Te cuida Roberto Rocha…

por Jorge Aragão

Definitivamente o senador Roberto Rocha se quiser mesmo ser candidato ao Governo do Maranhão terá que procurar outro partido para sair candidato em 2018 contra o seu ex-aliado, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Na semana passada, Rocha, que já não detinha o controle do PSB estadual, perdeu o controle do partido na capital maranhense, já que seu filho, o ex-vereador Roberto Júnior, foi substituído pelo deputado estadual Bira do Pindaré, desafeto de Rocha dentro da legenda.

Nesta semana foi a vez do próprio governador se movimentar. Flávio Dino foi visitar a sede nacional do PSB e foi recebido pelo presidente nacional do partido, Carlos Siqueira e pelo secretário Milton Coelho.

Na visita de cortesia é óbvio que o assunto eleições 2018 foi tratado e pela alegria de todos na foto, o caminho realmente do PSB deverá ser marchar novamente ao lado de Flávio Dino em 2018. Dino ainda fez um afago público ao partido.

“Na visita ao presidente Siqueira, agradeci a grande contribuição que o PSB tem dado ao nosso governo e dialogamos sobre conjuntura do Brasil”, declarou o comunista.

Desta forma, só resta dizer: te cuida Roberto Rocha…

Faça seu comentário

Edivaldo cumpre promessa e paga a primeira parcela do décimo terceiro

por Jorge Aragão

Nesta sexta-feira (21), os servidores públicos municipais da capital maranhense tiveram um motivo a mais para sorrir, pois a Prefeitura de São Luís, na gestão Edivaldo, efetuou o pagamento da primeira parcela do décimo terceiro salário.

Os oposicionistas, principalmente aqueles que torcem pelo quanto pior, melhor, vão dizer que o prefeito Edivaldo não fez mais que sua obrigação, mas esses mesmos estavam espalhando na semana passada, de maneira leviana, que Edivaldo já havia prometido pagar antes a primeira parcela do décimo terceiro e não havia cumprido, e também duvidam que o pagamento sairia nesta sexta-feira.

Para tristeza desses e felicidades dos servidores públicos municipais, mesmo diante da crise, Edivaldo honrou sua palavra e com muito esforço efetuou o pagamento da primeira parcela do décimo terceiro salário.

Nunca é demais lembrar que a maioria das capitais brasileiras e principalmente a maioria das cidades maranhenses, não conseguiram ainda pagar aos seus servidores a primeira parcela do décimo terceiro salário. Algumas em situações mais calamitosas se quer estão conseguindo honrar com o pagamento em dia dos salários.

Entretanto, não foi fácil para o prefeito Edivaldo conseguir efetuar esse pagamento. Foram necessárias algumas medidas de contenção, nem sempre compreendidas, efetuar alguns cortes, mas tudo para economizar, organizar e principalmente adaptar o orçamento, que voltou a perder receitas do Governo Federal, pois somente assim foi possível honrar o compromisso com o servidor público.

Sendo assim, querendo ou não os oposicionistas da gestão Edivaldo, mesmo diante da crise, a Prefeitura de São Luís segue priorizando o seu bem maior, o seu servidor.

Faça seu comentário

Pesquisas eleitorais: a tática é sempre a mesma, o instituto também

por Jorge Aragão

É impressionante como o grupo político comandado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) é extremamente previsível, principalmente quando o assunto é pesquisas eleitorais.

Basta aparecer um simples levantamento que não agrade aos comunistas, que a resposta é sempre a mesma: uma pesquisa ‘guardada’ nas mangas é apresentada para contrapor os números iniciais de outro instituto.

Recentemente, mesmo a contragosto do PMDB, vazou os números de uma pesquisa Escutec para o Governo do Maranhão (reveja), como os números eram desfavoráveis a Flávio Dino, imediatamente surgiu do nada uma pesquisa Exata para contrapor esses números.

Inclusive essa é outra curiosidade, os levantamentos que contrapõe qualquer outra pesquisa, é sempre feito pelo instituto Exata.

Nesta semana, novamente o grupo de Flávio Dino foi obrigado a desengavetar e/ou criar uma pesquisa Exata para contrapor números de uma outra pesquisa, dessa vez do instituto Perfil.

O curioso é que o instituto Perfil costumeiramente trabalha no Maranhão para dois aliados de Dino, o prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, e o deputado federal e pré-candidato ao Senado, Waldir Maranhão.

A pesquisa apontou empate técnico entre Dino e Roseana em todo o Maranhão, mas como apontou vitória folgada de Roseana em Imperatriz (veja aqui), eis que surgiu rapidamente uma pesquisa Exata em Imperatriz afirmando que o comunista tem vantagem na segunda maior cidade do Maranhão.

É impressionante como o modus operandi e o instituto de pesquisa utilizado não mudam, mas dessa vez foi ainda pior, pois teve que contrapor a pesquisa encomendada por um aliado.

O pior é que essa atitude apenas demonstra que os comunistas seguem inseguros com relação a 2018, afinal se tivessem certeza do bom trabalho que dizem estar fazendo e da vantagem na tal pesquisa Exata, não precisariam fazer esse papel bisonho de contrapor outros institutos.

Entretanto, como já dizia meu avô: o cego de verdade é aquele que não quer enxergar.

Sendo assim, Dino e seus asseclas seguem tentando tapar o sol com a peneira, mas utilizando uma tática já surrada e desgastante.

5 comentários

Oportunismo e dubiedade

por Jorge Aragão

O governador Flávio Dino (PCdoB) terá amanhã mais uma oportunidade de colocar em prática a dubiedade da qual está travestido o seu projeto de poder no Maranhão.

A presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), senadora Gleisi Hoffman, desembarcará em São Luís para participar da inauguração da nova sede do Diretório Municipal da sigla e da Plenária das Mulheres do PT do Maranhão.

E Dino, que tenta manter o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) atrelado a si e ao mesmo tempo, demonstra simpatia ao PT, deve aproveitar a ocasião para mostrar-se um caminho viável para a sigla no estado.

Em 2014 Flávio Dino trouxe para a sua campanha, no Maranhão, o senador Aécio Neves, então presidente do PSDB e candidato a Presidência da República. Prometeu, junto do tucano, construir um caminho de renovação e de mudança no estado. Ergueu os braços de Neves em palanques e pediu votos para o aliado.

Ao mesmo tempo, deu aval para que parte da militância do PT inaugurasse na capital, o Comitê Eleitoral “Dino-Dilma”, situado na Avenida Beira-Mar. O partido estava na chapa do adversário do comunista. Dino também assegurava ao eleitorado tratar-se de aliado da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

E assim foi eleito. Com dubiedade de projetos e pouca ou nenhuma coerência política.

Saudações, oportunismo.

Coluna Estado Maior

5 comentários

André Fufuca assume o comando da Câmara Federal

por Jorge Aragão

Nesta quinta-feira (20), o deputado federal André Fufuca (PP) assumiu a presidência da Câmara Federal e se tornou o político mais jovem a comandar o posto.

Fufuca é o atual 2º vice-presidente da Casa e ficará no comando em virtude de viagens ao exterior do presidente, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do 1º vice-presidente, Fábio Ramalho (PMDB-MG).

“Hoje é um dia muito importante pra mim, assumo a presidência da Câmara dos Deputados do meu país. Mesmo que interinamente, me sinto muito honrado, e darei meu máximo para cumprir tamanha responsabilidade”, destacou Fufuca.

Em 2010 André Fufuca, com apenas 21 anos, tornou-se o deputado estadual mais jovem do Brasil e agora o político mais jovem a comandar a Câmara Federal.

1 comentário

Roberto Rocha sugere diminuir ICMS para reduzir valor de energia do MA

por Jorge Aragão

Nos próximos dias deverá ser oficializado um reajuste tarifário na energia elétrica em todo o Brasil, mas esse valor irá variar de Estado para Estado e pelas informações iniciais o Maranhão será um dos que terá a tarifa mais alta, já que terá um aumento de 19%.

O assunto vai sendo debatido em audiência pública, mas nesta quinta-feira (19) o senador Roberto Rocha entrou no debate e fez uma sugestão no mínimo curiosa para o governador do Maranhão, Flávio Dino.

O senador disse que reuniu com diversos órgãos sobre o assunto, que acha inaceitável o Maranhão ter a energia mais cara do Brasil e sugeriu que o governador reduzisse o ICMS para amenizar o sofrimento dos maranhenses.

“Nesta semana reuni com Aneel, Eletronorte e consultores do MME e do Senado sobre a altíssima tarifa de energia elétrica no Maranhão. Como justificar a maior tarifa de energia no estado com a menor renda per capita e o segundo pior IDH? Absurdo inaceitável! Estamos estudando caminhos para apresentar no mês de agosto. Mas, o governador do estado do Maranhão pode ajudar. Basta diminuir o ICMS”, sugeriu Roberto Rocha.

A resposta veio imediata, já que o Líder do Governo, Rogério Cafeteira, que também já havia ouvido essa sugestão do deputado estadual Eduardo Braide. Cafeteira disse que o discurso do senador era meramente para fazer média com a opinião pública.

“Esse discurso não é de quem quer resolver o valor da tarifa de energia, mas de quem quer fazer média com a opinião pública. Lamentável!”, ponderou Cafeteira.

Pelo visto caberá mesmo ao consumidor maranhense preparar uma fatia bem maior do orçamento para o reajuste da energia elétrica, pois se depender da boa vontade do governador em reduzir impostos, é melhor esquecer.

4 comentários

Luis Fernando segue debatendo as políticas públicas em Ribamar

por Jorge Aragão

A Prefeitura de São José de Ribamar, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Renda (SEMAS) realizou a VI Conferência Municipal de Assistência Social com o tema “Garantia de Direitos no Fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social – SUAS”.

O objetivo da Conferência foi analisar, deliberar e propor diretrizes para o aperfeiçoamento do SUAS na perspectiva da valorização dos trabalhadores, da participação dos usuários, da qualificação dos serviços, programas, projetos e benefícios além de, eleger delegados para a XI Conferência Estadual de Assistência Social e a implementação da política de Assistência Social que nortearão as políticas públicas nos próximos dois anos.

Para o prefeito Luis Fernando, as políticas públicas só podem ser realizadas quando há discussão, planejamento e propostas. “Nossa gestão reconhece a importância das políticas e tem uma enorme preocupação com os cidadãos ribamarenses, principalmente com aquela parcela que necessita de uma atenção maior, que precisa de assistência, por isso, é extremamente importante debater e propor melhorias”, reiterou.

O prefeito afirmou ainda, que o objetivo da gestão é resgatar e fortalecer as políticas assistenciais, como eixo de desenvolvimento. “Vamos seguir resgatando e reconstruindo as políticas de assistência social que foram destruídas e abandonadas nos últimos anos, além de fortalecer ainda mais todos os projetos e políticas públicas voltadas à população”, acrescentou o gestor.

Na ocasião, também foi realizada a eleição dos oito delegados e suplentes, sendo dois delegados do poder público, dois da sociedade civil e quatro usuários, que deverão participar da Conferência Estadual.

A conferência ainda contou com a presença do vice-prefeito, Eudes Sampaio, da presidente do conselho municipal de assistência social, Maria do Carmo, além de vereadores, secretários municipais e adjuntos, membros do Conselho Municipal de Assistência Social e dos Conselhos de Políticas Públicas e de Direitos, e membros da Sociedade Civil.

3 comentários

Flávio Dino novamente “briga” por microfone

por Jorge Aragão

Logo no início da sua gestão o governador Flávio Dino protagonizou um verdadeiro papelão na cidade de Lago da Pedra, onde na oportunidade não permitiu que a então prefeita da cidade, Maura Jorge, pudesse utilizar o microfone. A cena bisonha e grotesca ainda repercute até hoje.

Ao que parece o governador Flávio Dino voltou a envolver num episódio semelhante no último fim de semana. A “briga” pelo microfone aconteceu na cidade de Imperatriz, quando o governador esteve na cidade participando de alguns atos.

O jornalista Justino Filho disponibilizou nas redes sociais um áudio onde um pastor, durante a Marcha para Jesus de Imperatriz, reclama da atitude do governador. Segundo o pastor, o comunista tomou o microfone da sua mão para falar aos presentes.

“Muito bem, nos perdoe, aqui é um culto, mas eu não vou brigar. Ok? Tá perdoado. Não fui eu que dei oportunidade nem para governador, nem para ninguém. Ok? Tomou o microfone da minha mão, então, nós fazemos diferente, nós oramos e respeitamos eles. Muito obrigado”, reclamou o pastor. Veja o vídeo abaixo.

 

Pelo visto o governador Flávio Dino não aprendeu a lição e segue, com toda sua prepotência e arrogância, querendo impor seus desejos e vontades, mesmo que para isso desrespeite quem quer que seja.

7 comentários

“Quero ser candidato pelo PSB com apoio do PSDB”, diz Roberto Rocha

por Jorge Aragão

Nesta semana o senador maranhense do PSB, Roberto Rocha, foi surpreendido com a notícia, nada agradável, que perdeu o controle do seu partido na capital maranhense.

Roberto Rocha tinha o filho, o ex-vereador Roberto Júnior, como presidente da legenda em São Luís, mas, por determinação da Direção Nacional do PSB, uma nova comissão provisória foi criada e será presidida pelo deputado estadual Bira do Pindaré, desafeto político de Rocha dentro do partido.

Ao que parece, a medida do comando nacional do PSB seria uma retaliação pela postura do senador maranhense quando da votação da reforma trabalhista. Rocha foi favorável a Proposta de Emenda a Constituição (PEC) da Reforma Trabalhista, quando a maioria do seu partido era contrário.

Em entrevista ao jornal O Estado do Maranhão, o senador Roberto Rocha disse que deve satisfação ao seu partido, mas o seu compromisso prioritário é com o povo maranhense.

“Respeito a posição do partido e não questiono. Votei de acordo com a minha convicção e não aceito questionamentos. Devo lealdade ao partido, mas obediência eu devo ao povo maranhense e ao povo brasileiro”, afirmou Rocha.

Candidatura – Roberto Rocha é pré-candidato ao Governo do Maranhão e para isso precisa ter o apoio integral do seu partido. Por conta dessa decisão, que colocou Bira do Pindaré, um dos principais aliados do governador Flávio Dino (PCdoB), para comandar o PSB em São Luís, voltou a se cogitar uma saída do senador maranhense para outra legenda, o caminho mais provável seria o PSDB, partido que Rocha já esteve.

Apesar das dificuldades e da proximidade do pleito, Roberto Rocha negou que esteja pensando em deixar o partido e reafirmou que quer disputar a eleição de 2018 pelo PSB e, se possível, com o apoio do PSDB.

“Pretendo ser candidato ao Governo do Maranhão pelo PSB e com apoio do PSDB”, disse Roberto Rocha.

Resta saber se a Direção Nacional do PSB também pensa assim ou se vai entregar de bandeja o partido para apoiar a reeleição de Flávio Dino. Uma coisa é certa, Bira do Pindaré deverá trabalhar insistentemente para que o partido apoie o comunista.

É aguardar e conferir.

8 comentários

Perseguição até no Tribunal de Justiça

por Jorge Aragão

Articulação vinda do Palácio dos Leões tenta mudar acordo tradicional na eleição de presidente do Tribunal de Justiça (TJ) do Maranhão. Pela tradição, os desembargadores mais antigos e que ainda não ocuparam a cadeira de presidente do Poder Judiciário maranhense são os escolhidos para exercer tal função.

Mas a escolha para o próximo biênio, que deve ocorrer em outubro deste ano, pode não seguir o curso esperado.

Pelo acordo feito entre os desembargadores, a vez de presidir o TJ é da desembargadora Nelma Sarney. Mas os Leões já estão rugindo e tentando a todo custo evitar que a magistrada chegue ao posto mais alto do tribunal. E conta com a ajuda de vários setores até mesmo de colegas de tribunal.

A ordem é desgastar ao máximo a imagem da desembargadora para que o clima dentro do TJ fique ruim e os magistrados pressionem a colega a desistir da candidatura, abrindo assim uma brecha na tradição do tribunal de escolha da mesa diretora.

Se as ordens forem atendidas e surtirem o efeito esperado, essa será mais uma demonstração de como age o governo Flávio Dino em perseguição aos que o comunista trata como adversários.

Coluna Estado Maior

15 comentários