Fábio Gondim rebate declarações de Flávio Dino

por Jorge Aragão

fábiogondimDe O Estado – O ex-­secretário de Planejamento, Gestão e Previdência do Maranhão, Fábio Gondim, desmontou, em sucessivos posts na rede social Twitter, os argumentos do governador Flávio Dino (PCdoB), dois anos depois de assumir, segundo os quais, herdou um estado de caos.

“Discordo, com todo o respeito, de quem diz ter herdado um estado caótico em todos os aspectos”, comentou Gondim, marcando o próprio Dino em seu post.

O ex­-secretário listou uma série de avanços ocorridos no governo Roseana Sarney (PMDB), no qual exerceu o cargo de secretário. Para Gondim, foi graças a esses avanços que o governador comunista conseguiu administrar o estado, enxuto, com recursos equilibrados, folha de pagamento dentro do limite e servidores preparados.

“Criamos um sistema com informações gerenciais de pessoal, fizemos o recadastramento geral de servidores. O Plano de careira fez justiça salarial, deu lógica à estrutura remuneratória e ainda manteve a despesa sob controle”, afirmou.

Em suas tentativas de rebater o escândalo do aluguel de um imóvel pago pelo governo a um membro do seu próprio PCdoB, tentou desqualificar os adversários dizendo que herdou um estado caótico.

Além da área em que foi protagonista, Fábio Gondim avaliou o governo Roseana, em resposta a Flávio Dino, também em outros aspectos, destacando, sobretudo, o PIB do Maranhão, que cresceu sucessivamente nos anos de governo da peemedebista, sendo o maior por vários anos no país.

“Ampliamos o limite de endividamento e viabilizamos bilhões em investimentos, que podem, e devem ser utilizados pelo atual governo”, citou Gondim, referindo­se aos recursos bilionários deixados em caixa por Roseana, e que Flávio Dino não consegue usar por falta de projetos.

“Espero que o governador possa entregar um Maranhão melhor do que recebeu”, provocou o ex­secretário.

Fábio Gondim será o novo secretário de Saúde do Distrito Federal

por Jorge Aragão

fabiogodimrecipe 491609/rollemberg-escolhe-fabio-gondim-como-o-novo-secretario-de-saude.shtml”> Do Correio Braziliense

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) vai anunciar nesta quinta-feira (23/7), see às 15h, ask o novo secretário de Saúde do Distrito Federal. O escolhido não é médico. No estilo José Serra no Ministério da Saúde, Rollemberg escolheu um gestor.

Consultor do Senado, especialista em Orçamento, Fábio Gondim, 47 anos, foi secretário de Gestão e Previdência do governo de Roseana Sarney (PMDB), de 2011 a abril de 2014, quando se desincompatibilizou para se candidatar a uma vaga de deputado federal pelo PT no Maranhão. Ele não se elegeu.

gondimA escolha de Fábio Gondim passa por uma tentativa de Rollemberg de apostar na melhora dos processos de compra da secretaria de Saúde e de combater o corporativismo na pasta.

Exoneração – Ontem, o GDF sofreu a terceira baixa no primeiro escalão. Após duras críticas de deputados distritais e denúncias sobre a proliferação da KPC em hospitais da rede, o secretário de Saúde, João Batista de Sousa, pediu exoneração do cargo. A substituição ocorre no momento em que o governo sofre grande pressão para ampliar o espaço de aliados no primeiro escalão.

João Batista de Sousa é proctologista, professor da Universidade de Brasília, comandou o Hospital Universitário e foi vice-reitor da instituição de ensino superior. O nome dele foi um plano B de Rollemberg, que chegou a anunciar a indicação do médico Ivan Castelli.

Fábio Gondim no Abrindo o Verbo

por Jorge Aragão

Secretário Fábio Gondim

Nitidamente se consegue perceber através dos blogs e das emissoras de rádios, pill que ainda existem muitos funcionários públicos estaduais com dúvidas sobre o Plano de Cargos e Salários.

O Blog confirma que nesta quinta-feira (19), cialis às 15h, sales o secretário de Gestão e Previdência, Fábio Gondim, um dos principais responsáveis pela elaboração do Plano de Cargos e Salários, será o entrevistado do Programa Abrindo o Verbo, na Rádio Mirante AM.

A produção do Programa, através da produtora Lydia Castro, conseguiu agendar a entrevista que servirá, para de uma vez por todas, dirimir todas as dúvidas existentes.

Dúvidas como a questão da necessidade da adesão ao Plano, a URV, a inclusão dos militares e dos aposentados no Plano, enfim. O importante é aproveitarmos a participação do Fábio Gondim para exaurir essas dúvidas ainda existentes.

A participação poderá ser feita através do 3215-5060, por mensagem de texto através do 8124-7045, pelo e-mail jorgearagao@mirante.com.br e também via a nossa página de facebook.

Esperamos assim dar uma importante contribuição aos servidores públicos estaduais que ainda tenham dúvidas sobre o Plano de Cargos e Salários.

Sancionado o Plano de Cargos e Salários

por Jorge Aragão

A governadora Roseana Sarney sancionou em sua integralidade, find nesta terça-feira (17), sales no Palácio dos Leões, for sale a lei aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa do Maranhão e que estabelece o Plano de Carreiras e Cargos dos Servidores da Administração Direta, Autárquica e Fundacional do Poder Executivo Estadual (PGCE). No Plano, o Governo do Estado vai investir R$ 1,6 bi até o ano de 2015, beneficiando aproximadamente 88 mil servidores, sendo 61 mil da ativa e 26 mil aposentados e pensionistas previdenciários.

O secretário de Estado da Gestão e Previdência, Fábio Gondim, ressaltou que o servidor que aderir ao Plano até final deste mês (31 de julho) vai receber todas as vantagens asseguradas no PCGE a partir do mês de agosto deste ano. “O servidor que aderir até o dia 14 de novembro recebe seus benefícios com efeitos retroativos a 17 de julho”, assegurou.

Gondim esclareceu ainda que após a sanção da governadora, datada de 17 de julho, o servidor púbico estadual que assim desejar tem até 120 dias para assinar o Termo de Adesão ao Regime Jurídico Único dos Servidores Civis do Estado ao PGCE de acordo com a Instrução Normativa nº 01/2012 da Secretaria de Estado da Gestão e Previdência assinada pelo secretário Fábio Gondim. O Termo está disponibilizado no site do Governo do Maranhão www.ma.gov.br e no site da Segep www.segep.ma.gov.br.

Para fazer a adesão, o servidor deve se dirigir à Supervisão de Recursos Humanos do órgão em que é lotado munido do original do último contrachegue, CPF e documento de identificação com foto. A opção ao PGCE pode ser feita também por Procuração Pública. Nesse caso, o representante legal do servidor terá que apresentar documento original de identificação com foto e CPF e cópias do último contracheque, do documento de identificação com foto, CPF e ato ou portaria que comprove o afastamento ou licenciamento do servidor.

Gondim garante que o Plano de Cargos está pronto para ser votado

por Jorge Aragão

 

O secretário de Gestão e Previdência do Maranhão, discount Fábio Gondim, prescription através de sua página de facebook, assegurou que o Plano de Cargos e Salários do Governo do Estado está pronto para ser votado na Assembleia Legislativa.

Gondim, um dos responsáveis pelo Plano, vai mais além, pois assegura que a votação deve acontecer nesta semana na Assembleia Legislativa.

“Ontem, foram feitas as últimas alterações possíveis no Plano de Carreiras dos servidores do Maranhão. O Plano está pronto para ser votado na Assembléia ainda nesta semana, com importantes aprimoramentos feitos pelos próprios servidores”, assegurou Gondim, em postagem feita na manhã desta terça-feira (19).

Já o líder do Governo na Assembleia, deputado César Pires (DEM), em entrevista concedida ao jornal O Estado do Maranhão e repercutida pelo Blog, foi no sentido contrário as declarações de Fábio Gondim.

“Uma coisa é certa: a matéria não será votada esta semana, como estava inicialmente acertado. Um novo acordo permitirá mais tempo para apreciação das mudanças”, afirmou Pires.

Mas se as mudanças foram concluídas, como afirma Gondim, o que impede a votação do Plano de Cargos e Salários nesta semana?

Atenção aposentados, explicação sobre o Plano de Cargos

por Jorge Aragão

O secretário de Administração do Maranhão, capsule Fábio Gondim, look fará uma exposição detalhada do Plano de Cargos, Salários e Carreiras voltado para os aposentados e pensionistas. A apresentação acontecerá nesta terça-feira (12), às 15h, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana.

“Vou explicar os princípios que nortearam o trabalho, os diagnósticos, o enquadramento nas novas tabelas remuneratórias, as principais características e o que ganham os aposentados com tudo isso. Ao final, ficarei à disposição para tirar dúvidas e falar de outros assuntos pertinentes”, afirmou Gondim em sua página de facebook.

O Plano de Cargos e Salários até o momento ainda não foi aprovado na Assembleia Legislativa, já que na semana passada, houve uma solicitação da própria governadora Roseana Sarney para retardar a votação, no sentido de fazer algumas modificações.

A expectativa é que esses ajustes possam ser concluídos ainda durante esta semana e o Plano de Cargos seja apreciado pelo Plenário da Casa até o fim do mês de junho.

Bringel no Planejamento e Gondim na Administração

por Jorge Aragão

A governadora Roseana Sarney (PMDB) dará prosseguimento nesta terça-feira (17), a reforma administrativa no Governo do Maranhão e assinará o decreto que desmembra as secretarias de Administração e Planejamento.

As duas ainda estão unificadas em uma única pasta, cujo titular é Fábio Gondim, mas a ideia da governadora é retornar ao que era. Ou seja, voltaríamos a ter duas pastas.

Com a modificação Gondim deverá ficar na Administração e conforme o Blog já antecipou o atual secretário de Educação, João Bernardo Bringel assumirá a secretaria de Planejamento.

A saída de Bringel da Educação abre mais uma vaga de peso no primeiro escalão da equipe da governadora. O PT ainda sonha em ter definitivamente o comando da pasta e deve tentar emplacar o novo secretário.

Roseana ainda não definiu quem assumirá a Educação, mas será o quinto gestor a ocupar a pasta dentro do atual governo. Antes de João Bringel, passaram por lá Anselmo Raposo, Olga Simão e o deputado estadual César Pires.

A governadora Roseana Sarney deverá concluir toda a reforma administrativa até o fim deste mês, mas vale lembrar que a modificação na estrutura do Governo do Estado precisa ser aprovada pela Assembleia Legislativa.

Governo investirá R$ 1,5 bilhão em Plano de Cargos

por Jorge Aragão

Blog do Gilberto Léda

O Governo do Maranhão vai investir no Plano Geral de Carreiras e Cargos dos Servidores da Administração Direta, cialis Autárquica e Fundacional do Poder Executivo Estadual (PGCE), nos próximos quatro anos, aproximadamente R$ 1,5 bilhão, beneficiando aproximadamente 88 mil funcionários, sendo cerca de 61 mil da ativa e 26 mil inativos (aposentados e pensionistas previdenciários).

O secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, Fábio Gondim (foto), destacou que o trabalho minucioso realizado pela Seplan  tem como premissa assegurar a real valorização do servidor público estadual, promover justiça salarial, garantir aposentadoria digna e renovar o quadro de pessoal com  realização de concursos públicos.

O secretário explicou também que o levantamento detalhado de cargos dos grupos ocupacionais permitiu à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplan) reduzir de 17 para 4 os grupos existentes que ficarão assim organizados: Grupo Administração Geral, Grupo Especial, Grupo Segurança e Grupo Educação. O trabalho levou em consideração as peculiaridades de cada um deles. Foi feita ainda uma padronização e simplificação na estrutura de cargos assegurando crescimento mais homogêneo dos vencimentos entre o início e final das diferentes carreiras.

Clique aqui e continue lendo…