Flávio Dino a caminho do PT ???

por Jorge Aragão

Desde domingo (05), quando o PCdoB confirmou que terá mesmo um candidato à Presidência da República, a comunista Manuela D’Ávila, o governador do Maranhão Flávio Dino optou por um silêncio sepulcral e jamais comentou a decisão do seu partido.

O silêncio de Dino falou por ele e demonstrou o tamanho de sua insatisfação, já que a candidatura própria do PCdoB à Presidência da República, acaba lhe afastando do ex-presidente Lula (PT). Dino esperava contar com o petista no seu palanque no Maranhão, tirando assim proveito da popularidade de Lula no Maranhão.

Flávio Dino sabe que pode até ter o PT no seu palanque, mas com o PCdoB tendo uma candidatura própria à Presidência da República, ele não poderá estar com Lula no palanque.

Por conta dessa dificuldade, é cada vez mais forte os rumores de que Flávio Dino, para sair dessa situação incomoda, poderia deixar o PCdoB e se filiar no PT.

Entretanto, até hoje, o assunto estava apenas nos bastidores políticos. Só que nesta terça-feira (07), o presidente do PT de São Luís, o vereador Honorato Fernandes já adiantou que formulará um convite para que Flávio Dino se filie ao PT.

Com a filiação no PT, Flávio Dino mataria “dois coelhos com uma cajadada só”, afinal garantiria a aliança do PT com o PCdoB no Maranhão e a presença de Lula no seu palanque.

Resta saber se o próprio Flávio Dino, que nunca deu muito espaço ao PT no seu Governo, vai querer se filiar no Partidos dos Trabalhadores e se a Executiva Nacional do PT aceitaria essa filiação, afinal atualmente a situação está bastante cômoda para Lula no Maranhão, mas isso é outra história e assunto para uma nova postagem.

VÍDEO! Vereadores batem boca na Câmara de São Luís: “Você é bandido”

por Jorge Aragão

A Câmara Municipal de São Luís foi palco hoje de um dos episódios mais lamentáveis da política maranhense.

Uma discussão entre os vereadores Beto Castro e Honorato Fernandes, resultou em troca de acusações – gravíssimas, por sinal -, e encerramento da sessão.

O blog ainda não obteve a informação do que teria motivado a discussão, mas conseguiu um vídeo em que os vereadores, reeleitos em 2016, promovem a deplorável cena.

“Você é um bandido, bandido”, diz Beto Castro.

“Vossa excelência é um covarde”, rebate Honorato.

“Puxa as tuas contas. Mostra o teu patrimônio para comparar com o teu salário. Tu recebeu R$ 1 milhão e porrada aí, rapá [sic]. Passou perna em todo mundo com essas emendas aí. Tu sabe do que eu tô falando [sic]”, disse Beto Castro.

“Prove”, contesta, Honorato.

“Provo pelo teu instituto. Tu sobe naquela tribuna para dizer que é santo. E fale na minha frente, porque homem faz é assim. Olha no olho e fala. Tu é bandido, rapá. Lava dinheiro com emenda e vem com conversa pra cá rapá [sic]”, finalizou Beto Castro.

O clima ficou insustentável e a sessão acabou encerrada precocemente.

A discussão, contudo, ainda vai dar o que falar.

E agora, meu caro Honorato Fernandes?

por Jorge Aragão
Vereador Honorato Fernandes (PT)

Vereador Honorato Fernandes (PT)

Nesta quarta-feira (06), here o Maranhão vai ganhar seu quarto Terminal de Uso Privado (TUP). A unidade, que vai funcionar em São Luís, será operada pela WPR São Luís Gestão de Portos e Terminais – do grupo Wtorres – e demandará investimentos de aproximadamente R$ 780 milhões.

O ministro da Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP), Helder Barbalho, na gestão Dilma Rousseff (PT), assina hoje o contrato autorizando a construção e exploração do mais novo TUP do estado.

Resta saber agora qual será o posicionamento do vereador de São Luís do PT, Honorato Fernandes. O petista denunciou, em dezembro do ano passado, na Câmara de vereadores que a empresa Wtorres adquiriu um de 252 mil m², de frente para a Bacia de São Marcos, na área do Cajueiro, Zona Rural de São Luís.

Na oportunidade, Honorato criticou o Governo do Maranhão, na gestão Roseana Sarney/Arnaldo Melo pela transação que o petista considerou ilegal. Honorato assegurou que a ilegalidade estava latente na Constituição do Maranhão, entre outras ilegalidades (reveja aqui).

“Vale ressaltar que o valor cobrado pela área foi de R$ 155 mil reais por uma área de 252 mil metros quadrados, ou seja, R$ 0,61 centavos por metros quadrado e isso pago em 10 parcelas, considerando que este é um valor irreal para tal localização. Está mais do que claro que todos os passos desta negociação foram no mínimo estranhos. O valor cobrado pelo terreno e a “agilidade” da negociação é uma afronta a inteligência das pessoas. Quero passar tudo isso a limpo. Estou na luta ao lado dos moradores daquela região e vamos lutar para fazer valer os seus direitos”, disse Honorato em dezembro de 2014.

Resta saber agora qual será o posicionamento do vereador Honorato Fernandes. Será que o vereador irá questionar o Governo Flávio Dino que deu continuidade a suposta transação ilegal? Também, e principalmente, é preciso saber se Honorato terá coragem de ficar ao lado da população, como prometeu que ficaria, contra a assinatura do contrato que será firmado pelo Governo Dilma Rousseff, ou seja, pelo Governo do PT, mesmo partido do vereador.

Com a palavra o vereador Honorato Fernandes, isso é, se ele não optar por um silêncio sepulcral.

Honorato reafirma e detalha procura de Eliziane pelo PT

por Jorge Aragão

elizianept

Ao que tudo indica o episódio envolvendo a deputada federal Eliziane Gama (REDE) e o PT, drugs será mais um que deixará uma macha na já desgastada relação da parlamentar com a classe política.

A postura dúbia de Eliziane é justamente o principal problema para que ela consiga atrair aliados para o seu projeto. Eliziane sempre pensa de maneira unitária e jamais como grupo, hospital e os exemplos são inúmeros, sovaldi sale o mais recente foi a decepção do presidente do PPS, Roberto Freire, que foi pego de “surpresa” com a troca de legenda da deputada.

Neste episódio envolvendo o PT, o vereador Honorato Fernandes não só reafirmou o que havia dito, como detalhou o agendamento do encontro entre Eliziane Gama e o presidente estadual do PT, Raimundo Monteiro. Veja abaixo a Nota encaminhada ao Blog pelo vereador Honorato.

É com estranheza e indignação que li em veículos de comunicação declaração da deputada federal Eliziane Gama afirmando que não entrou em contato com o presidente do diretório Estadual PT, Raimundo Monteiro, solicitando um encontro para tratar das eleições 2016. E mais ainda, colocando em dúvida declarações que dei em carta de minha autoria que se referia ao posicionamento da Deputada e ao contato realizado.

Volto a afirmar que a deputada entrou sim em contato com o nosso presidente Raimundo Monteiro, e agendou para a segunda-feira (19) encontro com o presidente na sede do partido, encontro esse que a deputada desmarcou alegando problemas familiares e pedindo para que o mesmo acontecesse na próxima sexta-feira.

Tenho a certeza que o meu presidente em hipótese nenhuma diria que não recebeu essas ligações. Se necessário for tenha certeza que iremos provar que tais ligações foram realizadas.

Pois bem, assim como é verdade que existem militantes buscando aproximação com a deputada volto a afirmar que a deputada entrou sim em contato com o presidente Raimundo Monteiro.

Aproveito para reafirmar minhas palavras que coloquei na carta: “Acredito que a deputada deve ter se confundido ao ligar para o Presidente Raimundo Monteiro solicitando agenda para tratar de apoio do nosso partido ao seu projeto de se tornar Prefeita de São Luís no próximo ano, ou então, a nobre deputada deve estar desejando pedir o apoio de nosso partido ao tempo que irá se desculpar com a forma que tem se posicionado contra todos nós: filiados e militantes. Pode ser que seja isso!

Eu, entretanto, tenho defendido o alinhamento com uma candidatura para cidade de São Luís que tenha em sua base os mesmos preceitos ideológicos, e que esses não mudem no trecho São Luís para Brasília ou vice-versa. Defendo com convicção e com o desejo de não mais errar nas escolhas, mesmo que para isso, possa custar derrotas momentâneas. Defendo o alinhamento dos projetos do nosso partido com aqueles que historicamente foram aliados estratégicos e ideológicos”.

Eliziane ou Honorato, alguém está mentindo

por Jorge Aragão

elizianegamaA deputada federal Eliziane Gama (REDE), health em entrevista ao Estado, healing reagiu as críticas sofridas por alguns petistas e jornalistas pela incoerência de detonar e querer o impeachment do Governo Dilma (PT) e buscar o apoio do partido para seu sonho de comandar a Prefeitura de São Luís.

Eliziane desmentiu categoricamente o que havia sido afirmado pelo vereador de São Luís, advice Honorato Fernandes (PT), sobre um pedido de apoio do Partido dos Trabalhadores para a disputa eleitoral em 2016.

“Eu não procurei o PT. Há uma militância do PT que está ficando próxima de mim, isso é um fato. Mas nunca tratei de sigla. Nunca esperei vinda do PT. Acho até pouco provável”, afirmou Eliziane.

honorato22No entanto, Honorato Fernandes deixou claro que Eliziane procurou o presidente do PT no Maranhão, Raimundo Monteiro, para uma conversa sobre as eleições do ano que vem.

“Acredito que a deputada deve ter se confundido ao ligar para o Presidente Raimundo Monteiro solicitando agenda para tratar de apoio do nosso partido ao seu projeto de se tornar Prefeita de São Luís no próximo ano”, disse Honorato.

Ou seja, alguém está claramente mentindo. Eliziane ou Honorato, um dos dois faltou com a verdade no episódio.

Pior ainda foi o tom irônico de Eliziane ao comentar as alianças para 2016.

“Agora, o PSDB e o PMDB podem vir”, finalizou mais uma vez fazendo pouco da legenda.

A fala de Eliziane foi bem empregado ao presidente do PT, Raimundo Monteiro, pois mesmo ela trabalhando fortemente pelo impeachment de Dilma Rousseff e pedindo convocação de Lula para depor na CPI, Monteiro ainda sinalizou com a possibilidade de diálogo.

Agora, pelo visto, quem não quer o PT mesmo é Eliziane Gama.

O “pito” de Honorato em Eliziane Gama

por Jorge Aragão

elizianept

O vereador de São Luís do PT, sickness Honorato Fernandes, questionou a postura incoerente da deputada federal e pré-candidata a Prefeitura de São Luís, Eliziane Gama (REDE) diante do Partido dos Trabalhadores.

Em Brasília, Eliziane Gama tem sido uma árdua oposicionista ao governo Dilma Rousseff, chegando inclusive a ser favorável ao impeachment da petista, mas em São Luís Eliziane quer o apoio do PT para concretizar o desejo de ser prefeita da capital maranhense.

“Acredito que política se faz com diálogo, entretanto, tem me causado muita estranheza a Deputada passar todo tempo de seu atual mandato numa postura agressiva contra nosso Partido, contra o Governo Federal, inclusive com o achincalhamento de lideranças que foram, são e sempre serão referencias nas lutas e bandeiras defendidas por nós, e neste momento, buscar o diálogo com o PT”, escreveu Honorato.

O vereador ainda afirmou que Eliziane estaria ao lado daqueles que querem dar um golpe na democracia.

“Nessa semana, ao se pronunciar da tribuna da Câmara Federal para defender o processo de impeachment, a Deputada se posiciona claramente contra o projeto de nosso Partido, e ajuda a patrocinar desta forma um golpe contra a democracia”, afirmou.

Em tom irônico, Honorato Fernandes, ainda diz que Eliziane deve ter se confundido ao ligar para o presidente do PT no Maranhão pedindo um encontro para tratar das eleições em 2016.

“Acredito que a deputada deve ter se confundido ao ligar para o Presidente Raimundo Monteiro solicitando agenda para tratar de apoio do nosso partido ao seu projeto de se tornar Prefeita de São Luís no próximo ano, ou então, a nobre deputada deve estar desejando pedir o apoio de nosso partido ao tempo que irá se desculpar com a forma que tem se posicionado contra todos nós: filiados e militantes. Pode ser que seja isso!”, salientou Honorato.

Indiscutivelmente Honorato está coberto de razões e a atitude incoerente de Eliziane apenas demonstra, mais uma vez, que ela será capaz de tudo, inclusive se aliar com quem condena, para conseguir o seu objetivo, a Prefeitura de São Luís. Clique aqui e veja a manifestação do vereador Honorato Fernandes na íntegra.