do melhor modelo for concluído, vamos apresentar ao Ministério Público”, afirmou Fylho.

O tiro que saiu pela culatra do vereador Umbelino Júnior

por Jorge Aragão

É claro que inicialmente o leitor vai perguntar mesmo se o vereador Umbelino Júnior é de São Luís ou de Turiaçu, pela ligação da família do edil com o interior, mas falamos disso depois, já que Umbelino não só é vereador da capital, mas como também presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de São Luís.

Umbelino resolveu, isoladamente, visitar o Hospital Socorrão II, uma unidade de saúde realmente problemática, pois atende pacientes de todos os demais municípios, principalmente onde os prefeitos desviam recursos públicos que deveriam ser investidos na Saúde. Entretanto, apesar dos problemas, é inegável que melhorou muito na gestão Edivaldo.

O curioso da tal visita de Umbelino, é que o vereador chegou ao Socorrão II, e inclusive postou foto, de máscara para evitar contaminação. Pelas informações obtidas pelo Blog, apesar das dificuldades normais e já conhecidas, o vereador não encontrou o caos que esperava na unidade de saúde.

Outra curiosidade é que na gestão da secretária Helena Duailibe a Comissão de Saúde parece não ter lembrado da existência do Socorrão II, mas agora, com a chegada de Lula Fylho ao comando da pasta, parece que as coisas mudaram. De qualquer forma, ganha a população com a fiscalização, desde que a realidade seja efetivamente retratada, sem a tradicional politicagem.

Também é interessante destacar o trabalho incansável que tem feito Lula Fylho à frente da Secretaria de Saúde e quem quiser acompanhar algumas dessas ações, basta segui-lo nas redes sociais, como nos exemplos abaixo.

Lula Fylho, que não precisa de máscara para ir as unidades de saúde, vai mesmo de cara limpa, tem tentado dar maior agilidade na burocracia, derrubar alguns entraves existentes e que atrapalham a celeridade da gestão.

Lula Fylho também tem se reunido com representantes do Sindicato de Medicamentos, assegurando que o diálogo e a transparência irão sempre prevalecer.

Sendo assim, é fundamental que se cobre sim ações de qualquer setor, principalmente da Saúde, mas também é importante ressaltar que o novo titular da pasta está a aproximadamente a 30 dias no cargo e fazendo o que sempre fez, trabalhando muito, gostem ou não alguns vereadores do gestor Lula Fylho.

Por fim, só para não dizer q não falei de Turiaçu. O Blog espera sinceramente que no caso do vereador Umbelino Júnior, não prevaleça a frase “filho de peixe, peixinho é”, afinal nesta semana o Ministério Público divulgou que está pedindo a indisponibilidade dos bens dos 15 envolvidos no desvio de verbas públicas do Município de Turiaçu por meio de licitações, contratos e pagamentos a empresas ilegais. O valor total dos danos causados aos cofres municipais, somente em 2016, foi de R$ 15.682.733,72.

Um dos envolvidos, segundo o MP (veja aqui), é justamente o prefeito de Turiaçu, Joaquim Umbelino Ribeiro, pai do vereador Umbelino Júnior.

Como disse o Blog anteriormente, se alguns prefeitos realmente utilizassem os recursos na Saúde como deveriam e não desviassem verbas públicas, muitos pacientes não precisariam sair do interior em busca dos hospitais de São Luís e a realidade do Socorrão II seria ainda melhor.

“Vem parceria boa por aí”, diz Lula Fylho após visita de Carlos Lula

por Jorge Aragão

Logo no seu primeiro dia na Secretaria de Saúde, o novo secretário da pasta, Lula Fylho, já recebeu uma visita importante e que pode significar uma boa parceria entre o Governo do Maranhão e a Prefeitura de São Luís na área da Saúde.

O secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, fez questão de, logo no primeiro dia, fazer uma visita de cortesia a Lula Fylho.

“Agora à tarde, fiz uma visita de cortesia ao secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho. Desejei sorte e coloquei a SES à disposição”, afirmou Carlos Lula.

Já Lula Fylho foi mais ousado e garantiu que a população de São Luís terá novidades e que a parceria será selada.

“Recebi agora a pouco na sede da Semus o meu xará e secretário de Saúde do Estado Carlos Lula. Vem parceria boa aí”, sacramentou.

Uma coisa é certa, pelo menos no nome os dois secretários de Saúde já possuem afinidade.

Agora é aguardar e conferir.

Mudanças importantes na equipe do Governo Edivaldo

por Jorge Aragão

Nesta segunda-feira (24), o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), anunciou duas importantes mudanças na sua equipe de governo.

A gestão Edivaldo sofre mudanças na Secretaria de Saúde e Secretaria de Governo. Na Saúde deixa a pasta Helena Duailibe e assume Lula Fylho, já para o lugar de Lula Fylho na Secretaria de Governo, assume Pablo Rebouças. Veja abaixo.

Lula Fylho vai a Polícia para assegurar sua honra

por Jorge Aragão

Um dos principais gestores do Governo Edivaldo, o secretário de Governo Lula Fylho, tem sido alvo de algumas denúncias descabidas e que acabam atingindo a honra do gestor.

Por conta dessas denúncias, Lula Fylho foi procurar a Polícia Civil para garantir a sua honra. Veja abaixo.

Em contato com o titular do Blog, Lula Fylho assegurou que acredita saber de onde estão partindo os factoides, mas assegurou que isso não desestabilizará o Governo Edivaldo.

“Podem até querer, mas não irão conseguir desestabilizar o Governo Edivaldo. Acredito saber de onde partiu essa armação contra mim, mas já deixei o assunto com a polícia e espero que tudo seja esclarecido, pois atingir a honra de uma pessoa com calúnia e difamação é um ato criminoso”, destacou Lula ao Blog.

O gestor mais uma vez reiterou que jamais destratou qualquer vereador de São Luís como também chegou a ser ventilado. Lula Fylho também descartou a possibilidade de que vereadores estariam insatisfeitos com ele por conta das emendas parlamentares.

“Isso não tem sentido algum, a responsabilidade de tratar sobre o assunto com os vereadores não é mais comigo, então não quero acreditar nisso”, finalizou.

Ivaldo Rodrigues assume a SEMAPA

por Jorge Aragão

ivaldoTrabalhadores rurais, políticos, secretários municipais de São Luís e diversos servidores públicos e amigos, prestigiaram na manhã desta terça-feira (03/01), a solenidade de posse do vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) como novo titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAPA) de São Luís, no auditório da casa. O termo de posse foi entregue a Ivaldo Rodrigues pelo secretário de governo do município de São Luís, Lula Filho.

Na cerimônia, Lula Filho, representando o prefeito da capital, Edvaldo Holanda Júnior, falou que a SEMAPA é uma secretaria muito importante para a segurança alimentar da população de São Luís, para a produção agrícola e a geração de empregos e renda na zona rural e, que, existem muitos desafios a serem vencidos nesse ano de crise econômica. “Ainda vamos experimentar muitas mudanças na economia e devemos encarar com muita coragem e disposição a crise e enfrentá-la. Por isso precisamos não só de mudanças de cadeiras, mas de novas dinâmicas de gestão”, declarou.

Lula Filho também falou que deverá ser uma prioridade para o novo secretário investir na agricultura para melhorar a qualidade da alimentação da população e reduzir a aquisição de gêneros alimentícios produzidos em outros estados e que poderiam ser produzidos na zona rural de São Luís.

Na ocasião, Ivaldo Rodrigues disse que trocou a Câmara Municipal pela SEMAPA para poder contribuir de forma ainda mais efetiva com o aumento da produção de alimentos e de pescados na capital e também para melhorar a estrutura e as condições sanitárias das feiras e mercados de São Luís. “Espero contar com a ajuda dos servidores da casa, da nossa bancada federal e com parceiros da iniciativa privada para conseguir recursos que possam ser investidos em projetos de estímulo a produção, capacitação técnica, fiscalização e, em obras de reforma e ampliação de mercados e feiras na capital.

Nesse primeiro momento pretendo me reunir com o corpo técnico da secretaria para fazer um diagnóstico das ações, projetos e demandas da casa para poder estabelecer as prioridades”, afirmou. Após a solenidade de posse, Ivaldo Rodrigues, se apresentou aos servidores da SEMAPA e deu início as primeiras reuniões de trabalho.

Na próxima quinta-feira, o prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Júnior, pretende empossar pessoalmente os novos secretários municipais.

SEMAPA- A Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAPA), criada por meio da Lei 4.900, de 26 de dezembro de 2007, tem por finalidades promover o planejamento e a execução das políticas municipais de produção agropecuária, agroindustrial, de abastecimento e pesqueira com foco nas atividades geradoras de trabalho e renda.

E o trabalho não parou e a licitação do transporte público virou realidade

por Jorge Aragão

onibusPara quem duvidou que a histórica licitação do transporte público não mostraria resultados em São Luís, physician vai ter que admitir e engolir a seco suas críticas. Já começam a circular pela capital, recipe os ônibus novos, articulados e com ar condicionado. O conforto que toda a população, por décadas aguardava, começa a aparecer.

E a tendência é só melhorar. Por conta das exigências postas no edital de licitação, as empresas vencedoras do processo terão por obrigação contratual o dever de se adequar à qualidade exigida para a comodidade dos usuários dos coletivos da capital.

onibus1

Em todas as oportunidades, os adversários da gestão Edivaldo Holanda Júnior (PDT) têm de diversas formas tentado desqualificar a licitação realizada. Mas, aos poucos, o discurso vai morrendo, pois o resultado desse marco da gestão Edivaldo já é realidade, afinal os ônibus já estão sendo vistos nas ruas de São Luís.

Além disso, o momento é oportuno, já que alguns alegam que o trabalho na Prefeitura de São Luís teria paralisado por conta do período eleitoral, o que comprovadamente não é verdade. O secretário de Governo da gestão Edivaldo, Lula Fylho, fez questão de anunciar a excelente novidade nas redes sociais. Veja abaixo.

lula