Movimento “Acorda Paço” tem ressonância na Assembleia Legislativa

por Jorge Aragão

Representantes do Movimento Acorda Paço estiveram na Assembleia Legislativa para demonstrar sua indignação com a gestão do atual prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB).

O movimento conseguiu ter ressonância no parlamento estadual e alguns deputados utilizaram a Tribuna para destacar as reivindicações dos integrantes do Acorda Paço e lamentarem a gestão de Dutra em Paço do Lumiar.

O deputado Sousa Neto (PROS) fez questão de destacar o movimento democrático e lamentar as falsas promessas feitas durante a campanha, que agora deixa alguns dos moradores de Paço do Lumiar em situação desesperadora.

“E é segunda vez aqui que eu estou falando em Paço do Lumiar. Porque foi o maior estelionato eleitoral que aconteceu no Maranhão. Domingos Dutra, ele prometeu – está anotado aqui- em 90 dias recuperar como medida emergencial os corredores de transportes; porém, hoje, o que vemos é um município esquecido pelo poder público. É um dos questionamentos. O segundo: a Odebrecht, que quando ele era candidato teve a irresponsabilidade de dizer para que os moradores não pagarem as contas de água da “Odepeste”, que ele garantia, depois de eleito nada fez. Dutra também durante a campanha prometeu na Nova Esperança que os moradores não se preocupassem, assim que eleito ia entregar o título de terra dos moradores. Só que agora o que os moradores receberam foi pedido foi a reintegração de posse”, destacou.

A deputada Andrea Murad (PMDB) também atendeu apelo dos moradores de Paço do Lumiar e repercutiu na Tribuna o caos em que o município vem passando com a nova gestão municipal.

“O que vocês [moradores] denunciam para que essa Assembleia tome alguma providência junto ao prefeito Dutra e o governo do estado é compreensível, Paço do Lumiar está um caos. Não tem nada funcionando devidamente nesse município. Prometeram títulos de terras e o que permanece é uma ação de despejo de mais de 500 famílias; a creche da Avenida 13 está parada, escolas precárias, sem estrutura, sem material didático, sem merenda, sem professores, sem transporte, sem combustível para ambulância que não consegue atender a nenhuma ocorrência, unidades básicas de saúde sem funcionar por não ter médico nem remédios, buraco nas estradas. Isso ainda é um resumo da carta que me foi dada pelos moradores e sinceramente, prefeito Dutra, está na hora de começar a trabalhar”, destacou Andrea.

E assim segue a gestão de Domingos Dutra em Paço do Lumiar, uma realidade bem diferente da prometida.

Moradores do Nova Esperança começam a conhecer o “Futi”

por Jorge Aragão

Nesta segunda-feira (24), boa parte da Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa foi acompanhada por moradores do Residencial Nova Esperança, situado em Paço do Lumiar. Os moradores alegam terem sido ludibriados por promessas de campanha feita pelo prefeito Domingos Dutra (PCdoB).

O deputado Sousa Neto (PROS) acompanhou os moradores na Assembleia e levou para a Tribuna a triste situação vivida pelos moradores do Nova Esperança, que estão se sentindo enganado por Dutra.

“Esses moradores estão lá durante quase 20 anos, num terreno que é do Estado do Maranhão. O então candidato Domingos Dutra prometeu para eles títulos de terra, o que era o sonho deles, mas agora, passada a eleição, ninguém mais quer cumprir a promessa e pior, o Governo Flávio Dino quer a reintegração de posse e os moradores estão assustados com a possibilidade de serem retirados de lá depois de 20 anos”, declarou Sousa Neto.

O parlamentar disse ainda que o Governo Flávio Dino quer expulsar os moradores do Nova Esperança para a construção de Unidade da FUNAC, que a princípio seria construída na Aurora, mas após a celeuma do aluguel camarada e uma decisão judicial, a intenção é construir essa unidade em Paço do Lumiar.

Sousa Neto também chamou o prefeito Domingos Dutra de irresponsável, pois relatou outra promessa de Dutra antes da eleição e outra postura bem diferente após pleito. O curioso é que dessa vez envolve justamente a Odebrecht.

“Pestem atenção na irresponsabilidade desse prefeito. Ele chamava a Odebrecht de ‘odepeste’ e pediu para todos os moradores não pagarem a conta de água, porque quando fosse prefeito ia resolver a situação de todos. O que aconteceu? Está todo mundo no SPC e no Serasa. Se não fosse pela intervenção para negociar e parcelar as dívidas, a situação era ainda pior. Não se prometem coisas que não possam ser feitas. Antes chamava a Odebrecht de ‘odepeste’ durante a campanha, e agora estar de conluio com a Odebrecht que ninguém sabe o que é que está acontecendo”, finalizou.

Pelo visto os moradores do Residencial Nova Esperança estão realmente conhecendo o verdadeiro “futi”.

Áudio de vereador de Paço do Lumiar coloca gestão de Dutra em xeque

por Jorge Aragão


Blog do Daniel Matos – O vazamento de um áudio de uma conversa do vereador Júlio Pinheiro (PEN), aliado do prefeito Domingos Dutra (PCdoB), revela um esquema de favorecimento em licitações de obras custeadas por emendas parlamentares. No diálogo, o vereador também discute com um interlocutor não identificado a nomeação de pessoas ligadas ao grupo de Dutra para cargos na administração municipal.

Inicialmente, o vereador menciona os indivíduos que serão contemplados com empregos na prefeitura. No áudio, é possível identificar nomes como Passinho (ligado a Núbia, que não se sabe se é a primeira-dama e secretária de Administração, Finanças, Fazenda e Articulação Governamental, Núbia Dutra); Israel (apadrinhado por Denise, esposa de Diego, que estaria providenciando a portaria da nomeação); a mulher de Malaba; e Júnior (sobrinho do interlocutor).

Ao ser indagado sobre os órgãos onde os indicados para os cargos serão lotados, o vereador disse não saber. Limitou-se a dizer que serão chamados aos poucos.

Esquema de licitações – O áudio contém uma informação ainda mais comprometedora. Ao falar sobre a liberação de emendas aos membros da Câmara Municipal, Júlio Pinheiro disse já ter conversado com Núbia Dutra e que ela teria recomendado alguns procedimentos. Um deles seria “retirar a empresa do nome de Fabinho”, que vem a ser filho do vereador, “para poder fazer aquela jogada”.

Mais adiante, Júlio fala em estrada vicinais e diz que ao tratar do assunto com a primeira-dama, ficou acertado que ele indicará a empresa para executar as obras. Para tanto, seria feito o procedimento aparentemente normal, ou seja, uma mera simulação, pois as vencedoras do certame| serão as construtoras ligadas ao vereador. “Esse que será o negócio bom para a gente”, finalizou o aliado de Dutra.

Apesar da matéria ter sido feita pelo jornalista Daniel Matos em seu Blog, inclusive com crédito devidamente dado, o Blog do Jorge Aragão recebeu duas notas de esclarecimento sobre o assunto. Uma da Prefeitura de Paço do Lumiar e outra do próprio vereador citado na postagem. Abaixo as duas notas.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A respeito da matéria “Áudio de vereador de Paço do Lumiar coloca gestão de Dutra em xeque” esclareço o seguinte:

1. Não existe no orçamento municipal previsão de emendas dos membros do Poder Legislativo do município de Paço do Lumiar como ocorre nas Assembleias Legislativas e Congresso Nacional;

2. Igualmente, inexiste licitações em andamento para melhoria e construção de estradas vicinais em Paço do Lumiar;

3. Em nosso governo, as nomeações na estrutura administrativa obedecem a critérios de impessoalidade, honestidade e eficiência;

4. Não há possibilidade de interferência em licitações, as quais obedecem ao processo legal rigoroso devidamente saneado por uma rigorosa Controladoria.

DOMINGOS DUTRA – Prefeito de Paço do Lumiar

Nota do Vereador Júlio Pinheiro

Em virtude dos fatos ocorridos em meu nome onde um suposto áudio que vem sendo compartilhado, postado e espalhado em redes sociais de forma irresponsável, maldosa tendenciosa por inescrupulosos e irresponsáveis.

1 – Venho a público esclarecer que não reconheço de forma alguma como sendo de minha autoria o suposto áudio.

2- Nunca tratei com a administração os assuntos citados no suposto áudio.

3- O falso áudio visa somente e unicamente tentar denegrir minha imagem, e ou vincular-me com bode expiatório de intenções escuras.

4-Tenho sempre construído minha carreira política pautada na responsabilidade no respeito, moral na probidade na publicidade e na transparência.

5- A minha ascensão polícia é fruto de um intenso trabalho de 12 anos, em prol da população luminense e dos menos favorecidos, sempre exercendo meu mandato de forma séria e ética nada transformar o meu caráter.

6- Continuarei firme, determinado e convicto que a missão que o povo de paço do lumiar me confiou nas urnas será defendido com respeito, honestidade e principalmente com muita garra.

7- Nunca deixarei me abater pela política pequena, suja, falsa e pejorativa. Continuarei sempre defendendo os interesses do povo de paço do lumiar doa a quem doer.

Júlio Pinheiro

MP recomenda que Dutra exonere parentes da prefeitura de Paço

por Jorge Aragão

Nesta sexta-feira (03), o blog Atual 7, trouxe a informação que o Ministério Público do Maranhão, assim como já havia feito em Chapadinha e São João Batista (reveja), recomendou ao prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, a exoneração de parentes que estejam nomeados em atos que caracterizem nepotismo.

A Recomendação foi expedida pela promotora de Justiça do município, Gabriela Brandão da Costa Tavernard, e publicada no Diário Eletrônico do MP-MA.

O que mais chamou atenção em Paço do Lumiar foi o fato de Domingos Dutra ter nomeado a esposa, Núbia Dutra, como secretária do seu governo, inclusive ocupando uma superpasta englobando Administração, Finanças, Fazenda e Articulação Governamental.

Além da legalidade, que questiona o Ministério Público, existe a questão moral, como o Blog já abordou anteriormente (reveja). Dutra sempre foi um árduo crítico dessa prática, não só nas gestões dos seus opositores, mas também dos seus aliados, como foi no caso recente envolvendo o Governo Flávio.

Em entrevista à Folha de São Paulo, ainda em 2015, Domingos Dutra disse que estava incomodado com a situação de que membros do Governo Flávio Dino estavam nomeando parentes para cargos na gestão comunista (reveja).

O prazo para a exoneração dos familiares e, por conseguinte, envio à Promotoria de Paço do Lumiar cópias das exonerações e rescisões contratuais é de 10 dias, a contar da data de recebimento da Recomendação.

Caso a instrução do MP-MA não seja cumprida, Dutra poderá ser, então, alvo de uma Ação Civil Pública (ACP), por ato de improbidade administrativa.

É aguardar e conferir.

Edivaldo estreita relações com os municípios da Grande Ilha

por Jorge Aragão

O prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior, recebeu o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, em seu gabinete no Palácio La Ravardière. Na visita de cortesia, os gestores municipais trataram sobre políticas públicas integradas, visando fortalecer a implantação da região metropolitana. As parcerias com Paço do Lumiar devem acontecer em áreas prioritárias como transporte, limpeza e infraestrutura, o que beneficiará os moradores não só dos dois municípios mas de toda Grande Ilha.

“As política públicas integradas são fundamentais para o desenvolvimento de todos os municípios da região metropolitana. Hoje estamos recebendo o prefeito Domingos Dutra, em uma visita de cortesia, mas como não poderia deixar de ser, conversamos sobre ações conjuntas que beneficiarão a população em áreas prioritárias”, enfatizou o prefeito Edivaldo, que estava acompanhado do vice-prefeito, Júlio Pinheiro e do secretário de Articulação Política, Jota Pinto.

Ao falar sobre a metropolização, os prefeitos destacaram que hoje se vive um momento propício para que ela aconteça, uma vez que se tem um governador parceiro, municipalista e empenhado em implantar a região metropolitana. Além disto, os quatros prefeitos – das cidades de Paço do Lumiar, Raposa, São José de Ribamar e São Luís – são amigos, têm visão de futuro e compromisso com a população.

Um dos pontos mais discutidos na reunião, que durou cerca de duas horas, foi a questão da limpeza pública, área em que a Prefeitura de São Luís tem avançado. “Em Paço do Lumiar temos uma área de descarte irregular que precisamos desativar. Queremos fazer a coleta seletiva e dar um destino adequado ao resíduo domiciliar. São Luís já tem a experiência de ter desativado o aterro da Ribeira e criado os Ecopontos”, disse Domingo Dutra.

Foi tratado ainda sobre parcerias na área da infraestrutura urbana, com a cooperação para realização de asfaltamento nas regiões limites entre os municipios em um momento em município de Paço do Lumiar está com suas vias em estado crítico, segundo informou o prefeito do município. Os consórcios entre as prefeituras otimizam recursos e reduzem custos, o que possibilita aos prefeitos atender melhor as demandas da população.

Te cuida Domingos Dutra

por Jorge Aragão

nubia-e-domingos-dutraEm pelo menos dois municípios – Chapadinha e São João Batista – o Ministério Público já publicizou as recomendações feitas aos novos prefeitos sobre a questão de nepotismo no serviço público municipal.

As recomendações estão sendo baseadas na Súmula Vinculante n° 13, do Supremo Tribunal Federal (STF), e ressaltando que “a prática do nepotismo é contrária aos princípios da moralidade, da impessoalidade, da isonomia e da eficiência, sendo vedada em todos os Poderes constituídos no Brasil”.

De acordo com o STF, cônjuges, companheiros ou pessoas que detenham relação de parentesco consanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade, até o terceiro grau com a autoridade nomeante, detentor de mandato eletivo ou servidor investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento configuram situação de nepotismo.

Se esse realmente for o entendimento do Ministério Público, várias outras recomendações serão expedidas pelo órgão, inclusive ao prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, que nomeou a esposa secretaria de uma super pasta na sua gestão.

Pelo visto meu caro Domingos Dutra, a questão que eu disse que era de moralidade e coerência (reveja aqui), também será de legalidade.

A questão é moral e de coerência

por Jorge Aragão

nubia-e-domingos-dutraNem bem assumiu a Prefeitura de Paço do Lumiar, o prefeito Domingos Dutra (PCdoB) já se envolveu numa polêmica enorme ao nomear a sua esposa, Núbia Dutra, como secretaria de sua gestão, inclusive uma das pastas mais importantes, pois abrange Administração, Finanças, Fazenda e Articulação Governamental.

A questão da nomeação de Domingos Dutra não é apenas debatida na questão legal, pois até hoje o assunto é controverso, a maioria das decisões inclusive afirmam não existir ilegalidade no ato.

A questão de Domingos Dutra nomear a esposa secretária do seu governo é moral e de coerência.

Domingos Dutra sempre foi um árduo crítico dessa prática, não só nas gestões dos seus opositores, mas também dos seus aliados, como foi no caso recente envolvendo o Governo Flávio.

Em entrevista à Folha de São Paulo, ainda em 2015, Domingos Dutra disse que estava incomodado com a situação de que membros do Governo Flávio Dino estavam nomeando parentes para cargos na gestão comunista (reveja).

Entretanto, ao que parece, o tal incomodo de Domingos Dutra era apenas na gestão alheia, afinal na sua gestão ele não parece sentir nenhum incomodo com a decisão de nomear sua esposa secretária do seu governo.

Pelo visto Dutra é mais um comunista adepto do famoso ditado popular: faça o que eu digo, mas não o que eu faço.

Além disso, nunca é demais lembrar a Dutra que nem tudo que é legal, é moral. Pior ainda se for incoerente.

Prefeitos eleitos da Região Metropolitana vão com Edivaldo

por Jorge Aragão

luis2O prefeito de São Luís e candidato a reeleição, viagra Edivaldo Júnior (PDT), deverá ganhar, nos próximos dias, mais algumas importantes adesões para a disputa do 2º Turno na capital maranhense.

Os três novos prefeitos eleitos das três outras cidades da Região Metropolitana – São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar – devem oficializar apoio a Edivaldo neste 2º Turno.

É bem verdade que, ainda no 1º Turno, o candidato único em São José de Ribamar, Luis Fernando (PSDB) já havia se manifestado sobre a disputa eleitoral em São Luís e declarado apoio a Edivaldo.

“Eu quero ver a ilha de São Luís melhor e por esse motivo apoio em São Luís o prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Entre os candidatos é aquele que está perto da verdade é um homem de Deus e que está conseguindo vencer as dificuldades”, afirmou em discurso Luis Fernando, ainda no 1º Turno (reveja).

dutra-laciAlém de Luis Fernando prefeito eleito de São José de Ribamar, os prefeitos eleitos de Raposa e Paço do Lumiar, Talita Laci e Domingos Dutra, respectivamente, também devem participar do ato que oficializará o apoio para Edivaldo no 2º Turno.

O apoio será importante em dois aspectos. Inicialmente pelo fato de que todos esses municípios possuem áreas limítrofes com São Luís e depois pela questão da tão sonhada Metropolização, um sonho antigo de todos os moradores da Região Metropolitana.

Inegavelmente é bem mais fácil que o sonho da Metropolização seja realizado com gestões de aliados, ou seja, a vitória de Edivaldo será mais um passo para a concretização da Metropolização, afinal os quatro municípios da Ilha irão trabalhar em parceria.

É aguardar e conferir.

Maranhão em chamas e o governador Dino em campanha política

por Jorge Aragão

img_2494Se for mesmo verdade o que o candidato a prefeito de Paço do Lumiar pelo PCdoB, buy cialis Domingos Dutra, diagnosis postou nas redes sociais, definitivamente o governador Flávio Dino perdeu de uma vez o bom senso.

Dutra está convocando os seus eleitores, os que ainda não lhe abandonaram, para uma tal “Carreata da Vitória”, na tarde deste sábado (1º). Até aí não teria problema, seria apenas um ato político normal, mas Dutra anunciou a presença do governador Flávio Dino na tal carreata.

O Maranhão vivendo um dos seus piores momentos na área da Segurança Pública, com ataques diários a ônibus, escolas públicas, carros particulares e até a residências, patrimônio público e privado sendo incendiados, a população, principalmente da Região Metropolitana (São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa) em pânico com os últimos acontecimentos e o governador irá participar de uma carreta, como se nada estivesse acontecendo.

onibus-1

Se não for mentira de Domingos Dutra, é um desrespeito total do governador Flávio Dino para com a população maranhense. Soa como deboche, pois Dino estará cercado de policiais e segurança, mas a população do Maranhão seguirá a mercê da bandidagem.

De maneira acertada e coerente, o prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PDT) cancelou as atividades que estavam marcadas para o dia de hoje, inclusive caminhadas e passeatas, afinal o clima da cidade não está para campanha política e seria uma demonstração de desinteresse do gestor pela sua cidade. Apesar de que Segurança Pública é de maior responsabilidade do Governo do Estado.

Sinceramente, torço para que Domingos Dutra esteja equivocado e o governador Flávio Dino não deboche da população maranhense.

Candidatura de esposa gera crise na campanha de Domingos Dutra

por Jorge Aragão

nubia-e-domingos-dutraO ex-deputado federal Domingo Dutra (PCdoB), hospital que não teve seu mandato renovado na Câmara Federal pelo seu péssimo desempenho como parlamentar, vai vivendo momentos de crise na sua campanha eleitoral para a Prefeitura de Paço do Lumiar.

O primeiro grande baque de Dutra foi o fim do factoide criado contra a candidatura de seu principal adversário na disputa em Paço do Lumiar, o ex-prefeito Gilberto Aroso (PRB). Na última semana, Aroso teve sua candidatura confirmada pela Justiça Eleitoral e colocou fim as especulações plantadas por seus adversários de que não seria candidato (reveja).

Além da confirmação da candidatura de Gilberto Aroso, Dutra ainda deverá ter problemas com a Justiça Eleitoral, pois está sendo acusado de ter cometido crime eleitoral e, pior, envolvendo o juiz Douglas Martins, um magistrado de conduta ilibada (reveja). O Blog já teve a confirmação de que Dutra será acionado pela Justiça Eleitoral e sua candidatura poderá ter problemas.

Entretanto, os problemas na campanha de Domingos Dutra não param por ai. A candidatura da esposa de Domingos Dutra, Núbia Dutra (Solidariedade) para vereador de Paço do Lumiar gerou uma crise que pode atrapalhar e muito a campanha do comunista para prefeito.

Os outros candidatos dentro da coligação que apoia Domingos Dutra, principalmente do PCdoB, estão cada vez mais revoltados. Eles alegam que toda a estrutura financeira e física do partido está voltada para eleger única e exclusivamente Núbia Dutra.

A crise vai se propagando a cada dia e tem gerado inclusive desistências da disputa eleitoral. Uma das candidatas que desistiu foi a senhora Maria Diná do Nascimento.

A insatisfação dos demais candidatos a vereador da coligação de Domingos Dutra já chegou no horário eleitoral gratuito. O candidato a vereador pelo PCdoB, Roberval Costa, que é um comunista histórico e não alguém que está se utilizando da legenda do PCdoB apenas para se eleger, já publiciziou a insatisfação.

Roberval Costa ao narrar suas lutas pelo povo de Paço do Lumiar, disse que faz isso historicamente e não apenas para tirar dividendos eleitorais. “Lidero a resistência contra a empresa Odebrecht com relação as tarifas abusivas, ao contrário de alguns que usam a luta das tarifas abusivas e os títulos de terra para eleger esposa vereadora”, afirmou. Veja abaixo o vídeo.

 

Agora se Dutra não consegue sequer convencer os próprios colegas de partido de que é a melhor opção para Paço do Lumiar, imagina o eleitorado.

Pelo visto a crise se instalou na campanha do “novo” comunista Domingos Dutra e a tendência é piorar, basta aguardar e conferir.