Investindo na Saúde de São Luís

por Jorge Aragão

A Prefeitura de São Luís encerrou uma etapa das obras de reforma das três Unidades Básicas de Saúde (UBS) localizadas na área Itaqui-Bacanga. A etapa seguinte, que contempla a aquisição de materiais e equipamentos para instrumentalizar as unidades, está em curso. A ação integra o projeto de requalificação e fortalecimento da Atenção Básica, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), que já reformou desde 2013 mais de 30 UBS.

As melhorias proporcionadas às unidades básicas de saúde da Vila Nova, do São Raimundo e ao Clodomir Pinheiro Costa, no Anjo da Guarda, vão garantir mais qualidade ao atendimento prestado aos usuários da Rede Municipal de Saúde, principalmente aos moradores dos mais de 40 bairros pertencentes à região Itaqui-Bacanga, uma das áreas mais populosas da capital maranhense. A titular da Semus, Helena Duailibe, informou que com mais estas unidades reformadas, o município de São Luís avança mais alguns passos para garantir aos cidadãos ludovicenses serviços básicos de saúde essenciais à prevenção de doenças, com qualidade e humanização.

“O prefeito Edivaldo tem priorizado a atenção básica à saúde, porque sabe que são nessas unidades que os moradores buscam o primeiro atendimento. Elas são a porta de entrada à primeira consulta, ao primeiro contato que o paciente faz com os profissionais da área. Isso reforça a necessidade de reaparelharmos e qualificarmos esses centros para receberem bem os usuários e garantir que, caso necessitem de serviços mais complexos, sejam encaminhados aos centros especializados”, pontuou Helena Duailibe.

Os investimentos realizados nas três unidades – que oferecem atendimento na Estratégia de Saúde da Família (ESF) – contemplam obras estruturais, aquisição de material e equipamentos e novos serviços para ampliar o acesso aos cuidados de saúde, em espaços mais modernos e humanizados para a atuação do profissional e acolhimento dos pacientes.

A primeira etapa das obras do Centro de Saúde Vila Nova está concluída. O antigo prédio que abrigava a unidade foi demolido internamente e ganhou nova estrutura em todos os setores, do piso ao teto.

Já o Centro de Saúde Clodomir Pinheiro Costa, no Anjo da Guarda, foi ampliado com a construção de mais 10 salas e revitalizado com serviços de substituição do forro, piso, telhado a reboco das paredes. Toda a parte elétrica e hidráulica também foi restaurada. Com as obras, o espaço ganhou mais oito salas para consultórios. Com a reestruturação total a unidade será transformada em um novo centro de referência especializado em hipertensão e diabetes. A unidade passará a ofertar também atendimentos nas áreas de endocrinologia, cardiologia, ginecologia, pediatria, psicologia, entre outras especialidades.

O Centro de Saúde São Raimundo, também na área Itaqui-Bacanga, recebeu nova estrutura em todo prédio para melhor atendimento dos consultórios de clínica médica, do gabinete odontológico, salas de vacinação e demais serviços incluídos na rede de Estratégia de Saúde da Família (ESF). Com o pacote de reformas, os atendimentos serão qualificados e a comunidade vai poder contar com uma melhor assistência das equipes de saúde.

As três unidades oferecem ainda serviços de prevenção, diagnóstico, tratamento e acompanhamento para portadores de hipertensão e diabetes, tuberculose, hanseníase e atenção ao pré-natal.

Em busca de novos recursos para a Saúde de São Luís

por Jorge Aragão

edivaldo

O prefeito reeleito de São Luís, order Edivaldo Holanda Junior (PDT), shop  a secretária municipal de saúde, cialis Helena Duailibe e o deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA), líder da Bancada Maranhense em Brasília, estiveram na tarde de quinta-feira (24) em reunião com o ministro da saúde, Ricardo Barros.

Na reunião realizada no Ministério da Saúde, em Brasília, os maranhenses pleitearam a habilitação do Instituto do Rim em terapia renal substitutiva, a habilitação do hospital municipal Clementino Moura como unidade de alta complexidade em terapia nutricional, solicitaram motolâncias (motos do Samu que garantem atendimento de emergência com mais agilidade), recursos para filantrópicas e auxílio para a continuidade de importantes obras, como a da maternidade e do Hospital da Criança, em São Luís.

“Temos urgência e pressa nos pleitos solicitados, que não atendem só a capital, mas, municípios vizinhos também. O ministro e sua equipe, analisarão nossos pleitos ainda este ano”, destacou Juscelino Filho.

O prefeito de São Luís destacou, nas redes sociais, a agenda em Brasília em busca de recursos para a capital maranhense.

“Cumpri agenda em Brasília em busca de investimentos para São Luís. Participei de uma reunião produtiva no Ministério da Saúde, com o ministro Ricardo Barros, deputado federal, Juscelino Filho, e a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe. Reivindicamos recursos para a melhoria e expansão da rede de alta e média complexidade da nossa cidade e para as obras da maternidade da Cidade Operária. O trabalho segue em frente”, afirmou Edivaldo.

A secretaria Helena Duailibe também destacou a importância do encontro para a Saúde de São Luís.

“Foi muito importante essa visita ao ministro da Saúde. Nós tínhamos uns processos de habilitação que dependiam de liberação do financeiro e as participações do deputado Juscelino Filho e do prefeito Edivaldo Holanda Júnior foram decisivas no sentido de sensibilizar o ministro. Também reivindicamos recursos novos para corrigir as superlotações que ainda precisam ser corrigidas e o ministro Ricardo Barros se mostrou bastante sensível e deve nos atender não agora, mas no início do ano que vem”, revelou Helena Duailibe.

“Chance zero”, diz Lula sobre entregar o cargo de secretário de Saúde

por Jorge Aragão

Carlos-Lula3O secretário de Saúde do Governo Flávio Dino, cialis o advogado Carlos Lula, negou qualquer possibilidade de entregar o cargo ao governador, como chegou a ser especulado em alguns blogs.

Em contato com o titular do Blog do Jorge Aragão, Lula deixou claro que o cargo pertence ao governador, mas que jamais passou pela sua cabeça entregar o cargo.

“Continuo na Secretaria de Saúde até o governador Flávio Dino decidir efetuar alguma mudança. Nunca cogitei entregar o cargo, chance zero”, declarou.

Carlos Lula ainda disse ao Blog que já tem se reunido com o governador para planejar e discutir os próximos anos da gestão Flávio Dino na área da Saúde.

“Já estamos planejando 2017 e 2018. Apesar das dificuldades que todo o Brasil está passando, estamos conseguindo equilibrar a Saúde no Maranhão”, finalizou.

Sendo assim, não passa de um mero factoide a informação de que Carlos Lula sairá da secretaria de Saúde do Governo do Maranhão e que a médica Helena Duailibe deixará a Secretaria de Saúde de São Luís, conforme demonstrou o Blog do Zeca Soares (veja aqui).

Ninguém se desincompatibilizou, nem mesmo Márcio Jerry

por Jorge Aragão

jerryTerminou na quinta-feira, purchase 02 de junho, stuff o prazo para que gestores ocupando cargos de secretários se desincompatibilizasse dos governos. Entretanto, find nenhum dos nomes especulados como candidatos deixou o cargo.

Para a disputa do cargo de prefeito de São Luís, apenas o deputado estadual e secretário de Desenvolvimento Social do Governo Flávio Dino, Neto Evangelista (PSDB), ensaiou uma candidatura. Só que morreu no nascedouro, pois o PSDB deve apoiar a candidatura da deputada federal Eliziane Gama (PPS).

Os tucanos entenderam que o caminho mais curto para voltar a Prefeitura de São Luís, após a desastrosa gestão de João Castelo, seria indicar o candidato a vice-prefeito na chapa de Eliziane. Assim o PSDB espera voltar a mandar na capital maranhense, resta saber se a população vai esquecer os desmandos da gestão tucana em São Luís.

Existia ainda a expectativa do nome do candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). O nome de quatro secretários, um estadual e três municipais, foram ventilados, mas ninguém se desincompatibilizou.

No Governo Flávio Dino o nome cotado era do secretário de Comunicação, Márcio Jerry (PCdoB). Só que, apesar do PCdoB apoiar a reeleição de Edivaldo, Jerry não se desincompatibilizou, afinal especula-se que a eleição que ele almeja é uma vaga na Câmara Federal em 2018.

Na esfera municipal, também ninguém se desincompatibilizou. Os nomes ventilados, Helena Duailibe (Saúde) do PMDB, Diogo Lima (Habitação e Urbanismo) do PDT e Severino Sales (Relações Parlamentares) do PRP, em comum acordo com o prefeito Edivaldo, preferiram permanecer ajudando na gestão municipal.

Sendo assim, o cenário continua totalmente aberto e indefinido, mesmo faltando apenas quatro meses para o pleito eleitoral.

Edivaldo entrega o novo CEM Filipinho

por Jorge Aragão

FILIPINHO

O prefeito Edivaldo entregou à população na manhã desta terça-feira (17) as novas instalações do Centro de Especialidades Médicas do Filipinho (CEM Filipinho). A unidade passou por reforma geral em suas instalações físicas e presta atendimento agora em novas especialidades médicas. Com a reinauguração, here o CEM Filipinho também passa a abrigar o Núcleo Especializado de Saúde do Homem. É o primeiro espaço criado no Maranhão para ser referência em atendimento médico para o público masculino.

No ato de reinauguração do Centro, o prefeito Edivaldo destacou as melhorias proporcionadas à saúde municipal como uma das prioridades da sua gestão. Ele também ressaltou que, a exemplo da reforma do CEM Filipinho, outras ações já foram executadas na área para ampliar e fortalecer o atendimento desde a atenção primária até os serviços de alta complexidade.

“Entregamos aqui mais um importante instrumento que vai reforçar o atendimento na área da saúde de nossa cidade. Estamos devolvendo à comunidade um espaço novo. Nós reestruturamos a unidade, ampliamos os serviços e a população conta agora com um atendimento melhorado e humanizado. Dessa forma, avançamos mais um passo e mudamos gradativamente a realidade no setor da saúde municipal”, afirmou o prefeito Edivaldo, pontuando ainda que mais de 30 unidades de saúde do município receberam reformas estruturais importantes e tiveram o atendimento ampliado na atual gestão.

Acompanhado da secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, Edivaldo visitou as novas instalações do CEM Filipinho, reformado com recursos próprios do Tesouro Municipal. A unidade, que fazia uma média de mil atendimentos/mês, terá o volume de atendimento triplicado, passando a realizar cerca de 3 mil procedimentos médicos, mensalmente.

O CEM Filipinho é referência agora para a realização de consultas nas áreas de cardiologia, endocrinologia, neurologia, hematologia, pneumologia, dermatologia, reumatologia, nefrologia, urologia, gastroenterologia e proctologia. Conta também com uma equipe multiprofissional, com psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros.

(mais…)

Edivaldo segue otimizando atendimento no Socorrão I com “Maca Zero”

por Jorge Aragão

socorrao

O prefeito Edivaldo vistoriou as condições de funcionamento do Hospital Djalma Marques (Socorrão I) na manhã do sábado (07), click uma semana após a ação Maca Zero, cheap que transferiu para a Santa Casa de Misericórdia mais de cem pacientes que estavam nos corredores do Socorrão I. Ao longo da última semana, os corredores do hospital passaram por lavagem e higienização. Com a transferência, o atendimento da unidade de saúde está mais ágil e eficaz.

“Vivemos um momento histórico para a saúde Municipal e para os pacientes que buscam atendimento em nossa cidade. Banir definitivamente as macas dos corredores do Socorrão sempre foi uma meta da nossa gestão e um anseio da população da nossa cidade. Andar por esses corredores hoje, e vê-los sem as macas representa, sem dúvida, um avanço gigantesco para esta área da nossa gestão”, disse o prefeito Edivaldo.

Acompanhado da secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe; do diretor do Socorrão I, Ademar Bandeira e do secretário de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo, Edivaldo vistoriou ainda os novos setores reformados da unidade, como a nova UTI, inaugurada no mês passado, e a Central de Estatização, que foi totalmente modernizada para proporcionar mais segurança no descarte do material infectante do hospital.

A titular da Semus, Helena Duailibe, destacou que as intervenções realizadas no Socorrão I atendem à determinação do prefeito Edivaldo de buscar estratégias para otimizar a assistência prestada na rede de urgência e emergência. “Trabalhamos para a melhoria das estruturas físicas do hospital, ampliamos o número de leitos da UTI e fizemos a transferência dos pacientes que estavam nos corredores. São ações que já estão gerando impacto positivo no atendimento”, reiterou a secretária.

socorrao1

O diretor do Socorrão I, Ademar Bandeira, destacou que agora a unidade vai atender com mais qualidade os casos de urgência e emergência, que são o foco do do hospital. “A partir da ação determinada pelo prefeito Edivaldo, demos fim ao quadro de lotação nos corredores, garantindo o atendimento humanizado e com dignidade”, reiterou o gestor.

A parceria entre o hospital Socorrão I e a Santa Casa de Misericórdia viabilizou leitos naquela unidade de saúde e possibilitou a transferência de mais de cem pacientes. “A partir desta garantia teremos como manter os corredores vazios e o paciente terá atendimento adequado ao seu caso”, disse o prefeito. Durante a visita ao Socorrão I, o prefeito conversou com pacientes e funcionários do hospital e ressaltou a importância da iniciativa para a população e para o sistema de saúde do município.

(mais…)

Edivaldo determina ampliação de leitos de UTI no Socorrão

por Jorge Aragão

ampliacaoComo parte da reestruturação da rede de urgência e emergência, ambulance determinada pelo prefeito Edivaldo, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), já colocou em funcionamento a nova UTI do Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I). Desde a última segunda-feira (21), a rede hospitalar da capital maranhense conta com mais 10 leitos de UTI, resultado do investimento feito pela Prefeitura de São Luís com a reforma do hospital.

“A nova estrutura do Hospital Djalma Marques passa a contar com 20 leitos de UTI. O nosso objetivo é ofertar para a população estratégias e políticas de atendimento cada vez mais eficientes”, disse o prefeito Edivaldo.

A obra ainda está em andamento, mas as instalações da Unidade de Terapia Intensiva foram concluídas, equipadas e ocupadas, resultando na duplicação da capacidade da UTI do Socorrão I.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, destaca a importância do investimento feito para ampliar a oferta de leitos para tratamento intensivo. “A determinação da gestão foi aumentar a capacidade de atendimento e instalar uma infraestrutura moderna que está trazendo mais qualidade, segurança e garantia de melhor assistência aos pacientes”, afirmou.

A reforma do Socorrão I vai resultar também na inauguração de um espaço com quatro leitos, para atendimento especializado de urgências buco maxilares, serviço inédito na rede pública de saúde. Além disto, está sendo feita a recuperação do telhado, centro de material, farmácia e revitalização das estruturas elétrica e hidráulica de todos os ambientes e já foi iniciada a reforma física da área vermelha.

O Hospital Municipal Djalma Marques realiza uma média de 12 mil atendimentos mensais em urgências clínicas, cirúrgicas, ortopédicas, neurológicas e neurocirúrgicas, e desde 2006 não passava por reformas físicas.

As mudanças de Edivaldo Júnior

por Jorge Aragão

geraldocastromarcoO prefeito de São Luís, sale Edivaldo Júnior, deve oficializar até a próxima sexta-feira (19), três mudanças importantes na sua equipe de governo.

A princípio as mudanças, que se devem por conta da legislação eleitoral, só seriam efetivas em março, mas o prefeito resolveu antecipar as saídas dos três secretários que serão candidatos a vereador na capital maranhense.

Estão de saídas os secretários de Comunicação, Batista Matos (PCdoB); Educação, Geraldo Castro (PCdoB); e do IPAM, Raimundo Penha (PDT). Os três são fortes pré-candidatos a vereador e serão substituídos, respectivamente, por: Conceição Castro, atualmente atuando como adjunta na Comunicação; Moacir Feitosa (PTC), que já ocupou o cargo nas gestões de Jackson Lago, Tadeu Palácio e João Castelo; e Maria José será a indicada do PDT para o lugar de Penha.

A atual vereadora de São Luís e secretaria de Saúde, Helena Dualibe, permanecerá na pasta e com isso não deverá disputar a reeleição.

Essas devem ser as últimas modificações efetuadas pelo prefeito Edivaldo, pelo menos para esse seu primeiro mandato à frente da Prefeitura Municipal de São Luís.

Mais dois apoios importantes para Edivaldo Júnior

por Jorge Aragão

EdivaldoAlém de ter visivelmente intensificado as ações de trabalho na capital maranhense, stuff o prefeito Edivaldo Júnior tem também trabalhado na articulação política e conseguido apoios importantes para a sua reeleição.

Durante a semana, o presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho, que apesar de ser do PDT, para muitos, iria apoiar a candidatura da deputada federal Eliziane Gama (REDE) para a Prefeitura de São Luís, demonstrou que estará com Edivaldo na sua reeleição.

“Toda política é árdua, trabalhosa, mas pelo seu trabalho, sua dedicação, tenho certeza que será vitorioso em 2016, porque você tem um time, o PDT é um time vencedor”, declarou Coutinho, durante reunião na sede do PDT com a presença do ministro André Figueiredo.

Outra declaração importante para Edivaldo foi da vereadora de São Luís e secretária de Saúde da capital, Helena Dualibe (PMDB). Apesar da indefinição do PMDB, a peemedebista deixou claro que estará apoiando a reeleição de Edivaldo.

Helena Dualibe deixou claro que sua permanência no PMDB estará a cargo da decisão do partido, ou seja, se o PMDB apoiar a reeleição ela permanecerá na legenda, mas caso contrário deverá deixar o partido.

Para alguns a declaração parece óbvia, mas não é bem assim, afinal o ex-prefeito de São Luís, João Castelo, por total inabilidade política, perdeu apoio até mesmo de secretários da sua gestão durante a campanha eleitoral.

Edivaldo Júnior segue trabalhando nas duas frentes, priorizando os serviços para a população, mas sem deixar de lado a articulação política, e por esse motivo vai crescendo seu desempenho nas pesquisas eleitorais.

PMDB de São Luís fará eleição no fim do mês

por Jorge Aragão

pmdbDepois da polêmica eleição da Direção Estadual do PMDB, see que culminou com a reeleição do senador João Alberto, a disputa na legenda agora será pelo comando do partido em São Luís.

O Diretório Municipal do PMDB em São Luís confirmou que será feita uma eleição para definir o novo presidente do partido na capital. O cargo está vago desde que o deputado estadual Roberto Costa, então presidente, transferiu seu domicílio eleitoral para a cidade de Bacabal, onde será candidato a prefeito no ano que vem.

A eleição será realizada no dia 28 de novembro, das 09h às 12h, na sede municipal, no São Francisco. A princípio, três nomes – os vereadores Fábio Câmara e Helena Duailibe, e o ex-diretor do DETRAN, André Campos – são ventilados para a disputa.

Vale lembrar que a eleição é que vai definir os rumos que o partido tomará nas eleições de 2016. Se a vereadora Helena Dualibe, atual secretária de Saúde de São Luís, vencer o pleito o partido tende a apoiar a reeleição do prefeito Edivaldo Júnior.

Entretanto, o favorito ao pleito é André Campos, pois terá o apoio do presidente estadual João Alberto. Se der a ‘lógica’, o futuro do PMDB ficará incerto, já que pode apoiar qualquer uma das candidaturas que estão sendo ventiladas.

É aguardar e conferir.