A CAEMA e o desperdício de dinheiro público

por Jorge Aragão

Definitivamente a CAEMA parece não ter jeito, pelo menos na gestão Flávio Dino. O Blog até imaginava que com a mudança de comando, a triste realidade poderia mudar, mas infelizmente parece que não, e o órgão público seguirá sendo um dos piores no Maranhão.

No final de julho, o Governo do Maranhão anunciou a retomada do Programa Mais Asfalto na Região Metropolitana e em São Luís os trabalhos foram iniciados em vários pontos, entre eles na Lagoa da Jansen.

O próprio prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior, esteve acompanhando o início dos trabalhos de recuperação asfáltica na Lagoa da Jansen. O trabalho com o asfalto já foi concluído e agora está sendo feito a sinalização da avenida.

Entretanto, na manhã deste sábado (26), menos de 15 dias depois da recuperação asfáltica de toda a Lagoa da Jansen, eis que surge a CAEMA, para simplesmente quebrar um trecho da avenida, mais precisamente em frente à Clínica DOM, e destruir o asfalto recém colocado.

Será que a CAEMA não poderia ter informado, antes da recuperação asfáltica, a Prefeitura de São Luís e/ou a Secretaria de Obras do Governo do Maranhão que precisaria quebrar um trecho da Lagoa da Jansen???

A CAEMA preferiu aguardar terminar a recuperação asfáltica da Lagoa da Jansen para poder cavar e quebrar o novo asfalto, demonstrando uma desorganização impressionante e dando um verdadeiro exemplo de desperdício do dinheiro público.

Pior é que quem paga a conta dessa incompetência é a população

7 comentários

O “presente” e a responsabilidade de André Fufuca

por Jorge Aragão

Neste domingo (27), o deputado federal André Fufuca completará 28 anos e ganhará de “presente”, mais uma vez, a responsabilidade de comandar a Câmara Federal por quase dez dias.

Além de ser um tempo bem maior que da primeira vez, o momento extremamente delicado que atravessa o Brasil, com votações importantes de medidas provisórias e até apreciação da reforma política, aumentam a responsabilidade do jovem parlamentar.

Fufuca é o segundo vice-presidente da Câmara Federal e só assumirá porque o presidente Michel Temer viajará para a China na próxima semana e levará o vice-presidente da Câmara, o deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG). Rodrigo Maia (DEM-RJ), o titular, será presidente da República interino.

André Fufuca já teve uma reunião com integrantes da Mesa Diretora para definir algumas pautas que devem ser apreciadas em sua nova passagem como presidente da Câmara Federal.

Apesar da grande responsabilidade, principalmente para um jovem político, é inegavelmente um grande “presente”.

5 comentários

Reconhecimento

por Jorge Aragão

O ex-presidente Lula (PT) decidiu na sexta-feira, 25, fazer um reconhecimento público ao apoio que teve do também ex-presidente José Sarney (PMDB). Durante passagem pelo interior de Pernambuco – na caravana com que cruza o Nordeste desde o início da semana -, o petista disse ser “grato” ao peemedebista.

– Sou grato a Sarney. É importante que se diga. Sou grato a Sarney como presidente do Senado – declarou.

Para quem é bom conhecedor da história política brasileira, apenas essa fala é o suficiente para que se entenda a que se referia Lula quando citou sua gratidão. No seu primeiro mandato, quando enfrentava forte pressão pelo impeachment, o petista esteve perto de ser apeado do poder. Então presidente do Senado, foi Sarney quem primeiro levantou a voz contra a derrubada do presidente – que depois viria a se reeleger em 2006.

E foi a partir desse movimento do peemedebista que Lula conseguiu o apoio de que precisava para evitar a queda. Petistas mais próximos de Lula também reconhecem a importância de Sarney para o primeiro governo do PT.

Em 2014, por exemplo, em meio à campanha eleitoral, a então ministra das Relações Institucionais do governo Dilma Rousseff (PT), Ideli Salvatti (PT), esteve em São Luís e, na ocasião, fez questão de lembrar essa passagem da história.

Coluna Estado Maior

7 comentários

Nagib cumpre promessa e regulariza os bombeiros civis de Codó

por Jorge Aragão

O prefeito de Codó, Francisco Nagib, sancionou nesta semana o Projeto de Lei nº 23/17, que regulariza a contratação e atividades dos bombeiros civis no município. Pela Lei, fica a obrigatoriedade de contratação desses profissionais para eventos onde haja grande circulação de pessoas. A medida foi uma promessa de campanha do prefeito Nagib e que agora começa a valer.

“É uma alegria e uma satisfação muito grande reconhecer todos os direitos dessa classe de trabalhadores que presta um serviço em favor da vida e tão valoroso para nossa sociedade. Eles nos procuraram na câmara, encaminhamos a situação ao Executivo. O prefeito Nagib tomou as providências, nós parlamentares aprovamos o Projeto de Lei e hoje celebramos a concretização de mais esse avanço para nosso município”, comentou o Líder do Governo na Câmara, vereador Leonel Filho.

Os bombeiros também tiveram o apoio do Poder Legislativo do Município, que sempre receberam e atenderam a classe de forma positiva e democrática. Na luta regularização de sua atividade no município de Codó, a classe sempre pôde contar com os parlamentares. “Foi um processo rápido, em que aprovamos o Projeto e prontamente virou Lei Municipal pelas mãos do Prefeito Nagib, pois o governo entende o valor desses profissionais e a necessidade de seu apoio às forças de segurança em Codó, além no combate ao fogo e outras emergências”, disso o vereador Delegado Rômulo.

O comandante dos Bombeiros Civis, Leandro Viana, agradeceu ao poder público pela conquista da classe. “Mais uma vez a união fez a força. Recebemos toda a atenção do Legislativo, que aprovou o projeto e agora o prefeito Nagib tornou Lei. Quem sai ganhando é a população de Codó, que poderá sempre contar com nossa luta e nossos serviços”.

“Hoje a classe dos bombeiros civis está sendo oficializada e regularizada a sua atuação por Lei Municipal. Isso é muito importante e tem muito significado para todos nós. Ao mesmo tempo regulariza a atividade desses profissionais, cria muitas oportunidades de trabalho para esses jovens e permite que nossa população tenha mais essa proteção e serviços para sua disposição. E este ato no meu gabinete, onde recebo a população, é para celebrar mais esse avanço e conquista para Codó”, finalizou o prefeito Nagib.

Faça seu comentário

César Pires prestigia os dez anos da AEDEM

por Jorge Aragão

A Associação dos Ex-deputados Estaduais do Maranhão (AEDEM) comemorou 10 anos de existência nesta semana, em evento ocorrido na Associação dos Magistrados do Maranhão. O deputado César Pires (PEN) representou a Assembleia Legislativa no encontro e destacou a importância da entidade na construção da história do Legislativo maranhense.

“A AEDEM representa uma reserva moral do parlamento estadual, e é uma instituição de suma importância para a compreensão da história política do Maranhão na atualidade. Venho aqui para reconhecer, em nome do presidente Humberto Coutinho e da Assembleia Legislativa, a importância da Associação e de seus integrantes”, destacou César Pires.

A Associação dos Ex-deputados Estaduais do Maranhão ampliou sua atuação em parceria com a Sociedade dos Amigos do Maranhão (Soamar), que desenvolve importantes atividades de cunho social em diversos municípios maranhenses.

Faça seu comentário

O reconhecimento de Lula a Sarney

por Jorge Aragão

Para desespero dos comunistas maranhenses, que querem se apoderar da popularidade do ex-presidente Lula, o petista declarou nesta sexta-feira (25) que é grato a Sarney, demonstrando todo o seu reconhecimento ao ex-presidente da República.

A declaração de Lula aconteceu durante entrevista a rádios no interior de Pernambuco. “Sou grato a Sarney. É importante que se diga. Sou grato a Sarney como presidente do Senado”, declarou o petista.

Lula foi mais longe e fez questão de dizer que mesmo pressionado, não rompeu com Sarney. “Teve um tempo que as pessoas queriam que eu rompesse com Sarney. E eu iria ganhar de presente o Marconi Perillo [PSDB] como presidente do Senado. Eu deixaria de ter um tubarãozinho manso para ter um tubarão louco mordendo até o pé”, afirmou o petista ao ser questionado sobre um eventual encontro com Sarney no Maranhão no início de setembro. Lula cumprirá agenda na capital maranhense entre os dias 05 e 06 de setembro.

Fatalmente essa entrevista, que repercutiu nacionalmente (veja aqui) os comunistas maranhenses não curtiram, mas Lula apenas reconheceu quem efetivamente lhe ajudou quando ele foi presidente da República.

20 comentários

Mais recursos públicos indo para o espaço

por Jorge Aragão

É impressionante como se desperdiça dinheiro público no Brasil. A Coluna Radar da Revista Veja trouxe mais um grande exemplo disso, infelizmente o episódio envolve o Maranhão.

A coluna confirma que no pacote de privatizações que será feito na gestão Michel Temer, o Governo Federal inclui o fechamento definitivo da empresa Alcântara Cyclone Space, uma joint venture do Brasil e da Ucrânia, com o propósito de utilizar a base de Alcântara, no Maranhão, para lançamento de satélites.

O problema é que o país não fez nenhum aporte na empresa. Antes do fechamento, o Brasil chegou a consultar a representação ucraniana em Brasília, mas não obteve resposta.

Para piorar, desde que foi criada por Dilma Rousseff, em 2015, a empresa consumiu R$ 500 milhões. O dinheiro investido foi para o espaço.

E assim segue o desperdício de verbas públicas no Brasil.

2 comentários

De novo: outro vereador é executado em Governador Nunes Freire

por Jorge Aragão

Definitivamente o município de Governador Nunes Freire virou uma “terra sem lei”. Nesta sexta-feira (25), foi confirmado o assassinato de mais um vereador da cidade, simplesmente o terceiro em três anos.

Desta vez a vítima foi o vereador Antonio Kledison Rodrigues da Costa, mais conhecido como Kedson Nunes (PPS). Ele, que era enfermeiro, foi o terceiro vereador mais votado nas eleições de 2016.

Kedson Nunes, que tinha 38 anos, foi encontrado morto nas proximidades de um povoado na zona rural de Turilândia. No corpo do vereador existiam marcas de tiro e arma branca. Até o momento a polícia ainda não descobriu a autoria e o motivo da execução.

Novamente – Kedson Nunes é o terceiro vereador de Governador Nunes Freire assassinado em apenas três anos. Também em agosto, mas de 2016, a vítima foi o então vereador Esmilton Pereira dos Santos (PRB), de 45 anos, Ele foi executado ao chegar a sua residência, num povoado da cidade. A violência foi tamanha que, segundo informações da própria Polícia Militar, foram encontradas mais de 15 perfurações de bala no corpo do vereador Esmilton.

Já em 2014 quem foi assassinado foi o vereador Paulo Lopes Sales (PT), 36 anos. Ele foi encontrado com várias fraturas no crânio, por suposto espancamento, na BR-316, entre Governador Nunes Freire e Maracaçumé, no dia 1º de março.

Tudo isso acontecendo diante da inércia da Segurança do Governo Flávio Dino, que só pode achar normal o assassinato de três vereadores de um mesmo município em um curto período de tempo.

Depois quando o assunto vira destaque nacionalmente, porque não é comum isso acontecer em lugar nenhum do Brasil, o governador e seus asseclas começam a dar chilique nas redes sociais contra a TV Globo e a TV Mirante.

Faça seu comentário

O constrangimento de Carlos Brandão

por Jorge Aragão

A Coluna Expresso da Revista Época revela o constrangimento que teria passado o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão. Segundo a coluna, Brandão tentou embarcar na comitiva do presidente Michel Temer que viajará à China, mas teria sido barrado.

Brandão teria sido convidado por outro convidado, o deputado federal José Reinaldo, que tentou dar uma carona na comitiva ao vice-governador do Maranhão. O tucano teria sido barrado por ser o vice do governador Flávio Dino, um árduo crítico da gestão de Temer.

Segundo a coluna, Brandão estava pegando a carona para tentar trazer ao Maranhão a implantação de uma siderúrgica chinesa, aquela que o governador Flávio Dino baixou até mesmo uma Medida Provisória liberando até o IPVA para os chineses, enquanto os maranhenses seguem tendo seus veículos apreendidos (reveja). Veja abaixo a nota da coluna.

Convidado para integrar a comitiva do presidente Michel Temer que viajará à China na semana que vem, o deputado federal José Reinaldo (PSB-MA) bem que tentou arranjar uma carona para o amigo e vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão. Mas não deu certo. Apesar de pertencer aos quadros do PSDB, partido da base do governo, Brandão é vice de Flávio Dino (PCdoB), crítico do presidente Michel Temer. Brandão foi barrado na comitiva.

Como não poderá embarcar no avião presidencial, Brandão terá de apelar para voos comerciais com escalas pouco amigáveis. Ele é o principal articulador do governo maranhense nas negociações para a instalação de uma siderúrgica no estado com capital chinês. Em abril, Brandão foi ao país asiático participar de encontros com empresários chineses.

O curioso é que quem barrou Brandão, não deve ter sido o mesmo que convidou José Reinaldo, já que o deputado federal é aliado do comunista maranhense, quer ser candidato ao Senado pelo grupo do governador e para muitos é o padrinho político de Flávio Dino.

Ou será que José Reinaldo e Flávio Dino já não estão tão próximos assim?

É aguardar e conferir.

22 comentários

Seria o fim da Universidade Federal do Maranhão?

por Jorge Aragão

A cada dia a situação da UFMA (Universidade Federal do Maranhão) vai se agravando, ao ponto de que alguns professores e estudantes já estão até mesmo cogitando o fim da instituição de ensino superior.

Nesta sexta-feira (25), o jornal O Estado do Maranhão trouxe uma reportagem preocupante sobre a situação da UFMA. O presidente da APRUMA, o professor e médico Antônio Gonçalves, demonstrou toda sua preocupação com a situação, que apenas tem se agravado com a política de contingenciamento de recursos e corte de verbas que está sendo feita pelo Governo Federal.

“A realidade da UFMA é muito difícil. Essa é a grande verdade”, disse Antônio Gonçalves. Ele afirmou que, mensalmente, a universidade necessita de um repasse de R$ 5 milhões do Ministério da Educação (MEC) para o custeio das suas despesas, verba essa que não está sendo mais depositada nas contas da instituição maranhense.

“Atualmente, o governo está cortando o que beneficia os trabalhadores, como saúde e educação”, frisou Gonçalves.

O reflexo do contingenciamento das verbas já está acontecendo. Houve cortes no programa de assistência estudantil da universidade com a diminuição da quantidade de bolsas para os alunos, conforme relatou o professor.

Tal situação também afetou as obras realizadas dentro do Campus do Bacanga. O prédio da biblioteca central, localizado logo na entrada da universidade, cuja pedra fundamental foi lançada no ano de 2011 quando Fernando Haddad era ministro da Educação, até o momento não foi concluído e os serviços estão paralisados.

Somam-se ainda os prédios do curso de artes e do instituto de tecnologia que também não foram concluídos. O Centro Educacional Paulo Freire, inaugurado no ano de 2014, já está precisando de reparos.

Se essa é a triste realidade da capital, imagina no interior do Estado onde existem os pólos da UFMA, como em Pinheiro, Balsas, Grajaú, que teve o teto de algumas salas de aula desabado, e de Imperatriz, em que algumas salas de aula foram interditadas e os alunos tiveram assistir as aulas em escolas públicas do município.

E assim segue o ensino superior público no Maranhão, caminhando para um buraco sem fundo e sem volta, infelizmente.

3 comentários