As velocidades inversamente proporcionais no Governo Flávio Dino

por Jorge Aragão

Nesta terça-feira (17), depois de já utilizar em dezembro a Tribuna da Assembleia Legislativa por duas vezes para tratar do assunto, o deputado estadual Sousa Neto (PROS) voltou a cobrar do Governo Flávio Dino um posicionamento sobre o desaparecimento dos dois policiais militares em Buriticupu.

O parlamentar lembrou que já se passaram dois meses do desaparecimento do soldado Carlos Alberto e do cabo Júlio César, sem que o Governo Flávio Dino efetivamente desse uma resposta a sociedade e principalmente aos familiares das vítimas.

“Já se passaram dois meses do sumiço dos policiais militares em Buriticupu, e até agora nenhuma resposta, nenhum posicionamento do Governo Flávio Dino e da Segurança Pública. Um absurdo! Um Governo ao qual o cabo Júlio César e o soldado Carlos Alberto serviam, e que agora desampara os seus. Cadê os Direitos Humanos? Cadê o comando da Polícia Militar do Maranhão? Filhos, esposas e familiares estão há sessenta dias, aflitos, à espera de notícias do paradeiro dos dois militares”, escreveu.

Sousa Neto também lembrou que as famílias dos dois militares estão com dificuldades financeiras, pois ninguém amparou eles nesse momento de incerteza e muitas dúvidas.

“E o que é pior, sem assistência e sem ajuda financeira, eles já estão passando necessidades. Solicitamos, no mês de dezembro, do secretário de Segurança, Jefferson Portela informações das investigações do caso, e até agora nada!!! Vamos continuar acompanhando e cobrando para que o fato não caia no descaso e no esquecimento, e sim, seja elucidado!”, finalizou Sousa Neto.

O jornalista Gilberto Leda em seu blog também lembrou que o caso do assassinato em Balsas da jovem Karina Ferreira, que teve seu carro confundido com o de assaltantes de banco por policiais descaracterizados, até hoje segue sem um desfecho oficial do Governo Flávio Dino.

Ninguém tem dúvidas que se o governo comunista utilizasse a mesma celeridade que utiliza para alugar prédios de aliados, aprovar empréstimos e aumentar o ICMS, fatalmente os dois casos – Buriticupu e Balsas – já estariam solucionados.

Entretanto, para o desespero dos familiares envolvidos nos dois casos, a velocidade é inversamente proporcional.

6 comentários

Exemplo de comunismo

por Jorge Aragão

O jornalista Cláudio Humberto, na sua Coluna Diário do Poder, voltou a criticar o governador Flávio Dino. Depois de ter dado destaque para um dos casos dos “alugueis camaradas” (reveja), o jornalista agora destacou a explicação do comunista para tal imoralidade.

Cláudio Humberto disse que ao invés de Flávio Dino explicar os “alugueis camaradas” se limitou a dizer que “Sarney fazia o mesmo”. Veja abaixo.

Agora imagina quando Cláudio Humberto souber da intenção do Governo Flávio Dino em privatizar a CAEMA e ver o vídeo do comunista, divulgado pelo Blog (reveja), onde ele afirma que jamais privatizaria e empresa.

E assim Flávio Dino vai construindo sua imagem nacionalmente.

8 comentários

Roberto Rocha ‘cutuca’ Dino sobre eleição para o Senado

por Jorge Aragão

O senador Roberto Rocha (PSB) voltou a ‘cutucar’ o governador Flávio Dino (PCdoB), através das redes sociais. Desta vez a cutucada de Rocha foi com relação a eleição para o Senado Federal, onde estarão em disputas duas vagas para o Maranhão em 2018.

Roberto Rocha destacou a lealdade do recém-eleito presidente da FAMEM e prefeito de Tuntum, Cleomar Tema (PSB), com relação ao deputado federal José Reinaldo (PSB) que pretende disputar uma vaga para o Senado Federal.

Entretanto, a medida em que destacou a lealdade de Tema, Roberto Rocha ‘cobrou’ a mesma lealdade do governador Flávio Dino, ao seu principal apoiador para a primeira eleição do comunista em 2006. O senador disse que ‘causa estranheza a indiferença de Flávio Dino’ com relação a candidatura. Veja abaixo.

Com a palavra o governador Flávio Dino…

5 comentários

Deputada acionará MP para apurar falta de oxigênio em UPAs

por Jorge Aragão

Através das redes sociais, a deputada estadual Andrea Murad (PMDB) confirmou que estará solicitando junto ao Ministério Público a apuração da denúncia da falta de oxigênio em UPAs na capital maranhense.

A peemedebista disse que a informação que recebeu é quem em três UPAs – Parque Vitória, Vila Luizão e Itaqui-Bacanga – os pacientes estariam sofrendo com a falta de oxigênio nessas unidades de saúde.

“Vamos comunicar oficialmente a Promotoria de Saúde quanto a denúncia repercutida na imprensa sobre a falta de oxigênio em 3 UPA’s de São Luís, em específico as unidades da Vila Luizão, Itaqui Bacanga e Parque Vitória, de onde foram transferidos pacientes da UTI por conta de problemas no sistema de oxigênio. Em novembro do ano passado, já denunciamos e protocolamos também uma Representação denunciando a falha no sistema de oxigênio que pode ter causado a morte de 8 pacientes no Hospital Presidente Vargas, casos que já estão sendo investigados pelo Ministério Público”, destacou.

Agora é aguardar e conferir.

3 comentários

Estranhas coincidências

por Jorge Aragão

O episódio envolvendo os chamados “aluguéis camaradas” do governo Flávio Dino (PCdoB) foi marcado por coincidências desde o seu início.

Foi coincidência, segundo afirmação do bisecretário Márcio Jerry, que a casa da Aurora alugada pela Funac – que pagou R$ 172 mil sem usar o imóvel – pertença a um membro do PCdoB e já tenha sido usada como comitê se campanha. É coincidência também que o imóvel alugado pela mesma Funac, na Rua das Cajazeiras – e pelo qual também foram pagos R$ 720 mil sem que o governo tenha usado o imóvel – pertença a parentes da construtora que indicou à secretária de Cidades do mesmo governo.

É coincidência que o governo tenha alugado também um imóvel no Centro de São Luís pertencente à família da mulher do governador comunista.

Mas nenhuma das coincidências é tão significativa quanto o fato de que todos os imóveis alugados pelo governo estavam com problemas estruturais ou legais na época do aluguel. E foi justamente o pagamento antecipado que ajudou os proprietários a corrigir esses problemas.

Foi assim com o imóvel da Aurora e o da Rua das Cajazeiras. Curiosamente (ou coincidentemente?), os dois imóveis só passaram a entrar em obras após as denúncias da imprensa.

E está bem aí o problema: pelos contratos de aluguel, os imóveis têm que ser entregues ao governo em plenas condições de uso. Mas, nos casos dos imóveis da Funac, o governo alugou e antecipou meses de aluguel antes de usar o imóvel e ainda gastou outros milhares de reais em reformas. E isto não foi nenhuma coincidência.

Estado Maior

10 comentários

Wellington segue na luta pela defesa dos animais

por Jorge Aragão

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) se reuniu, na manhã desta segunda-feira (16), na Delegacia de Meio Ambiente e Ministério Público (MP) para tratar sobre as duas chacinas, em menos de 45 dias, que aconteceram na Praça dos Gatos em São Luís.

Na delegacia de Meio Ambiente, o deputado Wellington se reuniu com a delegada titular Bianca Almada. Na oportunidade, o deputado protocolou ofício solicitando brevidade nas investigações das duas chacinas que vitimou quase 100 gatos e defendeu projetos eficazes em defesa dos animais, como o Programa de Proteção Animal.

“Nossa preocupação não é apenas punir os culpados por essas chacinas. Precisamos sim punir, mas é necessário que implantemos programas eficazes que garantam o bem estar animal. Por isso, defendemos o Programa de Proteção Animal, que prevê várias medidas, a exemplo dos centros de acolhimento e a adoção responsável”, disse o deputado Wellington.

Já no Ministério Público, Wellington foi recebido pelo promotor de justiça Fernando Barreto e abordou questões relevantes como a necessidade de políticas públicas.

“As providências já estão sendo tomadas. Já estamos acompanhando através procedimento investigatório. O maior objetivo dessa ação é fazer com que políticas públicas de proteção aos animais sejam efetivamente desenvolvidas pelo estado e municípios”, disse o promotor Fernando Barreto.

O deputado Wellington destacou ainda Audiência Pública que acontecerá no início do mês de fevereiro para abordar sobre políticas de proteção aos animais e o posicionamento do Poder Público diante dos maus tratos.

1 comentário

“Privatizar, jamais”, dizia Flávio Dino sobre a CAEMA

por Jorge Aragão

É impressionante como a cada dia Flávio Dino demonstra mais a sua incoerência e contradição com aquilo que pregava anteriormente, com seus atos e gestos durante seu mandato como governador.

Se já não bastassem os exemplos recentes dos empréstimos contraídos pelo Governo Flávio Dino, os ‘alugueis camaradas’, as locações de jatinhos, entre tantos outros casos, o mais recente exemplo de incoerência e contradição é a privatização da CAEMA.

A confirmação de que o Governo Flávio Dino aderiu mesmo ao programa de concessões em saneamento do Governo Federal, capitaneado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), é mais uma prova de que o pensamento de Dino sobre a CAEMA, antes de ser governador, mudou radicalmente. A adesão ao programa prevê a privatização da CAEMA, no regime de concessão. Algo bem diferente do que prometera o governador em 2014.

O Blog recebeu de um leitor o vídeo onde Flávio Dino afirmava claramente que jamais privatizaria a CAEMA, mas agora, dois anos depois e com o poder nas mãos, o pensamento mudou completamente.

“Vamos manter a CAEMA na mão da população, CAEMA pública, eficiente, com metas e com a participação dos trabalhadores. Privatizar, jamais”, dizia Flávio Dino. Veja o vídeo abaixo.

A coerência de Flávio Dino é ou não é uma piada pronta???

25 comentários

Nova Mesa Diretora da AL toma posse no dia 1º de fevereiro

por Jorge Aragão

Nesta segunda-feira (16), a Diretoria de Comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão confirmou que a posse solene da nova Mesa Diretora, eleita para o biênio 2017/2018, será realizada no dia 1º fevereiro de 2017, às 10h, no Salão Nobre do Palácio Manuel Beckman.

Já a solenidade de abertura da 3ª sessão legislativa da 18ª Legislatura acontecerá no dia 2 de fevereiro, às 9h30, no Plenário Nagib Haickel.

O atual presidente da Casa, Humberto Coutinho, e o 1º vice-presidente Othelino Neto foram reconduzidos para mais um biênio à frente da Assembleia Legislativa. Entretanto, nos demais cargos foram efetuadas mudanças. Veja abaixo a nova Mesa Diretora da Assembleia.

Presidente – Humberto Coutinho (PDT)
Vice-presidente 1 – Othelino Neto (PCdoB)
Secretário 1 – Ricardo Rios (PEN)
Vice-presidente 2 – Fábio Macedo (PDT)
Secretário 2 – Stênio Rezende (DEM)
Vice-presidente 3 – Josimar de Maranhãozinho (PR)
Secretário 3 – Zé Inácio (PT)
Vice-presidente 4 – Adriano Sarney (PV)
Secretário 4 – Nina Melo (PMDB)

2 comentários

Tema já pode se considerar presidente eleito da FAMEM

por Jorge Aragão

Apesar da eleição ainda está acontecendo, o prefeito de Tuntum, Cleomar Tema (PSB), já pode se considerar eleito para mais um biênio à frente da FAMEM – Federação dos Municípios do Estado do Maranhão.

No início da tarde desta segunda-feira (16), Tema já havia sido votado por 90 colegas prefeitos e como é o candidato único da disputa eleitoral, precisando apenas de 50% dos votos, a chapa “Humberto Coutinho” já pode ser considerada vitoriosa, uma vez que apenas 145 prefeitos estão aptos para votarem.

Ou seja, para sacramentar sua eleição, Cleomar Tema precisava apenas de cerca 73 votos para sacramentar a sua ‘aclamação’ como presidente da FAMEM pelo biênio 2017/2018.

A prefeita de Rosário, Irlahi Moraes (PMDB), tentou confirmar sua candidatura, mas não logrou êxito e por duas vezes teve negado o pedido para o adiamento da eleição da FAMEM. Nesta manhã, o desembargador Raimundo Melo rejeitou o recurso interposto pela peemedebista e no final de semana, durante o plantão judicial, o juiz Luiz de França Belchior também indeferiu o pedido da prefeita de Rosário.

O anúncio oficial da vitória de Tema deve acontecer no fim da tarde de hoje, quando ele tomará posse e começará a sua terceira gestão à frente da FAMEM.

3 comentários

Waldir Maranhão é o deputado maranhense mais faltoso em Brasília

por Jorge Aragão

Novamente o traquino deputado federal Waldir Maranhão (PP) volta a ser destaque negativo. Depois de protagonizar uma patacoada durante o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Waldir Maranhão aparece como o parlamentar maranhense mais faltoso na Câmara Federal.

Somando todos os deputados que compõe a bancada maranhense, chega-se a 290 faltas em 2016, isso de acordo com o levantamento feito pelo Congresso em Foco.

Já Waldir Maranhão é o mais faltoso, alcançando 37 faltas, mas todas posteriormente justificadas. O falecido João Castelo (PSDB) aparece em segundo lugar com 35 faltas, todas também justificadas. Na terceira colocação aparece o apagado Júnior Marreca (PEN), com 31 faltas e três não justificadas.

O curioso é que em 2015, novamente Waldir Maranhão e Júnior Marreca foram os maranhenses mais faltosos, tanto que estavam no ranking nacional entre os 30 deputados do Brasil mais faltosos. Para não mostrar que foi apenas coincidência, os dois novamente estão entre os mais faltosos.

Na contramão de Waldir Maranhão e Júnior Marreca, estão Cleber Verde (PRB) e Pedro Fernandes (PTB), que das 94 sessões realizadas, respectivamente, eles estavam presentes em 90 e 89 delas.

9 comentários