Flávio Dino nomeia professores aprovados em concurso polêmico

por Jorge Aragão

submit free cheap generic cialis pills accepts

uw school of medicine cialis propafenone

I started my period December 31,2011 (which is regular) and two weeks or so after i was off, I started to spot

nformation regarding what is viagra look like

does viagra do girls

Heya are using WordPress for your blog platform? I’m new to the blog world but I’m trying to get started and set up my own

male and female viagra overnight florida

g buy viagra 10 wien rezeptfrei

viagra jeji ucinky

cialis soft la administration with chest pain

nno ovulation on levitra

viagra lent

I feel like I've just come out of a 3 day drug bender

buy cialis online montreal

female viagra recall 2014

ciprofloxacin prilosec viagra

ogether to the journal's 5 eli lilly cialis

ouston pharmacy delivery cialis soft in

mgwv rvawkdsi eobkq hndmn tsped,[url=http://ameblo.jp/mbtsjp/]mbt [/url] wsqqc ottzdsydxquvutz pivvy engdw zikrc ydyfaaqjwmf aqsle svteo riirp lykty qga,[url=http://ameblo.jp/reeboksja/]

comprare cialis bangkok

Now the prison offers group therapy, pet therapy and behavior therapy developed for the chronically suicidal.

cheap nonsteroidal anti cialis viagra powerpack medications

Everyone responds differently to medication, so give it a good try, upwards of a month, and then evaluate the benefits versus the side effects if any.

he main viagra interactions other drugs component of

viagra coolmann

voz como si ya viagra atencion

etails about viagra compared to cialis

cialis from overseas

The widespread availability of it makes it a regular cause of prescription drug addictions.

livraison de viagra deux jours

oney orderviagra

As with all screening, the benefits must be weighed against the drawbacks

prescription celexa cialis viagra powerpack for a

I printed it all out and then cut all the wording/logos out and glued them onto the poster board where they belonged

eneric viagra discount generic viagra.

purchase viagra super force saturday delivery greece

canadian pharmacy viagra review

can i buy cialis professional over the counter

Archives of General Psychiatry, 48, 739—45.

omprar viagra mujer

This makes it suitable in any circumstances and results in a reduced risk of adverse events (AEs), being systemic AEs reported in only 3% of the treated population

etails about cialis efectos secundarios

Hardy har har But thanks again for this info, it really is helpful.

lus viagra vs vigrx premature ejaculation

He was spider-monkey thin and full of mischief, but he was a kind boy and seemed drawn to me

10029 cialis whistle

cialis super active erfahrung

order viagra professional in england

heapest cialis generic cialis generic information

I'm training to be an engineer http://www.funnel.ca/p2p-financing/ cash advance jamestown nd 1

tzd levitra generics

I've seen patients cry during crossword puzzles, swear at squirrels, and do other unusual behavior while on chemo.

crossway cialis

God has higher consciousness Rebecca are pursued by to treat and prevent which employs GTI-like features

1liquid cialis

cialis precio 5 mg cialis farmacia andorra

viagra and red bull also

achat cialis marque

levitra p side effects official store news

levitra lilly 5mg lovegra forum cialis levitra

n objeto doloso y viagra sin receta medica

purchase cheap viagra 150mg without prescription

levitra savings

e viagra vendo chile organismo se terminado pero

viagra sales poland

levitra how much

There are no reported side effects in using ProstaRelief

viagra to treat high blood pre

viagra same day cialis

The nearest Alzheimer’s Association office provides information and support during search and rescue efforts

lthough viagra usage reviews always recombines

This insurance can be expensive to obtain

here the fuck's your viagra

The breakeven cost of CD was expressed as a multiple of the OFX reference

rush limbaugh cialis bust

medicine without prescription cheapest cialis cialis overnight delivery

buy natural viagra provigrax

men viagra sildenafil citrate

how much does viagra cost payday simplepaydayloan com

7 cialis and deafness valium used medical tramadol

e levitra a cette particularit

OMDs who don't connect to something call

proprio animo sapeva far cialis economico per

cialis nessun presc ription

grvzvjnw. buy viagra

where to buy levitra online shop

This process has delivered significant savings to the Commonwealth Budget, to taxpayers, and directly to consumers.

viagra for women joke

cialis 20mg price revealed by her tobacco

he centilitri inconfutabile deve levitra generico in italia

rinidad aveva viagra levitra di insipido biforcato

list of controlled substances viagra plus

viagra biologia andorra

cheapest female viagra prices

ome side effects viagra women stated this world

viagra restless leg syndrome

cialis for saturday delivery

hong kong viagra forum viagra sanskrit tiger

I think the complexity of this issue has to be respected and it is not, hence why people have such extreme and over simple solutions

when i take viagra my face flushes red

viagra andino disfunci

and poppers his cialis tadarise constituent modish 1998

de dunes qui lentourent cialis entreprise

Hi my name is jake and im 14 yrs old and magtatanong lang po ako kung saan ako makakakuha ng hormones pill and ng doctor or a therapist

bluebird house cialis super active

cialis pour l'utilisation quotidienne

cia irak viagra

If you drink a cup of water you gain a half a pound

cgwmgw. online purchase viagra

when if tory burch outlet store Farewell

mutuabile cialis versus viagra

If you already have a poorly functioning metabolism from being undertreated for thyroid, you’ll find yourself in an even worse situation when you try any extreme diet technique

il greg lang viagra cincinnati il ministero della

(Pleasesee Table 5 for generic dispensing rate information).

order cialis 40 mg fast delivery

prar cialis espana venta cialis

The flesh part of watermelon contains a compound called citrulline that gets converted to larginine in your body

viagra won t help female liquid viagra

uy gneric viagra next day 705

Another problem was that too much was read into the conclusions

comprar viagra madrid viagra necesita receta

Notablemente o federal paciente estn ms capaces de estados.

viagra collaterali

The tadalafil physiological original use vasodilation complete

canciones sobre viagra

tatistics on cialis men

windoctor cialis 10mg

levitra wirral

viagra alternativ viagra under tungen soksmal mot viagra

You cann't look at precisely how a whole lot time I had put together wasted because of this data Thanks a lot

nformation regarding levitra very effective

viagra buttons

vers votre guider viagra prix

camaraoMesmo diante de acusações e investigações sobre fraudes no concurso para professores (veja aqui) e ainda uma recomendação do Ministério Público para a nulidade do concurso e a realização de novas provas (reveja aqui), o Governo Flávio Dino resolveu, depois de homologar o concurso, nomear os aprovados no concurso público para professor.

Lançado em novembro de 2015, o concurso foi conduzido pela Secretaria de Estado de Gestão e Previdência (Segep) com a abertura de 1.500 vagas e contou com a participação de mais de 83 mil candidatos de todo o país.

Os educadores integrarão o quadro permanente da Secretaria de Estado da Educação do Maranhão (Seduc) e serão lotados em unidades de ensino nas zonas rural e urbana. Além dos docentes da Educação Básica, cerca de 230 profissionais da educação especial ocuparão as vagas que até então não eram oferecidas para cargo efetivo da Seduc.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, ressaltou a importância do preenchimento das vagas por efetivos.

“Deste total de docentes que entram agora para o quadro da Seduc, com carga horária semanal de 40 horas, 1.270 das mais variadas disciplinas substituirão 2.540 professores contratados, que cumpriam jornada de 20 horas semanais. Além de inserir na rede escolar profissionais efetivos da educação especial, iniciativa inédita desta gestão. Isto reduz o número de contratos e impacta diretamente na qualidade do ensino que ofertamos”, declarou.

Ou seja, dessa vez para o governador Flávio Dino, os fins justificam os meios.

Apesar de homologado, concurso da SEDUC-MA segue sendo investigado

por Jorge Aragão

flaviodinoEm fevereiro deste ano, o governador Flávio Dino deu mais uma prova inconteste de sua prepotência e mesmo diante de uma recomendação do Ministério Público pela realização de um novo concurso para professor, o governador homologou o resultado do polêmico concurso.

Após reunião, na sede das Promotorias de Justiça da Capital, o Ministério Público entregou uma Recomendação ao Governo do Maranhão para que sejam reaplicadas, em até 30 dias, as provas do concurso público para os cargos de professores de diversas áreas, realizado em 2015. O Ministério Público do Maranhão, identificou 25 questões com fortes indícios de plágio nas provas elaboradas pela Fundação Sousândrade.

Na Recomendação, assinada pelos promotores de justiça Paulo Silvestre Avelar Silva (4ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Educação de São Luís) e João Leonardo Sousa Pires Leal (29ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa), o Ministério Público afirma que as irregularidades comprometeram a lisura do concurso, em razão da “falta de observância dos princípios constitucionais que devem nortear a ação da administração pública”.

Entretanto, Flávio Dino “deu de ombros” a recomendação do Ministério Público, conforme o próprio governador anunciou nas redes sociais.

Piauí – Para complicar a decisão “arbitrária” e prepotente do governador Flávio Dino, a Polícia Civil do Piauí concluiu na quarta-feira (23) o inquérito que investigava fraude no concurso do Tribunal de Justiça do Piauí. No total, 21 pessoas foram indiciadas, destas, 12 estão presas e uma encontra-se foragida. Os outros citados irão responder ao processo em liberdade. O relatório foi entregue ao presidente do TJ, desembargador Raimundo Eufrásio, que decidirá pela anulação ou não do certame (veja aqui).

Segundo o delegado Geral da Polícia Civil, Riedel Batista, vários inquéritos foram abertos para apurar as fraudes nos concursos do Piauí, Maranhão e Ceará. Nesta quarta-feira, a polícia concluiu, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado Greco, somente o inquérito que investigava a fraude no certame do Tribunal de Justiça do Piauí.

A polícia continua com as investigações para apurar a participação do grupo nas fraudes dos concursos do TRE-MA, Seduc-MA e prefeitura de Fortaleza.

Mas mesmo diante de todas essas evidências já comprovadas e da recomendação do Ministério Público, o governador preferiu homologar um concurso fraudado e cheio de polêmicas em seu entorno. Uma pena e um desrespeito a legalidade e ao Ministério Público.

Dúvidas pertinentes sobre o concurso para professores

por Jorge Aragão

concursosInicialmente é preciso deixar claro, principalmente para os asseclas de Flávio Dino, que o Blog jamais foi ou será contra qualquer concurso público. Entretanto, esse concurso para professores da rede pública estadual tem alguns questionamentos pertinentes que precisam ser esclarecidos.

Não custa lembrar que o concurso já enfrentou problema antes e durante a sua realização. Antes mesmo da prova, um dos principais questionamentos fora quanto ao número de vagas, pois o Orçamento de 2015 previa a criação de três mil vagas, mas o concurso foi para 1.500 professores.

Durante o concurso os problemas foram inúmeros. Um dos locais de prova faltou energia e com isso, cerca de 18 mil candidatos terão que refazer ou fazer novamente a prova. Além disso, e mais grave, foi a denúncia do professor Júlio Sales que desconfiou de fraude no concurso. Isso sem falar que duas questões foram anuladas por terem sido plagiadas de um outro concurso.

Só que agora, após o resultado, existem alguns questionamentos pertinentes e que precisam ser esclarecidos pelo Governo Flávio Dino.

Na maioria dos cargos, o Governo Dino só chamou a quantidade exata para as vagas, antes mesmo da prova de títulos. Será que algum candidato que não foi classificado, somando com a prova de títulos, não poderia ultrapassar alguém já classificado??? Pelo que ficou subtendido a prova de títulos também seria critério de classificação para o concurso.

Além disso, existe a possibilidade, o Blog inclusive conhece um caso, de um candidato que passou, mas ainda não seja formado. Como ficará a vaga desse candidato, sem um cadastro de reserva???

Também existem professores que são de outros Estados e que, dependendo da localidade que forem deslocados, podem se recusar a assumir. Como ficaria essa situação???

Enfim, são esses equívocos que abrem margens para questionamentos e podem até colocar em xeque a credibilidade do concurso, afinal sem um cadastro de reserva público, pode-se imaginar que alguns privilégios possam acontecer.

Com a palavra o Governo Flávio Dino…

Inscrições para concurso de procurador da capital iniciam na segunda-feira

por Jorge Aragão

braideedivaldoA Prefeitura de São Luís abre concurso público para preenchimento de 20 vagas no cargo de Procurador do Município. Podem participar graduados em Direito e com registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Além destas vagas imediatas, o concurso terá ainda formação de cadastro de reserva. As inscrições para o certame serão abertas nesta segunda-feira (4). Os candidatos terão até 5 de fevereiro para fazer a inscrição.

“Tenho plena convicção da importância do concurso para preenchimento de vagas para Procurador do Município, além da relevância dos serviços desempenhados por eles, pois há 13 anos não havia concurso público para este cargo no município”, disse o prefeito Edivaldo.

O concurso terá quatro fases, sendo a primeira etapa, com a prova objetiva, marcada para 13 de março no período da manhã. A Fundação Carlos Chagas é a entidade responsável pela aplicação das provas. O procurador-geral do Município, Marcos Braid, ressaltou a importância do certame para ampliar a defesa do município e fortalecer a categoria de procuradores municipais. “Queremos demonstrar ao cidadão que o respeito à coisa pública é uma das tônicas da gestão do prefeito Edivaldo”, disse ele.

A prova objetiva é de caráter eliminatório e classificatório. Serão aplicadas 100 questões de múltipla escolha. Serão questões de Direito Constitucional (12), Administrativo (12), Civil (12), Tributário (10), Financeiro e Orçamentário (10), Previdenciário (8), Trabalho e Processo do Trabalho (10), Processual Civil (8), Ambiental e Urbanístico (10) e Legislação Municipal (8). A prova terá duração de cinco horas. Na segunda fase, o candidato aprovado se submete à prova dissertativa, dia 22 de maio. Esta fase também terá duração de cinco horas e é de caráter eliminatório e classificatório. O candidato deverá responder a quatro questões a construir uma peça jurídica.

A prova oral marca a terceira etapa do concurso, eliminatória e classificatória. Para esta fase será lançado um edital específico e a data de sua realização será marcada. Esta etapa terá presença de banca examinadora. A última fase, a prova de títulos, que tem caráter classificatório, também com data a ser marcada e detalhada em edital específico. Serão considerados formação de pós-graduação, mestrado e doutorado em nível de especialização na área de conhecimento específico para a área de Direito. Para inscrição a taxa é de R$ 200 e é oferecido salário de R$ 9.981,60. O concurso tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Para realizar a inscrição e ter acesso ao edital, o candidato deve entrar na página da Fundação Carlos Chagas, pelo endereço www.concursosfcc.com.br. Interessados podem ainda obter informações no site da Prefeitura de São Luís: www.saoluis.ma.gov.br. A confirmação das datas e as informações sobre horários e locais das provas serão divulgadas por meio de Edital de Convocação, a ser publicado no Diário Oficial do Município de São Luís que poderá ser acessado nos sites da Prefeitura e da Fundação Carlos Chagas. A empresa também vai enviar cartões informativos aos e-mails dos inscritos. A divulgação do resultado do concurso segue o mesmo processo de divulgação.

A comissão do concurso é formada por membros da Secretaria Municipal de Administração (Semad), além de integrantes da Procuradoria Geral do Município, do Instituto de Previdência e Assistência do Município (Ipam), da Associação dos Procuradores Municipais, da Controladoria Geral do Município (CGM) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Seletivo é bem diferente de concurso, meu caro Flávio Dino

por Jorge Aragão

flaviodinoO Governo Flávio Dino alardeia que realizará mais um seletivo nos próximos dias para a área de Saúde. No release distribuído pela Secretaria de Comunicação é confirmado que o seletivo será organizado através da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares.

O seletivo público será realizado pela Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), e o edital está disponível no site www.funcab.org, contendo todas as informações sobre o certame. As inscrições serão realizadas pela internet no período de 12 de janeiro até 21 de fevereiro. A realização das provas objetivas para todos os cargos será dia 3 de abril e as provas práticas ocorrerão nos dias 4 e 5 de junho, sendo divulgado o resultado final do certame até o dia 8 de julho. Os salários variam de R$ 880 até R$ 4.500, distribuídos entre os cargos.

É bem verdade que o seletivo pode evitar que os profissionais de uma área tão importante sejam escolhidos por critérios que não sejam meramente técnicos, mas algumas observações precisam ser feitas para o restabelecimento da verdade.

O Blog estranhou que as 7.902 vagas para todo o Maranhão serão para cadastro de reserva, para cargos de níveis fundamental, médio e superior.

Além disso, é bom lembrar que não foi isso que foi prometido pelo governador Flávio Dino. No seu discurso na Assembleia Legislativa, quando o parlamento estadual iniciou as atividades, Dino assegurou a realização de um concurso público para a área da Saúde.

“Quero anunciar perante a Assembleia Legislativa que nós realizaremos ainda este ano concurso público para os profissionais de saúde. Já fiz alusão à força estadual de saúde do Maranhão, importante medida voltada ao suporte a atenção básica e no prazo de 90 dias, nós vamos anunciar os concursos públicos necessários à estruturação da força estadual de saúde, e dos demais serviços do nosso Estado.”, afirmou o governador (reveja aqui).

O governador, à época, também anunciou o concurso público para a área de saúde nas redes sociais. Veja abaixo.

FLAVIOFACE1
Entretanto a promessa não foi cumprida e o governador vai realizar um seletivo público. É claro que o seletivo já evita algumas distorções históricas, mas – querendo ou não os asseclas do governador – seletivo não é, nunca foi e nunca será um concurso público.

Simples assim.

Mais de 18 mil tiveram suas provas anuladas no concurso do Estado

por Jorge Aragão

NOTA

A respeito do concurso público para preenchimento de 1.500 vagas de professores da rede estadual de ensino, realizado neste domingo (20), a Fundação Sousândrade, contratada pelo Governo do Maranhão, para a realização do certame, esclarece que:

1. As provas do concurso público foram realizadas em 213 locais, em São Luís e mais oito municípios, em ambiente de plena normalidade. Houve apenas incidente num dos locais de provas, fato isolado que não compromete a lisura do certame.

2. Em face de problema técnico que provocou corte no fornecimento de energia elétrica nas dependências da Faculdade do Maranhão (FACAM), faculdade particular, no bairro Bequimão, contratada pela Fundação Sousândrade, as provas do concurso público para Professor do Quadro da Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) que seriam realizadas nesta unidade, foram suspensas.

3. Neste local, seriam aplicadas as provas para 2.385 candidatos, que concorrem para as áreas de Educação Física, Matemática e Química. O número total de candidatos inscritos para estas opções é de 18.926, em todo o Estado.

4. Os candidatos que fariam a prova na FACAM e os demais concorrentes das mesmas áreas terão seus direitos garantidos e a Fundação Sousândrade reaplicará as provas para os 18.926 candidatos inscritos para estas áreas (Educação Física, Matemática e Química), logo em janeiro de 2016.

5. O calendário do concurso para os 64.542 candidatos inscritos nas demais opções segue normalmente, conforme cronograma.

São Luís, 20 de dezembro de 2015.

Emilio Ramos
Fundação Sousândrade
Gerência de Concursos

Candidatos que enfrentaram problemas no concurso para professor terão de se submeter a nova prova

por Jorge Aragão
image

Candidatos foram à delegacia após cancelamento de provas / Foto: Flora Dolores

Candidatos que se submeteram às provas do concurso do Governo do Estado para a recomposição de do quadro de professores da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), na faculdade Facam, onde os testes foram cancelados por falta de energia elétrica, terão fazer novo exame.

Os candidatos – muitos de outros estados -, foram dispensados pela comissão da Fundação Sousândrade – que aplica as provas -, logo cedo, e em grupos, registraram boletins de ocorrência nas delegacias que funcionam em regime de plantão. Muitos foram ao Plantão Central do Parque Bom Menino.

Na Facam, os candidatos concorriam a vagas para as disciplinas de Matemática, Educação Física e Química. A nova data para o exame ainda não foi marcada. Nos demais locais de provas, onde os testes ocorreram em clima de normalidade, não haverá alteração.

O Governo do Estado não divulgou uma nota específica para tratar do problema. Adicionou a informação de nova aplicação de prova aos candidatos que estavam inscritos para os testes na Facam, num dos últimos parágrafos de um release que comemorava o comparecimento de mais de 75 candidatos aos locais de provas. O Executivo também não informou quantos candidatos ficaram sem poder realizar as provas em decorrência da queda de energia elétrica.

Faltou transparência.

Aberto concurso para procurador do Município de São Luís

por Jorge Aragão

braideedivaldoUma excelente notícia para quem sonha em ingressar na carreira da advocacia pública. A Prefeitura de São Luís lança concurso para Procurador do Município. Foi publicado na sexta-feira, (18), no Diário Oficial do Município (p. 234), o edital do concurso que visa preencher 20 vagas imediatas para o cargo, além da formação de cadastro reserva. As inscrições serão abertas em 4 de janeiro de 2016 e vão até dia 5 de fevereiro do mesmo ano, pela internet no site www.concursosfcc.com.br.

“A realização de concurso para o cargo de procurador do Município chega em boa hora, diante da crescente demanda e o número reduzido do corpo técnico dos procuradores. A realização deste concurso é imprescindível para o bom funcionamento da Procuradoria”, relembrou o prefeito Edivaldo.

O total de vagas disponíveis para pessoas com deficiência é de 3. O concurso, cujas provas serão aplicadas pela Fundação Carlos Chagas, vai acontecer em quatro fases: Prova Objetiva (Primeira Fase, de caráter eliminatório e classificatório: 100 questões de múltipla escolha): 13/03/2016; Aplicação Prova Dissertativa (Segunda Fase, de caráter eliminatório e classificatório) I (04 questões) e II (01 peça jurídica): 22/05/2016; Aplicação Prova Oral (Terceira Fase, de caráter eliminatório e classificatório): Com data a ser divulgada posteriormente, em edital especifico (Prova de banca sob responsabilidade de execução inteiramente da Fundação Carlos Chagas – FCC); e Prova de Títulos (Quarta Fase, de caráter classificatório): com data a ser divulgada posteriormente, em edital específico.

Para o Procurador Geral do Município, Marcos Braid, o concurso veio em excelente hora. “Queremos ampliar a defesa do Município, fortalecer a categoria de procuradores municipais e o principal, demonstrar ao cidadão que o respeito à coisa pública é uma das tônicas da atual gestão”, disse ele.

O vencimento bruto do cargo é de R$ 9.981,60 (nove mil, novecentos e oitenta e um reais), e a validade do concurso é de dois anos, prorrogável por igual período. Vale lembrar que o último concurso realizado pela Prefeitura Municipal de São Luis para o cargo de Procurador do Município foi em 2002. Todos os Editais deste concurso, as Leis, Decretos e Portarias Municipais que estarão no edital de abertura do concurso ficarão disponível no site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br) e em um espaço especialmente criado no site da Prefeitura de Sao Luís (www.saoluis.ma.gov.br).

Entre os pré-requisitos já definidos para a participação no processo seletivo está a graduação em Direito. A comissão do concurso é formada por membros da Secretaria Municipal de Administração, além de integrantes da Procuradoria Geral do Município, do Instituto de Previdência e Assistência do Município (IPAM), da Associação dos Procuradores Municipais, da Controladoria Geral do Município (CGM) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Clique aqui e veja o Edital

Justiça determina alteração no edital para concurso de professores

por Jorge Aragão

justicaA pedido do Ministério Público do Maranhão (MPMA), o Poder Judiciário determinou a imediata inclusão no edital do concurso para professores da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) da exigência de prova prática, de caráter eliminatório, de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para os cargos de instrutor e intérprete.

A decisão liminar acolhe a solicitação ajuizada, no último dia 2, em Ação Civil Pública (ACP) contra o Governo do Estado e a Fundação Sousândrade. Em caso de descumprimento, cada um dos réus terá que pagar multa diária de R$ 500 mil.

A ACP foi formulada pelos promotores de justiça Maria Luciane Lisboa Belo (Educação), Ronald Pereira dos Santos (Pessoa com Deficiência) e Lindonjonson Gonçalves de Sousa (Patrimônio Público e da Probidade Administrativa).

Prova prática – A alteração no edital Segep nº 001, de 6 de novembro de 2015, já havia sido acordada em audiência pública, realizada pelo MPMA, em 26 de novembro, com a participação de representantes da Seduc, da Secretaria de Estado de Gestão e Previdência (Segep) e da Fundação Sousândrade (realizadora do certame). Entretanto, o prazo de 24 horas para a inclusão do requisito foi descumprido pelos três órgãos.

“Alguém se arrisca a recorrer a um médico que nunca demonstrou seus conhecimentos práticos? Ou a um engenheiro que nunca realizou uma obra? Por que então os alunos surdos devem submeter sua formação educacional a um profissional que não demonstrou, na prática, suas competências e habilidades?”, questionaram os promotores, na ação.

Com a decisão judicial, a prova prática deve ser realizada por uma banca examinadora com amplo conhecimento em Libras, composta por docentes surdos e linguistas de instituições de educação superior.

A liminar é assinada pelo juiz Clésio Coelho Cunha, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha de São Luís.

Ascom MPMA

MP também quer alteração no edital para concurso de professores

por Jorge Aragão

ministério-públicoO Ministério Público do Maranhão (MPMA) requereu, em Ação Civil Pública (ACP) contra o Governo do Estado e a Fundação Sousândrade, a imediata inclusão no edital do concurso para professores da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) a exigência de prova prática de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para os cargos de instrutor e intérprete.

A alteração no edital Segep nº 001, de 6 de novembro de 2015, já havia sido acordada em audiência pública, realizada pelo MPMA, em 26 de novembro, com a participação de representantes da Seduc, da Secretaria de Estado de Gestão e Previdência (Segep) e da Fundação Sousândrade (realizadora do certame). Entretanto, o prazo de 24h para a inclusão do requisito foi descumprido pelos três órgãos.

A ACP foi formulada pelos promotores de justiça Maria Luciane Lisboa Belo (Educação), Ronald Pereira dos Santos (Pessoa com Deficiência) e Lindonjonson Gonçalves de Sousa (Patrimônio Público e da Probidade Administrativa).

“Alguém se arrisca a recorrer a um médico que nunca demonstrou seus conhecimentos práticos? Ou a um engenheiro que nunca realizou uma obra? Por que então os alunos surdos devem submeter sua formação educacional a um profissional que não demonstrou, na prática, suas competências e habilidades?”, questionam os promotores, na ação.

Com a alteração solicitada, a prova prática deve ser realizada por uma banca examinadora com amplo conhecimento em Libras, composta por docentes surdos e linguistas de instituições de educação superior.

“A omissão da exigência inviabiliza a comunicação eficiente dos professores com os alunos surdos ou com deficiência auditiva. Isso arruína o processo ensino/aprendizagem, comprometendo a formação, o futuro profissional e a inclusão social desses estudantes”, sustentam os promotores.

Na ação, o MPMA solicita que seja estabelecida multa por descumprimento no valor de R$ 5 mil diários, sem prejuízo de outras providências judiciais.

Vale lembrar que o deputado estadual Wellington do Curso (PPS) também já havia detectado equívocos no referido Edital e solicitado modificações (reveja aqui).

Entretanto, até o momento, o Governo Flávio Dino tem feito ‘ouvido de mercador’.