Blog do Jorge Aragão | Arquivo por 2012 | Arquivo por junho | Arquivo por 13

Mais detalhes da execução de Décio Sá…

PREFEITOS ENROLADOS

O secretário Aluísio Mendes confirmou que muitos documentos de prefeituras do Maranhão foram apreendidos em poder da quadrilha. A documentação será toda analisada, mas a tendência é que alguns gestores públicos, como prefeitos e secretários municipais, possam estar envolvidos com a quadrilha, pois eram partícipes do crime de agiotagem e pior, com dinheiro público.

MAIS POLÍTICOS

Até o momento não foi confirmado oficialmente a participação de nenhum político. No entanto, o Blog tem a informação que um dos veículos apreendidos na Operação Detonando, estava em nome da filha de um deputado estadual. Além disso, pelo menos dois deputados estaduais tinham ligações próximas com Gláucio Alencar e Júnior Bolinha, mas isso também pode não significar nada. Aluísio Mendes promete continuar com as investigações.

CALOTE

Segundo o executor, os contratantes para seu “serviço” não cumpriram com o que prometeram, pois teriam prometido R$ 100 mil para que ele executasse Décio Sá, mas somente R$ 20 mil efetivamente foi pago. Isso fez com que o executor, que estava fora do Maranhão, retornasse a São Luís para cobrar a dívida. O executor ainda afirmou que estava preparado para matar Júnior Bolinha pelo não pagamento do restante do “serviço”.

IRMÃO DE DÉCIO QUASE FOI MORTO EM SEU LUGAR

O executor que monitorou Décio Sá por três dias, quase matava o irmão de Décio que é policial civil. O executor tentou matar Décio no domingo (22), em sua residência e por muito pouco não assassinava seu irmão. Quando percebeu que o policial não era o seu alvo, deixou para o dia seguinte e realizou o “serviço”. Além disso, foi revelado na coletiva que a quadrilha tinha uma lista com mais seis pessoas que deveriam ser assassinadas.

PSEUDO PROTEÇÃO

Pseudo protreção, acima do bem e do mal, apostavam em uma áurea protetora. Esses foram alguns dos termos utilizados pelo secretário Aluísio Mendes, para dizer que a quadrilha apostava em uma proteção para que seus crimes não fossem descobertos e consequentemente não pudessem pagar por eles. Aluísio Mendes garante que as investigações irão continuar e que esse “super protetor”, se existir de fato, será descoberto.

RECONHECIMENTO

O Blog vem de público parabenizar toda equipe de investigadores da secretaria de Segurança do Maranhão, que conseguiu elucidar a morte do jornalista Décio Sá. Através do secretário Aluísio Mendes e dos delegados Marcos Afonso, Guilherme Filho e Augusto Barros, parabeniza todos os que colaboraram diuturnamente para que fosse feita Justiça e que o executor e os mandantes de Décio Sá fossem descobertos e presos. O Blog jamais duvidou da capacidade da polícia maranhense. Além disso, foi um dos que soube compreender o sigilo das investigações decretado pelo secretário Aluísio Mendes. Os links comprovam hoje, o que foi dito anteriormente.

6 comentários »

Cúpula da Segurança apresenta executor e mandantes da morte de Décio Sá

Na tarde desta quarta-feira (13), o secretário de Segurança do Maranhão, Aluísio Mendes e a cúpula da Segurança Pública, apresentaram cinco dos sete presos acusados de participarem da execução do jornalista Décio Sá.

Foram apresentados: Jhonatan de Sousa Silva, 24 anos e acusado de ser o executor de Décio Sá; José de Alencar Miranda Carvalho, 72 anos e Gláucio Alencar Pontes Carvalho, 34 anos, pai e filho, acusados de financiarem a execução; José Raimundo Sales Chaves Júnior (Júnior Bolinha), 38 anos, acusado de ter intermediado a contratação do executor; Fábio Aurélio do Lado e Silva (Buchecha), 32 anos, acusado também de intermediar a contratação do executor.

Ainda foram presos, mas não apresentados hoje, o capitão da Polícia Militar e subcomandante do Choque, Fábio Aurélio Saraiva Silva, 37 anos, acusado de ter emprestado a arma que executou Décio Sá e Airton Martins Monroe, 24 anos, acusado de ter dado fuga ao executor e teria sido ele que apresentou o executor ao Júnior Bolinha. O oitavo elemento, que ainda está foragido, é acusado de ter conduzido a moto que levou o executor até Décio Sá.

Aluísio Mendes confirmou que o crime foi elucidado, mas que a quadrilha ainda tem outras ramificações que atuam com agiotagem, extorsão e homicídio.

“A investigação está apenas começando. Com a elucidação da morte do jornalista Décio Sá, nós descobrimos uma verdadeira organização criminosa que vinha minando os cofres públicos”, afirmou.

Clique aqui e veja as fotos dos acusados de terem participados da execução de Décio Sá.

4 comentários »

Governadora confirma elucidação do caso Décio Sá

Governadora Roseana Sarney

Coube a governadora Roseana Sarney anunciar oficialmente a prisão dos envolvidos na morte do jornalista Décio Sá. Em entrevista coletiva, no Palácio dos Leões, Roseana afirmou que o Maranhão não é lugar para bandidos.

“Quando deixei o governo em 2002, o Maranhão era o estado mais seguro do Brasil, mas com a falta de determinação e punição por parte dos governantes que me sucederam o crime voltou a se organizar no Maranhão”, destacou.

A governadora fez questão de parabenizar o trabalho da polícia maranhense, que elucidou o crime, e declarou ação efetiva de combate ao crime organizado.

“Sinto-me mais confortada com o resultado das investigações, assim como a família do jornalista Décio Sá, profissional que muito trabalhou para desvendar problemas, mas acabou sendo penalizado com a execução”, ressaltou.

Os detalhes da Operação Detonando, que culminou com a prisão de oito elementos que teriam participado da execução de Décio Sá, serão explicados pelo próprio secretário de Segurança, Aluísio Mendes, em entrevista coletiva nesta quarta-feira (13), às 15h.

3 comentários »

Polícia prendeu assassino de Décio semana passada

O homem da foto é Jhonatan de Sousa Silva. Ele tem 24 anos e é natural de Xinguara, no Pará. Figura nas investigações como o principal suspeito de ter executado o jornalista Décio Sá.

Ele e um comparsa identificado como Gleyson Marcena de Sousa, de 26, natural de Rio Maria, também no Pará, foram presos terça-feira da semana passada, dia 5 de junho, por tráfico de drogas, numa casa alugada na Avenida General Artur Carvalho.

Durante revista, policiais da Seic encontraram nove tijolos de crack de 1,1kg  cada um, totalizando aproximadamente 10 quilos da droga; uma máquina de prensar a droga; uma escopeta calibre 12 e uma pistola ponto 40, que segundo a Polícia, seria de um policial que perdeu durante diligências.

Além da autuação pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e porte ilegal de arma de uso restrito, Jhonatan já responde por um duplo homicídio na cidade de Santa Inês, onde ele teria matado duas pessoas por conta de uma discussão, e ainda outro homicídio ocorrido em Xinguara, cidade natal do criminoso.

2 comentários »

Subcomandante do Choque também está preso

8h31 – Mais uma vez em primeira mão e sem modificar título ou horário de postagem. O Blog teve a informação sobre a quinta pessoa presa na Operação Detonando. Além do empresário Gláucio Alencar e seu pai, conhecido como Miranda, também estão presos o executor de Décio Sá (ainda não identificado, mas o Blog antecipa que ele é de Xinguara no Pará), Júnior Bolinha que é empresário em Santa Inês e agora chega a informação precisa que o capitão Fábio, subcomandante do Choque da Polícia Militar seria a quinta pessoa presa.

O Blog já apresenta cinco dos oito presos na Operação Detonando. O capitão Fábio teria sido preso por ter emprestado a pistola ponto 40 da execução de Décio Sá.

Em instantes mais detalhes no Blog.

 

sem comentário »

Os primeiros presos da execução de Décio Sá

Jornalista Décio Sá

8h07 – O Blog já conseguiu apurar que o agiota Gláucio Alencar Pontes Carvalho e o seu pai, conhecido como Miranda, são dois dos oitos presos na Operação Detonando. Também já estaria preso um cidadão chamado de Júnior Bolinha, e é claro o executor, um paraense, cujo nome ainda não foi revelado, mas já se sabe que ele teria executado outras 40 pessoas.

Além disso, está quase confirmado que a pistola ponto 40, utilizada para a execução de Décio Sá, teria sido emprestada por um capitão da Polícia Militar do Maranhão.

Tudo leva a crer que a morte de Décio Sá foi tramada por um consórcio de pessoas que praticam o crime de agiotagem e também estariam envolvidos com a morte do empresário Fábio Brasil.

Em instantes mais detalhes

1 comentário »

Elucidado a execução de Décio Sá

6h40 – Neste exato momento a polícia do Maranhão realiza a operação “Detonando”. Na operação estão sendo empregados 12 delegados e 70 policiais civis e homens do GTA (Grupo Tático Aéreo).

O objetivo da operação “Detonando” é a prisão do executor e dos apontados como mandantes do assassinato do jornalista Décio Sá. Serão cumpridos oito mandados de prisão e quatorze de busca e apreensão.

O secretário Aluisio Mendes confirma coletiva ainda nesta quarta-feira (13), às 11h, na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Existe a possibilidade da própria governadora Roseana Sarney participar da coletiva.

Em instantes mais detalhes no Blog.

3 comentários »

Copyright © 2012 - Blog do Jorge Aragão

Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.