Não há justificativa

por Jorge Aragão

A questão envolvendo o governo Flávio Dino (PCdoB) e o Instituto de Desenvolvimento e Apoio ao Cidadão (IDAC) ­ acusado de desvios de R$ 18 milhões no setor de Saúde ­ se resume a uma situação básica: foi no governo comunista que se deram os saques na boca do caixa do grosso dos recursos desviados, segundo a Polícia Federal.

Os aliados do governador, seu secretário de Saúde e auxiliares do governo insistem em querer tirar a gestão comunista da polêmica. É impossível, diante das datas expostas nas imagens mostradas no Fantástico, da Rede Globo. Os saques efetivados foram todos no período de março a abril deste ano, ou pouco mais de um mês antes da operação da Polícia Federal.

Outra questão envolvendo o governo Flávio Dino na operação desbaratada pela Polícia Federal: o IDAC teve aumento de 110% em seus contratos com o estado somando nada menos que R$ 242 milhões com a gestão comunista.

Não convence, portanto, o que disse o secretário Carlos Eduardo Lula, em entrevista ao Fantástico, da Rede Globo, no último domingo, quando afirmou não haver como “detectar nenhuma irregularidade” porque o esquema tinha “fraude sofisticada”.

Tão sofisticado que conseguiu convencer o mesmo governo a aumentar contratos de R$ 18 milhões ­ todos auditados na gestão anterior, é bom ressaltar ­ em quase 15 vezes.

Claro está que o governo Dino não resolveu o problema porque não quis.

Coluna Estado Maior

10 comentários

Wellington quer CPI para apurar desvios na Saúde do Maranhão

por Jorge Aragão

Durante sessão plenária na tarde desta segunda-feira (12), o deputado estadual Wellington do Curso (PP) apresentou proposta de instalação da CPI da saúde no Maranhão. O pronunciamento foi feito com o objetivo de apurar indícios de desvios de recursos públicos federais destinados ao sistema de saúde do estado do Maranhão. A quantia desviada supera a cifra de R$ 18 milhões.

Ao defender a proposta, Wellington destacou o papel de um deputado enquanto fiscal e disse que apurar a aplicação dos recursos é o mínimo que a Assembleia Legislativa pode fazer.

“Nós ouvimos a população do Maranhão e, por onde passamos, há reclamações quanto aos hospitais públicos, quanto à precariedade nos serviços públicos de saúde. Fica o questionamento? Onde o recurso é aplicado? Quanto ao recente caso do IDAC, o Governo informou que iria investigar a prestação de contas. Ora, a Polícia Federal afirmou que o IDAC apresentava nota fiscal de empresas de fachada na prestação de contas. Por que só o IDAC? E as outras Oscips e Os? Elas também precisam ter suas contas investigadas. O mínimo que essa Assembleia Legislativa pode fazer é auxiliar nessa investigação. Esse é o nosso papel e é isso que justifica a instauração de uma CPI. Caso contrário, estaremos sendo partícipes de todos os casos em que pacientes morrem em hospitais por falta de atendimento”, pontuou Wellington

De acordo com investigações da Polícia Federal, o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (IDAC) recebia milhões de reais dos cofres públicos, repassados pela Secretaria de Estado de Saúde do Maranhão. Essa verba se destinaria à administração de algumas unidades hospitalares estaduais. No entanto, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) detectou uma grande quantidade de saques vultosos e em espécie realizados por um funcionário da organização social. Do montante de mais R$ 18 milhões desviados, os saques chegavam a R$ 200 mil cada vez, que seriam distribuídos entre agentes políticos locais, que facilitavam a obtenção de contratos públicos pela organização.

4 comentários

Rogério Cafeteira no Médio Sertão do Maranhão

por Jorge Aragão

Clique na figura para ampliar

No último fim de semana, o deputado estadual e Líder do Governo Flávio Dino na Assembleia, Rogério Cafeteira, esteve na Região do Médio Sertão do Maranhão.

O parlamentar visitou os municípios da região e participou da Exposertão, onde aproveitou para rever alguns amigos e aliados políticos. Cafeteira ainda destacou a sua participação nas cavalgadas de Lagoa do Mato e Buriti Bravo, onde participará do festejo de Santo Antônio.

“Desde o final de semana tenho feito uma viagem pelo Médio Sertão maranhense. No sábado participei da Exposertão, em São João dos Patos, e estive com o vice-governador Carlos Brandão, a prefeita Gilvana, o ex-prefeito Zé Mário, vereadores, lideranças, o ex-prefeito de Passagem Franca, o Gordinho, o prefeito de Paraibano Zé Hélio e outros amigos que tive o prazer de reencontrá-los. Também na Exposertão estive com a prefeita de Pastos Bons, a amiga Iriane e conversamos muito sobre projetos para a cidade. Já hoje tive uma agenda em Lagoa do Mato, participei de uma bonita cavalgada, muito bem organizada e lá, em companhia do prefeito Alex, encontrei muitos companheiros como os ex-prefeitos Aluísio Duarte e Mauro Porto, o prefeito Marlon de Passagem Franca e o prefeito Cid Costa, de Buriti Bravo, cidade que será a minha próxima parada amanhã, para a tradicional cavalgada do Festejo de Santo Antônio”, destacou Cafeteira nas redes sociais.

Cafeteira seguirá se dividindo em visitas aos municípios e cumprindo o papel importante de Líder do Governo Flávio Dino na Assembleia, mesmo com a chegada do pleito eleitoral de 2018, onde tentará a reeleição.

Faça seu comentário

Aluisio Mendes participa do aniversário de Urbano Santos

por Jorge Aragão

A entrega de obras à população marcou a comemoração dos 88 anos de emancipação política de Urbano Santos. Ao lado da prefeita Iracema Vale, dos vereadores e secretários municipais, o deputado Aluisio Mendes participou da inauguração do Centro de Formação Juventude Ativa e da Unidade de Ensino Hamilton Viana, e destacou a competência da atual gestão municipal.

“Ver a qualidade das obras entregues pela prefeita Iracema Vale, num momento de crise econômica nacional, faz com que a admire mais e tenha mais vontade de trabalhar por Urbano Santo. O que vemos na Prefeitura de Urbano Santos é um exemplo de gestão para todo o país”, destacou Aluisio Mendes.

O Centro de Formação conta com salas climatizadas, sala de informática com acesso a internet, auditório para reuniões e atividades para cursos profissionalizantes gratuitos, sala de musica (teclado, violão, violino, etc) e salão de beleza.

No bairro Liberdade, Iracema Vale inaugurou uma escola construída com recursos do Fundo Naciona de Desenvolvimento da Educação (FNDE), contemplando cerca 500 alunos nos turnos matutino e vespertino. A nova unidade escolar conta com seis salas de aulas, laboratórios de ciência e informática, refeitório, biblioteca, banheiros feminino e masculino, depósito, diretoria, sala de professores, secretaria, almoxarifado, cantina, área de serviços e pátio.

“A lema da nossa administração é ‘o trabalho não pára’, e reafirmo o compromisso de continuar trabalhando muito, tanto na zona rural como na área urbana da nossa cidade, para atender às necessidades dos urbanosantenses. E agradeço de público todo o apoio que temos recebido do deputado Aluisio Mendes na liberação de recursos federais que possibilitam a construção de obras como essa”, declarou Iracema Vale.

Aluisio Mendes prestigiou também uma corrida rústica em comemoração ao aniversário da cidade, e de um sorteio de prêmios que reuniu uma multidão de pessoas no estádio municipal.

Faça seu comentário

A gravíssima denúncia da TV Pericumã sobre a Saúde em Pinheiro

por Jorge Aragão

A reportagem sobre o caso IDAC, exibida no Fantástico, não foi a única no fim de semana a denunciar supostos desvios de verbas púbicas da Saúde do Maranhão.

A TV Pericumã apresentou, também no último fim de semana, uma reportagem gravíssima sobre o Hospital Macro Regional Jackson Lago de Pinheiro. A denúncia é que a unidade de Saúde, administrada pelo Governo Flávio Dino, se transformou num ‘condomínio de amigos e familiares’.

O Blog do Jorge Aragão exibirá abaixo a reportagem para que o Ministério Público, a Polícia Federal e principalmente o Governo Flávio Dino, caso não tenha conhecimento, possam ter acesso a mais essa denúncia sobre desvio de recursos públicos da Saúde do Maranhão. Veja abaixo.

15 comentários

Greve dos Rodoviários é suspensa mais uma vez

por Jorge Aragão

Virou piada. Pela terceira vez consecutiva o Sindicato dos Rodoviários, depois de ameaçar a paralisação do Transporte Público Coletivo de São Luís, resolveu adiar o movimento grevista.

Depois de uma longa reunião nesta segunda-feira (12), entre rodoviários e empresários, a greve prevista para iniciar nesta terça-feira (13), para o bem da população que utiliza o transporte público coletivo, foi novamente adiada.

A reunião desta segunda-feira foi comandada pelo Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão (TRT­MA), através da desembargadora federal do trabalho Márcia Andrea Farias da Silva. Apesar de empresários e rodoviários não terem ainda entrado num acordo, a greve, neste momento, foi descartada.

As negociações irão prosseguir pelos próximos dias. Os rodoviários querem um reajuste salarial de 13% e aumento no valor do tíquete alimentação de R$ 490,00 para R$ 650,00. Já os empresários alegam que só conseguem reajustar os salários da categoria em 2%.

É aguardar os próximos capítulos dessa novela que parece interminável.

3 comentários

Emenda de Glalbert Cutrim viabiliza ambulância para São Roberto

por Jorge Aragão

O prefeito de São Roberto, Mundim do Luisão (PCdoB), participou da solenidade de entrega de ambulância no Palácio dos Leões, em São Luís. Na ocasião, a ambulância foi entregue pelo governador Flávio Dino, mas o prefeito não esqueceu de agradecer ao deputado Glalbert Cutrim, autor da emenda que possibilitou a chegada da ambulância para São Roberto.

“Essa é a diferença de ter um deputado que olha pelo município e principalmente, atende o pedido da população. Glalbert Cutrim tem sido um importante aliado nesse nosso início de governo. Essa ambulância trará mais avanços na saúde, e a nossa população agradece.” destacou o prefeito de São Roberto.

A ambulância entregue é fruto de emenda do deputado Glalbert Cutrim e custou um investimento de R$ 160 mil. O equipamento pode ser utilizado como unidade básica ou Unidade de Suporte Avançado (USA) e é equipado com duas macas, duas pranchas, um umidificador, cadeira de rodas, cilindro e bala de transporte para oxigênio.

Faça seu comentário

Caso Levi Pontes: Andrea Murad deverá recorrer ao Plenário

por Jorge Aragão

Na semana passada, de maneira absurda, a Comissão de Ética da Assembleia Legislativa simplesmente resolveu arquivar o pedido da deputada Andrea Murad (PMDB) contra o deputado Levi Pontes (PCdoB) por quebra de decoro parlamentar.

O arquivamento aconteceu pelo fato de que a Comissão de Ética entendeu existir “ausência de justa causa (inexistência de provas robustas nos autos)”. Entretanto, é bom destacar que a deputada Andrea Murad disponibilizou a gravação que comprova a quebra de decoro por parte de Levi Pontes. Conforme foi divulgado na TV Mirante (reveja).

Nesta segunda-feira (12), Andrea Murad demonstrou, nas redes sociais, sua revolta com a decisão tomada pela Comissão de Ética e assegurou que irá recorrer ao Plenário da Assembleia Legislativa.

Impressionante esta Comissão de Ética da Assembleia. Mais impressionante ainda sua submissão a este governador. Mesmo com a incontestável prova dada pelo próprio deputado Levi Pontes ao combinar com um “parceiro” o roubo de peixes, tirando dos mais carentes para dar aos seus eleitores em troca de voto, e ainda mentir na tribuna da Assembleia ao dizer que os peixes eram comprados com recursos próprios, sendo que minutos depois em entrevista veiculada na TV declara que os peixes foram licitados pela prefeitura de Chapadinha, a Comissão de Ética da Assembleia se curva aos mandos do governador e tem a audácia de relatar que não existem provas robustas contra o deputado. Prova tem, não querem é investigar. E ao mentir na tribuna, Levi Pontes cometeu outro ilícito, que já é motivo para outra representação. Tenho a alternativa de recorrer ao Plenário e estou avaliando essa possibilidade”, destacou.

Pelo visto, o assunto ainda dever render na Assembleia.

1 comentário

Temer e o Maranhão

por Jorge Aragão

A decisão da maioria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem influência direta nos caminhos a serem seguidos para a disputa eleitoral de 2018 no Maranhão. Com a absolvição do presidente da República, Michel Temer, o PMDB maranhense ganha força e se prepara para tentar voltar ao Palácio dos Leões.

Do outro lado está o governador Flávio Dino (PCdoB), que vê o seu campo político (o de esquerda, pelo menos no discurso) se enfraquecendo nacionalmente com a vitória do peemedebista.

Dino, que já entrou no clima de pré­campanha eleitoral fazendo encontro com prefeitos e vereadores, vai intensificar sua agenda política e suas obras pequenas pelo interior do estado. O comunista tentará passar a ideia de que seu governo trouxe a prometida mudança para o Maranhão. E sabe que terá que fazer isso, provavelmente, sem um apoio forte na política nacional.

Já o grupo maranhense do PMDB vai se fortalecendo. Sem o perigo real de perder os valorosos espaços nos comandos dos órgãos federais no Maranhão, os peemedebistas se animam ainda mais com uma possível candidatura ao Governo do Estado.

E para isso, o partido vem tentando convencer a ex­governadora Roseana Sarney a entrar na disputa do próximo ano. Ela, que admitiu somente que não disputará o Senado como vinha sendo colocado nos bastidores, nunca disse abertamente que será candidata novamente ao governo do Maranhão. Roseana vem dizendo que existe a possibilidade, mas que depende de muitos fatores.

E, talvez, um dos fatores seja a permanência do comando do país com a seu partido. E isso aí, pelo menos no que diz respeito ao julgamento no TSE, já passou.

Fortalecido – E também sai fortalecido desse cenário todo favorável a Michel Temer o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV).

Ele, que é pré­candidato ao Senado em 2018, foi um dos defensores de Temer no momento em que a crise política foi mais grave para o peemedebista.

E se Temer venceu, Sarney Filho também. Ele sai mais forte para a disputa que promete ser uma das mais acirradas da história.

Coluna Estado Maior

7 comentários

Caso IDAC vai parar no Fantástico

por Jorge Aragão

Infelizmente, mais uma vez, o Maranhão foi alvo de matéria negativa no programa Fantástico da TV Globo, do domingo (11).

No principal quadro do programa “Cadê o dinheiro que tava aqui?”, o assunto foi o caso IDAC no Maranhão, ou seja, os desvios de verbas públicas para a Saúde maranhense.

Vale lembrar que no início do mês, a Polícia Federal deflagrou a Operação Rêmora, que apurava exatamente o desvio de verbas da Saúde pública aqui no Maranhão. Na ocasião algumas pessoas foram presas, entre elas o presidente do IDAC, que também é presidente do PSDC no Maranhão, Antônio Aragão.

“O Repórter Secreto desta vez esteve em São Luís para investigar o desvio de R$ 1 bilhão da Saúde Pública. O mais impressionante que ele descobriu foi como o grupo sacava o dinheiro da corrupção: na boca do caixa, no banco! Só um operador do esquema sacou R$ 18 milhões. Então, a gente tem que perguntar: Cadê o Dinheiro Que Tava Aqui?” foi a chamada de abertura da reportagem. Clique aqui e assista na integra.

O IDAC já trabalha com o Governo do Maranhão desde o Governo Jackson Lago, passando pelo Governo Roseana e atingindo seu ápice no Governo Flávio Dino. O Blog inclusive fez uma postagem recente para mostrar o crescimento nos governos estaduais do IDAC (reveja), apesar da tentativa de mentira propagada pelo Governo Dino (reveja), foi justamente no governo comunista que o IDAC ganhou papel de destaque, conforme a própria Polícia Federal (reveja).

Pelo visto essa é mais uma das inúmeras promessas não cumpridas pelo governador comunista, que afirmou que tiraria o Maranhão das reportagens negativas nacionalmente, mas se parar para fazer um levantamento, Dino não só não tirou, como o número de reportagens negativas sobre o Estado aumentou.

6 comentários