Lula Fylho mostra transparência em Audiência Pública

por Jorge Aragão

O titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho, participou na sexta-feira (22) de audiência pública na Câmara Municipal de São Luís. O gestor da pasta mostrou aos vereadores e para a categoria o cenário da área na capital maranhense e as ações que a Prefeitura de São Luís está realizando para avançar, mesmo enfrentando problemas que fogem das competências da gestão.

O secretário mostrou que a pasta está se encaminhando para o rumo certo, resolvendo problemas crônicos herdados por gestões anteriores, como nos Socorrões. “Chega aos Socorrões I e II aproximadamente R$ 1 milhão para cada um dos hospitais. Só que os gastos mensais em cada unidade são superiores a R$ 10 milhões. Nessa conta, a Prefeitura tem que arcar com mais de R$ 8 milhões todo mês para manter cada um. Na crise que passamos não é fácil essa missão”, disse o secretário.

A parceria com o Governo do Estado tem dado suporte para essa melhoria não somente para manter funcionando as unidades com bom atendimento e sem a superlotação encontrada em gestões anteriores, mas também para trazer investimentos como novos equipamentos e reformas na estrutura dos hospitais.

Além da situação dos Socorrões, a reforma do Hospital da Criança, na Alemanha, também foi abordada. Um novo projeto está em fase de conclusão e na próxima semana as obras deverão ser retomadas. “Além disso, colocamos uma equipe da Semus para fazer a fiscalização do trabalho para que tudo saia conforme o previsto”, disse o secretário. A previsão para a entrega do hospital é abril de 2018.

O secretário também explicou os motivos que levaram a paralisação na construção da maternidade da Cidade Operária. Segundo o gestor, a obra está sem recurso, apesar da verba já ter sido empenhada. O Governo Federal – responsável por mais de 90% do valor a ser pago pela construção – não pagou o serviço já feito e a empresa que ganhou a licitação decidiu romper o contrato e não mais fazer a obra.

Por causa disso, a Prefeitura precisou fazer novo projeto de construção da maternidade para depois fazer nova licitação para contratar uma outra empresa. “A paralisação é algo que independe da Prefeitura de São Luís”, disse.

Lula Fylho também tratou sobre o problema no atraso salarial dos técnicos de enfermagem. Ele assegurou que a situação já está sendo resolvida e que na próxima semana os funcionários contratados receberão os vencimentos.

Já sobre o modelo de contratação de profissionais de saúde, está sendo estudado uma nova saída. Uma comissão foi formada na Semus para que se verifique se o melhor modelo é contratação por meio de Oscips, se deverá ser realizado um concurso público ou se deverá ser criada uma empresa pública para contratação dos profissionais da área.

“Depois que o estudo do melhor modelo for concluído, vamos apresentar ao Ministério Público”, afirmou Fylho.

O tiro que saiu pela culatra do vereador Umbelino Júnior

por Jorge Aragão

É claro que inicialmente o leitor vai perguntar mesmo se o vereador Umbelino Júnior é de São Luís ou de Turiaçu, pela ligação da família do edil com o interior, mas falamos disso depois, já que Umbelino não só é vereador da capital, mas como também presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de São Luís.

Umbelino resolveu, isoladamente, visitar o Hospital Socorrão II, uma unidade de saúde realmente problemática, pois atende pacientes de todos os demais municípios, principalmente onde os prefeitos desviam recursos públicos que deveriam ser investidos na Saúde. Entretanto, apesar dos problemas, é inegável que melhorou muito na gestão Edivaldo.

O curioso da tal visita de Umbelino, é que o vereador chegou ao Socorrão II, e inclusive postou foto, de máscara para evitar contaminação. Pelas informações obtidas pelo Blog, apesar das dificuldades normais e já conhecidas, o vereador não encontrou o caos que esperava na unidade de saúde.

Outra curiosidade é que na gestão da secretária Helena Duailibe a Comissão de Saúde parece não ter lembrado da existência do Socorrão II, mas agora, com a chegada de Lula Fylho ao comando da pasta, parece que as coisas mudaram. De qualquer forma, ganha a população com a fiscalização, desde que a realidade seja efetivamente retratada, sem a tradicional politicagem.

Também é interessante destacar o trabalho incansável que tem feito Lula Fylho à frente da Secretaria de Saúde e quem quiser acompanhar algumas dessas ações, basta segui-lo nas redes sociais, como nos exemplos abaixo.

Lula Fylho, que não precisa de máscara para ir as unidades de saúde, vai mesmo de cara limpa, tem tentado dar maior agilidade na burocracia, derrubar alguns entraves existentes e que atrapalham a celeridade da gestão.

Lula Fylho também tem se reunido com representantes do Sindicato de Medicamentos, assegurando que o diálogo e a transparência irão sempre prevalecer.

Sendo assim, é fundamental que se cobre sim ações de qualquer setor, principalmente da Saúde, mas também é importante ressaltar que o novo titular da pasta está a aproximadamente a 30 dias no cargo e fazendo o que sempre fez, trabalhando muito, gostem ou não alguns vereadores do gestor Lula Fylho.

Por fim, só para não dizer q não falei de Turiaçu. O Blog espera sinceramente que no caso do vereador Umbelino Júnior, não prevaleça a frase “filho de peixe, peixinho é”, afinal nesta semana o Ministério Público divulgou que está pedindo a indisponibilidade dos bens dos 15 envolvidos no desvio de verbas públicas do Município de Turiaçu por meio de licitações, contratos e pagamentos a empresas ilegais. O valor total dos danos causados aos cofres municipais, somente em 2016, foi de R$ 15.682.733,72.

Um dos envolvidos, segundo o MP (veja aqui), é justamente o prefeito de Turiaçu, Joaquim Umbelino Ribeiro, pai do vereador Umbelino Júnior.

Como disse o Blog anteriormente, se alguns prefeitos realmente utilizassem os recursos na Saúde como deveriam e não desviassem verbas públicas, muitos pacientes não precisariam sair do interior em busca dos hospitais de São Luís e a realidade do Socorrão II seria ainda melhor.

“Vem parceria boa por aí”, diz Lula Fylho após visita de Carlos Lula

por Jorge Aragão

Logo no seu primeiro dia na Secretaria de Saúde, o novo secretário da pasta, Lula Fylho, já recebeu uma visita importante e que pode significar uma boa parceria entre o Governo do Maranhão e a Prefeitura de São Luís na área da Saúde.

O secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, fez questão de, logo no primeiro dia, fazer uma visita de cortesia a Lula Fylho.

“Agora à tarde, fiz uma visita de cortesia ao secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho. Desejei sorte e coloquei a SES à disposição”, afirmou Carlos Lula.

Já Lula Fylho foi mais ousado e garantiu que a população de São Luís terá novidades e que a parceria será selada.

“Recebi agora a pouco na sede da Semus o meu xará e secretário de Saúde do Estado Carlos Lula. Vem parceria boa aí”, sacramentou.

Uma coisa é certa, pelo menos no nome os dois secretários de Saúde já possuem afinidade.

Agora é aguardar e conferir.

Mudanças importantes na equipe do Governo Edivaldo

por Jorge Aragão

Nesta segunda-feira (24), o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), anunciou duas importantes mudanças na sua equipe de governo.

A gestão Edivaldo sofre mudanças na Secretaria de Saúde e Secretaria de Governo. Na Saúde deixa a pasta Helena Duailibe e assume Lula Fylho, já para o lugar de Lula Fylho na Secretaria de Governo, assume Pablo Rebouças. Veja abaixo.

Lula Fylho vai a Polícia para assegurar sua honra

por Jorge Aragão

Um dos principais gestores do Governo Edivaldo, o secretário de Governo Lula Fylho, tem sido alvo de algumas denúncias descabidas e que acabam atingindo a honra do gestor.

Por conta dessas denúncias, Lula Fylho foi procurar a Polícia Civil para garantir a sua honra. Veja abaixo.

Em contato com o titular do Blog, Lula Fylho assegurou que acredita saber de onde estão partindo os factoides, mas assegurou que isso não desestabilizará o Governo Edivaldo.

“Podem até querer, mas não irão conseguir desestabilizar o Governo Edivaldo. Acredito saber de onde partiu essa armação contra mim, mas já deixei o assunto com a polícia e espero que tudo seja esclarecido, pois atingir a honra de uma pessoa com calúnia e difamação é um ato criminoso”, destacou Lula ao Blog.

O gestor mais uma vez reiterou que jamais destratou qualquer vereador de São Luís como também chegou a ser ventilado. Lula Fylho também descartou a possibilidade de que vereadores estariam insatisfeitos com ele por conta das emendas parlamentares.

“Isso não tem sentido algum, a responsabilidade de tratar sobre o assunto com os vereadores não é mais comigo, então não quero acreditar nisso”, finalizou.

Ivaldo Rodrigues assume a SEMAPA

por Jorge Aragão

ivaldoTrabalhadores rurais, políticos, secretários municipais de São Luís e diversos servidores públicos e amigos, prestigiaram na manhã desta terça-feira (03/01), a solenidade de posse do vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) como novo titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAPA) de São Luís, no auditório da casa. O termo de posse foi entregue a Ivaldo Rodrigues pelo secretário de governo do município de São Luís, Lula Filho.

Na cerimônia, Lula Filho, representando o prefeito da capital, Edvaldo Holanda Júnior, falou que a SEMAPA é uma secretaria muito importante para a segurança alimentar da população de São Luís, para a produção agrícola e a geração de empregos e renda na zona rural e, que, existem muitos desafios a serem vencidos nesse ano de crise econômica. “Ainda vamos experimentar muitas mudanças na economia e devemos encarar com muita coragem e disposição a crise e enfrentá-la. Por isso precisamos não só de mudanças de cadeiras, mas de novas dinâmicas de gestão”, declarou.

Lula Filho também falou que deverá ser uma prioridade para o novo secretário investir na agricultura para melhorar a qualidade da alimentação da população e reduzir a aquisição de gêneros alimentícios produzidos em outros estados e que poderiam ser produzidos na zona rural de São Luís.

Na ocasião, Ivaldo Rodrigues disse que trocou a Câmara Municipal pela SEMAPA para poder contribuir de forma ainda mais efetiva com o aumento da produção de alimentos e de pescados na capital e também para melhorar a estrutura e as condições sanitárias das feiras e mercados de São Luís. “Espero contar com a ajuda dos servidores da casa, da nossa bancada federal e com parceiros da iniciativa privada para conseguir recursos que possam ser investidos em projetos de estímulo a produção, capacitação técnica, fiscalização e, em obras de reforma e ampliação de mercados e feiras na capital.

Nesse primeiro momento pretendo me reunir com o corpo técnico da secretaria para fazer um diagnóstico das ações, projetos e demandas da casa para poder estabelecer as prioridades”, afirmou. Após a solenidade de posse, Ivaldo Rodrigues, se apresentou aos servidores da SEMAPA e deu início as primeiras reuniões de trabalho.

Na próxima quinta-feira, o prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Júnior, pretende empossar pessoalmente os novos secretários municipais.

SEMAPA- A Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAPA), criada por meio da Lei 4.900, de 26 de dezembro de 2007, tem por finalidades promover o planejamento e a execução das políticas municipais de produção agropecuária, agroindustrial, de abastecimento e pesqueira com foco nas atividades geradoras de trabalho e renda.

E o trabalho não parou e a licitação do transporte público virou realidade

por Jorge Aragão

onibusPara quem duvidou que a histórica licitação do transporte público não mostraria resultados em São Luís, physician vai ter que admitir e engolir a seco suas críticas. Já começam a circular pela capital, recipe os ônibus novos, articulados e com ar condicionado. O conforto que toda a população, por décadas aguardava, começa a aparecer.

E a tendência é só melhorar. Por conta das exigências postas no edital de licitação, as empresas vencedoras do processo terão por obrigação contratual o dever de se adequar à qualidade exigida para a comodidade dos usuários dos coletivos da capital.

onibus1

Em todas as oportunidades, os adversários da gestão Edivaldo Holanda Júnior (PDT) têm de diversas formas tentado desqualificar a licitação realizada. Mas, aos poucos, o discurso vai morrendo, pois o resultado desse marco da gestão Edivaldo já é realidade, afinal os ônibus já estão sendo vistos nas ruas de São Luís.

Além disso, o momento é oportuno, já que alguns alegam que o trabalho na Prefeitura de São Luís teria paralisado por conta do período eleitoral, o que comprovadamente não é verdade. O secretário de Governo da gestão Edivaldo, Lula Fylho, fez questão de anunciar a excelente novidade nas redes sociais. Veja abaixo.

lula

Membros da gestão Edivaldo reagem a mentira de Eliziane

por Jorge Aragão

Depois de ter afirmado de maneira mentirosa, find nas redes sociais, prescription que a capital maranhense era a segunda capital menos transparente do Brasil, Eliziane Gama foi criticada por dois membros da gestão Edivaldo.

O primeiro a rebater a mentira de Eliziane foi o secretário de Governo, Lula Fylho. A resposta de Lula foi dada na própria postagem de Eliziane.

“Dep @elizianegama a bem da verdade e em respeito ao seu histórico peço q reveja o dado q sua assessoria lhe passou”, escreveu.

lula

Logo depois, na mesma postagem, foi a vez do Controlador Geral do Município, Délcio Rodrigues Neto, desmentir a afirmação de Eliziane.

“@elizianegama conheça os dados antes de divulgar informações inverídicas. São Luís possui hoje a 2* maior nota entre as capitais do país.”, escreveu.

delcio

Depois da mentira, a opção de Eliziane foi pelo silêncio, afinal contra fatos e números não existem argumentos e muito menos mentiras que se sustentem.

Novamente restabelecendo a verdade dos fatos

por Jorge Aragão

O Blog se sente na obrigação de, look mais uma vez, sale restabelecer a verdade dos fatos, health pois novamente a gestão Edivaldo Júnior foi vítima de novo factoide, muito provavelmente por estarmos num ano eleitoral.

Na manhã desta terça-feira (17), surgiu a informação de que a empresa responsável por fornecer oxigênio ao Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão I, teria retirado o reservatório de oxigênio por não recebimento de pagamento.

Entretanto, essa informação está longe de ser verdadeira. Inicialmente o assunto foi apenas requentado nesta terça-feira, já que a troca de empresa que fornece oxigênio foi feita na semana passada.

Além disso, a troca não foi pela falta de pagamento, mas sim pelo fato de que a empresa responsável já estava no sexto aditivo e a Prefeitura de São Luís fez um emergencial de seis meses e aguarda o processo licitatório.

Para comprovar que o assunto é requentado e mostrar que mais uma vez este Blog tem o compromisso com a verdade, abaixo está publicado as declarações, em redes sociais, do secretário de Governo da gestão Edivaldo Júnior, Lula Fylho, feitas no dia 13 de maio.

lula1

Sendo assim, este Blog novamente restabelece a verdade dos fatos e desmonta mais um factoide.

Restabelecendo a verdade dos fatos…

por Jorge Aragão

Por estarmos num ano eleitoral, try chega a impressionar a distorção de fatos que tem sido alvo o prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior e a sua gestão à frente da capital maranhense.

No último fim de semana, muitas pessoas fizeram questão de divulgar uma informação que não foi verdadeira: que o salário do servidor público municipal de São Luís estava atrasado.

Entretanto, a informação não é verdadeira, pois o prefeito Edivaldo Júnior, mesmo com as inúmeras dificuldades proveniente da crise que assola o Brasil, tem cumprido rigorosamente o calendário de pagamento do servidor, divulgado no início do ano.

O secretário de Governo da Prefeitura de São Luís, Lula Fylho, fez a explicação dessa situação e postou novamente o calendário de pagamento. Veja abaixo.

lula

Lula Fylho, utilizando as redes sociais, também deixou claro que a prioridade é o respeito pelo servidor. “Nosso prefeito tem demonstrado que respeita seu funcionalismo. Seu discurso para os secretario sempre é: ‘prioridade é a folha’”, escreveu.

No último domingo (01), o jornal Folha de São Paulo fez um levantamento e constatou que onze estados brasileiros já atrasaram a folha de pagamento do servidor durante este ano. O número de municípios, obviamente, é bem maior.

Vale lembrar que nem o Governo do Maranhão, nem a Prefeitura de São Luís estão entre as gestões que não conseguiram pagar em dia os servidores públicos.

Ponto para o governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Júnior.