Luis Fernando confirma apoio e voto em Tema para FAMEM

por Jorge Aragão

luisfernandoO prefeito eleito de São José de Ribamar, ailment Luis Fernando Silva, confirmou que estará apoiando a candidatura do prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, para a presidência da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão –FAMEM.

“Já sou cabo eleitoral do Tema para a presidência da FAMEM. É um grande companheiro, uma liderança reconhecida, fez um grande trabalho na própria Federação, durante seus dois mandatos e foi o primeiro a me procurar. Os demais postulantes são competentes, mas o Tema, prefeito de Tuntum, foi quem me primeiro entrou em contato comigo e por isso, garanto o meu voto e meu empenho na eleição dele”, assegurou Luis Fernando.

Eleito com 96,17% dos votos em São José de Ribamar, a maior votação do país nas eleições de outubro, Luis Fernando disse que isso aumenta seu compromisso e sua responsabilidade com o povo daquela cidade. Sobre suas primeiras medidas, quando assumir o cargo em janeiro, revelou que a prioridade é a reconstrução da cidade.

“Em primeiro de janeiro, vamos providenciar a integração da Guarda Municipal com o aparelho de Segurança da cidade, para propiciar garantia da integridade do cidadão ribamarense. Vamos resgatar o orgulho do povo de ser ribamarense”, acrescentou.

Luis Fernando disse que voltará a a ser prefeito 24 horas, garantindo que haverá plantão de secretários. “A população de São José de Rib amar vai voltar a sentir a presença do poder público na cidade”, frisou Luis Fernando.

Com o apoio de Luis Fernando, uma liderança política no Estado, Tema dá um grande passo para conseguir voltar ao comando da FAMEM.

É aguardar e conferir.

2 comentários

Coluna do Sarney: A democracia e os poderes

por Jorge Aragão

Foi um ex-presidente do Supremo Tribunal Federal quem, thumb há mais de 10 anos, profetizou que se estava estabelecendo no Brasil um procedimento que iria dar muito trabalho às instituições. Era o fato de que, quando se criava um impasse político, em geral no Legislativo, estava se criando também uma oportunidade de o submeter à Justiça, uma espécie de terceira instância, dando ao STF a função de harmonizar conflitos que deviam ser resolvidos pela própria política. Era o tempo do procurador Luís Francisco, que passou a ser popularíssimo porque tomava a frente para ser o xerife das mazelas do país e da política.

A Constituição de 1988 criou as figuras da ADIN, dos direitos difusos – estes até fui eu quem criou, em 1985, quando mandei a Lei da Ação Civil Pública, que deu ao Ministério Público o grande instrumento de força que hoje tem -, e das ações cautelares que agregaram ao Poder Judiciário um protagonismo muito grande. A esse protagonismo chamou o ministro Jobim de judicialização da política. E realmente isto aconteceu, com a consequência inevitável de politização da Justiça, hoje envolvida na solução das questões maiores e mais complicadas do Executivo, com grande apelo a aquilo que Ulisses Guimarães chamou a voz das ruas.

O Brasil sempre foi acostumado ao Poder Moderador, exercido no Império pelo imperador, assessorado pelo Conselho de Estado. Como o imperador tinha o poder de dissolver o Congresso e convocar eleições, quando surgia o impasse ele vinha e usava seu poder moderador. Graças a isso os partidos não se perpetuavam no poder, já que ele gostava da alternância. Se esse poder o auxiliou a governar com a Constituição que mais tempo durou – a de 1824 -, por outro lado criou o germe do republicanismo, a que aderiram aqueles que ficavam prejudicados com as mudanças de gabinete.

Na República, não havendo Poder Moderador e as crises continuando, como é próprio do Estado e da política, os militares, que a tinham fundado, passaram a exercê-lo, com as intervenções salvacionistas de que sofremos até 1985.

Agora surge uma grave crise institucional entre o Poder Legislativo e o Poder Judiciário, e isso é muito mal para o país, necessitando que todos nós, brasileiros, lutemos para que ela seja superada. Ninguém mais do que eu, quando exerci a política ativa, prestigiou o Judiciário, compreendendo que, nas democracias fortes, é ele que assegura a força das instituições e sua vigilância. Assim, devemos dar condições aos nossos juízes para que eles cumpram a função moderadora necessária nas democracias fortes.

A democracia começou a tomar corpo, na instituição do Estado moderno, com a evolução da separação dos poderes de somente entre Executivo e Legislativo para a antiga fórmula de Aristóteles, retomada sucessivamente por teóricos como Maquiavel, Locke, Bodin, Hobbes até assumir a forma tripartite consagrada em O Espírito das Leis, do barão de Montesquieu, em que o Judiciário se torna a chave do sistema. É sobre ele que pesa a maior responsabilidade da harmonia entre os poderes.

É hora de fortificar o Poder Judiciário e acabar com esse mal-estar entre Congresso, STF e MP.

José Sarney

1 comentário

Codó e Ribamar recebem o reconhecimento da UNICEF

por Jorge Aragão

1

Foi realizada na sexta-feira (2) a cerimônia de diplomação de gestores das 42 cidades do estado que receberam a certificação do projeto ‘Selo Unicef Município Aprovado’, there edição 2013/2016. O evento que aconteceu no Palácio Henrique de La Rocque homenageou os prefeitos de Codó e São José de Ribamar.

Por seu compromisso com as políticas públicas voltadas para ações integradas nas áreas de saúde, educação, proteção e assistência social para crianças e adolescentes, o prefeito de Codó, Zito Rolim, recebeu pela quarta vez o certificado do projeto ‘Selo UNICEF Município Aprovado’, edição 2013/2016, garantindo o reconhecimento para Codó como uma das 42 cidades do Estado do Maranhão a receberam a certificação.

“Para nós é mais um momento de alegria e satisfação, em saber que estamos sendo, mais uma vez, reconhecidos pelo trabalho que realizamos de forma atenta e compromissada na área de políticas públicas voltadas à melhoria dos indicadores sociais, de combate à pobreza e à desigualdade com foco na infância e adolescência. Quero também parabenizar a todos os profissionais do município que atuam nesta área e a todos os parceiros deste projeto, que são responsáveis por mais esta conquista, reconhecida pela UNICEF e pelo governo de nosso Estado”, agradeceu o prefeito Zito Rolim, que esteve acompanhado do prefeito eleito de Codó, Francisco Nagib.

O ‘Selo Unicef Município Aprovado’ é uma certificação internacional concedida pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) que reconhece avanços reais e positivos para a vida de crianças e adolescentes que resultaram do esforço de municípios, por meio de políticas públicas que promovem, protegem e asseguram direitos de meninos e meninas. Nesta edição, no Maranhão, 150 municípios iniciaram o processo, em 2013, 71 terminaram e 42 deles foram premiados.

Para receber o Selo Unicef, foram avaliados três eixos: impacto social, gestão de políticas públicas e participação social. Nesta edição, foi dado destaque a diminuição da taxa de mortalidade infantil, redução da distorção idade-série, diminuição da desnutrição em crianças menores de dois anos. Nas ações de mobilização social os municípios também se destacam pelos esforços no combate ao mosquito Aedes Aegypti. Além de avaliar, o Unicef acompanha todos os municípios integrantes do programa ao longo dos quatro anos.

unicef-1

O município de São José de Ribamar foi em mais uma versão do Selo Unicef Município Aprovado (edição 2013/16), honraria internacional que reconhece o trabalho executado pelo poder público e sociedade direcionado para garantir dias melhores ao jovens e crianças ribamarenses. A cidade, é importante destacar, já havia recebido o Selo na edição 2009/12. A honraria foi recebida pelo prefeito Gil Cutrim (PDT).

“O Selo é um reconhecimento importante das políticas públicas que desenvolvemos no setor da assistência social e que continuam contribuindo para a melhorar a qualidade de vida do povo ribamarense”, afirmou Cutrim, que recebeu os cumprimentos do governador e do representante da Unicef.

Esta foi a segunda edição da iniciativa, que tem se mostrado um importante instrumento de articulação e mobilização para promoção do diálogo e realização dos direitos de crianças e adolescentes.

São José de Ribamar foi avaliada em três eixos: Impacto Social, Gestão de Políticas Públicas e Participação Social.

Prefeitura e sociedade, juntas, participaram ativamente das capacitações e outros encontros, além de realizar inúmeras agendas e atividades propostas. Tudo isso, de acordo com a Unicef, demonstrou claramente o compromisso do prefeito e de sua equipe de trabalho para com a infância e adolescência.

Faça seu comentário

Alarmante: 642 homicídios em 11 meses na Ilha de São Luís

por Jorge Aragão

revolver_violencia_thumb2É alarmante o número de assassinados registrados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) na Região Metropolitana de São Luís, remedy que compreende os municípios de SãoLuís, health São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

Reportagem especial de fim de semana de O Estado revela que 642 homicídios dolosos foram registrados de janeiro a novembro deste ano na Ilha. A maior parte do crimes ocorreu na capital, com 462 casos. O bairro mais violento, segundo relatório da SSP, é a Cidade Olímpica, com 19 assassinatos em 11 meses.

A área do Coroadinho também é uma das mais violentas da capiral, com 16 casos registrados e os bairros Anil e Vila Embratel aparecem logo em seguida, com 14 assassinados, cada.

A reportagem mostra também que os meses de fevereiro e julho foram os que mais registraram casos de homicídios dolosos na capital: 53 mortes em cada. Em março, agosto e outubro, ocorreram 46, cada; janeiro, 42; novembro, 39; setembro, 35; junho, 33; e abril foi o mês com o menor número de ocorrência desse tipo de crime, com 32 assassinatos. Nos demais municípios da Ilha a violência também é alarmante.

O delegado da Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção a Pessoas (SHPP), Marcos Affonso Júnior, afirmou que a maioria desses assassinatos têm ligação com o tráfico de entorpecentes e rixa entre facções criminosas. “As facções criminosas, na maioria das vezes, brigam entre si com o objetivo de conquistarem novos espaços para vender droga”, declarou o delegado.

Um quadro preocupante na Região Metropolitana de São Luís.

5 comentários

Roseana comemora evolução do IDH no Maranhão

por Jorge Aragão

roseana-sarneyA ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) comemorou os números do Atlas do Desenvolvimento Humano, advice que elevou o IDH no Maranhão durante a sua gestão e avaliou que este resultado é fruto do esforço que o seu governo fez.

“Os avanços registrados no IDH são, view na grande maioria das vezes, discount mais lentos do que os resultados que conseguimos levar de imediato em diversos setores, como é exemplo da saúde, onde, em curtíssimo prazo, o meu governo fez o maior programa de melhoria no atendimento já realizado em todo o Maranhão”, disse.

Para a peemedebista, os dados reforçam o compromisso da sua gestão. “Esses dados só reforçam o compromisso que tivemos ao logo do meu mandato para melhorar a vida das pessoas”, ressaltou.

“Construímos, geramos emprego e renda, atraímos dezenas de empresas e capacitamos cerca de 500 mil pessoas no programa Maranhão Profissional. É incontestável! Demos oportunidade de verdade, e é disso que o Maranhão precisa”, completou.

Roseana Sarney disse ter ficado feliz por ver o resultado de seus esforços começarem a aparecer nas estatísticas de institutos nacionais. “Fico muito feliz por hoje ver, nesses novos números, que valeu a pena todo o esforço que fizemos”, finalizou.

Leia mais sobre o tema aqui.

4 comentários

Felipe Camarão começa a se destacar mais uma vez no Governo Dino

por Jorge Aragão

felipe_camarao___fotodiegochaves-91830É inegável que alguns ainda duvidam de que o gestor Felipe Camarão pudesse conseguir na Secretaria de Educação do Maranhão o mesmo resultado que obteve em outras pastas por onde passou.

Entretanto, and após quase dez meses na nova pasta, medical Felipe Camarão começa novamente a se destacar e confirmar que é um dos melhores gestores do Maranhão, medical afinal consegue alinhar duas características essenciais probidade e competência.

Camarão já teve um desempenho excelente no PROCON, ainda no Governo Roseana, e foi galgando espaço no Governo Flávio Dino. Iniciou como secretário de Gestão e Previdência, onde fez um bom trabalho, inclusive destacado por muitos sindicatos pelo relacionamento com o servidor público estadual. Com o destaque obtido, Camarão teve que socorrer Flávio Dino na Secretaria de Cultura. Apesar de ter seu nome questionado no início, apenas por não ser da área artística, Camarão não só resolveu os problemas como otimizou a pasta, tanto que quando foi anunciada sua saída, vários segmentos do meio artístico/cultural pediram para que ele permanecesse.

O governador Flávio Dino então criou a Secretaria de Governo para que Felipe Camarão pudesse ser uma espécie de “super secretário” na gestão. Só que novamente o gestor teve que ser deslocado para uma pasta com problemas no governo comunista e assim Camarão foi parar na Educação.

Depois de dez meses, o cenário é outro e os avanços começam a ser vistos. É óbvio que Felipe Camarão não conseguiu e nem conseguirá, pois não depende exclusivamente dele algumas decisões, resolver todos os problemas da pasta, mas conseguiu avançar muito.

Camarão confirmou nesta semana uma parceria com a Secretaria de Infraestrutura que proporcionará a construção de 56 quadras esportivas nas escolas estaduais do Maranhão. Na realidade serão 60, pois quatro – C.E João Pereira Martins Neto em Estreito, C.E. Dom Hamleto de Ângelis em Viana; U.E. Vespasiano Ramos em Caxias e C.E. Senador ClodmirMillet em Timon – já estão sendo construídas.

“Na educação eu posso dizer que essa é uma parceria que já nasceu dando certo, continua dando certo, rende bons frutos. Agora mesmo até o mês de fevereiro nós iremos entregar inúmeras escolas tanto da rede regular quanto escolas dignas e agora essas quadras. Enfim, é uma parceria que favorece as comunidades escolares e a população do Maranhão”, disse o secretário Felipe Camarão.

quadrasquadras1

Além disso, Felipe Camarão conseguiu conduzir, com retidão e democracia, um processo complicado de escolha para as funções de Gestor/Diretor Geral e Gestor Auxiliar/ Diretor Adjunto.

O modelo adotado de escolha consolida a implantação de uma gestão escolar democrática no Maranhão. Foram mais de 160 mil pessoas entre alunos, professores, pais e funcionários que participaram, nesta semana, do processo em 18 Unidades Regionais da Educação.

eleicoes

Felipe Camarão, explicou que, neste ano, o processo foi aperfeiçoado, promovendo uma ampla participação da comunidade e evitando a falta de quórum. “A escolha democrática foi regionalizada e aconteceu em três dias diferentes, o que garantiu o acompanhamento minucioso por parte da Seduc e da Comissão Eleitoral no processo. As eleições foram tranquilas em todas as escolas com a participação efetiva de pais, alunos e funcionários”, finalizou.

E é desta forma que Felipe Camarão começa, mais uma vez e em pouco tempo, a mostrar serviço em mais uma pasta sob o seu comando.

5 comentários

Enem 2016: 5.904 inscritos farão as provas neste fim de semana no Maranhão

por Jorge Aragão

enemCinco mil, troche novecentos e quatro inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Maranhão, ed iniciarão hoje a as provas que haviam sido suspensas no mês de novembro em decorrência da ocupação de algumas escolas. Em todo o país o número de inscritos é de 227.622.

As provas que serão aplicadas hoje são de ciências humanas e ciências da natureza. Amanhã (4), medicine acontecem as provas de linguagens, matemática e redação.

Os portões serão fechados às 13h (horário oficial de Brasília). Depois disso, nenhum inscrito conseguirá ter acesso aos locais de prova. Nesta edição, a prova será aplicada em 418 locais de 165 municípios de 23 estados. Os municípios com o maior número de candidatos são Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Feira de Santana (BA), Niterói (RJ), Recife, Rio de Janeiro, São José dos Pinhais (PR), Serra (ES) e Uberlândia (MG).

Abaixo, a lista de municípios do Maranhão, o número de locais de provas e a quantidade de inscritos para as provas adiadas do Enem 2016.

Municípios onde as provas serão aplicadas no estado

GRAJAÚ – 2 locais de provas – 524 candidatos

SÃO BERNARDO – 2 locais de provas – 780 candidatos

IMPERATRIZ – 1 local de provas – 1.060 candidatos

PINHEIRO – 3 locais de provas – 1.100 candidatos

SÃO LUÍS – 2 locais de provas – 2.440 candidatos

Faça seu comentário

Comissão da Câmara constata atraso em obras do Governo financiadas pelo BNDES

por Jorge Aragão
ssssss

Situação da Estrada do Arroz, decease com recursos todos disponíveis pelo BNDES, chamou atenção de membros da comissão

O Estado – Uma comitiva de deputados iniciou sexta-feira (2) uma série de visitas a obras do governo financiadas pelo BNDES. Formada pelos deputados Hildo Rocha (PMDB-MA), Valternir Pereira (MT) e um assessor técnico da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, José de Melo, a comissão foi acompanhada também pela deputada estadual Andrea Murad (PMDB).

Pela manhã, a comitiva esteve na Estrada do Arroz, na Unidade de polícia cidadã (USC) e no Hospital Regional Materno Infantil de Imperatriz onde estavam previstos investimentos de mais de R$ 6 Milhões.

O deputado Hildo Rocha esclareceu que a visita busca explicações para o descumprimento dos cronogramas de execução das obras e outras questões referentes à aplicação dos recursos provenientes de empréstimo contraído junto ao BNDES.

“O pedido de fiscalização decorre da falta de transparência que tem caracterizado o governo Flávio Dino. Em dois anos, as obras não avançam quase nada e existem fortes evidências de irregularidades na aplicação dos recursos. São desconfianças que precisam ser esclarecidas. Constatamos, além de atrasos nas obras, fatos muito graves. Na Estrada do Arroz, por exemplo, vimos 14 km apenas com o que a Suzano fez. O que deveria ser feito com os recursos do BNDES, não tem nada. Aqui, tudo em situação precária, cheia de buracos, sem sinalização, sem meio fio, um risco, justamente no trecho de acesso da Suzano, com grande fluxo de veículos pesados e temos uma estrada sem acostamentos”, disse Hildo Rocha.

Na Unidade de Segurança Comunitária, os deputados constataram um claro desvio de finalidade. A USC foi transformada em um centro administrativo do Batalhão. As USC´s foram planejadas para promover a segurança pública das comunidades onde estão instaladas com policiais militares, viaturas, motocicletas e videomonitoramento, mas em Imperatriz a estrutura está servindo para serviços administrativos da BPM.

Hospital – Já no Hospital Regional Marterno Infantil em Imperatriz, a atual gestão não deu continuidade à reforma iniciada em 2014.

“Minha revolta maior foi ver o Hospital Regional Materno Infantil de Imperatriz, onde Ricardo Murad como secretário havia aumentado o número de leitos, mais 63 leitos de UTI neo-natal e semi-intensiva, e o que vi hoje foi que nunca deram continuidade às reformas iniciadas na gestão anterior com recursos garantidos pelo BNDES. Pior foi constatar paredes descascando, lodo, canos expostos, um local insalubre. A reforma na unidade é extremamente necessária e precisamos saber o que aconteceu com os recursos que estavam destinados para essa importante obra”, disse Andrea Murad.

Em Chapadinha, hospital continua do jeito que o governo anterior deixou

De Imperatriz, a comitiva seguiu para Chapadinha onde visitou o Hospital Regional e o Centro de Hemodiálise. Hildo Rocha ressaltou que “o governo Roseana entregou a obra do hospital de Chapadinha 85% concluída e em 2 anos de gestão Flávio Dino avançou 3%”. Para a deputada Andrea Murad, o governo não deve cumprir o prazo de inauguração que é fevereiro de 2017.

“O hospital está do jeito que foi deixado há 2 anos, isso mostra a insensibilidade do governador com Chapadinha e região, isso mostra o descaso com recursos públicos porque muita coisa vai precisar ser refeita, porque já se passaram anos e tá aqui o hospital fechado, sem nenhuma utilidade para a população, tão necessitada de uma unidade. Isso é dinheiro do povo sendo desperdiçado”, lamentou a parlamentar.

No local onde seria construído o Centro de Hemodiálise de Chapadinha, os deputados encontram um terreno descampado, apenas com os premoldados expostos, desgastados e indícios de furtos dos mesmos.

A rede globo havia registrado em setembro deste ano a paralisação das obras que meses depois os deputados encontraram da mesma forma. Das visitas realizadas, verificou-se que o governador Flávio Dino não deu continuidade às obras com recursos garantidos pelo BNDES.

“Será produzido um relatório minucioso com fotos dos locais visitados e entregue ao presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, aos deputados e ao presidente da Câmara Federal e para o Tribunal de Contas da União ”, informou o assessor técnico da Comissão José de Melo.

OUTRO LADO

O Governo do Estado nega que as obras estão paralisadas e garante que já entregou a Estrada do Arroz completamente pronta – e com investimentos próprios de R$ 50 milhões. A única obra parada, admitiu o governo, é o hospital de Chapadinha que, segundo a Secretaria de Comunicação, apresentou irregularidades no contrato, que teve que ser cancelado, “mas já foi reiniciada a licitação”.

Faça seu comentário

Prefeitura de São Luís paga hoje salários de servidores

por Jorge Aragão

saláriosA Prefeitura de São Luís, prescription por meio da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), no rx realiza neste sábado (3), o pagamento do salário do funcionalismo público municipal referente ao mês de novembro. Os servidores municipais poderão ter acesso às informações sobre seus vencimentos nos terminais de autoatendimento do Banco do Brasil, por meio do contracheque eletrônico.

A regularidade no que diz respeito ao pagamento dos servidores é uma forma da gestão possibilitar ao servidor planejar melhor suas finanças. Mesmo com a crise que afeta o país e que atinge diretamente estados e municípios, o executivo municipal tem conseguido cumprir com a tabela de pagamento, até mesmo antecipando a folha em alguns dias.

2 comentários

Nove ônibus novos são inseridos no sistema de transporte da capital

por Jorge Aragão

edivaldo-onibus-1“Avançamos muito na área do transporte público em São Luís. Hoje temos um sistema verdadeiramente reformulado e que já atende aos anseios da população, here em termos de qualidade, buy cialis quantidade e modernidade. E a população já sente e usufrui das melhorias proporcionadas ao setor”, viagra sale afirmou o prefeito Edivaldo, nesta sexta-feira (02), na Praça Maria Aragão, ao acompanhar ato de entrega de mais nove ônibus novos que foram inseridos no sistema.

Dos nove ônibus disponibilizados, quatro são do modelo articulado, que tem capacidade para transportar cerca de 200 passageiros por viagem. “Com a entrega de mais esse lote, o sistema de transporte público da capital conta agora com um total de 14 ônibus articulados circulando principalmente nas linhas consideradas de maior demanda. Esse serviço vai desafogar de forma significativa as plataformas de ônibus com grande contingente de usuários”, afirmou o secretário municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), Canindé Barros.

Ainda conforme Canindé Barros, um dos veículos do tipo articulado atenderá ao bairro da Cidade Olímpica e outros três farão a linha BR-135, para atender principalmente os bairros da zona rural. “Com a entrada dos veículos articulados nessa região, vamos melhorar bastante o transporte na zona rural”, frisou o secretário.

Outros cinco ônibus convencionais inseridos ao sistema vão atender as linhas da Vila Janaína, Vila Esperança, Cidade Olímpica/Ipase, Cidade Operária/Africanos e Santa Clara/Pavão Filho.

“Não há como não notar a mudança. Temos um novo sistema de transporte, reformulado não apenas com a inserção de ônibus novos, mas também com a realização de uma série intervenções importantes que contribuíram para a melhoria do serviço de modo geral”, acrescentou Edivaldo.

edivaldo-onibus-2Renovação – Os ônibus novos que estão sendo inseridos no sistema fazem parte da licitação do transporte, realizada este ano pela Prefeitura de São Luís. De 2013 até hoje, foram inseridos 535 veículos novos à frota do transporte público da capital. Destes, 165 foram incorporados após o processo licitatório, o que representa uma renovação de mais de 60%. Todos os novos veículos disponibilizados ápos o certame vêm equipados com ar-condicionado e acessibilidade.

A renovação da frota de ônibus da capital é parte das ações de reestruturação do sistema de transporte público de São Luís, que contempla ainda a criação da Central de Controle Operacional por Videomonitoramento do Trânsito (CCO), possibilitando o acompanhamento direto e em tempo real de todo o sistema de trânsito e transporte da cidade. Entre outras ações realizadas pela Prefeitura de São Luís no setor estão também a adoção do sistema de fiscalização por biometria facial; bilhetagem eletrônica com recarga embarcada; o bilhete único; o cartão criança e instalação de GPS em 100% da frota.

Além dessas ações, foram executadas ainda intervenções pontuais em trechos dos principais corredores viários da capital, que contribuíram para dar fluidez à circulação dos veículos.

Faça seu comentário