Mais um ministro de Dilma pedirá demissão

por Jorge Aragão

O ministro das Cidades, store Mário Negromonte (foto), discount comunicou nesta quarta-feira (1º) ao seu grupo político no PP que pedirá demissão do cargo amanhã.

A carta de demissão, cure segundo Negromonte, será entregue à presidente Dilma Rousseff em uma audiência no Palácio do Planalto. A parlamentares, ele reconheceu não ter mais condições “políticas e pessoais” de ficar no ministério.

A decisão de sair do governo foi informada, por exemplo, numa conversa hoje com os deputados Roberto Brito (PP-BA), Waldir Maranhão (PP-MA) e Vilson Covatti (PP-RS). “Ele está determinado e disposto a fazer isso amanhã. Disse que tomou a decisão por questão de foro íntimo”, disse Covatti à Folha.

A situação de Negromonte agravou-se na semana passada após a Folha revelar a participação dele e do secretário-executivo, Roberto Muniz, em reuniões privadas com um empresário e um lobista interessados num projeto do ministério.

O episódio culminou com a demissão do chefe de gabinete do ministro, Cássio Peixoto, na quarta-feira. Muniz também deve sair.

O líder do partido na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PB), é o favorito para assumir o cargo.

Veja outras denúncias contra Negromonte.

Faça seu comentário

Bira não desiste e lança pré-candidatura

por Jorge Aragão

O deputado estadual Zé Carlos já deixou claro que só será candidato com unanimidade do PT. O coletivo “Sempre PT” declarou apoio a candidatura do vice-governador Washington Oliveira. O próprio partido definiu por 30 votos a 14, cialis que não haverá realização de prévias gerais e que serão os delegados do PT que definirão o candidato da legenda para disputar a prefeitura de São Luís.

No entanto, case nada disso parece importar para o deputado estadual Bira do Pindaré. O petista já confirmou que nesta sexta-feira (03), mind lançará oficialmente sua pré-candidatura. O lançamento acontecerá às 19h, no Restaurante Picuí Tábua de Carne localizado na Ponta da D’areia. Bira irá disputar com Washington Oliveira a preferência dos delegados petistas para a disputa da prefeitura na capital maranhense.

O parlamentar tem total direito de lutar pela sua candidatura, o que causa estranheza é que a postura adotada por Bira na Tribuna da Assembleia com relação a gestão João Castelo, não é compatível com essa vontade exacerbada do parlamentar de enfrentar o prefeito nas urnas. Isso tem feitos muitos acreditarem que a real intenção de Bira do Pindaré é simplesmente deixar o nome em evidência para a sua reeleição em 2014.

Outro detalhe que também causa estranheza e que o Blog teve acesso, é que o “maior incentivador” da candidatura de Bira do Pindaré a prefeitura de São Luís, o presidente da EMBRATUR, Flávio Dino, já confirmou que não poderá comparecer ao lançamento da pré-candidatura.

Mas Bira não desiste, insiste e persiste.

2 comentários

“Não vejo São Luís sem as obras que Roseana realizou na capital”, diz Luis Fernando

por Jorge Aragão

O secretário da Casa Civil, physician Luis Fernando Silva (foto) representou a governadora Roseana Sarney (PMDB) na Sessão Solene que marcou os trabalhos de abertura da Assembleia Legislativa em 2012.

A participação de Luis Fernando como representante da governadora na solenidade, try tendo sido escolhido pela própria Roseana para ler a sua mensagem ao parlamento maranhense, desmonta os boatos plantados de um possível estremecimento entre a governadora e o secretário da Casa Civil.

Além disso, Luís Fernando fez questão de salientar o papel e as ações da governadora Roseana Sarney na capital maranhense.

“Não vejo São Luís sem as obras que Roseana realizou na capital maranhense desde o seu primeiro governo até hoje”, declarou Luis Fernando ao ser questionado sobre os planos do Governo do Estado para os 400 anos de São Luís.

Definitivamente parece que a tentativa de plantarem a discórdia entre os dois políticos não funcionou, afinal se de fato existisse esse estremecimento, fatalmente não seria Luis Fernando o secretário escolhido para representar a governadora e o tom da entrevista do secretário também não seria esse.

No entanto, fica a pergunta: A quem interessaria “plantar” esse estremecimento entre Roseana Sarney e Luis Fernando?

3 comentários

Washington, a desculpa que Dino precisava

por Jorge Aragão

O presidente da EMBRATUR pode ser prefeito de São Luís em 2013, buy mas ele não quer, sick é uma decisão pessoal, pois quer alçar vôos mais altos e ser o próximo Governador do Maranhão, mas a decisão de abdicar da disputa na capital maranhense em 2012 esbarrava no seu partido, o “sempre emergente” PCdoB, ávido pelo poder.

Dino não tinha como negar a sua legenda uma candidatura para uma eleição com chances reais de vencer a disputa ainda no primeiro turno. No entanto, a situação mudou, pois o PCdoB apostava num apoio do PT, leia-se Dilma Rousseff e Governo Federal, para as eleições em São Luís contra o PSDB.

Com a entrada na disputa do petista Washington Oliveira, vice-governador do Maranhão, Dino encontrou a desculpa que precisava para não disputar as eleições municipais e se guardar para as eleições estaduais em 2014.

Sem o apoio do PT, a cúpula do PCdoB não terá como exigir uma candidatura que passaria a correr riscos e todos no partido, incluindo Dino, sabem que uma nova derrota nas urnas pode ser crucial para a sua carreira política.

Além disso, a não participação direta de Dino nas eleições de São Luís agrada e muito ao prefeito João Castelo, e isso pode os aproximar em 2014, caso Castelo consiga a reeleição.

Ou seja, tudo que Flávio Dino queria…

10 comentários

Após pancadaria, PDT define hoje seu comando no MA

por Jorge Aragão

Definitivamente o clima é de muita tensão no PDT maranhense. A disputa pelos diretórios de São Luís e do Maranhão mais uma vez extrapolou o campo das idéias e terminou em pancadaria.

Depois de uma reunião tumultuada na sede do partido no Maranhão relatada pelo jornalista Gilberto Léda em seu Blog no dia 20 de janeiro, cialis os pedetistas maranhenses resolveram levar o “UFC” do PDT para Brasília nesta semana.

Após a reunião que manteve o ex-ministro Carlos Lupi no comando do Diretório Nacional do PDT, ampoule os pedetistas maranhenses sob o comando de Lupi resolveram discutir a legenda no Maranhão.

Dois grupos brigam pelo comando do partido. De um lado e com o apoio de Lupi, estão entre outros: Weverton Rocha (deputado federal), Júlio França (secretário de Abastecimento, Agricultura e Pesca de São Luís), Clodomir Paz (secretário de Trânsito de São Luís), Jerry Abrantes, Julião Amim e Jean Carlo (vice-prefeito de Imperatriz), do outro lado entre outros estão: Igor Lago, Moacir Feitosa, Chico Leitoa, Édson Vidigal e Deoclides Macedo (prefeito de Porto Franco).

Depois de uma calorosa discussão, novamente o que era para ser um debate no campo das idéias terminou em pancadaria e pelo que revelou uma fonte ao Blog, Igor Lago teria levado a pior no “UFC” do PDT. Segundo o jornalista Décio Sá, Jerry Abrantes teria atingido com um soco o médico Igor Lago.

Definição – A expectativa é que o martelo seja batido no fim da tarde desta quarta-feira (1º) pelo presidente Carlos Lupi. A tendência é que o grupo de Weverton Rocha saia vitorioso e a Comissão Provisória Estadual passará a ser presidida pelo ex-deputado federal, Julião Amim e caberá ao secretário da SMTT de São Luís, Clodomir Paz, comandar a Comissão Provisória Municipal.

A situação é tão delicada que Carlos Lupi deve conversar com Clay Lago, viúva do ex-governador Jackson Lago e mãe de Igor Lago, para pedir a sua interferência junto a Igor Lago e explicar a decisão que será tomada nesta quarta-feira.

Um novo indício da vitória do grupo de Weverton Rocha foi a reunião que aconteceu na manhã de terça-feira (31), onde parlamentares e membros da Executiva Nacional do PDT elegeram o deputado André Figueiredo como líder da bancada na Câmara Federal. Essa é a primeira vez que um cearense ocupa a posição de destaque dentro do PDT.

2 comentários

A Assembleia Legislativa em 2012

por Jorge Aragão

Nesta quarta-feira (1º), health após cerca de 40 dias, os deputados estaduais do Maranhão voltam a legislar e durante esse período alguns assuntos deverão ser debatidos na Assembleia Legislativa (AL).

O primeiro grande desafio é fazer a Casa funcionar em ano eleitoral, pois a maioria dos parlamentares estão envolvidos direta ou indiretamente com as eleições de 2012. Em virtude das eleições os debates municipais devem ser levados a Tribuna com mais freqüência e o acirramento do duelo entre deputados oposicionistas e governistas também será mais fervoroso.

O ano será especial também para a AL no quesito comunicação, pois existe a previsão que ainda no primeiro semestre a programação diária da TV Assembleia seja exibida em canal aberto e com qualidade digital através de uma parceria selada com o Senado Federal.

Além disso, na pauta das principais discussões devem estar os debates sobre a criação de novos municípios e a CPI dos 73 R$ milhões, inexplicavelmente barrada por intermédio de uma liminar da desembargadora Anildes Cruz.

Eleição – No entanto, o principal assunto que já começa a ser debatido internamente é a eleição para a Mesa Diretora do biênio 2013/2014. A eleição acontecerá em dezembro deste ano e o atual presidente do parlamento, Arnaldo Melo (PMDB) está em vantagem.

A vantagem de Melo não se dá apenas por ocupar o cargo, mas também por ter conseguido uma importante aproximação com nomes influentes do grupo da Governadora Roseana Sarney (PMDB).

Arnaldo Melo também aparentemente não tem adversários fortes, pois o único nome de peso e com quase unanimidade para derrotá-lo seria do deputado Tatá Milhomem, mas que na condição de suplente não poderá concorrer a presidência. Os aliados de Milhomem apostavam numa cassação do deputado Hemetério Weba (PV), mas com as brechas e lentidão da Justiça, dificilmente acontecerá este ano.

Apesar de estar em vantagem, Melo sabe que nada está definido e precisa articular em todos os segmentos a sua reeleição. Caso contrário, nomes que por enquanto não passam de especulação, como o do deputado peemedebista licenciado Max Barros (Secretaria de Infraestrutura) e Roberto Costa (PMDB), podem passar de especulação para realidade rapidamente.

Assim deverá ser a Assembleia Legislativa em 2012.

1 comentário

Toda volta é um recomeço…

por Jorge Aragão

“Toda volta é um recomeço”, site se encaixa perfeitamente nesse nosso novo momento, pois estamos de volta e voltando com nova roupagem, novo endereço, num novo ano, enfim, é um recomeço.

Desta forma cumprimos a promessa feita na nossa última postagem no antigo BLOG, ainda em 2011 antes de sairmos de férias. O novo endereço blogdojorgearagao.com.br é mais fácil para ser acessado e divulgado. Além disso, nos proporciona algumas novas ferramentas para qualificar ainda mais o novo BLOG.

Espero poder continuar contando com a leitura, participação, auxílio e amizade de todos que de uma maneira ou de outra acompanham esse BLOG.

Aproveito para pedir aos amigos do facebook e twitter que curtem o nosso trabalho que nos ajudem na divulgação do novo endereço. Peço também aos colegas e amigos blogueiros que tenham o antigo endereço linkado em seus blogs, que por gentileza modifiquem para o novo endereço. Enfim, nesse recomeço qualquer ajuda na divulgação do novo BLOG será muito bem-vinda.

O endereço mudou, mas a ideia é a mesma, sempre levar a informação verdadeira e precisa, além é claro da satisfação de poder compartilhar a nossa opinião e interagir com todos sempre de forma direta e respeitosa acima de tudo.

Sejam bem-vindos, obrigado pela visita e é claro permaneçam aqui, fazendo desse novo endereço: blogdojorgearagao.com.br uma rotina do seu dia a dia.

11 comentários