Operação Pegadores: mais dois foram presos nesta sexta-feira

por Jorge Aragão

A Polícia Federal, que agora virou alvo dos comunistas e seus asseclas, confirmou no início da noite desta sexta-feira (17), que mais duas pessoas foram presas, ainda em consequência da Operação Pegadores, deflagradas na manhã de quinta-feira e que atingiu em cheio o Governo Flávio Dino.

Dois dos três foragidos da Operação Pegadores se entregaram à Polícia Federal. Paulo Curado, ex-marido de Rosângela Curado, ex-secretária ajunta da Secretaria de Saúde, se entregou pela manhã na sede da Polícia Federal em Imperatriz.

Já o médico e ex-prefeito de Amarante, Miguel Marconi Duailibe Gomes, proprietário da Clínica H.M Duailibe Gomes LTDA, uma das empresas beneficiárias do esquema, segundo relatório da Polícia Federal, se entregou em São Luís.

Sendo assim, apenas Péricles Silva Filho, segue sendo foragido da Polícia Federal. Entretanto, advogados dele já informaram que ele está fora do Maranhão acompanhando um familiar que passa por uma cirurgia, mas que durante o fim de semana se apresentará na Polícia Federal.

Faça seu comentário

Edivaldo vistoria obras de novo corredor viário do Parque Atenas

por Jorge Aragão

A Prefeitura de São Luís avança na implantação de um novo eixo viário que vai permitir a comunicação entre os bairros Parque Atenas e Calhau. Os serviços chegaram à Avenida Alpha, uma importante via Parque Atenas. Com essa etapa do programa no Parque Atenas, a Prefeitura de São Luís garante mobilidade em uma rua antes intrafegável, dando prosseguimento às ações que visam à melhoria da infraestrutura urbana de São Luís, especialmente nos bairros que mais precisam desses investimentos. Na tarde desta sexta-feira (17) a Prefeitura realizou o asfaltamento da avenida. Os serviços, que integram o programa Asfalto na Rua, foram acompanhados pelo prefeito Edivaldo e o secretário de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo.

Durante visita às obras, o prefeito Edivaldo ressaltou que o poder público municipal tem alcançado as metas propostas pelo programa. “Estamos felizes pela oportunidade de realizar essa importante obra para os moradores do Parque Atenas, que há muitos anos esperavam por serviços como esse. Os benefícios vão desde a melhoria da mobilidade à maior segurança aos moradores, considerando que a pavimentação facilita o acesso do sistema de segurança aos bairros. Estamos prosseguindo com as ações e vamos avançar ainda mais”, afirmou o prefeito.

Essa é mais uma etapa do programa que já passou pelas ruas G, H, I, J, K, L, M, O e P do Parque Atenas. Mais de 1,6 km de vias já foram pavimentadas. Além da pavimentação asfáltica, os serviços incluem terraplanagem, drenagem e criação de meio-fio, calçadas e sarjetas. Com a drenagem, a Prefeitura soluciona na região um problema crítico de alagamento durante o período de chuva. O trabalho realizado, especialmente na Avenida Alpha, conferiu uma trafegabilidade que não existia na via.

O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antonio Araújo, justificou o investimento e o esforço do poder público municipal na infraestrutura da Avenida Alpha. “Nosso objetivo com esse serviço, especificamente nessa avenida, é fazer a interligação das ruas da região. Essa é uma via que, apesar de uma posição estratégica, não tinha funcionalidade desde o surgimento do bairro e que acumulava água da chuva por ficar no ponto mais baixo da área. Esse não é um trabalho fácil, mas é resolutivo e, por determinação do prefeito Edivaldo, estamos dando uma rua de verdade aos moradores”, disse o secretário.

A população comemora os avanços. “Aqui era tudo um lixão. O prefeito anterior disse que esse era um trabalho que não dava pra ser feito. Agora vai melhorar em tudo. O serviço ainda nem foi concluído, mas já conseguimos passar pela rua sem precisar dar a volta pela outra avenida”, contou a aposentada Irene Correa, 74 anos, moradora do bairro há 16 anos.

Para o motorista Leo Lima, 40 anos, morador da Avenida Alpha, os serviços vão favorecer os moradores para além da infraestrutura. “Aqui na rua tinha muito mato e um lixão que fazia com que carro nem passasse. Até pra sair na rua, a gente ficava com medo porque a área era muito perigosa. Então, além de melhorar o acesso, vai ajudar na segurança. Vai ficar muito bom agora”, afirmou.

ASFALTO NA RUA – Executado com recursos próprios da Prefeitura de São Luís, a meta do Programa Asfalto na Rua é pavimentar 100 quilômetros de vias nos bairros da capital. O Asfalto da Rua dá prosseguimento ao trabalho que vem sendo executado desde o início da gestão do prefeito Edivaldo para recuperação da malha viária da capital, conferindo maior mobilidade urbana e mais qualidade de vida para a população. Além do Parque Atenas a ação já beneficiou bairros como Anjo da Guarda, Gancharia, Residencial Paraíso, Alto do Calhau, Coroadinho, Cohaserma, Parque Shalon, São Cristovão e Renascença.

2 comentários

FAMEM participará de nova mobilização em Brasília

por Jorge Aragão

Prefeitos e prefeitas maranhenses desembarcam em Brasília, na próxima segunda-feira (20), para participar de uma nova mobilização em favor do fortalecimento do municipalismo e liberação de maior aporte financeiro, por parte do governo federal, para as prefeituras.

A caravana do estado será coordenada pelo prefeito de Tuntum e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), Cleomar Tema. A mobilização faz parte da campanha “Não deixem os municípios afundarem” e está sendo organizada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

A programação completa, que envolve reuniões na Câmara Federal; no Senado; e com representantes do governo federal e de órgãos de controle externo, está disponível no www.cnm.org.br

No Senado, os gestores irão discutir temas como a atualização dos programas federais; emendas do FPM (PEC 61/15) e 1% do FPM (PEC 29/17). Na Câmara serão tratadas a PEC 212/16 (precatórios); e os PLs 3776/08 (piso do magistério) e 2289/15 (resíduos sólidos). No Congresso Nacional, a pauta comum tratará sobre a derrubada do veto ao Encontro de Contas (nº 30/17). Com representantes do Poder Executivo, serão discutidas medidas que viabilizem a liberação de novos recursos para os municípios.

Os gestores públicos maranhenses também irão se reunir com a Bancada do Estado em Brasília, formada por deputados federais e senadores.

1 comentário

Dr. Washington e Glalbert Cutrim inauguram CRAS em Bacuri

por Jorge Aragão

O deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT), esteve no município de Bacuri, onde, junto com o prefeito Dr. Washington (PDT), vereadores municipais, secretários e lideranças políticas, participou da inauguração do CRAS – Centro de Referência Especializado em Assistência Social e da entrega do Sistema de Abastecimento de Água do bairro da Pedreira.

Durante a solenidade, Glalbert falou da importância do equipamento, que irá fortalecer o convívio social, garantindo o acesso a politicas publicas importantes, e de como a cidade, em menos de um ano, vive um novo momento.

“Viemos aqui no ano passado, e o que víamos era uma população decepcionada com a gestão, sem ânimo, e que refletia na cidade inteira. Hoje, em menos de um ano, a cidade vive um momento de reconstrução, de compromisso de quem realmente respeita a população. Participar da entrega do CRAS é um exemplo disso, uma obra abandonada deixada pela gestão passada, e que o prefeito Dr. Washington tomou pra si a responsabilidade de concluir e entregar o melhor pra população.” destacou o deputado.

No bairro da Pedreira, a comitiva, que também contou com a participação do Secretário de Estado de Desenvolvimento Social – Sedes, Neto Evangelista, entregou à população, o novo Sistema de Abastecimento de Água, que vai solucionar um problema enfrentado pela população há anos.

1 comentário

ENEM: MPF questiona UFMA por bonificações a alunos maranhenses

por Jorge Aragão

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) propôs ação civil pública requisitando o reconhecimento da nulidade de resolução da Universidade Federal do Maranhão (Consepe/Ufma), que estabelece um acréscimo de 20% na nota final do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) para os estudantes que cursaram o último ano do Ensino Fundamental (9º ano) e os três anos do Ensino Médio (1º ao 3º ano) em escolas públicas e privadas do Estado do Maranhão, na disputa de vagas disponibilizadas no Sistema de Seleção Unificado (Sisu).

De acordo com o MPF, a Resolução 1653/2017 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Ufma, que surgiu como demanda da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, viola a Constituição Federal, ao fazer diferenciação por origem geográfica e federativa.

A ação pretende resguardar a regularidade do sistema de seleção de vagas para o ensino superior, uma vez que a resolução, ao beneficiar diretamente os candidatos que estudaram em escolas maranhenses, acaba por estabelecer um critério de seleção não admitido pelos princípios da isonomia e legalidade.

Diante disso, o MPF requer a suspensão dos efeitos da Resolução nº 1653 do Consepe, de forma que a Ufma venha se abster de aplicar no Sisu um acréscimo de 20% na nota final do Enem para os estudantes que cursaram ensino médio em escolas públicas e privadas no Estado do Maranhão.

17 comentários

Atacar a Polícia Federal é mais um equivoco dos asseclas do comunista

por Jorge Aragão

Pelo visto o governador Flávio Dino e seus asseclas seguem tontos e desorientados, diante da repercussão da Operação Pegadores da Polícia Federal, na última quinta-feira (16), que confirmou a existência de corrupção na gestão comunista.

Depois de tentarem, como de costume, transferir a responsabilidade de seus erros, agora Flávio Dino, indiretamente, e seus asseclas diretamente, querem, de maneira absurda, atacar e atingir a honra da Polícia Federal, uma instituição séria e considerada pela população brasileira a mais respeitada e proba no País.

De maneira irresponsável e tola, os asseclas do comunista agora surtaram e insinuam que a Operação Pegadores da Polícia Federal teria sido ordenada pelo ex-presidente José Sarney. A insinuação é pelo fato de que Sarney, algo negado pelo ex-presidente, poderia ter indicado o novo comandante do órgão no Brasil, Fernando Segóvia, que inclusive já foi superintendente da PF no Maranhão.

Inicialmente deixar claro que essa possibilidade é risível e demonstra o tamanho do desespero dos comunistas. E caberá, mais uma vez, ao Blog do Jorge Aragão demonstrar o motivo de que não tem como a tese prosperar.

Logo de cara, a calúnia dos asseclas do comunista é absurda, e pelo simples fato de que Segóvia assumiu o comando da Polícia Federal no dia 10 de novembro de 2017, ou seja, seis dias antes da Operação Pegadores.

Quem em sã consciência vai acreditar nessa sandice??? Afinal o novo comandante, que ainda está se adaptando ao novo cargo, não teria, por mais que quisesse, tempo suficiente para realizar e organizar uma operação desse porte.

Depois, para derrubar de vez a tese irresponsável dos asseclas do comunista, a Operação Pegadores foi iniciada em 2015, com gravações interceptadas, com autorização da Justiça, e com o monitoramento dos servidores do Governo Flávio Dino que participaram desse ato de corrupção. Ou seja, a participação de Segóvia na operação é zero.

Pior é que o governador Flávio Dino retuitou uma dessas afirmações absurdas, demonstrando concordar com a tese, mas por falta de coragem, outra peculiaridade do comunista, não emitiu sua opinião diretamente.

Ou seja, pelo que demonstra Flávio Dino, com essa ação de retuitar essa aberração, é que a Polícia Federal está a serviço de José Sarney e que não existiu nenhuma corrupção na sua gestão.

Será que Flávio Dino imagina que a Polícia Federal criou toda essa situação em apenas seis dias??? Será que Flávio Dino esqueceu que, por diversas vezes, elogiou publicamente as ações da Polícia Federal??? Será que a desconfiança de Flávio Dino é pelo fato da Polícia Federal, pela primeira vez na história, está sendo comandada por uma mulher no Maranhão??? Será que Flávio Dino imagina que todos os diálogos divulgados foram montados???

Pelo visto, para o governador Flávio Dino a Polícia Federal só age com isenção quando realiza operações que atinjam seus adversários políticos, mas quando atinge alguém de sua relação ou seu próprio governo, aí o conceito muda da “água para o vinho”.

Como sempre incoerente e cada vez mais perdido.

16 comentários

Chegou o dia: Moto Club apresenta novo uniforme para a torcida

por Jorge Aragão

Apesar de ter sido um ano para ser esquecido, com péssimos resultados dentro de campo, a nova diretoria do Moto Club de São Luís quer terminar 2017 com outro astral e programar um 2018 bem diferente.

Nesta sexta-feira (17), a diretoria do Moto Club de São Luís fará o lançamento da nova equipagem do time rubro-negro para a próxima temporada. O evento será realizado às 19h, na Fanzine, no centro da capital maranhense.

Além da nova “armadura”, o Papão irá apresentar e anunciar alguns reforços para a temporada de 2018. A expectativa é que o time volte a disputar o título Maranhense e no Brasileirão da Série D lutar para retornar a Série C.

A diretoria do Moto Club, durante a semana, também lançou a nova página do clube www.motocluboficial.com.br.

E assim o Moto quer se despedir de 2017, mas trabalhando para fazer um 2018 bem diferente.

12 comentários

A cara de pau sem limites e impressionante de Flávio Dino

por Jorge Aragão

Chega realmente a impressionar a cara de pau do governador Flávio Dino, algo jamais visto no Maranhão. Depois de autorizar a emissão de uma Nota mentirosa, tentando, como de costume, responsabilizar outras gestões pelos seus erros, o próprio comandante do Governo da Mudança também responsabiliza, mesmo que indiretamente, outras administrações pela corrupção encontrada pela Polícia Federal na sua gestão.

Utilizando as redes sociais, Flávio Dino afirmou que “o modelo que herdamos foi que originou as operações da Polícia Federal”. Só que o problema não está exclusivamente no modelo, mas sim em quem comanda esse modelo.

Será que foi Roseana Sarney ou Ricardo Murad que nomearam Rosângela Curado como secretária adjunta do Governo Flávio Dino??? Será que foi alguém da “Oligarquia Sarney” que nomeou esses mais de 400 servidores fantasmas denunciados pela Polícia Federal???

Ficou claro na entrevista coletiva dos delegados da Polícia Federal que estão à frente da investigação que os desvios de recursos, apurados na Operação Pegadores, fora iniciado em 2015, quando o governador era Flávio Dino. “São crimes novos, iniciados em 2015”, disse o delegado Wedson Cajé.

Flávio Dino também tenta se eximir de quaisquer culpa quando afirma: “jamais compactuamos com qualquer má aplicação de recursos públicos. Sempre tomamos todas as providências administrativas quando erros foram detectados”.

Só que Dino não explicou o motivo de manter Luiz Marques Barbosa Júnior no comando da Superintendência de Acompanhamento a Rede de Serviço, divisão da Secretaria de Saúde do Maranhão, responsável pelas tratativas com as entidades do Terceiro Setor e responsável pela gestão das Unidades Hospitalares.

A deputada Andrea Murad ainda alertou que Luiz Júnior era condenado pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão a devolver R$ 7 milhões, justamente por irregularidades cometidas quando foi secretário de Saúde de Coroatá. Só que Flávio Dino não deu a mínima, fez ouvido de mercador e assumiu o risco da indicação.

Se é tão zeloso meu caro governador, como afirmou, o mais prudente não seria evitar a nomeação de alguém pata um setor cujo ele já sofreu uma condenação por irregularidades??? O resultado é que Luiz Júnior foi preso e considerado o “braço direito” de Rosângela Curado no desvio dos recursos, segundo a Polícia Federal. Lembrando que nenhum e nem o outro foram nomeados por Roseana e Ricardo, mas sim pelo próprio Flávio Dino.

Ainda tem mais governador, é bom ouvir atentamente o que diz a superintendente da Polícia Federal no Maranhão, Cassandra Alves, para depois, mais uma vez, não “chorar o leite derramado” e de maneira tola e covarde responsabilizar os outros pelos erros da sua gestão. Veja abaixo.

Pelo menos um discurso Flávio Dino não usa mais, já que antes afirmava que ninguém da sua gestão havia sido preso, mas agora mudou o mote, e afirmou: “mas o fato objetivo é que não tenho nenhum problema pessoal na Polícia ou na Justiça. E assim continuarei”, finalizou.

Resta saber até quando? Afinal a palavra de Flávio Dino, depois que virou governador, ficou igual a uma nota de R$ 3,00, pois tudo que condenava antes, repete agora sentado na cadeira poderosa do Palácio dos Leões.

8 comentários

Bom Dia Brasil repercute Operação Pegadores da PF no Governo Dino

por Jorge Aragão

Como era esperado, a imprensa nacional repercutiu mais uma ação da Polícia Federal que alcança o Governo Flávio Dino. Só que ao contrário das outras, a Operação Pegadores alcançou exclusivamente a gestão comunista.

No Bom Dia Brasil, da TV Globo, desta sexta-feira (17), a reportagem detalhou como funcionava o esquema montado em 2015, logo no início do Governo Flávio Dino e que desviou mais de R$ 18 milhões dos cofres públicos. Veja abaixo.

 

23 comentários

Orcrim comunista

por Jorge Aragão

A ação desencadeada ontem pela Polícia Federal no Maranhão exibe, de forma cristalina, como o estado passou a viver a partir da ideia de mudança implantada pelo governo comunista de Flávio Dino, em 2015.

A PF revelou que uma quadrilha formada por auxiliares do governo estadual roubou cerca de R$ 18 milhões da Secretaria de Saúde – valor que pode ser ainda maior.

Flávio Dino assumiu o governo em 2015 pregando a mudança em todos os aspectos no Maranhão. O que se viu até hoje, mais de dois anos depois, foram sucessivos escândalos de corrupção envolvendo, sobretudo, a pasta da Saúde, que, até 2014, era exemplo de excelência no atendimento e eficiência na prestação de serviços.

Pior: a mesma secretaria que deveria ser responsável pela fiscalização dos atos do governo – a pasta da Transparência, comandada por Rodrigo Lago – serviu, nestes dois anos, para produzir relatórios contra adversários, usando setores do Ministério Público e do próprio Judiciário para perseguições desenfreadas.

A data de ontem marcou o dia em que o mundo soube que o governo comunista no Maranhão era palco de desvios milionários de recursos que deveriam servir aos doentes no estado. Fatos atestados pela Polícia Federal.

Estado Maior

9 comentários