As indefinições que ajudam a reeleição de Flávio Dino

por Jorge Aragão

Se para a disputa do Senado Federal já existem vários políticos se mobilizando e confirmando a intenção em disputar o pleito eleitoral, tanto no lado do grupo do governador Flávio Dino quanto no lado dos seus oposicionistas, a mesma coisa não se pode dizer da disputa para o Governo do Maranhão.

Até o momento nenhum candidato confirmou que disputará o pleito contra o governador comunista, obviamente candidato a reeleição. Os dois nomes ventilados até o momento, Roberto Rocha e Roseana Sarney, seguem sem confirmar candidatura e tão pouco procurar a classe política para conseguir o apoio, num setor que Flávio Dino está bastante desgastado.

O senador Roberto Rocha, que jamais foi bem recebido no grupo de Flávio Dino, tem aumentando os tons das críticas ao governo comunista. Rocha estuda até a possibilidade de uma mudança de legenda para viabilizar com mais tranquilidade uma futura candidatura, mas jamais confirmou que disputará o Governo do Maranhão contra o ex-aliado.

Já a ex-governadora Roseana Sarney segue adotando um silêncio absoluto sobre o assunto. Roseana jamais fez qualquer sinalização que pudesse sequer confirmar que será candidata em 2018, quanto mais disputar o Governo do Maranhão. O nome de Roseana como candidata contra o comunista, tem surgido, inclusive com muita força até nas redes sociais, após declarações de aliados e correligionários políticos, que acreditam que apenas a ex-governador teria possibilidades de derrotar Dino.

Por conta dessa indecisão, um grupo significativo de políticos, prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais, que não irão apoiar a reeleição de Flávio Dino, devem procurar, até o mês de abril, tanto Roberto Rocha quanto Roseana Sarney, para forçarem uma definição e se posicionarem politicamente com ainda mais claridade.

Até lá, uma coisa é certa, a indefinição de Roberto Rocha e Roseana Sarney, assim como a falta de nomes para a disputa do Governo do Maranhão, vão apenas beneficiando uma reeleição de Flávio Dino.

Em tempo: alguém poderia questionar o motivo do Blog ter deixado de fora o nome da ex-deputada e ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge. Assim como os demais, Maura também não deixou claro que disputará o Governo do Maranhão, parece se movimentar para as eleições de 2018, mas não necessariamente para a disputa contra o comunista. Além disso, o tal reccal político em todo o Maranhão deve ser algo que atrapalhe as pretensões de Maura.

O prestígio de José Sarney e Roseana

por Jorge Aragão

roseana

Definitivamente o ano de 2017 não começa muito bem para o governador Flávio Dino. Se já não bastasse os escândalos da sua gestão, como o caso FUNAC, Dino terá que engolir a seco a comprovação, mais uma vez, do prestígio político do ex-presidente José Sarney e da ex-governadora Roseana Sarney.

Enquanto alguns políticos ligados ao governador comunista e secretários de Estado se espremiam para aparecer ao lado do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa, José Sarney e Roseana Sarney receberam uma visita de cortesia do ministro na residência do ex-presidente.

O ministro veio ao Maranhão para cumprir agenda de trabalho, como assinar a ordem de serviço e autorizar mais um trecho de duplicação da BR-135 (Itapecuru a Miranda), vistoriar obras de construção no Porto do Itaqui, entre outras.

Entretanto, após cumprir a agenda na capital, Mauricio Quintella fez questão de ir até a residência de José Sarney para lhe visitar, assim como reconhecer o empenho dele e da ex-governadora Roseana Sarney para que essas obras fossem efetivamente feitas no Maranhão.

roseana1“Eu não poderia vir ao Maranhão para vistoriar obras tão importantes e dar ordens de serviços para novos trechos de duplicação da BR-135 e pavimentação da BR-226, sem vir fazer uma visita ao presidente José Sarney e a ex-governadora Roseana Sarney e ao seu grupo político, deputados federais da bancada e senadores. São obras esperadas há décadas e só agora realizadas, e esse grupo político sempre defendeu. A bancada federal garantiu recursos necessários para que essas obras acontecessem efetivamente, e o presidente Temer garantiu prioridade para essas obras”, assegurou o ministro.

Já a ex-governadora Roseana Sarney também ressaltou a importância das obras e agradeceu o reconhecimento do ministro Maurício Quntella.

“Fico muito feliz por receber o ministro Maurício e agradecer a ele pelo empenho na retomada de obras tão importantes para o Maranhão, obras pelas quais lutamos por muitos anos para que elas fossem viabilizadas. Foi muito importante a atuação dos deputados, que se uniram para viabilizar os recursos, e acho que todos nós temos uma parcela de contribuição neste processo. Vamos torcer agora para que esse processo dê certo”,

Também participaram do encontro, além de Roseana e José Sarney, o senador João Alberto (PMDB) e os deputados federais Juscelino Filho (DEM) – coordenador da bancada federal maranhense no Congresso, André Fufuca (PEN) e João Marcelo Souza (PMDB).

Indiscutivelmente, José Sarney e Roseana demonstraram que ainda gozam de prestígio junto a classe política e até mesmo em relação ao Governo Federal, afinal prestigio não se ganha, se conquista, uns têm, outros não.

Bem simples assim.

Flávio Dino e a mania de só olhar para trás…

por Jorge Aragão

flavio-dino-olha-para-trasO governador Flávio Dino (PCdoB) jamais desceu do palanque.

Não para de olhar para trás, mesmo em momentos em que a sua própria gestão tente apontar para o lado oposto. E com esse tipo de postura, diminui a si mesmo.

Dino faz questão de, a todo momento, menosprezar as ações do governo que o antecedeu e tenta comparar a sua gestão a uma que já acabou há 2 anos. Apesar disso, segue exatamente os programas do governo da peemedebnista.

Vejamos dois recentes, dos inúmeros exemplos.

Em seu perfil em rede social, ele anunciou a inauguração de um Restaurante Popular no município de Açailândia, mas na publicação, fez questão de afirmar que a ação era “restrita a capital”.

Restaurante Popular foi uma iniciativa da ex-governadora Roseana Sarney, que deixou projeto e recursos destinados para a construção de 20 unidades no interior do estado.

Em outra publicação, além de citar este mesmo programa social, um dos mais importantes criados pelo governo que o antecedeu, Dino fala de uma suposta “mudança no Maranhão”.

Ele afirma que antes os recursos públicos eram apropriados para riqueza de uma minoria e hoje o Governo “luta por igualdade de oportunidades”.

flavio-dino-olha-para-tras-2“Não mudamos apenas nomes e sobrenomes no Maranhão. Mudamos modelo, método, objetivos. Por isso estamos melhorando serviços públicos”, diz em outro trecho e completa: “Estamos despoluindo as praias. Ampliamos rede VIVA de atendimento ao cidadão. Temos PROCON atuante. E investimos em centenas de obras”.

Ora. Todas as ações “ampliadas” por Flávio Dino, foram articuladas, criadas e executadas com excelência pela gestão que o antecedeu.

E de tão boas, são mantidas por ele.

A tentativa de diminuir a gestão da ex-governadora Roseana Sarney é, portanto, vazia de argumentos, e comprometida por fatos.

Seja qual for o ângulo observado por Flávio Dino…

Roseana comemora evolução do IDH no Maranhão

por Jorge Aragão

roseana-sarneyA ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) comemorou os números do Atlas do Desenvolvimento Humano, advice que elevou o IDH no Maranhão durante a sua gestão e avaliou que este resultado é fruto do esforço que o seu governo fez.

“Os avanços registrados no IDH são, view na grande maioria das vezes, discount mais lentos do que os resultados que conseguimos levar de imediato em diversos setores, como é exemplo da saúde, onde, em curtíssimo prazo, o meu governo fez o maior programa de melhoria no atendimento já realizado em todo o Maranhão”, disse.

Para a peemedebista, os dados reforçam o compromisso da sua gestão. “Esses dados só reforçam o compromisso que tivemos ao logo do meu mandato para melhorar a vida das pessoas”, ressaltou.

“Construímos, geramos emprego e renda, atraímos dezenas de empresas e capacitamos cerca de 500 mil pessoas no programa Maranhão Profissional. É incontestável! Demos oportunidade de verdade, e é disso que o Maranhão precisa”, completou.

Roseana Sarney disse ter ficado feliz por ver o resultado de seus esforços começarem a aparecer nas estatísticas de institutos nacionais. “Fico muito feliz por hoje ver, nesses novos números, que valeu a pena todo o esforço que fizemos”, finalizou.

Leia mais sobre o tema aqui.

Governo Flávio Dino segue se beneficiando da gestão Roseana

por Jorge Aragão

roseana_flavioApesar do governador Flávio Dino não assumir publicamente, mas a cada dia fica evidenciado que a última gestão de Roseana Sarney à frente do Governo do Maranhão foi extremamente responsável e competente.

Além de ter entregue o Governo do Maranhão com dinheiro em caixa, fruto do empréstimo junto ao BNDES (empréstimo esse que o grupo de Flávio Dino trabalhou contra), Roseana deixou o Estado com margem segura de obediência da Lei de Responsabilidade Fiscal e com as contas inteiramente ajustadas, tanto que foi justamente esse panorama que permitiu ao Governo Flávio Dino realizar empréstimos juntos a bancos nacionais e internacionais (empréstimos que anteriormente eram condenados pelo próprio comunista).

Se já não bastasse isso, agora o Governo de Roseana Sarney, mesmo fora do Palácio dos Leões desde 2014, ainda proporciona benefícios e reconhecimento ao Maranhão.

Relatório da UNICEF aponta avanços significativos e importante no Maranhão durante a gestão Roseana Sarney (2011 a 2014). No documento, destaque para queda na taxa de mortalidade infantil em 7% e avanço no acesso ao pré-natal em 32,7%, no mesmo período, em todo o estado. A média de acesso ao pré-natal é bem superior à registrada para o país, que fixou fixada em apenas 5,4%.

Outro dado interessante apontado pelo Unicef na gestão Roseana Sarney, diz respeito à proporção de nascidos vivos de gestantes com sete meses ou mais. Passou de 28,1% para 37,3%.

Por conta desses dados e desses avanços, o Governo do Maranhão será premiado com o selo UNICEF, que será entregue ao governador comunista.

Além disso, segundo relatório do Atlas do Desenvolvimento Humano do Brasil – que apresenta informações detalhadas sobre o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de estados e municípios, divulgado nesta semana, confirma que o Maranhão subiu duas posições no ranking de 2014, na comparação com o mesmo levantamento de 2013, quando era penúltimo entre todas as unidades da federação.

Ou seja, contra números e fatos não existem argumentos e o Blog fez questão de deixar tudo registrado para que o Governo Flávio Dino, como costumeiramente tem feito, não fique se vangloriando de feitos do Governo Roseana Sarney.

É claro que esperar um reconhecimento público do governador comunista é algo utópico, mas a população do Maranhão deverá saber distinguir e reconhecer o que foi feito em um e em outro período.

Unicef aponta avanços na gestão Roseana Sarney

por Jorge Aragão

Fundo das Nações Unidades para a Infância entregará Selo Unicef ao governador Flávio Dino, viagra sale no Palácio dos Leões, como reconhecimento aos avanços apontados no período de 2011 a 2014, na gestão Roseana Sarney

roseana-sarneyRelatório divulgado ontem pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) confirmou avanços para o público infantil no Maranhão durante a gestão da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB). Os dados foram abordados na edição de hoje de O Estado.

No documento, destaque para queda na taxa de mortalidade infantil em 7% entre os anos de 2011 e 2014 e avanço no acesso ao pré-natal em 32,7%, no mesmo período, em todo o estado.

A média de acesso ao pré-natal é bem superior à registrada para o país, que fixou fixada em apenas 5,4%.

Outro dado interessante apontado pelo Unicef na gestão Roseana Sarney, diz respeito à proporção de nascidos vivos de gestantes com sete meses ou mais. Passou de 28,1% para 37,3%.

O Fundo das Nações Unidades também apontou como fato positivo, o aumento no percentual de bebês de até um ano de idade registrado no território estadual, de 4%, enquanto no resto do país o crescimento médio foi de 1%.

Educação – Outro avanço reconhecido pelo Unicef na gestão de Roseana diz respeito à educação.

De acordo com o relatório, a distorção da idade-série entre os municípios inscritos no estado caiu em 9,2%, enquanto que no país a queda foi de 7,9%.

Selo será entregue ao Palácio dos Leões

Os avanços na saúde e educação infantis apontados pelo Unicef na gestão de Roseana Sarney serão reconhecidos por meio de uma premiação intitulada Selo Unicef, entregue ao governador Flávio Dino, no Palácio dos Leões.

O evento contará com a presença do representante do Unicef no Brasil, Gary Stahl; da coordenadora do escritório do Unicef em São Luís, Eliana Almeida, além de integrantes da sociedade civil.

Resta saber se o governador Flávio Dino reconhecerá publicamente, depois da premiação, o avanço registrado no estado durante a gestão de sua adversária…

Agora é oficial. STF arquiva denúncia contra Roseana Sarney na Lava Jato

por Jorge Aragão

ROSEANATCHAAgora é oficial. Nesta sexta-feira (25), buy cialis o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki aceitou o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e arquivou o inquérito em que a ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), estava citado na Operação Lava Jato.

Conforme o Blog antecipou na quinta-feira (24), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, depois do desgaste político da ex-governadora Roseana Sarney, resolveu pedir o arquivamento do inquérito aberto pela Polícia Federal para investigar a suposta participação de Roseana na Operação Lava Jato.

Roseana sempre negou qualquer envolvimento, mas seus opositores acabaram utilizando o caso para tirar dividendos políticos e “sangrar” a adversária, algo bem semelhante ao caso SEFAZ.

A ex-governadora foi investigada depois que o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa ter citado seu nome em uma de suas inúmeras delações premiadas. Caberá ao ministro Teori Zavascki, relator do caso, acatar ou não o pedido de arquivamento.

Agora, depois de dois anos, o processo envolvendo o nome de Roseana Sarney na Lava Jato está oficialmente arquivado.

As condenações precipitadas e equivocadas

por Jorge Aragão

roseana1É claro que a ex-governadora do Maranhão, link Roseana Sarney, physician deve ter tirado um “peso enorme das costas” com o pedido de arquivamento das denúncias envolvendo seu nome na Operação Lava Jato, feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Entretanto, vai demorar um pouco mais para que Roseana se recupere totalmente do massacre moral e político dos seus adversários, que aproveitaram a denúncia para lhe condenarem equivocadamente de maneira antecipada perante a sociedade.

Roseana, e outros citados equivocadamente nas banalizadas delações premiadas, passou dois anos aguardando um posicionamento oficial e definitivo sobre o assunto. Só que durante todo esse período seus adversários conseguiram desgastar politicamente a ex-governadora.

É claro que o feitiço pode virar contra o feiticeiro, afinal de uma suposta vilã, Roseana passou a ser vítima, mas de qualquer forma, resta saber agora em quanto tempo Roseana Sarney se recupera do injusto massacre.

Vale destacar que o exemplo da condenação equivocada e precipitada de Roseana na Operação Lava Jato, também serve para o caso SEFAZ, onde, também precipitadamente e propositadamente, seus adversários seguem saboreando com o seu “sangramento político”.

Mas é prudente aguardar o desfecho, principalmente pelo fato de que algumas curiosidades sobre o caso SEFAZ ainda não terem sido totalmente explicadas.

Sendo assim, é melhor aguardar e conferir, para depois julgar. Que diga o exemplo da Operação Lava Jato.

Roseana participa de encontro entre prefeitos eleitos do PMDB

por Jorge Aragão

roseana

Parece que o receio do atual governador do Maranhão, pharmacy Flávio Dino (PCdoB), drugs de que a ex-governadora Roseana Sarney volte ao cenário político partidário, click pode realmente vingar.

Nesta sexta-feira (18), Roseana Sarney foi convidada e participou de um encontro informal com os prefeitos eleitos do PMDB. A reunião contou ainda com as presenças do senador João Alberto, do deputado federal João Marcelo e do ex-governador Arnaldo Melo, todos também do PMDB.

O partido conseguiu eleger 22 prefeitos no Maranhão para os próximos quatro anos, inclusive em municípios com densidade eleitoral muito grande, como Imperatriz e Bacabal.

roseana1

O encontro, como foi informal, foi realizado num sítio do presidente da legenda, Remi Ribeiro. Os prefeitos eleitos do partido questionaram sobre o futuro político de Roseana Sarney. A ex-governadora apenas se resumiu a dizer: “O futuro, a Deus pertence”.

Te cuida Flávio Dino!!!