FUNAC: Roberto Rocha cutuca Governo Flávio Dino

por Jorge Aragão

O senador Roberto Rocha (PSB) não deixou passar a polêmica da Unidade de Ressocialização da FUNAC, no bairro da Aurora, envolvendo o Governo Flávio Dino.

O prédio, que está alugado e recebendo o aluguel desde julho de 2015, mesmo sem funcionar a FUNAC, pertence a Jean Carlos Oliveira, que se filou recentemente (2013) ao PCdoB. Sobre o assunto, o Governo Flávio Dino quer que todos acreditem que foi mera coincidência.

Roberto Rocha, utilizando as redes sociais, disse que no Maranhão o comunismo defende a propriedade privada, mas dos próprios comunistas. Veja abaixo.

rcoha

Pelo visto é bem assim mesmo, ao menos no governo comunista de Flávio Dino.

O secretário de Comunicação do Governo Flávio Dino, também nas redes sociais, mandou uma indireta ao ex-aliado e agora opositor Roberto Rocha. Diante da insinuação, o jornalista Gilberto Leda questionou o porque do Estado não tentar reaver o terreno citado.

Logo depois foi o próprio Roberto Rocha que “bateu forte”. O senador disse que se não procurasse reaver o terreno que ele assegura ser do Estado, Jerry faria jus a fama de patife. Veja abaixo.

jeryrober

O clima realmente esquentou e agora caberá a Márcio Jerry, como homem forte do Governo Flávio Dino, agir e buscar reaver o terreno que segundo ele pertencia a Polícia Militar. Se não fizer ficará desmoralizado.

 

FUNAC: a Nota da Nota é uma piada pronta

por Jorge Aragão

funac-aurora

O Governo Flávio Dino definitivamente parece ter perdido o bom senso e a decência ao tentar explicar o fato de pagar, desde 2015, o aluguel de um prédio, de propriedade de um recém-filiado ao PCdoB, que será adaptado para uma Unidade de Ressocialização da FUNAC, no bairro da Aurora.

O primeiro fato que chamou a atenção de todos no episódio, foi a insistência do governador Flávio Dino na construção da FUNAC na Aurora. Mesmo com protestos e reclamações da comunidade, o comunista se diz irredutível e sem sequer dar oportunidade de diálogo aos moradores da Aurora.

O segundo procedimento que deveria ser melhor explicado, apesar de não ser ilegal, mas é imoral, principalmente para quem condena tal ato em governos anteriores, é o fato de que o tal prédio pertence a Jean Carlos Oliveira, que se filou recentemente (2013) ao PCdoB. Sobre o assunto, a Nota deixa a entender que foi mera coincidência. Clique aqui para verem o tamanho da coincidência. Coincidências essas que não eram toleradas em gestões passadas.

Outro ponto que deixou o Governo Flávio Dino de “calça arriada” foi desde quando está acontecendo o pagamento do aluguel do prédio do comunista. A primeira informação, do próprio governo, era de 2016, mas depois que foi pego na mentira, refez a Nota, ou seja, emitiu a Nota da Nota afirmando que o pagamento é feito desde julho de 2015.

Por fim, como diz o próprio Governo Flávio Dino na sua Nota, o prédio alugado sofrerá apenas adaptações e reformas para ser utilizado como uma Unidade de Ressocialização da FUNAC. Ou seja, o próprio Governo Flávio Dino, que paga o aluguel desde 2015, admite que para se fazer apenas adaptações e reformas no tal prédio, a demora descomunal já é de um ano e seis meses. Enquanto isso, o aluguel tem sido pago mensalmente com o dinheiro do contribuinte maranhense.

Clique aqui para ler a Nota da Nota na íntegra e veja se é ou não uma piada pronta. Pelo visto, cada vez que O Governo Flávio Dino tenta se explicar, se complica mais sobre essa insistência da FUNAC na Aurora.

Que coisa!!!

Explicado a insistência de Flávio Dino na FUNAC na Aurora?

por Jorge Aragão

pcdob-funacDesde que o Governo Flávio Dino, mesmo sem ter dialogado com a comunidade, anunciou a instalação de Unidade de Ressocialização da FUNAC no bairro da Aurora, o assunto tem rendido inúmeras polêmicas.

A comunidade da Aurora, apoiada pela ex-vereadora Rose Sales, tem buscado o diálogo para evitar que a FUNCA seja instalada no bairro, mas o governador Flávio Dino e seus asseclas, outrora adeptos e promovedores dos “Diálogos pelo Maranhão”, têm se mostrado irredutíveis.

Entretanto, talvez a explicação esteja na postagem exclusiva do Blog do Daniel Matos. O jornalista revelou que o prédio que funcionará a FUNAC na Aurora pertence a um mbro do PCdoB, mesmo partido do governador Flávio Dino (veja aqui).

De acordo com a revelação de Daniel Matos, o comunista privilegiado desta vez é Jean Carlos Oliveira, que assinou ficha de filiação ao PCdoB em 2013.

Para deixar a situação ainda mais incômoda para o governador Flávio Dino é que os pagamentos para o aluguel do prédio já começaram a ser pago desde junho do ano passado, ou seja, bem antes da FUNAC entrar em funcionamento.

Depois de uma revelação dessa, é óbvio que a pergunta que não quer calar é: estaria explicado a insistência do Governo Flávio Dino na FUNAC na Aurora?

E assim segue a mudança prometida por Flávio Dino e seus asseclas.

Jerry acusa Rose Sales de demagogia e depredração do patrimônio público

por Jorge Aragão

roseejerry

O secretário de Comunicação do Maranhão, Márcio Jerry, mesmo que tardiamente, resolveu reagir as críticas feitas pela ex-aliada e ex-vereadora de São Luís, Rose Sales. A ex-comunista tem criticado a intenção do Governo Flávio Dino de construir uma Unidade de Ressocialização no bairro da Aurora.

Por duas vezes, utilizando as redes sociais, Rose Sales fez duras críticas a decisão do governo comunista e principalmente a postura prepotente e arrogante do governador que tem se recusado a dialogar com a população. Reveja aqui e aqui.

Márcio Jerry acusou a ex-aliada, inclusive ex-integrante do PCdoB e que fez campanha para o governador Flávio Dino, de oportunismo demagógico.

“Oportunismo demagógico da ex-vereadora Rose Sales a cega tanto, a ponto de querer criminalizar quem exatamente atua pra evitar crimes”, escreveu.

O secretário de Comunicação foi ainda mais além e fez uma grave acusação a ex-vereadora. Jerry disse que Rose Sales comandou depredação do patrimônio público.

“Em completo desvario, Rose Sales comanda depredação de prédio para evitar adoção de medidas sócio-educativas a adolescentes”, finalizou.

Rose Sales é apenas mais uma vítima da intolerância de quem governa o Maranhão. Qualquer um, inclusive quem já ajudou muito e foi aliada, que se atreva a discutir as decisões tomadas pelo governo comunista vira inimiga e é agredida publicamente.

O curioso é que durante a pré-campanha eleitoral para o Governo do Maranhão o termo mais utilizado era “diálogo”, afinal foram realizados os Diálogos pelo Maranhão. Entretanto, após a vitória é justamente o diálogo que está sendo negado aos moradores da Aurora e a ex-vereadora Rose Sales.

A comunidade agora deve aproveitar as férias de Flávio Dino e buscar um entendimento com o governador em exercício, o vice-governador Carlos Brandão, afinal já sabe que com o comunista não terá mesmo o tão propagado diálogo.

Rose Sales volta a criticar postura do governador Flávio Dino

por Jorge Aragão

roseA vereadora Rose Sales, novamente utilizando as redes sociais, voltou a criticar a postura adotada pelo governador Flávio Dino com relação a comunidade da Aurora. Numa primeira postagem, a vereadora destacou a arrogância e a prepotência do governador (reveja).

Rose Sales agora lamentou a decisão ditatorial do governador com relação a implantação de uma Unidade de Ressocialização para Adolescentes Infratores na Aurora. A vereadora segue apoiando a resistência dos moradores.

“A comunidade da Aurora demonstrou desprezo e indignação por ter sido bastante desrespeitada pelo governador Flávio Dino, que não se dispõe a ouvir e a entender os motivos pelos quais os moradores não aceitam a instalação de uma UNIDADE DE RESSOCIALIZAÇÃO PARA ADOLESCENTES INFRATORES, considerando, que há mais de 40 anos sofrem com os assombros das fugas da antiga CEREC, hoje CCPJ”, escreveu.

Vale lembrar que Rose Sales já foi do PCdoB, mesmo partido do governador, fez campanha para Flávio Dino em diversas eleições, inclusive em 2014, mas agora, assim como tantos outros, parece visivelmente decepcionado com a postura adotada na prática pelo comunista, bem diferente da teoria apregoada.

Apesar da resistência da comunidade, o governador, assim como não se sensibilizou com os protestos contra o aumento do ICMS, segue firme no propósito de instalar a unidade no bairro da Aurora.

É aguardar e conferir.