Arquivado inquérito contra Astro e Pereirinha no “Caso Bradesco”

por Jorge Aragão

O juiz da 7ª Vara Criminal de São Luís, Clésio Coêlho Cunha, acatou o pedido da defesa e decidiu pelo arquivamento do inquérito em que o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR) e o ex-presidente da Casa, Isaías Pereirinha (PSL) figuravam na condição de indiciados. Aberto em janeiro de 2014, o inquérito sobre Astro e Pereirinha, conhecido como ‘Caso Bradesco’, apurava a veracidade de notícias publicadas em blogues e jornais locais e em ofício da Promotoria Especializada na Defesa do Patrimônio Público e Probidade Administrativa acerca de constatação pelo COAF/MF de movimentação atípica a partir do ano de 2007 até o ano de 2010.

No pedido, a defesa alegou constrangimento ilegal aos investigados pelo fato de a investigação por suposta prática dos crimes de Peculato e Formação de Quadrilha, atribuída aos envolvidos, já se arrastar por três anos sem indícios de autoria e nem sequer prova da materialidade dos fatos criminosos, mesmo depois de o Inquérito Policial ser seguidas vezes devolvido aos órgãos de investigação de origem a pedido do Ministério Público Estadual.

“Releva anotar que até a presente data não há indiciados, portanto deve-se de imediato retificar o registro no sistema Themis e retirar os nomes de [Antônio] Isaias Pereira [Filho] e Generval Martiniano Moreira Leite [Astro de Ogum], da qualidade de indiciados, como consta da capa do processo. O longo tempo, quase um lustro, para conclusão de um inquérito policial que apura um caso de pequena complexidade, é um caso evidente de constrangimento ilegal aos investigados, que não podem viver eternamente na qualidade e com o peso de investigados”, argumenta a defesa em seu pedido.

Mesmo sem indícios de autoria ou prova da materialidade, numa investigação que já arrastava por três anos, no início deste mês, o Ministério Público chegou a pedir novamente a devolução do Inquérito Policial à 7ª Vara Criminal, para a devida conclusão no prazo de 90 dias, mas o juiz Clésio Coêlho Cunha indeferiu o pedido, alegando que pela ausência de indiciados, não foi possível identificar autores.

Cunha afirma que o inquérito policial não poderia alcançar quase um lustro de investigação sem indicar materialidade do crime e indícios de autoria. Por conta disso, em sua decisão, o juiz reconheceu o constrangimento ilegal a que estão submetidos os vereadores investigados, e a eles concedeu Habeas Corpus para a fim de trancar o inquérito nº 007/2014-SEIC.

“O Inquérito foi devolvido em 04 de abril de 2017 a esta 7ª Vara Criminal, acompanhado de um encadernamento contendo extratos bancários (…), sem relatório conclusivo, fazendo-se crê, pela ausência de indiciados e envio ao juízo sem pedido de prazo para conclusão, que não foi possível identificar autores. Para eventual crítica a esta decisão, mesmo num entendimento extremando, alongado, a Lei Processual Penal nem norma que possa se extrair da lei processual, permitem a interpretação de que inquérito policial pode perdurar por anos, sendo assim, reconheço de ofício o Constrangimento Ilegal a que estão submetidos Generval Martiniano Moreira Leite e Antônio Isaias Pereira Filho, e a eles concedo Habeas Corpus para o fim de trancar o inquérito policial nº 007/2014-SEIC, instaurado por Portaria sob o número 12.656/2014”, determinou o juiz.

O vereador Astro de Ogum se manifestou ao saber da notícia. Ele voltou a repetir o que sempre tinha dito que, cedo ou tarde, os fatos seriam esclarecidos. “Nós não tínhamos como ficar todo esse tempo com uma lança apontada para nossas cabeças, sem que nenhum fato, efetivamente, nos incriminassem. Eu não tinha dúvida que mais certo ou mais tarde isso iria acontecer. Sempre acreditei no trabalho da Justiça e das autoridades constituídas”, afirmou o atual presidente do Legislativo de São Luís.

Bandidos explodem agência Bradesco de Cajari

por Jorge Aragão

bradescoMais uma vez uma agência bancária foi explodida no Maranhão. Na madrugada desta terça-feira (01), clinic cerca de oito homens invadiram e explodiram a agência bancária do banco Bradesco em Cajari.

De acordo com as primeiras informações, discount a ação foi rápida, mas bastante violenta. Os criminosos invadiram a agência e dinamitaram os caixas eletrônicos. A quantia levada não foi divulgada, mas especula-se que seja algo em torno de R$ 200 mil.

A quadrilha seguiu com destino a Monção. Reforço policial de cidades próximas foram chamados, mas até o momento ninguém foi preso.

O assalto a agência do Bradesco de Cajari reforça a já alta estatística desse tipo de crime no Maranhão, principalmente neste ano de 2016.

De novo, outra vez e novamente explodiram agência bancária no MA

por Jorge Aragão

bradesco

Parece piada, cialis mas infelizmente é a pura realidade. Na madrugada desta quarta-feira (31), click mais outra agência bancária no interior do Maranhão foi explodida, help dessa vez o alvo foi a cidade de Pirapemas, que viveu momentos de pânico durante a ação dos criminosos.

As informações iniciais é que cerca de nove bandidos participaram da explosão da agência do Bradesco em Pirapemas. As explosões aconteceram por voltas 3h, sem ninguém ferido e dessa vez, sem a necessidade de troca de tiros, apesar dos criminosos estarem fortemente armados.

Por conta da violência das explosões, boa parte da agência do Bradesco foi destruída. Segundo as informações policiais, os bandidos fecharam o quarteirão da agência para poder agir e fugiram.

O que tem impressionado é a prática reiterada desse tipo de crime no Maranhão, algo jamais visto. Na terça-feira (30), a cidade de Caxias, pela primeira vez na história, também foi alvo desse tipo de crime. Ou seja, em aproximadamente 30h foram duas agências bancárias explodidas no interior do Maranhão.

De acordo com os números do próprio Sindicato dos Bancários o número de assaltos a bancos no Maranhão já chega a 47ª agência bancária em 2016. Entretanto, enquanto isso acontece, o secretário de Segurança, Jefferson Portela, tem se dedicado a algumas campanhas eleitorais, pois quer ser candidato a deputado em 2018.

Assaltos a bancos: julho foi o segundo mês com mais ocorrências

por Jorge Aragão

agencia

Quase que ia passando despercebido pelo Blog, view mas infelizmente mais uma agência bancária no Maranhão foi assaltada/explodida no mês de julho, o que fez com que o mês fosse o segundo em número de registros dessa prática.

A última agência bancária que foi assaltada/explodida foi em Monção. Na madrugada do último domingo (31), quando quatro criminosos em duas motocicletas assaltaram/explodiram o Bradesco de Monção.

A prática elevou para oito o número de assaltos/explosões a bancos no Maranhão no mês de julho. Transformando-o no segundo mês com o maior número dessas ocorrências, perdendo apenas para janeiro, que registrou 13 assaltos/explosões.

Com mais essa ação em Monção sobe para 36, o número de explosões/assaltos a caixas eletrônicos/bancos no Maranhão, durante o ano de 2016. Veja abaixo a relação completa

(mais…)

Virou brincadeira: mais uma agência bancária assaltada no Maranhão

por Jorge Aragão

exlosaoInfelizmente virou brincadeira, seek de mau gosto é claro, pois mais uma agência bancária foi explodida no Maranhão.

Na madrugada desta quinta-feira (28), três elementos em duas motos, mas fortemente armados, explodiram a agência bancária do Bradesco na cidade de Bom Lugar. O assalto/explosão aconteceu por volta das 3h e, mais uma vez, os criminosos metralharam a única viatura da Polícia Militar. Bom Lugar é mais uma cidade do Maranhão que não possui Delegacia de Polícia.

Essa foi a segunda agencia bancária assaltada na Região do Médio Mearim nesta semana, já que na segunda-feira, criminosos assaltaram a agência do Bradesco de Vitorino Freire.

Com mais essa ação em Bom Lugar sobe para 35, o número de explosões/assaltos a caixas eletrônicos/bancos no Maranhão, durante o ano de 2016. No mês de julho essa já é a sétima. Veja abaixo a relação completa.

(mais…)

Bradesco de Vitorino Freire é assaltado nesta segunda-feira

por Jorge Aragão

bradescoMais uma agência bancária foi assaltada no Maranhão, diagnosis mas desta vez, hospital ao contrário da maioria das vezes, generic o assalto aconteceu durante o dia, mais precisamente no fim da manhã desta segunda-feira (25).

Os quatro bandidos chegaram a agência do Bradesco de Vitorino Freire se passando por clientes e muito bem vestidos, obviamente sem chamar atenção. Já dentro da agência, os criminosos sacaram as armas, renderam o vigilante e praticaram o assalto.

Segundo informações da Polícia Civil do Maranhão, através do delegado Thiago Bardal, os bandidos conseguiram levar R$ 50 ml da agência bancária e, após roubar um veículo de um cliente, fugiram no sentido a cidade de Bom Jardim.

Com mais essa ação em Vitorino Freire sobe para 34, o número de explosões/assaltos a caixas eletrônicos/bancos no Maranhão, durante o ano de 2016. No mês de julho essa já é a sexta. Veja abaixo a relação completa.

(mais…)

Mais uma agência bancária explodida no Maranhão

por Jorge Aragão

banciQue lê o título pode imaginar que se trata de uma postagem antiga, ambulance mas infelizmente não é. Novamente uma agência bancária foi explodida no interior do Maranhão, sales desta vez na cidade de Santa Luzia do Paruá.

Cerca de dez criminosos explodiram, search na madrugada desta segunda-feira (11), a agência do Bradesco de Santa Luzia do Paruá. Além de explodirem os caixas eletrônicos, os bandidos ainda furaram os pneus das viaturas policiais e utilizaram cadeados para dificultar a saída dos policiais dos postos.

Depois do roubo os bandidos ainda dispararam tiros nas ruas da cidade para intimidar e evitar que fossem perseguidos. Pelas primeiras informações, apesar da violência da ação, ninguém ficou ferido.

Com mais essa ação na cidade de Santa Luzia do Paruá, sobe para 32, o número de explosões/assaltos a caixas eletrônicos/bancos no Maranhão, durante o ano de 2016. No mês de julho essa já é a quarta ação. Veja abaixo a relação completa.

(mais…)

Novamente, de novo, outra vez, agência bancária é explodida no MA

por Jorge Aragão

ANAJATUBA

Mais uma agência bancária é assaltada no Maranhão. Na madrugada desta terça-feira (05), ed foi a vez da agência do Bradesco de Anajatuba. A prática criminosa terminou com a morte de um dos suspeitos.

Cerca de oito homens participaram do assalto que aconteceu por volta das 2h. Eles explodiram a agência bancária e levaram o dinheiro, treatment mas na saída houve confronto com a Polícia Militar e um dos suspeitos foi baleado e teve morte instantânea. Ele foi identificado como como Jeferson Luan Sampaio da Cruz, cialis natural de Pedro II (PI).

Os bandidos conseguiram fugir com a quantia roubada no sentido ao povoado Afoga, mas a PM conseguiu recuperar três armas de grosso calibre e duas motos roubadas.

Com mais essa ação na cidade de Anajatuba, sobe para 30, o número de explosões/assaltos a caixas eletrônicos/bancos no Maranhão, durante o ano de 2016. Depois de uma queda no mês de março, a prática criminosa voltou a crescer em abril e maio. Já no mês de julho, essa é a segunda ação. Veja abaixo a relação completa.

(mais…)

Mais uma agência bancária foi explodida no Maranhão

por Jorge Aragão

bradesco

Na madrugada deste sábado (28), sovaldi por volta das 3h, troche mais uma agência bancária foi explodida no Maranhão. Desta vez os bandidos explodiram a agência do Bradesco na cidade de São Luiz Gonzaga.

Os bandidos agiram novamente com violência, discount pois além de terem explodido a agência bancária, ainda crivaram de bala o carro da Polícia Militar. Segundo informações da própria PM, foram cerca de seis bandidos que praticaram o assalto.

Os criminosos estavam em três motos e no local foram encontrados estojos de munição de ponto 40 e calibre 12. Apesar da violência, ninguém ficou ferido. Os bandidos fugiram e tomaram rumo ignorado.

Essa foi a segunda vez que criminosos explodem agências bancárias em São Luz Gonzaga neste ano. No dia 29 de abril, bandidos explodiram a agência do Banco do Brasil.

Após mais esse assalto em São Luiz Gonzaga, a situação para os moradores que precisarem de serviços bancários ficou extremamente delicada. Já que tanto a agência do Banco do Brasil e a Casa Lotérica da cidade não estão funcionando por conta de assaltos anteriores.

(mais…)

Mais duas explosões bancárias no interior do Maranhão

por Jorge Aragão

banco

Nas últimas horas, pill mais duas cidades do Maranhão – Satubinha e Amapá do Maranhão – foram alvos da prática de explodir/assaltar caixas eletrônicos/agências bancárias no estado.

Nas primeiras horas desta segunda-feira (02), for sale quatro homens armados explodiram o posto de atendimento do Bradesco. Foram ouvido três grandes explosões e vários disparos de arma de fogo e no local das explosões, no rx ainda foi encontrado um artefato explosivos (banana de dinamite) que ainda foi acionada, mas não explodiu.

Os bandidos fugiram e tomaram rumo ignorado. Entretanto, apesar de estarmos no segundo dia do mês, essa não foi a primeira ação de criminosos no Maranhão durante o mês de maio.

bancoNo feriado do Dia do Trabalho, a Polícia Militar confirmou que o posto da agência bancária do Bradesco de Satubinha, único posto bancário que abastece todo a população da cidade, foi alvo de assaltantes.

Foram cerca de quatro homens armados que invadiram o posto bancário e com dinamites conseguiram explodir o caixa eletrônico, que havia sido abastecido na sexta-feira (29). Depois das explosões os criminosos fugiram em duas motocicletas.

Com mais essa ações nas cidades de Satubinha e Amapá do Maranhão, sobe para 23, o número de explosões/assaltos a caixas eletrônicos/bancos no Maranhão, durante o ano de 2016. Depois de quatro práticas em abril, os dois primeiros dias de maio já contabilizam duas ações criminosas. Veja abaixo a relação completa.

(mais…)