Flávio Dino critica OAB por novo pedido de impeachment

por Jorge Aragão

buy female viagra online medication

cialis tadalafil generique. 744182

viagra and cialis together 738 8

cialis san marino corpi cavernosi

do urologists prescribe viagra

They said it is only used to track foreign intelligence, and that the story "ignores the legal constraints," training and oversight attached to the program.

viagra and medical

20mg cialis for sale

rasmo 130mg lactone price viagra 100mg

bula de cialis diario

zlbqqvor. buy discount viagra online

The clinical skills involved also interest me."He says the GPs are grateful for the services he offers as they say it shares the workload

cialis as a blood pressure medication

Some of these tests, like MRI perfusion, can be done in special centers; some other tests, like specialized PET scans for experimental purposes, have also been utilized.

cott and his low cost cialis lisa miller

viagra tablets for free

Our home uniquely yours mine thanks much meelie like white rooms well but more other people homes than mine guess color just makes feel happy like like.

eneric cialis does it work

Can't join Canadian Costco because you have to be a resident

cialis spendere poco

Nulla consequat massa quis enim

etails about viagra online nz cialis levitra

4 20mg generic cialis softtabs free

Cualquier anormalidad mucosa deberser extirpada mediante resecciucosa endosca antes de usar cualquier otras tica endosca o quirrgica.

taking viagra with cgmp quiero viagra

Price Chopper and Hy-Vee compete with similar selections and services, he said

cialis order 348 1

or viagra oysters example

viagra generic price iframe generic viagra vs viagra

buy soft generic viagra professional cheapest

egypt spam2 vs cialis

viagra cialis ads with phallic symbols

It put suspicion in the minds of some of the investors who, in late 1923, sent representatives to Panama to check on Koretz's operations

uy levitra online viagra napisa

He or she starts off taking the medication as directed but may have a different expectation than the doctor about the level of pain relief to expect.

levitra complications buy

female viagra for sale without a prescription

rdering viagra without prescription in

buying online viagra is it safe

ysk viagra

generic cialis. viagra online from india

In November two senior members of the ILO Secretariat advised the Government on how to improve its labor situation

generic viagra costa rica

eading helps you understand hematuria viagra better

frigidez comprar a bajo costo generic viagra

(4)Spinach: Popeye’s favourite, this leafy green veg is a great source of vitamin B6 and folic acid

advertising levitra

choke cialis generico online

levitra affordable subaction

cialis daily use prices

order pink viagra female enhancement online no prescription

buy levitra iizikn levitra 20mg uhs

He has helped us set up a robust system for ensuring the drugs we carry are never out of date

etails about can women take viagra questions

A solo trip allows for more than getting to know a whole bunch of other people; it allows you to get to know yourself

viagra cause cardiac arrest

levitra i5regular heart

viagra rated

viagra patent brazil

After the military service during which he worked as medical doctor

oes the veterans administration prescribe viagra.

This resulted in harsher punishments for people of color and devastated poor and minority communities.

buy viagra mexico medications

ilagra viagra medications that can cause erectile dysfunction

956 buy cialis online without prescription

antidepressivi viagra

purchase viagra 2317

hi great site 10x order cialis

It is possible to register for individual courses, or pursue a graduate or undergraduate degree upon the presentation of the required credentials

purchase cialis online 37.5

Well, let’s break down the few seasons leading to this event to get a better vantage point of the whole scenario.

viagra language hearing

viagra purchase buy wrote on

insoportable inexplicable fue descaradamente viagra efectos mujeres

The Mk 21 and Mk 22 mask with hood; field clothing

2.00 calias viagra super active

ansas viagra and its effects

Lawrence termed it, an individualism that is one of the most characteristic aspects of the Sardinian male

does georgetown health plan cover viagra

levitra tablets australia

cialis irelanddelivery

delivery missed dose pink viagra get product

levitra without prescripfiob

cialis effect dose

w Polsce, jest takim samym dokumentem jak Borat znanego komika Sachy Barona Cohena – sdzi publicysta irlandzkiego „Sunday Independent” Louis Jacob.

puede tomar viagra un infartado viagra verschreibungspflichtig frankreich

paul farmer a man who would cure the world, 8-OOO, mouse tales of the city, brxxp, mrs

nnette ineducable cialis viagra levitra differenze toroide ineguagliabile

Eating different foods, if your tremor affects holding or reaching for things

cialis behavioral side effects

Although the time spent at the Subway was a bit longer than ideal, it was tasty, especially for Alex, who had been craving Subway the entire trip (except for when he was at Jeffersons)

qq cialis user groups or

Farid Fata will remain behind bars until at least Tuesday as a third federal judge considers whether or not to grant him bail

cialis no prescription or 432

viagra uk who cares about the

best levitra stote levitra gen

My customer suggested that I make the ambulance just like my mail truck, justwith the back open

best levitra stlre vardenafil costa rica

I was able to walk about 100 feet away, with a number of walls in between my laptop and the headphones, before the signal started to fade.

n som testat cialiskopian apcalis

rescription buy cheap cialis online non

cialis tadalafil tablets buy tadalafil hyderabad

iagra pharmacy generic viagra 7127

viagra 100 halbieren

how long does levitra last and heart problems

levitra geneva hotel levitra 7.5mg buy

fastest delivery purchasing cialis onlin

viagra dejstvo online

achat viagra pierre fabre

buy cialis super active in europe

We're going to have to go without these medications in some cases, especially if we're talking about perhaps a million-dollar-a-year drug coming soon

cialis 2 5 mg guanosine monophosphate

comprar cialis en madrid comprar cialis en andorra

Feinberg is a Manhattan real estate developer appointed to the state’s economic development agency by New York Gov

para comprar cialis no canad

dia generic cialis

omen onviagra

iagra buy viagra cheap fed ex

buy ultimate cialis pack cialis free shipping

I had a sensation of being there for many months, so intraevenous was the sensation of alien time

cheap cialis canada 491 6

viagra off label use viagra stories more drug

holesale pink viagra during atherosclerosis happens blood times

cialis internet forum

Like any kind of power, Koéjs strength is maintained through confirmation

the oxide therapy swing baise hard avec viagra

lternative to viagra's extraordinary food

hormone release hormone cialis from mexico in response.

Gary Strachan said the car's driver stopped, called authorities and stayed with Pasquale until they arrived.

cialis find zebeta activities

buy nolvadex au buy nolvadex and cialis

We have with us most experienced of the astrologers who have gone through thousands of horoscopes collectively before making any predictions for you

ialis cialis online from

Nesta segunda-feira (28), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) protocolou novo pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados. O documento se somará a outros 11 pedidos pendentes de análise pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Houve confusão entre grupos pró e contra o Governo Dilma no salão verde da Câmara Federal quando os membros da OAB chegaram para protocolar o documento.

Seguindo na defesa árdua da presidente Dilma Rousseff, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) teceu críticas ao posicionamento da OAB. Veja abaixo.

FLAVIODINO

E assim segue o governador Flávio Dino, se indispondo e criticando todos aqueles que querem o impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Novamente o prestígio de José Sarney

por Jorge Aragão

OABÉ impressionante como mesmo sem mandato algum, e até ‘afastado’ da vida política e pública, o ex-presidente José Sarney continua gozando de prestígio junto a classe política e entidades civis organizadas.

Depois do reconhecimento público feito pelo ministro da Secretaria de Portos, Helder Barbalho, que fez questão de citar o nome de José Sarney, como sendo o maranhense que mais teria trabalhado por mais um terminal portuário no Maranhão (reveja aqui), agora foi a vez da OAB buscar o apoio do ex-presidente.

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Coêlho, reuniu-se ontem com o ex-senador José Sarney, em São Luís, para pedir apoio à sua proposta de mudança do sistema político brasileiro.

No que chama de “peregrinação”, o advogado tem apresentado a líderes políticos nacionais a ideia de mudar do atual presidencialismo para o “novo presidencialismo”, sistema pelo qual o presidente continuaria a ser eleito pelo povo, mas teria o apoio de um primeiro-ministro, esse escolhido pelo Congresso Nacional, com poderes para indicar um gabinete de governo, composto pelos demais ministros.

“Eu estou peregrinando junto aos protagonistas da cena política nacional para levar a proposta do novo presidencialismo para Brasil”, diz o presidente da Ordem.

A ideia, sustenta ele, é apresentar ao Congresso Nacional uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que permita a implantação da medida, para, posteriormente, ser submetida a referendo popular.

No Maranhão, para abraçar sua ideia, o presidente da OAB procurou justamente José Sarney, o que demonstra, mais uma vez, o enorme prestígio que o maranhense ainda possui, para incomodo de alguns e inveja de outros.

Novo presidente da OAB-MA será empossado nesta quinta-feira

por Jorge Aragão

thiagoNesta quinta-feira (07), o advogado Thiago Diaz, será oficialmente empossado como o novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão (OAB-MA). A solenidade acontecerá às 19h, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana.

Thiago Diaz comandará a OAB-MA até dezembro de 2018 e sua gestão tem como lema “OAB/MA, a casa de todos”. O jovem advogado foi a surpresa nas eleições, pois conseguiu derrotar a candidata Valéria Lauande, apoiada pelo então presidente da OAB-MA, Mário Macieira e pelo próprio governador do Maranhão, Flávio Dino.

“Eu sou um advogado apaixonado pela profissão e acredito ser a advocacia a mais bela carreira jurídica. Acredito também no sonho de dias melhores para os advogados do Maranhão e foi por isso que aceitei o desafio de ser o representante da classe”, disse o novo presidente.

O maranhense e presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coêlho, confirmou que estará participando da posse da nova diretoria da OAB do Maranhão.

Além de Thiago Diaz, irão integrar a nova diretoria da OAB-MA, Pedro Augusto de Souza Alencar – vice-presidente, Déborah Porto Cartagenes – tesoureira, Adaílton Lima Bezerra – secretário-geral e Alice Maria Salmito Cavalcanti – secretária-geral-adjunta.

É a OAB-MA começando a viver novos tempos e respirando novos ares.

Thiago Diaz surpreende e vence eleições na OAB-MA

por Jorge Aragão

thiagoO jovem advogado Thiago Diaz, de maneira surpreendente, venceu a disputa para a presidência da Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão. O resultado da eleição realizada nesta sexta-feira (20) saiu no início da noite.

Thiago Diaz derrotou a candidata Valéria Lauande, que era apoiada pelo atual presidente da OBA/MA, Mário Macieira e pelo governador do Maranhão, Flávio Dino.

Enquanto que Valéria Lauande apostou numa campanha mais volumosa, mais cara e muito mais badalada, Thiago Diaz optou pelo corpo a corpo e com propostas interessantes como a redução do valor da anuidade e a criação de creches em Fóruns, o jovem advogado conquistou a confiança e os votos da maioria dos advogados maranhenses.

A vitória de Thiago Diaz representa novos tempos na OAB-MA. O novo presidente assume o cargo em janeiro de 2016.

Eleições na OAB/MA acontecem nesta sexta-feira

por Jorge Aragão

OAB - LOGOMARCANesta sexta-feira (20), acontecerão as eleições válidas para o triênio 2016/2018, na OAB/MA. Participarão do pleito os advogados inscritos nos quadros da Seccional Maranhense e que estejam em dia com suas contribuições estatutárias, regulamentares e regimentais obrigatórias.

As votações acontecerão das 9 às 17h, na sede da OAB/MA, no bairro do Calhau, e nas subseções. Na oportunidade, vão ser escolhidos os novos conselheiros federais e seccionais ─ e seus respectivos suplentes ─, a Diretoria do Conselho Seccional, diretores e suplentes da Caixa de Assistência dos Advogados do Maranhão (CAAMA), e as diretorias das subseções de Barra do Corda, Barreirinhas, Chapadinha, Pedreiras, Pinheiro, Santa Inês, São João dos Patos e Timon, além dos conselhos subseccionais de Açailândia, Bacabal, Balsas, Caxias, Codó, Imperatriz e Presidente Dutra.

A apuração terá início logo após o término das votações, com acompanhamento em tempo real, pela página da Seccional Maranhense na internet, e também com projeção em dois telões colocados no prédio da OAB/M: um no auditório e outro na área externa.

Para as votações em São Luís, as urnas eletrônicas serão dispostas em 11 mesas receptoras, cada uma com uma lista de nomes dos advogados eleitores em ordem alfabética. A subseção de Imperatriz, por sua vez, contará com duas mesas. Cada uma das subseções de Açailândia, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Barreirinhas, Caxias, Chapadinha, Codó, Estreito, Grajaú, Pedreiras, Pinheiro, Presidente Dutra, Santa Inês, São João dos Patos e Timon terá uma mesa receptora.

Advogados que não justificarem formalmente sua ausência no pleito deverão pagar multa de 20% do valor da anuidade de 2015, conforme o artigo 134 do Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB. Para a justificação de faltas, o prazo estipulado é de 30 dias, a contar da data da votação. O documento de justificativa está disponível para download no site da Seccional Maranhense.

De acordo com a Comissão Eleitoral da OAB/MA, quem não regularizou sua situação financeira (anuidade e outras pendências) até o dia 20 de outubro, além de não poder participar da eleição, também terá, automaticamente, que arcar com a multa equivalente à de ausência injustificada.

Vale destacar que o advogado deverá votar apresentando o cartão ou a carteira de identidade de advogado ou documentos como cédula de identidade (RG), carteira nacional de habilitação, carteira de trabalho e previdência social (CTPS) ou passaporte, conforme o disposto no Provimento 146 do Conselho Federal da OAB. Uma novidade nas eleições deste ano é que as chapas atenderão ao mínimo de 30% e ao máximo de 70% para candidaturas de cada sexo.

UNEGRO lamenta corporativismo da OAB-MA

rel=
por Jorge Aragão

unegroA UNEGRO (União de Negros pela Igualde) emitiu Nota lamentando o corporativismo da OAB-MA diante do episódio onde a advogada, Olívia Castro dos Santos, foi detida após uma discussão no trânsito, acusada da prática de racismo. A advogada, segundo a denúncia, teria agredido verbalmente com ofensas racistas a Elisvaldo Gomes (reveja aqui o caso).

Após o ocorrido, a OAB-MA se manifestou de maneira extremamente corporativista, coisa que, diga-se de passagem, não fez no caso da prisão desnecessária do empresário, ex-chefe da Casa Civil e advogado João Abreu. Foi exatamente esse posicionamento corporativista expressado na Nota (veja aqui), que levou a UNEGRO a se posicionar através do seu presidente Antônio Soares Moreira. Veja abaixo.

Estamos em pleno século XXI e ainda debatemo-nos com questões que pensamos já terem sido no mínimo pacificadas.

Em plena luz do dia, um cidadão negro é totalmente desqualificado através de chingamentos, ameaças, enfim tudo aquilo que já se está infelizmente acostumado a ver e ouvir. Está naturalizado.

Agora o que não podíamos imaginar era que a pessoa do agressor fosse uma mulher, branca e advogada. Aí mora o PERIGO.

Por ser advogada? Não: mas sim pelo CORPORATIVISMO.

Vamos direto ao assunto: a OAB usou de dois de seus membros, por sinais muito bem alinhados, negros, advogados, para dever do óbvio: o corporativismo.

Estranho é o fato de na OAB haver um setor de DIREITOS HUMANOS que nem sequer pronunciou-se. Ou será que foi amordaçado?

Será que alguém acredita mesmo que esta senhora advogada branca, foi mesmo agredida? Só porque o “suposto” agressor é negro?

Ora minha gente, o que é isso? Já passou o tempo de estarmos aqui com nossos miolos para entender quem está do lado de quem. O que importa é por quais motivos a OAB age de forma que agiu muito mais truculenta do que qualquer ação policial. Truculenta porque ofendeu o obvio: estamos diante do RACISMO INSTITUCIONAL.

Não podemos também deixar em claro para não dizer “branco”, que a pessoa da agressora está de toda a sorte tentando arrastar tal atitude para o campo da INJÚRIA RACIAL, pois é um crime de menor potencial ofensivo. Claro que apoiada pela OAB.

O que não se entende, é o que fará a OAB? Qual ADVOGADO irá defender o agredido já que, a sua entidade encontra-se contrária àquele que poderá via a ser seu cliente/protegido?

Cadê a DEMOCRACIA? Ninguém sabe, ninguém viu!…

ANTÔNIO SOARES MOREIRA
PRESIDENTE DA UNEGRO – MA

Eleições OAB: RENOVAR segue percorrendo municípios maranhenses

por Jorge Aragão

renovarA itinerância do RENOVAR para Mudar alcançou diversos municípios maranhenses nesta etapa da campanha. Uma comitiva sob o comando do candidato à presidência da OAB/MA, advogado Thiago Diaz, dialogou com os profissionais que “estão totalmente abandonados pela atual gestão da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão”, disse Thiago Diaz. As eleições da OAB/Ma acontecem no próximo dia 20 de novembro.

Em Bacabal, Pedreiras, Barra do Corda e tantas outras cidades visitadas, o discurso dos profissionais que atuam na advocacia é o mesmo; a falta de uma instituição que os represente. “Que melhorias são essas que anunciam em suas campanhas? Nunca dialogaram conosco para saber sobre as nossas dificuldades e essas melhorias nunca chegaram por aqui” ressaltou Antonio Pereira, advogado em Barra do Corda.

Um dos grandes desafios enfrentado pelo profissional no interior é o direito de exercer a defesa plena de seus clientes, com independência e autonomia, sem temor do magistrado, do representante do Ministério Público ou de qualquer autoridade que possa tentar constrangê-lo ou diminuir o seu papel enquanto defensor das liberdades. “No interior, os advogados estão tendo suas prerrogativas desrespeitadas. A nossa proposta é de profissionalizar e estruturar a comitiva da OAB/MA para está mais próxima dessa realidade”, enfatizou Pedro Alencar, candidato a vice-presidente da OAB/MA na chapa RENOVAR para Mudar.

Outra queixa dos advogados no interior é o impedimento de acesso aos autos de um processo e da comunicação com seus clientes. A lei n° 8.906/94 dá aos advogados as garantias de acesso aos processos mesmo quando houver sigilo de justiça, e lhe dá direito de falar com seus clientes mesmo que esteja na prisão e incomunicável por decisão judicial.

Os trabalhos de campanha retornam à capital maranhense nesta quinta-feira, dia 05 de novembro. Um grande evento com os jovens advogados para debater ainda mais sobre os desafios e propostas acontece na Kathedral (antiga Pink Elephant), na Ponta D´Areia a partir das 20h.

Outra bronca do Governo Dino: OAB/MA impugna edital da Sejap

por Jorge Aragão

OAB - LOGOMARCAA OAB/MA, por meio de sua Procuradoria, impugnou o Edital n.º 17/2015, lançado recentemente pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Sejap) do Governo do Estado do Maranhão. Em requerimento enviado ao titular da Sejap, Murilo de Andrade Oliveira, a seccional maranhense opôs-se a algumas exigências do certame, que é referente a processo seletivo para os cargos especialista penitenciário e técnico penitenciário temporário.

A impugnação é voltada especificamente aos requisitos de investidura e exercício das atribuições do cargo Especialista em Direito que, segundo item “2.1.12” da publicação, deve possuir bacharelado no curso superior em direito, sem, contudo, ser exigido que o candidato tenha inscrição nos quadros de advogados da OAB.

De acordo com o documento emitido pela Ordem, o procedimento de seleção caracteriza “uma incoerência de potencial ofensivo elevado, visto que afronta os princípios norteadores da profissão”, e já que algumas atribuições destinadas ao cargo são privativas de advogados, o que contrairia o disposto no Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil. Exemplos dessas atividades são as atividades de consultoria, assessoria e direção jurídicas.

Segundo o disposto no edital, algumas funções destinadas ao cargo são: atendimentos jurídicos diretos, pessoais e individualizados aos presos, egressos e reeducandos, e orientação aos presos quanto ao cumprimento das saídas temporárias, entre outros tópicos.

Um dos itens que chamou a atenção da procuradoria da OAB/MA é a exigência de “exercer outras atribuições correlatas de natureza técnica conferidas por lei aos profissionais bacharéis em direito, que exijam formação de nível superior em conformidade com a OAB e Resoluções”. Segundo o procurador Gustavo Fonteles, o requisito faz ressalva baseada em lei inexistente. “O que se aproxima dela é um projeto de lei, o PL 5.749/13, que trata da figura do paralegal, que é o bacharel em Direito que poderá atuar profissionalmente sob a responsabilidade de um advogado, pelo lapso de três anos, sem possuir inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil”, explicou Fonteles.

Ainda de acordo com a procuradoria da OAB/MA, além de requerer a imediata retificação do edital e a não nomeação ao cargo de candidatos sem inscrição nos quadros da OAB, caso a Sejap não defira a impugnação da OAB/MA, a seccional maranhense irá impetrar mandado de segurança em face da secretaria.

Wellington do Curso propõe debate sobre extinção da prova da OAB

por Jorge Aragão

ADVOGADOO vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, deputado estadual Wellington do Curso (PPS), solicitou a realização de Audiência Pública a fim de discutir as consequências da extinção da prova da OAB. Tal tema está relacionado ao projeto de lei 5.054/2005, que, entre outras disposições, prevê a revogação da exigência do Exame de Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Por defender a importância da prova da OAB, Wellington ressaltou a necessidade de se esclarecer as consequências negativas que a extinção do exame traria, sobretudo para a sociedade.

“O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo assim um profissional de grande responsabilidade social. Por isso, a prova da OAB é de suma importância,ç e extinguir o Exame da Ordem seria um retrocesso e um prejuízo à sociedade brasileira. Almejando a discussão sobre tal tema, solicitamos uma audiência pública que contará com a presença de juristas, membros da OAB, acadêmicos de Direito, dentre outros. Ressalta-se assim não apenas a existência de uma prova, mas o zelo para com a responsabilidade social de cada profissão”, enfatizou o parlamentar.

A Audiência acontecerá no próximo dia 18, com início às 14 h, no auditório Fernando Falcão, na  Assembleia Legislativa.

; fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);t._e=[]; t.ready=function(f){ t._e.push(f); }; return t; }(document,