Ministro dos Transportes assegura conclusão da duplicação da BR-135

por Jorge Aragão


 
O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, garantiu ao deputado Aluisio Mendes e à presidente estadual do PTN, Maura Jorge, a conclusão da obra de duplicação da BR-135 ainda este ano. Ele informou que os recursos estão assegurados e todas as providências foram tomadas para que os trabalhos sejam retomados neste mês de maio.

“A duplicação da BR-135 vai continuar. Estamos esperando somente acabar o período das chuvas para que a obra seja retomada. Pelo cronograma do Ministério, vamos inaugurar o trecho entre Estiva e Bacabeira ainda este ano. Esse é um compromisso do presidente Michel Temer”, afirmou o ministro dos Transportes. “Fui ao Maranhão quando a obra estava paralisada e o presidente determinou que fosse priorizada”, acrescentou ele.

“O ministro é homem de palavra, por isso tenho a convicção de que a obra será concluída e o povo maranhense vai deixar de sofrer quando precisar chegar ou sair de São Luís”, declarou Aluisio Mendes. Maura Jorge agradeceu ao ministro pela receptividade e por garantir que a duplicação da BR-135 será concluída, “respeitando o povo do Maranhão”.

É aguardar e conferir, até pelo fato de que promessas iguais a essa, com relação a BR-135, já foram feitas.

“O descaso com a BR-135 continua o mesmo”, diz Eduardo Braide

por Jorge Aragão

O deputado Eduardo Braide, um dos políticos que mais tem cobrado melhorias para a BR-135, apresentou, nesta sexta-feira (07), requerimento, em nome da população maranhense, manifestando repúdio ao Governo Federal por mais um atraso na entrega das obras de duplicação da BR-135.

“Do início das obras para cá o Brasil já mudou até de presidente, mas o descaso com as obras da BR-135 continua o mesmo”, afirmou o deputado.

O Requerimento ainda aponta que no início deste ano, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, esteve no Maranhão para vistoriar as obras da rodovia.

“Em janeiro, o ministro veio aqui para dizer que as obras seriam entregues em abril. Mas ao constatar os atrasos, remarcou o prazo para meados de junho ou julho – palavras dele. E agora, sem justificativa nenhuma, o Dnit adia mais uma vez esse prazo para 2018?”, questionou Eduardo Braide.

Não é a primeira vez que o deputado questiona o prazo de entrega das obras de duplicação da BR-135. Em março do ano passado, Eduardo Braide teve um requerimento aprovado pela Assembleia Legislativa, já repudiando o descaso com as obras de duplicação da rodovia.

“Tomamos todas as providências. Fizemos audiências públicas, vistorias, reuniões… A população maranhense e quem trafega todos os dias pela BR-135 não aguentam mais esperar por essa duplicação. Não bastam tantos acidentes, tantas mortes que já aconteceram na BR pela falta dessa duplicação? Governar é eleger prioridades. Será que a BR-135 não é prioridade para o Governo Federal?”, indagou o parlamentar.

Identificados os jovens que morreram no trágico acidente da BR-135

por Jorge Aragão

O Núcleo de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal no Maranhão confirmou de maneira oficial, na manhã deste domingo (26), os nomes dos cinco jovens que morreram num gravíssimo acidente na BR-135.

O grave acidente tipo colisão frontal ocorreu por volta das 13h30 do Sábado de Carnaval (25) no km 102, da BR 135, entre o povoado Entroncamento e o povoado Colombo, município de Itapecuru Mirim.

De acordo com as informações colhidas pela equipe PRF que atendeu a ocorrência, um veículo Hyundai modelo HB 20 se deslocava de São Luís para a cidade de Santa Luzia do Tide, localizado entre Santa Inês e Buriticupu, quando derrapou na pista molhada e colidiu frontal com um veículo de carga.

O Corpo de Bombeiros em Itapecuru Mirim foi ao local e fez a retirada dos corpos das ferragens. Os cinco ocupantes eram jovens, que moravam na capital e se deslocavam para passar o Carnaval em Santa Luzia. O condutor do veículo de carga permaneceu no local e foi apresentado ao delegado plantonista em Itapecuru Mirim, que o liberou logo em seguida a oitiva.

O mesmo delegado fez o reconhecimento das vítimas fatais e encaminhou a relação à PRF com os seguintes nomes: (Ítalo da Silva Oliveira, de 23 anos, José Ilaryo Carvalho Costa e Silva de Queiroz, de 21 anos, Gabriel Henrique Sousa Pereira, de 21 anos, Kalline da Silva Oliveira, de 17 anos e Tamires Lima Machado, de 25 anos.

Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico na capital maranhense e, em seguida, liberados aos familiares para sepultamento.

Wellington cobra recuperação da BR-135

por Jorge Aragão


O deputado estadual Wellington do Curso (PP) continua percorrendo os municípios do Estado através do Gabinete Móvel com o projeto: Ouvindo o Maranhão. No último fim de semana, o progressista visitou a cidade de Paraibano, no Leste Maranhense, a 502 quilômetros da capital reunindo uma série de proposições para apresentar na Assembleia Legislativa.

Em seu percurso na estrada, o deputado Wellington se deparou com uma cena nada agradável na BR-135, no perímetro urbano da cidade de Presidente Dutra. Um lamaçal entre crateras que põe em risco a vida de motoristas, motociclistas e até pedestres.

“É uma cena de descaso. Como pode a principal rodovia que corta todo o Estado está em péssimas condições? A BR é uma das principais rodovias que cortam o estado do Maranhão, ao sair da capital podemos observar sérios problemas. O intenso fluxo de carros e a sua infraestrutura ultrapassada são os principais obstáculos que enfrentamos. Com essas condições, se tem horas de engarrafamento, insegurança e precariedade. Por isso, solicitamos que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Maranhão realize obras de recuperação asfáltica do trecho da BR-135 no perímetro urbano da cidade de presidente Dutra e evite graves problemas na BR”, disse Wellington.

O deputado Wellington ainda solicitou ao DNIT, que também, realize obras de recuperação asfáltica do trecho da BR-135 do km 080 ao km 090, próximo ao posto da Policia Rodoviária Federal (PRF), no povoado São Francisco, entre Santa Rita e entroncamento.

Wellington concluiu, “Ainda solicitamos que o Superintendente do DNIT no Maranhão, a convite da Assembleia Legislativa do Maranhão, esclareça a atual situação da BR-135, especificamente, dos trechos citados em Presidente Dutra e Santa Rita”.

Bancada Federal garante licitação de mais um trecho da BR-135

por Jorge Aragão

juscelinho

O coordenador da Bancada Federal do Maranhão, cure deputado Juscelino Filho (DEM), se reuniu nesta terça-feira (16) com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Mauricio Quintella e na sequência, com o diretor geral do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Valter Casimiro, para tratar de algumas alterações na emenda impositiva da bancada no valor de R$ 150 milhões.

Da emenda que já foi empenhada este ano, R$ 60 milhões serão utilizados na obra do 1º trecho da BR-135, de Estiva a Bacabeira, já em andamento. Com o saldo de R$ 90 milhões, os parlamentares destinarão R$ 25 milhões para a licitação do 2º trecho, que liga Bacabeira a Miranda do Norte, R$ 32.805 milhões na BR-226 do km 0 ao 100, R$ 31.195 milhões ao DNIT-Maranhão para a manutenção da malha rodoviária federal. A colocação de recursos para a retomada da obra da BR-010, na travessia urbana de Imperatriz, também foi incluída.

De acordo com Juscelino Filho, após as reuniões, foi acordado que o DNIT fará uma delegação de competência à Superintendência Regional da unidade do Maranhão, para realizar no estado, a licitação da obra do 2º trecho da BR-135. O deputado ainda garantiu a liberação do aditivo da obra da BR-010 para a retirada da rede elétrica da Cemar (Companhia Energética do Maranhão), que impossibilita, há mais de um ano, o andamento da obra no local.

Cemar esclarece sobre as redes de energia elétrica na BR 010 em Imperatriz

Em relação a retirada dos postes na BR 010, a Cemar informa que já vem tratando sobre este assunto junto ao DNIT. Por se tratar de uma obra do Governo Federal, a Companhia está aguardando a liberação dos recursos financeiros para que a obra seja executada. A partir dessa informação a Cemar programará a relocação de todos os postes que fazem parte do cronograma de execução dos serviços.

É importante ressaltar que a obra envolverá o deslocamento de uma Linha de Transmissão em 69 kV, duas Linhas de Transmissão em 34,5 kV e de diversas Redes de Distribuição de energia elétrica de alta tensão na área urbana de Imperatriz, e precisa ser programada de forma a garantir a segurança das comunidades nos trechos que terão postes deslocados.

Na condição de concessionária de distribuição de energia elétrica, a Companhia tem realizado diversas intervenções nas redes de distribuição em parceria com o DNIT, tanto para o fortalecimento do sistema elétrico no estado, como para obras de interesse do citado órgão.

Cabe esclarecer que esse tipo de intervenção obedece às regras definidas pelo setor elétrico brasileiro, com a elaboração do projeto de viabilidade e programação de execução, uma vez que tais obras envolvem o desligamento do fornecimento da energia elétrica, que será conduzido conforme estabelece a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL.

Assessoria de Imprensa da Cemar

Juscelino propõe audiência pública para discutir situação da BR-135

por Jorge Aragão

juscelino1Foi aprovado na manhã de hoje (13), buy cialis na Comissão de Viação e Transportes (CVT) da Câmara dos Deputados, pilule o requerimento do deputado Juscelino Filho (DEM-MA) para a realização de audiência pública para que os problemas da BR-135 sejam debatidos e solucionados, após o período de quase 6 anos de obras.

De acordo com o Requerimento 155/2016, serão convidados o ministro dos Transportes, o superintendente da Polícia Rodoviária Federal no Maranhão, o diretor de Infraestrutura Rodoviária do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes), um representante do Ministério Público Federal, um representante do TCU (Tribunal de Contas da União) e representante do Consórcio Serveng-Aterpa, responsável pela obra.

“Não se trata de uma estrada comum e nem de trechos de pequena importância numa via federal. Muito mais que isso, este é o único acesso de todo o tráfego rodoviário do interior para a capital, incluindo cargas que chegam e saem através da principal ligação do estado com o restante do país. São milhares de veículos em intenso vai-e-vem nas piores condições que se pode imaginar: longos trechos praticamente sem asfalto ou repletos de buracos, falta de sinalização, obras paradas e abandonadas, instalações, máquinas e equipamentos ao léu, insegurança total provocando incontáveis acidentes. A audiência e as soluções, serão de extrema importância para nosso estado e para todos nós maranhenses. ”, destacou o líder da bancada maranhense, Juscelino Filho.

A data será definida em breve e a audiência pública acontecerá após o recesso parlamentar.

Deputados vistoriam interminável obra da duplicação da BR-135

por Jorge Aragão

deputados

Na tarde desta segunda-feira (11), medical uma comitiva de deputados federais e estaduais esteve visitando in loco a interminável obra da duplicação da BR-135. A visita dos parlamentares foi motivada por mais uma tragédia na “rodovia da morte” e pela demora para conclusão dos trabalhos.

Na comitiva estavam presentes os deputados federais Juscelino Filho (DEM) – coordenador da Bancada Federal, drug Aluísio Mendes (PTN), click Weverton Rocha (PDT), Rubens Júnior (PCdoB), Hildo Rocha (PMDB), Alberto Filho (PMDB) e João Marcelo (PMDB) e os deputados estaduais Eduardo Braide (PMN) Zé Inácio (PT), Wellington do Curso (PP) e Júnior Verde(PRB). Eles foram acompanhados por representantes do DNIT e vistoriaram o trecho entre o Estreito dos Mosquitos e Bacabeira.

A duplicação na rodovia foi anunciada em 2010 e era para ter sido entregue em dezembro de 2014, mas até o momento não foi concluída.

A ideia é que a classe política toda unida possa pressionar o Governo Federal para que, enfim, a duplicação, no seu primeiro trecho, seja concluída e entregue.

É aguardar e conferir.

MPF quer esclarecimento sobre contratos de manutenção da BR-135

por Jorge Aragão

BR-135

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) encaminhou ofício ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), medical ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MT) e à Secretaria de Estado de Infraestrutura do Estado do Maranhão (Sinfra) onde requisita informações relacionadas à situação da BR-135, no trecho entre o município de Miranda do Norte e a capital São Luís, e BR-222, no trecho entre Miranda do Norte e Santa Inês. MT e Sinfra também foram indagados sobre a possibilidade de empreenderem fiscalizações no local.

O Dnit já havia sido oficiado anteriormente pelo MPF/MA após denúncia da Promotoria de Justiça de Zé Doca (MA) relatando a precariedade das rodovias nos trechos citados, situação que estaria ocasionando acidentes e desgaste de veículos, além de expor motoristas ao perigo de serem assaltados e representar risco à integridade física de pacientes transportados em ambulâncias.

Instado a informar sobre providências adotadas, o Dnit esclareceu que, no trecho da BR-135, possui dois contratos de manutenção da rodovia firmados com as empresas Ethos Engenharia de Infraestrutura S.A. e Construtora Técnica Viária, e um contrato com a empresa Sinalisa Segurança Viária LTDA, destinado à sinalização. Na BR-222, informou possuir contrato com as empresas Construtora Souza Reis LTDA e Sinalisa Segurança Viária LTDA.

No entanto, apesar de as informações prestadas pelo Dnit permitirem concluir que os contratos ainda estão em vigência, inclusive com registros fotográficos dos locais de obras, não foram repassadas informações detalhadas nem documentos que demonstrem sua regular execução.

Peritos do MPF/MA vão realizar pesquisa e análise dos dados cadastrais das empresas contratadas pelo Dnit a fim de obter informações úteis que permitam aferir a correta execução dos contratos.

Por meio de ofício, foi pedido ao Dnit que encaminhe cópias de cada um dos contratos destinados à manutenção da BR-135 e BR-222, informe os valores repassados a cada uma das empresas até o momento, a forma de pagamento e origem dos recursos, eventuais relatórios de fiscalização dos contratos que já estão sendo executados, além de outros documentos aptos a demonstrar a correta execução dos contratos e o regular repasse e utilização dos recursos.

Ao Ministério dos Transportes foram requisitadas informações acerca do montante dos recursos destinados à manutenção e recuperação das rodovias e se foram constatadas irregularidades na aplicação dos recursos. Além disso, o órgão foi indagado sobre a possibilidade de realizar fiscalização nos referidos trechos das BRs. O mesmo foi perguntado à Sinfra, que também foi requisitada a detalhar as medidas adotadas até o momento diante da precariedade das rodovias.

Flávio Dino afirma que obras da BR-135 recomeçaram lentamente

por Jorge Aragão

Para quem comemorou a retomada da interminável obra de duplicação da BR-135, medicine após mais uma tragédia na ‘rodovia da morte’, store é melhor aguardar um pouco mais.

Apesar do empenho da classe política, sale principalmente da Bancada Maranhense em Brasília, ao que parece o DNIT e o Governo Federal, mais uma vez, devem levar a obra a passos de cagado.

Através das redes sociais, o governador Flávio Dino afirmou que o PROCON/MA esteve in loco e percebeu a retomada das obras, mas de maneira lenta. Veja abaixo.

flavio

Seria bom que o próprio governador, juntamente com toda a classe política do Maranhão, independentemente de partidos ou grupos políticos, pudessem exigir do Governo Federal mais respeito aos maranhenses e uma celeridade maior nessa obra, afinal já se lamentou a morte de muitas pessoas.

Ou será que vão esperar uma nova tragédia para se posicionar novamente???

BR-135: Bancada Federal se reúne e obras são retomadas

por Jorge Aragão

bancada

Foi realizada na Câmara dos Deputados, sale na tarde da terça-feira (5), reunião da Bancada Federal do Maranhão coordenada pelo deputado Juscelino Filho (DEM). Entre outros assuntos da pauta, os parlamentares deliberaram sobre a situação da obra de duplicação da BR 135 e deram encaminhamento à uma ação conjunta da Bancada junto ao Governo Federal, onde foi solicitada audiência com o presidente em exercício, Michel Temer, para evitar que as obras que foram iniciadas hoje, sejam paralisadas novamente.

Sobre as indicações das emendas LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) 2017, na divisão das três emendas indicadas, os parlamentares decidiram designar uma para investimento no ensino superior por meio da implantação de uma sede do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) na Base de Alcântara, outras para garantir recursos para continuação das obras de duplicação da BR 135 no segundo trecho, de Bacabeira a Miranda do Norte que ainda está em fase de licitação, e a terceira para apoio e manutenção das unidades de saúde do estado.

Conforme definido na reunião, as obras da BR serão acompanhadas e vistoriadas pelos próprios parlamentares com frequência. A Bancada fará sua primeira visita às obras na segunda-feira, dia 11 de julho, junto a Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados.

Estiveram presentes, os deputados Alberto Filho (PMDB), Aluísio Mendes (PTN), Cleber Verde (PRB), Eliziane Gama (PPS), Hildo Rocha (PMDB), Ildon Marques (PSB), João Castelo (PSDB), José Reinaldo (PSB), Junior Marreca (PEN), Pedro Fernandes (PTB), Rubens Pereira Junior (PCdoB), Victor Mendes (PSD) e Zé Carlos (PT), e representando do governo do estado teve presente o secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares.

BR-135

As obras de duplicação da BR-135 foram realmente reiniciadas na tarde de terça-feira (5). Entretanto, o questionamento que se faz é um só: foi preciso mais uma tragédia na BR-135, com a morte de oito pessoas, para que as obras fossem definitivamente retomadas?

Agora é rezar e torcer muito para que a obra não volte a ser paralisada e que nenhuma nova tragédia aconteça na BR-135.