Sampaio larga na frente na decisão do Campeonato Maranhense

por Jorge Aragão

O time do Sampaio saiu na frente na decisão do Campeonato Maranhense de Futebol de 2017. Os tricolores venceram nesta quinta-feira (15), o Cordino, no Estádio do Castelão, por 2×1, com o gol da vitória sendo feito aos 50 minutos do 2º tempo.

O Sampaio fez logo no início do jogo o primeiro gol. Isaac de cabeça abriu o placar da decisão, mas no 2º tempo, o Cordino empatou a partida com Henrique. Quando tudo caminhava para um empate, o time da capital, nos acréscimos, conseguiu o gol da vitória através do jogador César Sampaio.

Com a vitória, o Sampaio fica a um empate de conquistar o título do Campeonato Maranhense de 2017.Já o Cordino precisa de uma vitória simples para, pela primeira vez na sua história, ser campeão do futebol profissional.

O jogo de volta da decisão está marcado para quinta-feira (22), a princípio para a cidade de Imperatriz. O jogo está saindo de Barra do Corda após uma decisão esdruxula, equivocada e extemporânea da Federação Maranhense de Futebol, que depois da decisão do 1º Turno resolveu estabelecer que a decisão da competição só poderia ser num estádio com capacidade superior a duas mil pessoas (reveja).

A decisão tem causado muita polêmica, inclusive o assunto chegou na Assembleia Legislativa. O Cordino já ingressou com uma ação na Justiça Desportiva para evitar que essa tremenda injustiça seja efetivada contra a equipe, população e cidade de Barra do Corda.

STJD mantém Campeonato Maranhense paralisado

por Jorge Aragão

Como era esperado, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por unanimidade e sem entrar no mérito do imbróglio, decidiu pela manutenção da suspensão do Campeonato Maranhense de Futebol.

A decisão foi tomada nesta quinta-feira (11) e foi de acordo com a liminar concedida pelo presidente do STJD que evitou a realização da partida entre Cordino e Moto Club, que valeria pela decisão do 2º Turno da competição.

O STJD decidiu acertadamente pela manutenção da suspensão até que o mérito seja julgado, isso evitará que mais prejuízos e problemas sejam ocasionados para clubes, torcedores, imprensa esportiva e todos aqueles que estão ligados diretamente ou indiretamente com o Campeonato Maranhense.

Uma pena que o TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) do Maranhão não tenha tomado o mesmo cuidado quando o Moto pediu a suspensão do jogo entre Cordino e Sampaio, pois preferiu negar o pedido, antes de julgar o mérito da questão. Tanto que quando apreciou o mérito, acabou invalidando o jogo que foi pedido adiamento pelo Moto Club.

O STJD ainda não confirmou quando realizará o julgamento do mérito da questão, mas a expectativa é que o julgamento aconteça na próxima semana.

Para complicar o que já estava complicado, a Federação Maranhense de Futebol terá que até o dia 18 de maio indicar as equipes que irão disputar a Copa do Nordeste do ano que vem. Os indicados seriam o campeão e o vice-campeão do Campeonato Maranhense deste ano, que, agora, ninguém sabe ao certo quando irá terminar.

Moto x Cordino disputam final de 2º turno; Sampaio recorre ao TJD

por Jorge Aragão

Moto Club e Cordino iniciam hoje, em meio à polêmica, a disputa do 2º turno do Campeonato Maranhense, com partida de ida realizada às 15h45 no Estádio Leandrão, em Barra do Corda.

O jogo acontece após decisão do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) do Maranhão ter anulado a partida entre Sampaio e Cordino, também válida pela final do 2º turno, e numa reviravolta, recolocar o Moto na disputa pelo título.

Sampaio e Moto disputavam no tribunal a prerrogativa de ficar com a classificação, após análise de artigo de regulamento, que segundo o próprio TJD, tinha interpretação dúbia.

E Moto obteve vitória no tribunal.

Por ter alcançado melhor campanha na fase classificatória, o rubro-negro leva vantagem sobre o Cordino, e disputará a segunda partida em São Luís, na próxima semana.

A competição, contudo, ainda está ameaçada.

Isso por que advogados do Sampaio Corrêa ingressaram ontem com recurso no TJD, um pedido de efeito suspensivo, para tentar reverter a decisão do colegiado que recolocou o Moto na disputa.

Na segunda-feira a previsão é de que o clube também ingresse com um recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), com pedido de liminar para a suspensão imediata do campeonato.

O objetivo é submeter ao tribunal a análise do regulamento e a palavra final sobre qual time deve disputar a decisão do segundo turno.

Em jogo estão também as vagas para a Copa do Brasil e Copa Nordeste 2018.

Enquanto isso, Moto e Cordino se concentram para a partida de hoje a tarde.

Othelino Neto destaca desempenho do Cordino no futebol maranhense

por Jorge Aragão

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) foi à tribuna, na sessão desta terça-feira (04), parabenizar e destacar o desempenho do clube de futebol Cordino pela conquista do Primeiro Turno do Campeonato Maranhense. O time de Barra do Corda foi a Imperatriz no sábado (01) e acabou saindo vitorioso da partida por 2×1.

“Um jogo bastante disputado, estádio lotado e os atletas de Barra do Corda conseguiram essa importante vitória. Foi realmente uma partida brilhante. Houve depois, no dia seguinte ao jogo, uma grande festa na cidade, todos bastante orgulhosos do clube. Quero cumprimentar o Marlon pelo trabalho que vem desenvolvendo, assim como o jogador Ulisses, artilheiro até agora do Campeonato. Ele é de Barra do Corda e fez também um brilhante primeiro turno”, comentou Othelino Neto.

Em seu discurso, o deputado cumprimentou o prefeito de Barra do Corda, Eric Costa (PCdoB), pelo apoio que vem dando ao clube. “Nós sabemos da dificuldade que têm os clubes do futebol maranhense, quanto mais um pequeno do interior do Estado e, com esse apoio que a Prefeitura vem dando, possibilitou que o Cordino pudesse ter esse desempenho bom, sendo inclusive campeão no primeiro turno”, disse.

Othelino destacou que a população de Barra do Corda ficou muito alegre e motivada para fazer um brilhante segundo turno. “Parabenizo toda a cidade de Barra do Corda, em especial os atletas que fizeram um belo primeiro turno, e que possam fazer novamente uma bela disputa do segundo turno do Campeonato”, finalizou.

Desempenho do Cordino

Além de ter conquistado o título de campeão do primeiro turno do Campeonato Maranhense de Futebol, após vencer o Imperatriz, o time de Barra do Corda (MA), o Cordino, garantiu vaga antecipada na Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro da Série “D” 2018.

O Cordino também garantiu a vaga na final do Campeonato Maranhense de Futebol/2017. E festeja ainda, em seu elenco, o artilheiro da competição, Ulisses, com dez gols convertidos nesta temporada.

De virada, a Onça bateu o Cavalo de Aço por dois tentos a um, diante de mais de 10.000 torcedores, e conquistou o 1º turno do Campeonato Maranhense de Futebol, em jogo realizado no sábado (1o), no Estádio Frei Epifânio D’abadia, na cidade de Imperatriz.

Um apoio pela metade e cercado de mentiras

por Jorge Aragão

O Governo do Maranhão mais uma vez confirmou apoio ao futebol maranhense, mas novamente o apoio anunciado efetivamente não será o repassado aos clubes.

O próprio Governo Flávio Dino afirmou através de release (veja aqui) que o “Governo do Maranhão anunciou aporte de R$ 1,8 milhão para os oito clubes que pleiteiam a permanência na 1º divisão da competição estadual, através de patrocínio de empresas privadas, via Lei de Incentivo ao Esporte e à Cultura”, disse o material de propaganda distribuído pelo governo comunista.

Entretanto, a informação não é verdadeira. Os oito clubes que disputam o Campeonato Maranhense de 2017 – Americano, Cordino, Imperatriz, Maranhão, Moto Club, Sampaio, Santa Quitéria, e São José de Ribamar – irão receber apenas a metade do valor propagado.

A confirmação do valor repassado aos clubes foi feita na Tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã desta terça-feira (21), através do deputado estadual que é presidente do Sampaio, Sérgio Frota.

“Então o que aconteceu ontem no Palácio, nessa solenidade no evento chamado Futebol pela Paz, foi que o governo do estado destinou um milhão e oitocentos para o futebol maranhense, sendo metade disso, ou seja, novecentos mil reais para os clubes de futebol”, afirmou Frota, agradecendo ao governo.

Sendo assim, fica comprovado mais uma vez que o Governo Flávio Dino mente descaradamente com as informações, inclusive as informações oficiais, apenas para tirar dividendos políticos.

Além disso, se o tal patrocínio é de R$ 1,8 milhão para o futebol maranhense e apenas a metade ficará com os clubes, quem ficará com a outra metade?

A resposta é fácil, a outra metade ficará com a Federação Maranhense de Futebol e, pasmem, com a televisão que irá transmitir os jogos do Campeonato Maranhense, que nesse ano será a TV Difusora.

Vejam o absurdo, enquanto em todos os lugares do Brasil e do Mundo os clubes recebem dinheiro das televisões para transmitirem seus jogos, no Maranhão da mudança de Flávio Dino é o dinheiro público que pagará uma televisão para transmitir os jogos do Campeonato Maranhense, assim como aconteceu com a TV Guará (reveja).

Se isso já é ruim, a situação pode piorar ainda mais. O Blog do Jorge Aragão já teve a informação que a TV Difusora, assim como fez a TV Guará nos anos anteriores, irá transmitir os jogos em São Luís para a própria capital maranhense, coisa abominável de acontecer, uma vez que tirará a renda dos times nos jogos de futebol.

A transmissão da partida para a cidade onde o jogo acontece é um golpe certeiro nos já combalidos clubes maranhenses, e o pior é que quem está ajudando a aplicar o golpe, com dinheiro público, é quem jurou querer ajudar.

O apoio veio, mas veio pela metade, cercado de mentiras e com prejuízo iminente para os clubes maranhenses, que mesmo assim, por total subserviência ao poder público, seguem num silêncio sepulcral.

Dia de final no Castelão

por Jorge Aragão

macxmotoO domingo, order dia 13 de março de 2016, pill não será marcado somente pelas manifestações em São Luís. No Estádio do Castelão teremos o clássico Maremoto para definir o campeão do primeiro turno do maranhense 2016.

Mac e Moto se enfrentam a partir das 16h, order num jogo que vale muito para as duas equipes, já que além da conquista do primeiro turno e assegurar vaga na final da competição, o campeão do primeiro turno já terá vaga assegurada em 2017 nas duas competições mais rentáveis que os clubes do Maranhão participam – Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

Serão dois jogos para apontar o campeão do primeiro turno. A decisão começa neste domingo e termina na quinta-feira (17). O Moto por ter tido a melhor campanha leva a vantagem de jogar por dois resultados iguais.

O ‘apoio’ do Governo Flávio Dino ao Campeonato Maranhense

por Jorge Aragão
Governador Flávio Dino e secretário Márcio Jardim na solenidade de lançamento de programas de incentivo ao esporte. Foto: Karlos Geromy/Secom

Governador Flávio Dino e secretário Márcio Jardim na solenidade de lançamento de programas de incentivo ao esporte. Foto: Karlos Geromy/Secom

Se já não bastasse a injustiça e perseguição que vai acontecendo na arbitragem maranhense, thumb já relatada pelo Blog (reveja aqui), outro questionamento bastante pertinente surge às vésperas do início do Campeonato Maranhense 2016.

O Governo Flávio Dino anunciou que irá apoiar a competição, algo que o Blog defende, mas que outras pessoas entendem que o futebol profissional não deveria ter ajudada do Poder Público.

Entretanto, o problema maior não é esse, mas sim a denúncia feita pelo ex-secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murad, e também por outros jornalistas. Dos R$ 1,8 milhões, que serão disponibilizados pelo Governo Flávio Dino, metade, ou seja, R$ 900 mil ficará com a TV Guará (televisão que fará a transmissão do Campeonato Maranhense) e a Federação Maranhense de Futebol (FMF).

A outra metade, ou seja, os outros R$ 900 mil serão divididos entre as oito equipes. O Sampaio deverá receber R$ 200 mil. Moto, Maranhão e Imperatriz R$ 180 mil e as demais equipes entre R$ 40 e 60 mil.

Para Murad tudo não passa de uma ‘armação irresponsável e criminosa’ do Governo Flávio Dino.

“Mais uma armação irresponsável e criminosa para transferência de dinheiro público para a TV GUARÁ. Afundada em dívidas, sem audiência e ainda segundo se comenta, sem receber pelos débitos milionários da campanha de Flávio Dino, a emissora é “escolhida” para transmitir ao vivo o campeonato maranhense com custos todos pagos pelo governo. Não se sabe de nenhuma outra emissora, mesmo a TV ASSEMBLEIA que poderia muito bem prestar esse serviço ao esporte, não foi chamada. Assim como as rádios que já transmitem os jogos sem apoio e verba do governo, não receberão um tostão desse projeto. Só a TV GUARÁ. Uma vergonha e desfaçatez que precisa ser impedida”, desabafou Murad.

Murad ainda lembra outros dois aspectos interessantes. Primeiro que todas as televisões pagam para transmitir os jogos nos campeonatos regionais e brasileiros, mas no Maranhão será o contrário. Depois que a transmissão dos jogos em São Luís para a própria capital maranhense irá, fatalmente, retirar o público dos estádios de futebol.

“Além disso, a emissora não tem abrangência para transmissão a não ser para a própria cidade de São Luís — e olhe lá! — o que transforma essa iniciativa numa farsa, tirando o torcedor do estádio para dar dinheiro a um amigo e financiador de sua campanha. Tá tudo ao contrário do que se pretende no esporte que é incentivar o torcedor ir aos jogos nos estádios”, finalizou Ricardo Murad.

E tudo isso às vésperas do início do Campeonato Maranhense de 2016.