Mais um diferencial na gestão Edivaldo em São Luís

por Jorge Aragão

O prefeito Edivaldo entregou, nesta segunda-feira (19), o Centro-Dia Infantil – Serviço Especializado da Assistência Social para Pessoas com Deficiência, voltado ao atendimento de crianças de 0 a 6 anos, prestando assistência prioritária aos pequeninos nascidos com microcefalia, autismo e outras deficiências. O novo espaço tem capacidade para atender até 150 pacientes. O equipamento social é fruto de parceria entre a Prefeitura de São Luís, Governo Federal, Governo do Estado e o Instituto Pobres Servos da Divina Providência, que mantém o Centro Educacional e Social São José Operário, onde funcionam o Centro-Dia e o Centro-Dia Infantil, na Cidade Operária.

“Entregamos mais um equipamento público de grande alcance social em benefício da nossa população, ampliando os serviços deste Centro para o público infantil. A ação se configura como uma das mais importantes ações de inclusão social e de fortalecimento de vínculos familiares da nossa gestão, pois sabemos o quão prioritário é garantir a essas crianças e suas famílias a proteção social especial que necessitam, assim como também proporcionar-lhes o suporte necessário nos cuidados que precisam ter com suas crianças acometidas pela microcefalia e outras deficiências”, afirmou o prefeito Edivaldo, destacando ainda o pioneirismo da ação executada pela Prefeitura de São Luís, primeiro município do país a desenvolver este tipo de serviço específico, servindo, inclusive, de referência nacional nessa modalidade de atendimento.

O equipamento foi construído em uma área contígua ao atual prédio do Centro-Dia, que, atualmente, presta atendimento a jovens e adultos com deficiência, em espaço localizado no interior das instalações do Centro Educacional e Social São José Operário. Após descerrar a placa de inauguração, o prefeito, que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, do vice-prefeito prefeito Julio Pinheiro, da secretária da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande, da coordenadora geral dos Serviços Especializados às Famílias e Indivíduos do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Ana Luiza Coelho, e do deputado federal Wewerton Rocha, visitou as novas instalações do Centro-Dia Infantil.

Também acompanharam a visita os secretários de Saúde, Lula Fylho e de Planejamento (Seplam), Cursino Moreira, o vereador Raimundo Penha, o deputado estadual, Bira do Pindaré, entre outras autoridades. No ato de entrega do equipamento, o vice-prefeito Julio Pinheiro também destacou a abrangência do serviço.

O novo espaço é dotado de total estrutura, onde serão prestados atendimentos por uma equipe multidisciplinar, capacitada e diferenciada, composto de assistentes sociais, psicólogos, terapeutas ocupacionais, profissionais da competência da Assistência Social, além de cuidadores e auxiliares de cuidadores.

O serviço do Centro-Dia é executado pelo Centro Educacional São José Operário, sendo referência nacional na área. Por esses requisitos, a Prefeitura pôde dar continuidade à ampliação dos serviços, o que foi aceito pela instituição, passando agora a atender também crianças com deficiência de 0 a 6 anos. A capacidade de atendimento também foi aumentada. Antes, o serviço prestava atendimento a cerca de 30 a 60 jovens e adultos. Agora, passará a atender de 30 a 150 pessoas, que é a meta do atendimento.

Gestão Edivaldo lança campanha “Cidadão Limpeza, Cidade Beleza”

por Jorge Aragão

A gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) divulgou nesta sexta-feira (9) o primeiro vídeo da “Cidadão Limpeza, Cidade Beleza”, nova campanha de conscientização da população para o descarte correto do lixo. O pedetista segue avançando no cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos, lei federal que estabelece uma série de prazos e metas a serem cumpridas pelas prefeituras. O próximo passo do prefeito é a criação da nova legislação da limpeza urbana.

O primeiro vídeo da campanha, de maneira leve e descontraída, traz como mensagem ao cidadão que uma cidade mais limpa, sustentável e bonita deve ser compromisso de todos. Nas imagens, o “Cidadão Limpeza” conversa com as pessoas sobre as consequências de jogar o lixo em locais inadequados, como entupimento de bueiros, alagamentos, proliferação de doenças, poluição dos rios, entre outros problemas.

A nova campanha é mais uma ação da gestão Edivaldo para a melhoria da limpeza pública. Desde o primeiro mandando o prefeito vem transformando a cidade, um exemplo disso foi ainda em 2015, quando o pedetista oficializou o encerramento do Aterro da Ribeira e o envio de todo o lixo coletado em São Luís para a Central de Tratamento de Resíduos Titara.

Além do fechamento dos lixões, a Política Nacional de Resíduos Sólidos estabelece que os municípios criem mecanismos para garantir a coleta seletiva e a reciclagem. Mais uma vez São Luís aparece entre as cidades que se destacam no cumprimento da legislação federal. Com nove Ecopontos em funcionamento – com o 10º em construção -, já encaminhou para a reciclagem em pouco mais de um ano mais de 10 mil toneladas de resíduos que antes eram desperdiçados pelo descarte irregular.

Além do cumprindo do que determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos, o prefeito Edivaldo também avança na criação da nova legislação da limpeza. As ações não apenas fortalecem as políticas do setor em São Luís, como recupera o meio ambiente, a paisagem urbana, evita danos à saúde pública e ainda gera emprego e renda por meio da inclusão social das cooperativas de catadores.
 

Edivaldo prestigia abertura dos trabalhos na Câmara de São Luís

por Jorge Aragão

Bastante movimentada, na manhã desta segunda-feira (5), a solenidade de abertura dos trabalhos legislativos na Câmara Municipal de São Luís, sob o comando do seu presidente, vereador Astro de Ogum (PR). O evento contou com as presenças do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PC do B), do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, do secretário de Articulação Política e Comunicação do Estado, Márcio Jerry, que representou o governador Flávio Dino, do procurador-geral de Justiça Luiz Gonzaga Martins Coelho, e do conselheiro Washington Oliveira, que representou o Tribunal de Contas do Estado (TCE), do deputado federal Weverton Rocha (PDT) e de vários secretários.

Ao fazer seu primeiro após a volta do recesso parlamentar, nesta segunda-feira, (05), o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), dirigiu-se as autoridades presentes à Mesa Diretora e todos os presentes no plenário e na galeria que agradecia as palavras do discurso do seu antecessor, prefeito Edvaldo Holanda Junior, ressaltando que a recíproca é verdadeira, destacando a harmonia, o respeito e a união entre os poderes para trabalhar pela população, pela cidade e pelo Estado.

Na oportunidade, o dirigente do Legislativo Ludovicense falou sobre o parlamento são-luisense ter aprovado projetos oriundos da prefeitura, em razão da profunda identidade com as necessidades de São Luís, e pelo trabalho realizado com direcionamento para a cidade e seu povo.

Adiante Astro de Ogum dirigiu-se a convidados como Marcio Jerry, enfatizando que a parceria existente entre o governo e o Legislativo da capital “é convicta e séria”, enquanto para Otelino Neto direcionou palavras sobre a nova etapa que enfrenta como presidente da Assembleia Legislativa, e para o deputado Weverton Rocha foi mais incisivo deixando claro que seu trabalho dentro de todo esse universo foi de unificação, “pois ele foi conversando, trabalhando e estamos todos juntos Câmara Municipal, Assembleia, prefeitura e governo do Estado trabalhando pelo Maranhão e pela população”.

Para o prefeito Edivaldo Holanda Junior, Astro de Ogum fez questão de lembrar a todos que o chefe do Executivo encontrou a prefeitura com inúmeras dificuldades, inclusive devendo uma folha de pagamento de R$ 100 milhões, o que foi saneado entre outras adversidades. Ele ainda fez destaque sobre o trabalho que vem sendo realizado pelo prefeito e sua parceria com o governo do Estado.

Mais um ponto para gestão Edivaldo

por Jorge Aragão

O bom andamento da administração do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e os investimentos na construção civil e no setor de serviços colocou São Luís em 1º lugar do Norte/Nordeste e entre as cinco cidades brasileiras com maior geração de empregos formais no país em 2017, segundo dados do Ministério do Trabalho (MTE) obtidos por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pela Exame.

Em postagem nesta quarta-feira (31), o prefeito de São Luís afirmou que o resultado é gratificante. “Estamos trabalhando com seriedade e responsabilidade, nomeando e empossando candidatos aprovados em concurso, e também desenvolvendo políticas na área fiscal que contribuem com o setor produtivo”, publicou.

Mesmo enfrentando a crise nacional, Edivaldo conseguiu manter a regularidade no pagamento do funcionalismo público, o que também contribuiu para a cidade atingisse a marca. Como veio ocorrendo durante toda a sua gestão, nesta quarta-feira (31) o prefeito anunciou mais uma vez que pagará o salário em dia, com vencimento no dia 2 de fevereiro.

Números – De acordo com o levantamento feito em 5.660 municípios do Brasil, no ano passado o saldo de empregos com carteira assinada em São Luís foi positivo, criando 2.636 vagas no mercado de trabalho. A cidade ficou atrás somente de Joinville (SC), Aparecida de Goiânia (GO), Bebedeouro (SP) e Goiânia (GO), única capital brasileira com saldo melhor que São Luís. Se levado em consideração somente as cidades do Norte/Nordeste, São Luís é a primeira em geração de empregos.

Edivaldo segue prevenindo, tentando evitar remediar

por Jorge Aragão

Depois de anunciar mais um concurso público na Prefeitura de São Luís na sua gestão (reveja), o prefeito Edivaldo (PDT), utilizando as redes sociais, demonstrou que o trabalho segue sendo intensificado por conta das chuvas fortes que já caem na capital maranhense.

Edivaldo confirmou que as equipes da Prefeitura de São Luís estão intensificando trabalhos de manutenção, desobstrução e limpeza de bueiros, canais e galerias, tudo para evitar alagamentos. Veja abaixo outras ações que estão sendo feitas, no sentido de prevenir e evitar remediar.

Entretanto, é importante também que a população faça a sua parte, principalmente no momento de se livrar dos resíduos sólidos. Apesar da Prefeitura de São Luís ter construído e disponibilizado vários ECOPONTOS na capital (reveja), infelizmente não é raro ver pessoas jogando lixo em locais inadequados e que futuramente irão contribuir para novos alagamentos nas ruas e avenidas.

Edivaldo anuncia mais um concurso público na sua gestão

por Jorge Aragão

O prefeito Edivaldo anunciou nesta quarta-feira (24) o concurso para a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas). Realizado por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad), além de reforçar o quadro de servidores, o certame tem o objetivo de fortalecer a Política da Assistência Social na cidade. O edital do concurso pode ser acessado no site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br).

“Esse é mais um passo que damos para reforçar as ações que temos desenvolvido na área da Assistência Social. Em meio a um cenário de crise econômica, a abertura deste concurso reflete o nosso esforço e o quanto nossa gestão está comprometida com o fortalecimento das políticas públicas e a constante melhoria dos serviços que são oferecidos para a população ludovicense. Com investimentos como este, estamos avançando na implementação de ações em áreas prioritárias”, declarou o prefeito Edivaldo.

O certame, que oferece 52 vagas incluindo as reservadas para candidatos como deficiência, será executado pela AOCP Concursos Público. O Edital de Abertura nº. 001/2018 prevê vagas para cargos de nível superior, com cadastro de reserva. Serão contemplados profissionais das áreas de Serviço Social (28 vagas, sendo cinco reservadas para candidatos com deficiência), Direito (cinco vagas, sendo uma vaga para candidato com deficiência) e Psicologia (19 vagas, sendo três reservadas para candidatos com deficiência). A remuneração inicial bruta será de R$ 2.036,25.

PLANEJAMENTO – A secretária municipal de Administração, Mittyz Rodrigues, ressaltou a importância da promoção do concurso para a gestão municipal. “A abertura de vagas para o quadro de pessoal da pasta da Criança e Assistência Social reflete o esforço do município em manter um planejamento de concursos, haja vista a importância de assegurarmos servidores ocupantes de cargos efetivos no desempenho de funções públicas, sobretudo em um contexto de crise enfrentado por todo o país”, afirmou a secretária.

O edital do concurso apresenta o cronograma, com data da prova estabelecida a ser realizada ainda no primeiro semestre de 2018. Com taxa de inscrição de R$ 100,00, o processo avaliativo será constituído de prova objetiva, prova dissertativa (a serem realizadas no mesmo dia e com caráter eliminatório e classificatório) e avaliação de títulos (com caráter classificatório), com os critérios e informações especificadas no edital.

A secretária municipal da Criança e Assistência Social, Andréia Lauande, enfatizou o empenho do prefeito Edivaldo para a realização do concurso. “Esse concurso representa mais um marco histórico na área da Assistência Social. Essa é uma ação que reflete a preocupação do prefeito Edivaldo com o fortalecimento da política da Assistência Social, pois sabemos que é necessário um quadro efetivo de profissionais qualificados na área”, disse a gestora.

Edivaldo amplia número de agricultores para alimentação escolar

por Jorge Aragão

A Prefeitura de São Luís ampliou o contrato de serviço de associações da agricultura familiar rural para fornecimento de alimentação escolar para as unidades da rede municipal, passando de quatro para nove o número de associações de agricultores contratadas, por meio de chamada pública, o que corresponde a 741 agricultores envolvidos. Entre os alimentos adquiridos pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) da agricultura familiar estão hortaliças e frutas como abóbora, banana, couve, laranja, mamão, maxixe, melancia, melão, quiabo, vinagreira, milho verde, polpa da fruta, feijão verde, cheiro verde, entre outros itens.

Ao investir em programas como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e de Aquisição de Alimentos (PAA), o primeiro para fornecimento de produtos para as escolas e o segundo para distribuição de cestas de alimentos às comunidades carentes, o prefeito Edivaldo garante aos agricultores familiares oportunidade de ter mais um espaço de comercialização dos seus produtos. Com isso a Prefeitura reforça a política de combate à insegurança alimentar e garante aos estudantes da rede municipal merenda saudável.

O secretário de Educação, Moacir Feitosa, destacou o impacto positivo que a alimentação escolar de qualidade tem para o ensino. “Para realizar qualquer atividade e garantir o crescimento saudável, estudantes necessitam consumir alimentos que colaboram para o bom desempenho do seu corpo. A Prefeitura, na gestão do prefeito Edivaldo, tem investido em constantes melhorias da merenda escolar para que as refeições servidas sejam saudáveis e contenham todos os nutrientes necessários”, disse o titular da Semed.

A alimentação escolar é fornecida pela gestão municipal de forma regular para os 83 mil estudantes da rede de ensino municipal e com repasse de recursos para as escolas comunitárias conveniadas. As refeições oferecidas nas escolas da rede municipal de ensino contam com cardápio variado para cada um dos dias da semana, incluindo café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia, dependendo do tempo letivo do aluno.

De acordo com o Superintendente da Área de Apoio ao Educando, Raimundo Nonato de Sousa Filho, a Semed segue orientação das normas estabelecidas pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) idealizadas para atender às necessidades nutricionais de cada faixa etária.

São servidos sucos de frutas, leite, achocolatado, sopas, carnes, pães, biscoitos, arroz, grãos, verduras e legumes. O Pnae estabelece que o cardápio da alimentação escolar deve ser programado de modo a suprir, no mínimo, 30% das necessidades nutricionais diárias dos estudantes. A elaboração do cardápio deve ser feita para promover alimentação saudável, respeitando-se os hábitos alimentares de cada localidade, sua vocação agrícola e preferência por produtos básicos, dando prioridade, dentre esses, aos semi-elaborados e aos “in natura”.

A equipe de nutricionistas da Superintendência de Apoio ao Educando da Semed, realiza, desde o ano passado, avaliação nutricional de estudantes nas escolas da rede municipal. A avaliação é fundamental no diagnóstico de desenvolvimento das crianças, identificando casos de excesso ou de baixo peso. Com os resultados, é possível construir um cardápio para que os estudantes possam consumir os nutrientes que mais precisam e, assim, obter um bom rendimento na escola.

De acordo com a nutricionista da equipe da Semed, Karla Andrea Coelho Gomes, a pesquisa identifica se a criança está com sobrepeso, obesidade ou baixo peso. “Com a avaliação, descobrimos o estado nutricional que a criança se encontra. A partir desses resultados, poderemos adaptar o cardápio de modo a garantir que os estudantes consumam todos os nutrientes necessários ao bom desenvolvimento e, por consequência, ao bom rendimento escolar”, explicou.

Edivaldo entrega mais um Ecoponto em São Luís

por Jorge Aragão

O prefeito Edivaldo entregou na manhã deste sábado (13) o nono Ecoponto da cidade. O novo espaço funcionará na Avenida Ferreira Gullar, no bairro do São Francisco. A proposta do equipamento é eliminar pontos de descarte irregular de resíduos sólidos na cidade. Com a inauguração de mais esse Ecoponto, a Prefeitura de São Luís, por meio do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, reforça a política municipal de gestão dos resíduos sólidos e contribui para uma cidade ainda mais limpa.

Ao lado da primeira-dama, Camila Holanda, e do pai, o deputado estadual Edivaldo Holanda, prefeito enfatizou que a gestão tem cumprido o compromisso com a limpeza pública. “Temos desenvolvido uma série de ações na área da limpeza urbana com o objetivo de tornar nossa capital um exemplo para as demais cidades. Com a contribuição da população, temos avançado nessa área e vamos continuar trabalhando para que, de mãos dadas, possamos fazer nossa cidade cada vez mais limpa e melhor”, ressaltou.

O Ecoponto São Francisco segue o modelo dos demais já em funcionamento. Os equipamentos contam com instalações sanitárias, estacionamento, setores de recebimento e acondicionamento temporário dos materiais e área de manobra de equipamentos e veículos. Cada Ecoponto possui, ainda, quatro baias de alvenaria cobertas e sinalizadas, para a deposição do material coletado. Além do São Francisco, o Ecoponto vai atender moradores de bairros adjacentes como Ilhinha, alcançando uma população de cerca de 20 mil habitantes.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, explicou como o trabalho desenvolvido pelo comitê tem contribuído para fortalecer a política da limpeza pública. “Essa é uma área com grande incidência de descarte irregular na cidade, mesmo com a coleta domiciliar realizada de forma regular. Outro benefício do equipamento é que ele proporciona a inclusão das cooperativas de reciclagem nesse ciclo virtuoso de desenvolvimento sustentável e de geração de emprego e renda”, disse.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, também acompanhou a solenidade de inauguração do Ecoponto e enfatizou o impacto positivo da entrega em outras políticas públicas. “Um dos pontos fortes da gestão do prefeito Edivaldo é a transversalidade de suas ações. Uma ação como essa aparentemente apenas voltada para a limpeza abrange uma série de outras áreas como a da saúde pública. Uma cidade mais limpa é um lugar onde a população goza de melhor saúde. Ações como essa têm contribuído para a redução da incidência de doenças como Zika vírus, Chikungunya e Dengue”, contou.

Além do São Francisco, outros pontos estratégicos da cidade já foram contemplados com um Ecoponto. Os equipamentos estão localizados em bairros como Parque Amazonas, Angelim, Bequimão, Habitacional Turu, Jardim América, Jardim Renascença, Residencial Esperança e Cidade Operária. Os Ecopontos funcionam de segunda a Sábado, das 7h às 19h, e também recebem resíduos de áreas adjacentes.

A expansão da modernização da iluminação pública de São Luís

por Jorge Aragão

A Prefeitura de São Luís está expandindo os serviços de revitalização e modernização do sistema de iluminação a novos setores da cidade, proporcionando mais beleza à capital maranhense, segurança e qualidade de vida à população.

Nesta semana, os serviços chegaram às avenidas São Marçal, Franceses, Agricultores e a diversos trechos dos bairros Ilhinha e Cidade Olímpica. Somente este ano, o parque de iluminação pública de São Luís teve mais de 5.800 ações de melhorias, totalizando mais de mil novos pontos de luz contemplando mais de 150 bairros da capital, só em 2017.

“Iluminação pública é um elemento urbanístico essencial para conferir qualidade de vida à população. A ação está transformando ruas, avenidas e praças da nossa cidade em espaços muito mais iluminados e seguros à circulação dos moradores, além de propiciar à cidade um aspecto mais belo e moderno”, afirmou o prefeito Edivaldo.

Esta semana, a Avenida São Marçal, no João Paulo, via de grande circulação e palco de grandes festividades no período junino, ganhou 198 pontos novos de luz. O espaço passou por uma completa revitalização do sistema de iluminação pública e está agora bem mais apta aos festejos da época e mais seguro à circulação dos moradores.

Também a Avenida dos Franceses, outra via de grande tráfego de veículos e de pessoas, teve 80 pontos de iluminação renovados, conferindo à via um aspecto ainda melhor depois dos serviços de urbanização e no trânsito, realizados no local pela Prefeitura de São Luís. A Cidade Olímpica e a Ilhinha são outras localidades que estão deixando para trás a triste realidade de vias escuras ou mal iluminadas.

Com essa modalidade de iluminação branca, a Prefeitura proporcionou um aspecto muito mais belo e moderno a áreas como a orla da Avenida Litorânea, as avenidas Guajajaras, Holandeses, Jerônimo de Albuquerque, Tirirical, Libaneses (acesso ao Aeroporto) e Tupinambá, na Ponta d’Areia; Rua dos Bicudos; além do Elevado da Cohab; no Complexo do Anel Viário; rotatória da Avenida Odilo Costa Filho (Anjo da Guarda) e estacionamento da Praia Grande, no Centro, entre outros pontos da cidade.

Além desses espaços, a Prefeitura de São Luís contemplou pelo projeto centenas de outros parques de iluminação da cidade, em diversos bairros. Entre eles estão vias e espaços de bairros da Região Itaqui-Bacanga, do São Cristóvão, Residencial Nestor, Jardim São Raimundo; Apeadouro, Liberdade, Vila Passos, Madre Deus, Monte Castelo, Fé em Deus, Cruzeiro de Santa Bárbara, São Raimundo, Vila Vitoria, Jardim São Cristóvão, Ipem São Cristóvão, Residencila Nova Vida, Nova Jerusalém, entre outros.

O projeto acompanha a expansão urbanística e populacional na capital, contemplando também diversas localidades da zona rural de São Luís, onde mais de 13 mil pontos de luz tiveram sua eficiência melhorada e mais de dois mil novos pontos foram instalados. Muitas dessas novas áreas contempladas na zona rural da capital estão em comunidades como o Itapera, Maracanã, Quebra-Pote, Piçarreira, Coquilho, Rio Prata, Vila Guará, Maracujá, Inhaúma, Igarau, Estiva, Mata de Itapera, Vila Tinair, Vila Itamar, Vila Maranhão, Vila Nova República, Rio Grande, Vila Samara, São Joaquim, Santa Helena, Vila Brasil, Tajipuru, entre outras comunidades.